Monthly Archives: novembro 2019

 

Após ter ultrapassado a meta preconizada pelo Ministério da Saúde para vacinação de crianças até seis anos, a Prefeitura dá sequência a segunda etapa, que tem como público alvo, a faixa etária entre 20 e 29 anos.

Neste sábado(30), em um esforço coletivo, a Secretaria de Saúde abrirá todos as unidades básicas de saúde da cidade, no horário de 8h às 13h, para ofertar a vacina contra o sarampo, doença extremamente contagiosa, grave e que pode levar até a morte. Portanto, previna-se, procure a unidade mais próxima de sua casa e vacine-se contra o sarampo. 

Em João Pessoa, cerca de 1.000 profissionais de saúde da PMJP estarão mobilizados em mais de 100 postos de imunização, até às 12h.

 Secom-PB

Adultos de 20 a 29 anos poderão se vacinar contra o sarampo neste sábado (30), no Dia D da campanha de vacinação, que está voltada a jovens dessa faixa etária. Em João Pessoa, cerca de 1.000 profissionais de saúde da PMJP estarão mobilizados em mais de 100 postos de imunização, até às 12h.

A segunda fase da campanha foi aberta no dia 18 de novembro. Na Capital, a vacinação incluirá as pessoas entre 30 e 49 anos, além do grupo estabelecido de 20 a 29 anos, nesta fase.

A vacina tríplice viral, que também protege contra caxumba e rubéola, está disponível em todas as Unidades de Saúde da Família (USF), Policlínicas Municipais e no Centro Municipal de Imunizações (Torre), de segunda à sexta-feira e, faz parte do calendário de rotina.

Sarampo

Os sintomas iniciais de sarampo são febre acompanhada de tosse persistente, irritação ocular, coriza e congestão nasal e mal-estar intenso. Após estes sintomas, há o aparecimento de manchas avermelhadas no rosto, que progridem em direção aos pés, com duração mínima de três dias. São comuns lesões muito dolorosas na boca.

A doença pode ser grave, com acometimento do sistema nervoso central e pode complicar com infecções secundárias como pneumonia, podendo levar à morte. As complicações atingem mais gravemente os desnutridos, os recém-nascidos, as gestantes e as pessoas portadoras de imunodeficiências.

Vacinação em Campina Grande

A Secretaria de Saúde de Campina Grande realizará a campanha de vacinação em mais de 40 Unidades Básicas de Saúde, das 8h às 17h. No Complexo Habitacional Aluízio Campos, a Secretaria também vai disponibilizar um ponto de vacinação, com todas as vacinas disponíveis no Calendário Nacional de Imunização, para os novos moradores do conjunto.

A vacina contra o sarampo é disponibilizada para jovens adultos, de 20 a 29 anos, que não tomaram a vacinação na faixa etária adequada quando crianças. Caso a pessoa tenha a comprovação de que tomou as duas doses da imunização, não precisa se vacinar novamente.

Ação no Aluízio Campos

A ação de multivacinação levará as vacinas disponíveis do Calendário Nacional de Imunização para todos os públicos ao conjunto habitacional. O horário será das 8h às 19h para atingir também os moradores que trabalham durante o dia.

Campanha de multivacinação

A Secretaria de Saúde já está realizando uma campanha de multivacinação em 67 salas de vacina da cidade, disponibilizando e intensificando a aplicação de todas as vacinas. Além disso, 15 salas de vacina estão funcionando até no horário do almoço.

Investigações devem ser retomadas 

O filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) é investigado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro por um suposto esquema de rachadinha no período em que era deputado estadual.

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – O ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo
Tribunal Federal), liberou a retomada de investigação sobre o senador Flávio Bolsonaro (sem partido-RJ) nesta sexta-feira (29).

Gilmar derrubou uma liminar (decisão provisória) concedida por ele mesmo em 30 de setembro. A defesa de Flávio pediu para que fosse dada ordem ao Ministério Público do Rio de Janeiro de paralisar apurações sobre o senador.

O filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) é investigado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro por um suposto esquema de rachadinha no período em que era deputado estadual. A prática consiste na devolução de parte do salário dos funcionários para o deputado ou pessoas de confiança.

A liminar de Gilmar barrava a investigação em razão de uma outra decisão, também provisória, do ministro Dias Toffoli, presidente da corte, que havia determinado em julho a paralisação de todas as apurações feitas com base em dados sigilosos, sem autorização judicial prévia. 

Nesta quinta-feira (28), porém, o plenário do STF votou, em sua maioria, por liberar investigações com essas informações. Assim, Toffoli derrubou sua própria liminar, e Gilmar fez o mesmo nesta sexta.

“Considerando que a decisão paradigma [de Toffoli] que estaria sendo descumprida pelo ato reclamado não mais subsiste, não há que se falar em violação à autoridade desta corte, apta a ensejar o cabimento da presente reclamação”, escreveu Gilmar.

Gilmar tornou pública a decisão desta sexta, mas o processo de Flávio continua sob segredo de Justiça.

“Outrossim, considerando que a Constituição Federal estabelece a regra da publicidade dos atos processuais e dos julgamentos do Poder Judiciário, ressalvada a preservação do direito à intimidade do interessado (art. 93, inciso IX), determino a publicação na íntegra da presente decisão, mantendo-se o sigilo dos autos, em razão da existência
de dados bancários e fiscais do reclamante acobertados pela proteção à intimidade”, escreveu.

