O próximo barato: linha da americana Just Society é um exemplo do potencial das bebidas à base de cannabidiol.

Batizada de Fluent Beverage, a parceria produzirá bebidas não alcoólicas com infusão de cannabidiol. (Foto: reprodução)

A Ambev (ABEV3), maior cervejaria das Américas e dona de marcas como Skol, Brahma e Antárctica, prepara-se para disputar um novo e promissor mercado. Sim, trata-se das bebidas à base de cannabidiol, uma das substâncias extraídas da cannabis – a popular maconha.

Segundo o banco suíço Credit Suisse, o lançamento dos produtos deve ocorrer até o fim do ano.

Em relatório assinado pelos analistas Antonio Gonzalez, Kaumil Gajrawala e Marcella Recchia, o Credit Suisse lembra que a Ambev entrou nesse mercado há um ano, quando sua subsidiária no Canadá, a Labatt Brewing, criou uma joint-venture de US$ 100 milhões com a Tilray.

Batizada de Fluent Beverage, a parceria produzirá bebidas não alcoólicas com infusão de cannabidiol.

Mark Ruffalo, o Hulk de “Vingadores”, critica Bolsonaro por acusação contra DiCaprio

O ator Mark Rufallo criticou o presidente Jair Bolsonaro após as acusações contra Leonardo DiCaprio (Foto: Foto: Reprodução)

RIO — O ator americando Mark Ruffalo, o Hulk da saga “Vingadores”, criticou o presidente Jair Bolsonaro por acusar o ator Leonardo DiCaprio de “dar dinheiro” para “tacar fogo na Amazônia”

“Bolsonaro e sua galera estão transformando em bode expiatório as pessoas que protegem a Amazônia dos incêndios que ele próprio permitiu que acontecesse”, escreveu o artista em sua conta no Twitter.  Mark Ruffalo é um dos atores que mais se posiciona a favor de pautas ambientais.

O texto, acompanhado do link de uma reportagem do “Huffington Post”, foi publicado na noite desta domingo (1º).

“Pergunte a si mesmo: o que mudou recentemente no Brasil para que isso aconteça agora? Bolsonaro e suas políticas (não) ambientais.”, disse o ator.

Na manhã de sexta-feira (29), ao sair do Palácio da Alvorada para tirar fotos e conversar com eleitores, o presidente Jair Bolsonaro respondeu a uma mulher quando foi perguntado sobre incêndios “criminosos”.

“O Leonardo DiCaprio é um cara legal, não é? Dando dinheiro para tacar fogo na Amazônia”, disse Bolsonaro.

Em agosto, o ator americano anunciou que ONGs ambientais e índigenas brasileiras iriam receber US$ 5 milhões da recém-criada “Earth Alliance”, uma iniciativa criada por ele em parceria com Lauren Jobs, víuva de Steve Jobs, e o bilionário Brian Sheth (da GWC).

Di Caprio disse ainda que outras doações seriam recolhidas por celebridades e filantropos e que os US$ 5 milhões seriam apenas o início do que esperam se tornar um fundo permanente para financiar projetos da sociedade civil de restauração e proteção da Amazônia.

Ao citar o ator, Bolsonaro fez referência indireta aos quatro brigadistas presos em Alter do Chão, no Pará, acusados de atear fogo na floresta. Na quinta-feira, a Justiça determinou que os acusados fossem soltos. O presidente também relacionou DiCaprio às queimadas durante uma “live” no Facebook.

O inquérito afirma que o grupo conseguiu “logo após esse incêndio um contrato com a WWF, inclusive eles venderam 40 imagens para a WWF ao custo de R$ 70 mil para uso exclusivo. E com essas imagens a WWF conseguiu financiamentos, inclusive doações a título de exemplo do ator Leonardo DiCaprio, que doou 500 mil dólares para a WWF auxiliar essas ONGs no combate às queimadas na Amazônia.”

Em um comunicado emitido na noite de sexta-feira, DiCaprio negou ter doado para a WWF . O ator disse que as ações do “povo brasileiro que vem trabalhando para salvar sua herança cultural e natural” são louváveis e que, “por mais que sejam merecedoras de apoio, nós não financiamos as organizações em questão”.

Ele afirmou ainda que “o futuro desses ecossistemas insubstituíveis está em jogo”, e disse ter “orgulho de estar ao lado dos grupos que os protegem”.

 

 

MUNDO: 

Rapper perde parte da cabeça em explosão de laboratório de drogas

Em sua primeira aparição ele contou que perdeu parte dos movimentos de um lado do corpo, mas está confiante na recuperação.

O rapper alemão Dr. Knarf, também conhecido como Niko B., fez sua primeira aparição pública após ser vítima de uma explosão de um laboratórios de drogas no qual estava presente. O artista de 35 anos compartilhou um vídeo em sua página pessoal no Facebook revelando as lesões decorrentes do ocorrido: ele perdeu parte de sua cabeça e ficou com várias queimaduras no rosto.