Para além da que envolve Flávio, outras 900 investigações em todo o Brasil haviam sido paralisadas graças à liminar de Toffoli em julho.

O inquérito que foi congelado era o mais avançada entre quatro procedimentos nos quais Flávio figura como investigado, com quebras de sigilo fiscal e bancário do senador e outras 102 pessoas físicas e jurídicas ligadas a ele. 

Há a suspeita de prática de “rachadinha” no gabinete de Flávio na Assembleia Legislativa do Rio entre os anos de 2007 e 2018 – período em que o policial aposentado Fabrício Queiroz, pivô do caso, trabalhou com ele.

A apuração começou há mais de um ano e meio, com o envio ao MP-RJ de um
relatório do Coaf apontando movimentações atípicas de R$ 1,2 milhão na conta bancária de Queiroz, ex-assessor de Flávio na Assembleia fluminense.

Além do volume movimentado na conta de Queiroz, que era apresentado como
motorista de Flávio, chamou a atenção a forma com que as operações se davam: depósitos e saques em dinheiro vivo, em data próxima do pagamento de servidores da Assembleia.

A apuração envolveu seis relatórios do antigo Coaf (hoje UIF, a Unidade de Inteligência Financeira) que detalhavam, por exemplo, data, agência bancária e horários de dezenas de saques e depósitos realizados – o que, segundo a decisão inicial de Toffoli, em julho, demandava autorização judicial.

Na quinta, a maioria dos ministros do STF decidiu autorizar o compartilhamento de dados bancários e fiscais com o Ministério Público e a polícia sem necessidade de autorização judicial prévia.

A votação do processo sobre o compartilhamento de dados sigilosos foi finalizada, mas a fixação da tese que norteará a atuação dos órgãos de controle ficou para a próxima quarta (4).

Os ministros votaram de formas diferentes em relação à Receita e ao antigo Coaf, rebatizado de UIF em agosto.

A situação é mais clara quanto à Receita. Por maioria de nove votos, o Fisco poderá continuar compartilhando com o Ministério Público e a polícia suas representações fiscais para fins penais (RFFPs), incluindo íntegras de declaração de Imposto de Renda e extratos bancários.

Votaram nesse sentido os ministros Alexandre de Moraes, Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Luiz Fux, Cármen Lúcia, Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes.

Somente Toffoli votou inicialmente por impor restrições ao teor do material compartilhado pela Receita, proibindo o repasse de declarações de IR e extratos bancários. Nos minutos finais, alterou seu voto para acompanhar a maioria.

Já os ministros Marco Aurélio e Celso de Mello foram os mais restritivos nesse ponto: para eles, não pode haver compartilhamento sem autorização da Justiça, em respeito ao direito constitucional à privacidade.

A situação em relação à UIF deverá ficar mais clara na semana que vem, quando for definido o enunciado da tese. Só então será possível analisar o impacto definitivo do julgamento nas investigações que usaram dados da UIF, como a de Flávio.

Apenas Toffoli e Gilmar fizeram ressalvas ao procedimento de compartilhamento dos relatórios de inteligência financeira (RIFs) feitos pela UIF. Eles enfatizaram que os relatórios não podem ser feitos “por encomenda” do Ministério Público e da polícia a não ser quando já houver investigação formal sobre o alvo ou tiver havido um alerta anterior da UIF sobre ele.

Tanto ele como Toffoli afirmaram que há casos concretos em que o Ministério Público pediu à UIF informações por meios não oficiais, como email – o que ambos destacaram ser vedado.

Como alguns ministros nem sequer abordaram o tema da UIF (como Marco Aurélio e Lewadowski) ou não se debruçaram especificamente sobre as ressalvas expressas por Toffoli e Gilmar, é preciso esperar a formulação da tese geral, na próxima quarta.

Ao STF a defesa de Flávio Bolsonaro sustentou que o Ministério Público do Rio pediu informações sobre ele diretamente ao antigo Coaf, realizando uma verdadeira quebra de sigilo, sem controle judicial, inclusive com contatos por email entre promotores e o órgão de inteligência.

Em julho, Flávio pegou carona em um recurso extraordinário que tramitava no STF desde 2017 e que tratava somente do compartilhamento de dados pela Receita. A partir do pedido do senador, Toffoli, relator do processo, expandiu o objeto em discussão para alcançar também a UIF.

A medida gerou críticas de colegas no plenário. Os ministros Rosa Weber, Cármen Lúcia, Marco Aurélio e Celso de Mello votaram contra a inclusão da UIF no julgamento, mas acabaram sendo vencidos nesse ponto.

ENTENDA AS INVESTIGAÇÕES ENVOLVENDO FLÁVIO BOLSONARO

O que pesa contra Flávio Bolsonaro?

Há a suspeita de prática de “rachadinha” no gabinete de Flávio Bolsonaro
na Assembleia Legislativa do Rio entre os anos de 2007 e 2018 – período em que o policial aposentado Fabrício Queiroz, pivô do caso, trabalhou com ele. A prática consiste na devolução de parte do salário dos funcionários para o deputado ou pessoas de confiança.

Também se apura suposta lavagem de dinheiro por meio de compra e venda de imóveis pelo hoje senador no período.

Há ainda suspeita sobre funcionários fantasmas no gabinete de Flávio quando era deputado estadual.

Por que o caso de Flávio se enquadrava na decisão de Toffoli, agora derrubada, de suspender investigações?

A apuração envolveu seis relatórios do antigo Coaf que detalhavam, por exemplo, data, agência bancária e horários de dezenas de saques e depósitos realizados – o que, segundo a decisão inicial de Toffoli, em julho, demandava autorização judicial.

Quais os argumentos de Flávio?

Ao STF a defesa sustentou que o Ministério Público do Rio pediu
informações sobre ele diretamente ao antigo Coaf, realizando uma
verdadeira quebra de sigilo, sem controle judicial, inclusive com
contatos por email entre promotores e o órgão de inteligência

Ele é alvo de quantas investigações?

No total, há quatro procedimentos abertos nos quais Flávio figura como investigado. 

Quem investiga?

Três correm no Ministério Público do Rio de Janeiro e um no Ministério Público Federal.

De quais crimes é suspeito?

Os procedimentos apuram peculato, lavagem de dinheiro, ocultação de patrimônio, organização criminosa e improbidade administrativa.

Quais pararam?

Só o procedimento criminal, que apura a “rachadinha”, foi parado em razão da discussão no STF. Era o mais avançado, com quebras de sigilo fiscal e bancário do senador e outras 102 pessoas físicas e jurídicas ligadas a ele. 

De que tratam as outras investigações?

Há dois procedimentos cíveis com o MP-RJ: um corre há um ano, com base no relatório do antigo Coaf. Outro, que apura a existência de funcionários fantasmas no gabinete, começou há dois meses. O quarto, sob sigilo, está sob responsabilidade do MPF e apura a evolução patrimonial de Flávio.

“Calma gente, tem pessoas caindo. Meu Deus do céu, calma”, grita uma funcionária desesperada.

 Em Jaboatão dos Guararapes, na região metropolitana de Recife, uma loja de departamentos atraiu tanta gente que o empurra-empurra acabou resultando em confusão, pessoa se machucaram foi um verdadeiro furdunço uma confusão generalizada  uma tremenda desorganização por parte das lojas que não montam uma estrutura com controle de entrada e saída para receber tanta gente sem no mínimo um pouco educação.

 Leia também: 

Consumidores trocam socos em Lojas Americanas na Black Friday

Uma confusão generalizada tomou conta de uma unidade das Lojas Americanas no Shopping Interlagos, na zona sul de São Paulo, nesta sexta-feira, 29, dia em que as lojas oferecem descontos conhecido como Black Friday (veja o vídeo acima). A Polícia Militar chegou a ser acionada para controlar a situação. Ninguém foi preso.

No vídeo divulgado nas redes sociais, consumidores atiram produtos uns nos outros e dois homens chegam a trocar socos no interior da loja. Não se sabe o que motivou a algazarra. Depois do ocorrido, começaram a circular fotos de produtos espalhados pelo chão da unidade.

Havia fila na porta do shopping desde a noite desta quinta-feira, 28, um dia antes do início da Black Friday.

As Lojas Americanas oferecem até 80% de desconto na data, mas, até o meio-dia desta sexta-feira, o site Reclame AQUI registrou 148 queixas desde às 11h de quarta-feira, 27, contra a rede. Ao lado da varejista KaBUM, as Lojas Americanas lideram o número de reclamações no site. VEJA acompanha ao vivo as promoções e denúncias de fraude nesta Black Friday. 

Até às 14h desta sexta, a B2W, que detém as Lojas Americanas, liderava o número de reclamações dos consumidores de acordo com o Procon-SP. Dentre todas as reclamações, a empresa concentrava 12,5% das insatisfações manifestadas pelos consumidores ao órgão.

Por isso, a alta recente do dólar, que está bem acima da cotação de R$ 3,70 que o setor projetava para o fim de 2019, eleva substancialmente os custos de produção dos medicamentos. (Foto: Reprodução)

Nas massas alimentícias, corresponde a 70%; vai a 60% no caso de pães e bolos industrializados.

 A alta de quase 6% na cotação do dólar em novembro deve afetar diversos setores da indústria e do comércio brasileiro. Se o patamar acima de R$ 4,20 da moeda americana persistir -nesta sexta-feira (29), o dólar fechou a R$ 4,24, segundo cotação da CMA-, o consumidor sentirá primeiro por meio de setores mais dependentes de insumos importados e nos quais o giro é maior.

Um deles é o setor de massas, pães e bolos industrializados e biscoitos. Hoje, esse segmento importa mais da metade do trigo necessário a atender a demanda interna.

O produto vem de países do Mercosul, especialmente da Argentina, e também do Canadá e dos Estados Unidos. O preço da farinha de trigo corresponde a mais da metade do custo na maioria dos produtos.

Nas massas alimentícias, corresponde a 70%; vai a 60% no caso de pães e bolos industrializados.

O presidente-executivo da Abimapi (Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados), Cláudio Zanão, afirma, em nota, que o aumento na cotação não tem como ser totalmente absorvido pela indústria.
“De todo modo, este repasse tende a ser gradual, pois não há espaço para elevar os preços de uma só vez para o consumidor final. Além disso, as indústrias estão com estoque (de dois a três meses, dependendo de cada fabricante) de trigo e produto acabado”, diz.

Na produção de vestuário, o efeito da alta do dólar dependerá de quanto tempo a cotação permanecer elevada, segundo Nelson Tranquez Jr, presidente da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) Bom Retiro, polo de produção e venda de roupas na região central de São Paulo.