A explosão da qual Dr. Knarf foi vítima ocorreu no dia 6 de fevereiro de 2017 e ele havia se mantido distante do público desde então. Em sua primeira aparição ele contou que perdeu parte dos movimentos de um lado do corpo, mas disse estar confiante em sua recuperação e prometeu o lançamento de um novo álbum em 2020, com o título ‘Prometheus’.

‘Prometheus’ era a obra na qual Knarf vinha trabalhando na época do acidente e acabou sendo interrompida durante sua recuperação. Agora ele retomou seus trabalhos no disco e disse que pretende lança-lo no próximo ano.

“As queimaduras na pele não foram nada com o que veio depois”, diz Dr. Knarf no vídeo, revelando que teve um terço de seu corpo queimado. “Eu fiquei em coma durante três meses, período no qual sofri três AVCs. O meu cérebro inchou tanto que foi necessário que parte do meu crânio fosse removida”, explicou o músico.

O laboratório no qual ocorreu a explosão que vitimou o músico estava instalado no estúdio que ficava no quintal da casa dele. O rapper explicou que a explosão foi fruto de uma combinação de alta concentração de extrato de cannabis com butano. No vídeo divulgado por Knarf, ele assume sua culpa pelo acidente.

PT quer manter aliança com o PSB no Recife em 2020

“Hoje a direção municipal do PT em Recife, tem uma posição favorável a uma aliança, manter a aliança”, informou.

Principal liderança do PT em Pernambuco, o senador Humberto Costa (PT) disse que o diretório do partido no Recife pretende manter a aliança da sigla com o PSB visando as eleições municipais de 2020. No PT o principal nome para disputar a prefeitura é o da deputada federal Marilia Arraes, prima do também deputado João Campos (PSB).

“Hoje a direção municipal do PT em Recife, pelo que eu posso apurar, tem uma posição favorável a uma aliança, manter a aliança”, conta Humberto. O senador informou que o protagonismo no debate sobre as eleições de 2020 será dos diretórios municipais de cada cidade. “A palavra mais importante no debate sobre as eleições municipais é a do partido no município, do diretório municipal, da posição dos filiados que o PT tem”, disse o petista.

 

Deputados repudiam especial do Porta dos Fundos: “A mão de Deus vai pesar sobre eles”

Estreou nesta semana, no serviço de streaming Netflix, o especial de fim de ano, do grupo de humor “Porta dos Fundos”, intitulado “A Primeira Tentação de Cristo”. Durante o filme, Jesus  (Gregório Duvivier) é colocado como estudante universitário de esquerda, militante gay e fã de boy bands, Maria (Evelying Castro) como maconheira e José (Rafael Portugal) sendo corno. Em meio a polêmica gerada sobre o filme, o Portal de prefeitura conversou com os deputados estaduais Clarissa Tércio (PSC) e Pastor Cleiton Collins (PP), além do parlamentar federal Pastor Eurico (Patriotas).

Líder da Igreja Assembleia de Deus, Ministério Madureira e deputado estadual, Cleiton Collins não poupou críticas ao serviço de streaming. “Vou cancelar a partir de hoje, em minha casa nunca mais!” e convidou os fiéis para fazerem o mesmo “Desligue a Netflix da sua vida, até que eles se retratem”. O parlamentar disse ainda que vai “Entrar com uma ação no Ministério Público, já falei o procurador Francisco Dirceu”.

Integrante da bancada evangélica na Alepe, Clarissa Tércio, deixou claro o repúdio ao grupo. A deputada já havia entrado, em maio deste ano, com um processo contra o Porta dos Fundos, após ser veiculado um vídeo com a cena de um beijo gay entre Jesus e Judas. 

“Deixo meu repúdio como parlamentar, representante do povo, do segmento evangélico, como cristã e em nome do Ministério Novas de Paz. Nossa tristeza é profunda, por ver que leis no Brasil não são cumpridas. Isso é vilipêndio, é escárnio, é um desrespeito total à figura mais amada pelo povo, já que o Brasil é cristão. Respeitem a nossa fé! A mão de Deus vai pesar sobre eles”, finalizou a deputada.

Cleiton afirmou que os atores, para buscarem audiência “Estão ferindo, difamando, tentando denegrir e fazendo chacota com a fé das pessoas”. “Quem não gosta de Jesus, pode dizer que não gosta, a gente respeita. Mas fazer o que o Porta dos Fundos vêm fazendo não dá. A Netflix que é bancada pela maioria dos cristão do Brasil, tem que parar com isso”, finalizou.

Pastor Eurico declarou que o filme é na verdade uma ofensas à fé cristã, e culturalmente, sem méritos, “não vamos baixar a guarda frente a esses instrumentos do diabo, elementos satânicos que buscam  cada vez mais denegrir a imagem dos evangélicos, das igrejas, dos símbolos religiosos, e é claro, da nossa fé, atingindo ao Deus Pai criador, ao filho Jesus Cristo, a história dessa base de nossa religião”.

O deputado federal revelou ainda que pretende levar o caso à instâncias competentes, “vamos seguir buscando nas instâncias de competência agir em cima desses elementos que realmente só fazem atingir ou atacar aos religiosos em nosso país”, disse. 

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!