Para os negócios deste fim de ano, a disparada não deverá afetar os preços. “Com a coleção de Natal, não devemos ter nenhuma intercorrência. As compras foram feitas, o material está estocado”, afirma. Ele considera também que o mercado ainda está em recuperação, sem margem para um aumento expressivo nos preços.

Se a moeda seguir em alta por mais um ou dois meses, a situação pode começar a mudar. Atualmente, as confecções começam a preparar as coleções outono/inverno, que serão apresentadas a partir do fim de fevereiro, início de março.

O ciclo de produção, diz Tranquez, dura de 40 a 60 dias, de modo que, se 2020 começar com o dólar alto, a coleção de inverno já pode sentir os efeitos do preço maior.

Ele afirma que o setor importa tecidos, maquinário e aviamentos. Na produção de jeans, boa parte dos produtos químicos, como corantes, são importados.

O consumidor que buscar o comércio popular na região da rua 25 de março ainda não deve sentir a alta durante as compras para este fim de ano.

Ondamar Ferreira, gerente da Armarinhos Fernando, rede com 15 lojas na capital, diz que os produtos para a temporada de Natal foram comprados com muita antecedência, pois envolvem trâmites demorados de entrega e desembargo no Porto de Santos.
Caso a elevação continue, reposições e novas compras já deverão ser afetadas. “O que a gente começar a comprar agora já será com preço bem mais alto e aí prejudica bastante”, afirma.

O custo da indústria farmacêutica também deve aumentar. O presidente-executivo do Sindusfarma (Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos), Nelson Mussolini, diz que o setor é dependente dos insumos importados, que representam 95% da matéria-prima usada pelo setor.

Por isso, a alta recente do dólar, que está bem acima da cotação de R$ 3,70 que o setor projetava para o fim de 2019, eleva substancialmente os custos de produção dos medicamentos.

“Infelizmente, como único setor da economia brasileira submetido ao controle de preços, a indústria farmacêutica não tem como repassar esses custos ao preço final de seus produtos. Portanto, a alta do dólar afetará o resultado das empresas estabelecidas no país”, afirma Mussolini.

O presidente da Abinee (associação da indústria elétrica e eletrônica), Humberto Barbato, afirma que, de janeiro a setembro, a moeda brasileira se desvalorizou 8%, mas o índice de preço dos produtos do setor eletroeletrônico registrou aumento de 2%.
“O setor não tem repassado na totalidade a desvalorização porque não encontrou espaço para isso. O mercado é muito competitivo. Se você promove uma alteração de preço e um concorrente não repassa, você provavelmente vai perder participação de mercado. Isso também depende dos estoques e da política comercial de cada empresa”, diz Barbato.

Segundo Joelson Sampaio, coordenador do curso de economia da FGV (Fundação Getúlio Vargas), a alta do dólar deve pesar no bolso dos brasileiros apenas em 2020.
“Além de produtos importados, a alta do dólar impacta os insumos importados de produtos brasileiros. O efeito, neste caso, é mais demorado, pois, geralmente, há um estoque maior de insumos e para se ter efeito na ponta é preciso queimar estoque, o que deve levar mais de um mês”, diz Sampaio.

Um outro efeito mais rápido é no combustível. Na quarta (27), a Petrobras aumentou o preço da gasolina em 4%, o segundo em oito dias, acompanhando a escalada do dólar frente ao real. O litro nas refinarias da Petrobras atingiu o preço médio de R$ 1,92, o maior valor desde o fim de maio.

O querosene de aviação também aumenta, pois é comercializado em dólares, o que pode impactar passagens aéreas. Segundo a Abear (Associação Brasileira das Empresas Aéreas), “ainda é cedo para avaliar com mais profundidade o reflexo da escalada da cotação do dólar em relação ao real registrada nos últimos dias”.

A associação, no entanto, informa que mais da metade dos custos do setor são indexados ao dólar. Além do querosene, que responde a até 30% do custo, há a manutenção e o arrendamento de aeronaves, que são pagos na moeda americana.
No caso de agências de viagem, os custos dos pacotes são calculados em dólar e repassados para o consumidor. O que muda é que, em momentos de alta da moeda americana, o brasileiro prefere viagens domésticas.

“Temos um cenário semelhante aos dos últimos dois anos, com uma procura 60% concentrada nas viagens domésticas e 40% nas internacionais”, diz a Abav (Associação Brasileira de Agências de Viagens) em nota.

Segundo representantes do setor, o cliente que já planejava viajar ao exterior tende a não mudar de planos, mas cortará gastos, como estadia em hotéis mais baratos e menos passeios.

A alta do dólar também afeta o preço das bebidas alcoólicas, setor em que, segundo a Abrabe (Associação Brasileira de Bebidas), 40% dos produtos são importados, especialmente vinhos e destilados.

“Os movimentos pontuais do dólar não se refletem imediatamente no preço dos produtos, apenas quando é alta perene, consolidada. A alta do dólar deste ano se refletiu no preço das bebidas, mas o movimento deste mês mês ainda não”, diz Cristiane Foja, presidente da Abrabe.

Segundo Cristiane, o setor enfrenta dificuldades e a alta dos produtos depende do cenário econômico. Ela aponta ainda que as vendas de Natal e Ano Novo não devem ser impactadas.

Segundo o boletim Focus do Banco Central, o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro em 2019 deve ser de 0,99%, abaixo do registrado em 2017 e 2018, que tiveram crescimento de 1,3% e 1,1%, respectivamente.

DÓLAR SOBE QUASE 6% EM NOVEMBRO

A cotação do dólar encerrou última semana de novembro com alta acumulada de 1%, a R$ 4,24. No mês, a valorização da moeda é de 5,66%, segunda maior alta mensal do ano, atrás de agosto, quando a cotação disparou 8,5%.

No mês, foram quatro semanas de alta do dólar, marcadas por protestos na América Latina, indefinição quanto a um acordo comercial entre China e Estados Unidos.

O que mais pressionou o real, no entanto, foi o fracasso da cessão onerosa. Apenas Petrobras, em parceria com estatais chinesas, arrematou áreas do pré-sal sem concorrência e com lances mínimos. A expectativa de investidores, no entanto, era de grande participação estrangeira, com forte entrada de dólares no país, o que derrubaria a cotação.

Dentre emergentes, o real foi a segunda moeda que mais se desvalorizou no mês, atrás apenas do peso chileno, que despencou 8,6% em decorrência dos protestos no país.

Já a Bolsa de valores brasileira tem alta de 0,95% em novembro. Mesmo com sucessivos recordes de pontos, o desempenho é o pior desde agosto, mês marcado pelo aumento das tensões comerciais entre China e Estados Unidos. Nesta sexta, o Ibovespa se manteve estável, a 108.233 pontos. O giro financeiro foi de R$ 14 bilhões, abaixo da media diária para o ano.

A saída de investimento estrangeiro na Bolsa em novembro até o dia 27 de novembro soma R$ 8,2 bilhões, a terceira maior no ano. Em agosto, saíram R$ 10,8 bilhões e em outubro, R$ 9,6 bilhões. No ano, há retirada de R$ 38,6 bilhões, pior resultado desde 2008, ano da crise financeira.

Veja o quanto os investimentos renderam em novembro:
Poupança nova (Depósitos a partir de 4/5/2012)
Rendimento de 0,3153% no mês.

Poupança antiga (Depósitos até 3/5/2012)
Rendimento de 0,5% no mês.

Ibovespa
Alta de 0,95% no mês
Dólar
Alta de 5,66% no mês.
Ouro
Alta de 2,4% no mês

A Praça Miguel Nunes de Souza, popularmente conhecida por ‘Praça Lampião’, está sendo alvo de denúncias de moradores, que garantem que o local se transformou num centro de consumo de drogas e sexo ao ar livre. Leia a nota a seguir.

Por Farol de noticia-foto de reprodução

“A Praça Lampião também virou ponto de moradia de pessoas em situação de rua. Diversos moradores de rua se abrigam no canteiro central, onde dormem, comem, brigam entre eles, urinam, defecam, usam drogas, e até mantém relação sexual em plena luz do dia. Constantemente estão nas portas pedindo. Fica impossível levar as crianças para brincar na praça. Ainda há a falta de iluminação em alguns postes. A situação está deplorável. Tais situações já fugiram do controle”, disse um morador que pediu anonimato.

 

João Augusto

     

Reprodução/Band

Exatamente às 12h09 desta sexta-feira (29), o corpo de Gugu Liberato foi sepultado no cemitério Gethsêmani, no Morumbi, no zona oeste de São Paulo. A multidão que estava presente no local entoou cantos religiosos enquanto gritava frases como “Gugu eu já disse que te amo hoje?”. Parentes da família também pediram aplausos de todos os presentes.

Velório

O velório do apresentador foi realizado na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), na zona sul da capital, com início na manhã de quinta (28) e término nesta sexta-feira.
VELO1
Os familiares do apresentador que morreu na sexta-feira da semana passada, dia 22, aos 60 anos, permaneceram na Alesp até por volta das 9h. Apesar de não terem parado para falar com a imprensa e os fãs, eles acenaram e agradeceram o apoio. João Augusto, de 18 anos, filho de Gugu, subiu abraçado com a assessora Esther Rocha.

O cortejo passou pelas Avenidas Brasil, Rebouças e Francisco Morato, entre outras vias importantes da cidade.

A morte de Gugu

O apresentador Gugu Liberato morreu em Orlando, na Flórida (EUA), onde tinha uma residência. Ele havia sido internado em um hospital após sofrer um acidente na casa onde mora. Segundo comunicado divulgado por sua assessoria de imprensa, Gugu sofreu o acidente na quarta-feira, 20.

Ele caiu de uma altura de quatro metros quando fazia um reparo no ar-condicionado no sótão da casa. De acordo com a nota, foi prontamente socorrido por uma equipe de resgate e admitido no Orlando Health Medical Center.

Os exames iniciais constataram sangramento intracraniano. “Em virtude da gravidade neurológica, não foi indicado qualquer procedimento cirúrgico. Durante o período de observação foi constatada a ausência de atividade cerebral”, observa o texto.

A morte encefálica foi confirmada pelo Professor Doutor. Guilherme Lepski, neurocirurgião brasileiro chamado pela família, que após ver as imagens dos exames em detalhes, confirmou a irreversibilidade do quadro clínico diante da mãe do apresentador Maria do Céu, dos irmãos Amandio Augusto e Aparecida Liberato, e da mãe de seus filhos, Rose Miriam Di Matteo.

Marina e Sophia

O apresentador deixa a esposa e três filhos, João Augusto, de 18 anos, e as gêmeas Marina e Sophia, de 15.

Prefeitura de Afogados da Ingazeira deu início nesta sexta (29), ao pagamento dos servidores públicos municipais referentes ao mês de Novembro. A partir de hoje estão sendo injetados 3,1 milhões de Reais na economia dos município, referente ao pagamento de 1.467 servidores, incluindo aposentados e pensionistas.
Confira o calendário:
 
29 de Novembro – Educação
02 de Dezembro – Demais órgãos e Secretarias Municipais
03 de Dezembro – Saúde
04 de Dezembro – Aposentados e Pensionistas que recebem um salário mínimo
05 de Dezembro – Aposentados e Pensionistas que recebem até dois salários mínimos
09 de Dezembro – Aposentados e Pensionistas que recebem acima de dois salários mínimos
Se na próxima sexta (06) entrar o FPM, a Prefeitura antecipará o pagamento do dia 09 para o dia 06 de Dezembro.
Foto: Diego Nigro
Além de Bivar, outras quatro ex-candidatas laranjas do PSL foram indiciadas hoje.
Nesta sexta-feira (29/11), a Polícia Federal indiciou o deputado federal Luciano Bivar (PSL-PE) e outras três mulheres de Pernambuco sob suspeita de participação em esquema de candidaturas de laranjas para desviar verba pública da legenda.

Os quatro suspeitos foram indiciados por crimes de falsidade ideológica eleitoral, apropriação indébita de recurso eleitoral e associação criminosa —com pena de cinco, seis e três anos de cadeia, respectivamente.

Além de Bivar, foram indiciadas as candidatas Maria de Lourdes Paixão, Érika Santos e Mariana Nunes —todas do PSL. Maria é secretária de Bivar há cerca de 30 anos e teve apenas 274 votos, conforme mostramos ontem aqui. Apesar da votação pífia, foi a terceira maior beneficiada com verba do PSL em todo o país, mais do que o próprio presidente Jair Bolsonaro e a deputada Joice Hasselmann (SP), essa com 1,079 milhão de votos.

A investigação sobre as candidaturas de laranjas da legenda teve início após o jornal Folha de S. Paulo revelar a existência do esquema, após uma série de reportagens publicadas desde fevereiro. O jornal também revelou que o mesmo ocorreu em Minas Gerais.

Era cerca de 12h10 quando o caixão contendo o corpo de Gugu Liberato foi sepultado no cemitério Gethsêmani, na região do Morumbi, na zona oeste de São Paulo, nesta sexta-feira (29). Acompanhado de perto por fãs, o enterro aconteceu sob aplausos e um coro de “Força, família” cantado pelo público. 
Assim como aconteceu no velório, a emoção de familiares, entre eles João Augusto, filho mais velho de Gugu, Dona Maria do Céu, mãe do comunicador e o irmão Amandio Liberato, comoveu os presentes. Abraçada com o filho, a mulher de Gugu, Rose Miriam chorou muito durante o sepultamento.
Gugu foi enterrado no jazigo da família, ao lado do pai, Augusto Claudino Liberato. Uma coincidência de datas marcou a cerimônia fúnebre: pai e filho foram sepultados com exatos dez anos de intervalo.
Uma grande estrutura foi preparada para a cerimônia de despedida. Grades espalhadas pelo cemitério separavam a área restrita à familiares e aos amigos. Bancos, uma cadeira de rodas e uma equipe de paramédicos ficaram a postos para o caso de necessidade. A principal preocupação era com Dona Maria do Céu, de 90 anos.
O corpo de Gugu deixou a Assembleia Legislativa de São Paulo pouco depois das 10h. O cortejo até o cemitério foi feito em carro aberto do Corpo do Bombeiros. João Augusto seguiu dentro do veículo que transportava o caixão do pai na companhia de um primo. Os demais familiares e alguns amigos seguiram em vans.
Durante todo o trajeto, pessoas nas ruas aplaudiram o cortejo. A cena se repetiu na chegada ao cemitério. Os fãs também gritavam “Ei, Gugu, já disse que te amo hoje?”, assim como foi feito durante as gravações do Canta Comigo.
A chegada de Dona Maria do Céu foi aplaudida pelos fãs do apresentador. Em apoio, gritaram: “Dona Maria, força e fé”. Emocionada, e ela acenou em resposta ao público.
Antes do enterro, foi feita uma breve cerimônia de despedida para o apresentador, com discursos e uma trombeta fúnebre.
O público cercou a van que levava os familiares de Gugu na saída do cemitério e aplaudiu muito. Antes de sair do cemitério, Rose Miriam, viúva de Gugu, desceu do veículo e falou rapidamente com os jornalistas. “Se hoje eu sou uma pessoa um pouco melhor, eu devo isso ao Gugu. Agora ele está aqui no meu coração, nos meus filhos”. disse emocionada.
Ao término do funeral, os fãs cercaram o túmulo e fizeram uma oração. (R7)

 

O Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de novembro somará R$ 8,8 bilhões, com o repasse transferido nesta sexta-feira (29). Pelos dados da Confederação Nacional de Municípios (CNM), com base nos relatórios da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), pouco mais R$ 2,1 bilhões serão divididos entre os 5.568 governos municipais, referente ao terceiro e último decêndio do mês. O valor já considera o desconto constitucional destinado ao financiamento da educação.

Sem a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), o chamado valores brutos, o último FPM do mês aumenta para R$ 2,6 milhões. A cifra representa 30% do montante total transferido aos cofres municipais. Em comparação com novembro do ano passado, o fundo cresceu 11,70%, sem considerar os efeitos da inflação. Quando aplicada a inflação do período, o saldo positivo reduz para 8,82%.

De janeiro até agora, também em relação a 2018, o fundo apresenta crescimento de 8,96%, mas, quanto se considera a comportamento da inflação, o avanço foi 5,12%. Esse resultado sinaliza uma melhora da economia nacional, mas não representa alívio aos governos locais por fatores diversos, inclusive a elevada transferência de responsabilidades ao longo dos anos. “A expectativa dos gestores é que os recursos da cessão onerosa sejam transferidos ainda este ano”, lembra o presidente da CNM, Glademir Aroldi.

Distribuição

Como a maioria das transferências federais, o fundo não apresenta uma distribuição uniforme ao longo do ano. Além da retenção de 20% destinada ao Fundeb, dos repasses aos Entes municipais também, os gestores devem aplicar 15% em saúde de 1% deve ser destinado ao Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep). E, segundo Aroldi, o montante é divido entre as prefeituras, a partir de fatores pré-definidos, dos quais a quantidade populacional se sobressai.

Veja o levantamento completo AQUI!

Pelos critérios atuais, localidade com coeficiente 0,6 dividem R$ 525,9 mil. São 2.459 municípios neste grupo, e entre eles os valores também não são igualitários. Como por exemplo, prefeituras de coeficiente 0,6 do Amapá devem receber R$ 114.962,25, enquanto de São Paulo ficam com R$ 216.242,00 sem os descontos constitucionais. No entanto, proporcionalmente, a maior parte do fundo fica com as localidades com maior população. Desse terceiro decêndio, R$ 340.459.230,31 serão destinados aos municípios de coeficientes 4,0 recebem, ou seja, a 166 localidades. 

O apresentador Gugu Liberato morreu na sexta-feira (22) após sofrer um acidente doméstico em sua casa em Orlando, nos Estados Unidos. (Foto: Reprodução) Gugu/velório

Às 9h a fila de fãs será encerrada. As pessoas que não conseguiram entrar poderão acompanhar a saída do corpo a partir da Avenida Pedro Álvares Cabral, ao lado da Assembleia.

O velório de Gugu Liberato, que começou na manhã de quinta-feira (28) na Assembleia Legislativa de São Paulo, irá até as 10h desta sexta-feira (29).

Às 9h a fila de fãs será encerrada. As pessoas que não conseguiram entrar poderão acompanhar a saída do corpo a partir da Avenida Pedro Álvares Cabral, ao lado da Assembleia. Muita gente esperou 3h na fila para ver o corpo.

Haverá uma oração com a família minutos antes da saída para o cemitério. O Padre Osmar Alves, da paróquia São José Operário, de Osasco, fará a oração. “”Nossa história não termina por aqui. Essa felicidade seguira para a eternidade. Certamente ficara essa saudade para sempre”, disse o padre.

O corpo seguirá em carro aberto do Corpo de Bombeiros, seguido por uma carreata de taxistas e familiares.

Após a cerimônia, o corpo do apresentador seguirá para ser enterrado no jazigo da família no Cemitério Gethsêmani do Morumbi, na Zona Sul de São Paulo, onde já estão enterrados os corpos de famosos como a apresentadora Hebe Camargo e o cantor Jair Rodrigues. Assim como o velório, o enterro será aberto ao público. Entretanto, a família terá uma área reservada.

Antes de o corpo ser levado para o cemitério, será realizada uma missa privada aos amigos e familiares do apresentador na Alesp. A previsão é que o corpo chegue ao cemitério até as 11h30, após o cortejo.

Cerca de 300 taxistas devem acompanhar o cortejo para homenagear o apresentador, segundo o sindicato da categoria. Um dos quadros famosos do programa apresentador foi o “Táxi do Gugu”, em que ele se disfarçava de taxista e conversava com passageiros.

Parentes e amigos foram à Alesp

Parentes e amigos participaram da cerimônia que aconteceu nesta quarta (28) na Alesp. Entre as celebridades que prestaram homenagens à Gugu estavam Sabrina Sato, Luiza Ambiel, Luciano Camargo, Roberta Miranda, Renata Banhara, Tom Cavalcante, Rodrigo Faro, Celso Portiolli, Simony, Mara Maravilha, Luciana Gimenez.

Milhares de fãs também participaram do velório e esperaram horas para dar o último adeus ao apresentador.

No início da manhã desta sexta-feira (29), a fila era pequena e a movimentação, tranquila. Uma grande quantidade de coroas de flores foi enviada por amigos de Gugu.
Na quinta-feira, no início da tarde, a fila chegou a ter 1.500 pessoas à espera para ver o caixão, que foi deixado aberto. O público cantou a música ‘Pintinho Amarelinho’ em homenagem a Gugu.

A família do apresentador manteve a discrição e recebeu os famosos. A companheira de Gugu, Rose Miriam Di Matteo, estava muito fragilizada e teve de ser amparada por familiares e amigos durante a cerimônia.

Também compareceram ao velório a mãe de Gugu, Maria do Céu Moraes, de 90 anos, de cadeira de rodas, e os filhos do apresentador João Augusto Liberato, 18 anos e as gêmeas Sofia e Marina Liberato, 15 anos.

Morte após acidente doméstico

O apresentador Gugu Liberato morreu na sexta-feira (22) após sofrer um acidente doméstico em sua casa em Orlando, nos Estados Unidos. Gugu tinha 60 anos e era pai de três filhos que teve com a médica Rose Miriam di Matteo.

Para atender a um desejo do apresentador, a família autorizou a doação de seus órgãos. A cirurgia durou cerca de 6 horas e foi concluída na manhã deste domingo (24). 

Segundo a família, 50 pessoas devem ser beneficiadas pelas doações de órgãos. O corpo do apresentador chegou ao Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, na manhã desta quinta-feira (28).

 

PARAÍBA : 

 

Morre jornalista Heraldo Nóbrega da TV Master após cair do 16º andar de prédio onde morava em Tambauzinho

Heraldo Nóbrega exerceu os cargos de editor-chefe do jornal O Norte, editor do jornal Correio da Paraíba e Superintendente do jornal A União (Foto: da Internet)

Faleceu nesta madruga (29) o jornalista Heraldo Nóbrega que atuava como apresentador na TV Master. O jornalista lutava contra depressão e durante esta noite caiu do 16º andar  do edifício Spazio di Napoli, Tambauzinho, onde morava com sua irmã.

Um dos mais antigos jornalista atuando na televisão paraibana, Heraldo Nóbrega transitava nos bastidores da política paraibana com muito respeito e credibilidade.

Ao longo de quase quatro décadas exerceu os cargos de editor-chefe do jornal O Norte, editor do jornal Correio da Paraíba e Superintendente do jornal A União.

A perícia está no local fazendo todo levantamento do ocorrido.

A Caixa Econômica Federal inicia nesta sexta-feira (29) mais uma etapa de liberação do saque imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), que paga até R$ 500 por conta ativa ou inativa. Os trabalhadores nascidos em junho e julho sem conta no banco poderão retirar o dinheiro.

O saque começou em setembro para quem tem poupança ou conta corrente na Caixa, com crédito automático. Segundo a Caixa, no total os saques do FGTS podem resultar em uma liberação de cerca de R$ 40 bilhões na economia até o fim do ano.

Atendimento

Os saques de até R$ 500 podem ser feitos nas casas lotéricas e terminais de autoatendimento para quem tem senha do cartão cidadão. Quem tem cartão cidadão e senha pode sacar nos correspondentes Caixa Aqui, apresentando documento de identificação, ou em qualquer outro canal de atendimento.

No caso dos saques de até R$ 100, a orientação da Caixa é procurar casas lotéricas, com apresentação de documento de identificação original com foto. Segundo a Caixa, mais de 20 milhões de trabalhadores podem fazer o saque só com o documento de identificação nas lotéricas.

Quem não tem senha e cartão cidadão e vai sacar mais de R$ 100, deve procurar uma agência da Caixa.

Embora não seja obrigatório, a Caixa orienta, para facilitar o atendimento, que o trabalhador leve também a carteira de trabalho para fazer o saque. Segundo o banco, o documento pode ser necessário para atualizar dados.

As dúvidas sobre valores e a data do saque podem ser consultadas no aplicativo do FGTS (disponível para iOS e Android), pelo site da Caixa ou pelo telefone de atendimento exclusivo 0800-724-2019, disponível 24 horas.

A data limite para saque é 31 de março de 2020. Caso o saque não seja feito até essa data, os valores retornam para a conta do FGTS do trabalhador.

Horário especial

Para facilitar o atendimento, a Caixa vai abrir 2.302 agências em todo o país, em horário estendido hoje e na segunda-feira (2). As agências que abrem às 8h terão o encerramento do atendimento duas horas depois do horário normal de término.

As que abrem às 9h terão atendimento uma hora antes e uma hora depois. Aquelas que abrem às 10h iniciam o atendimento com duas horas de antecedência. E as que abrem às 11h também iniciam o atendimento duas horas antes do horário normal.

A lista das agências com horário especial de atendimento pode ser consultada no site da Caixa. Nesses pontos, o trabalhador poderá tirar dúvidas, fazer ajustes de cadastro dos trabalhadores e emitir senha do Cartão Cidadão.

A Caixa destaca que o saque imediato não altera o direito de sacar todo o saldo da conta do FGTS, caso o trabalhador seja demitido sem justa causa ou em outras hipóteses previstas em lei.

Essa modalidade de saque não significa que houve adesão ao saque aniversário, que é uma nova opção oferecida ao trabalhador, em alternativa ao saque por rescisão do contrato de trabalho.

Por meio do saque aniversário, o trabalhador poderá retirar parte do 

SERTÃO:

Ipubi: Menor mata agricultor com golpes de garrafa de vidro na cabeça

Vítima estava desaparecida desde a noite do dia 22 de novembro

Por Roberto Gonçalves / Foto: reprodução

Um menor de 16 anos confessou ter assassinado um agricultor com golpes de garrafa de vidro na cabeça, no sítio Poço Verde (Estrada que dá acesso ao Sítio Pajeú) Zona Rural de Ipubi, no Sertão do Araripe.

De acordo com a 9ª CIPM, nesta quinta-feira (28), uma guarnição foi acionada pela Polícia Civil informando que havia sido encontrado o corpo de já sem vida de Natalício Amorim de Souza, 33 anos,  desaparecido desde a noite do dia 22/11/2019.

O suspeito W. N. S. de 16 anos,  foi localizado e intimado pela Polícia Civil e confessou a autoria do crime. O adolescente relatou ter matado a vítima com golpes de garrafa de vidro na cabeça, fato confirmado pelo IC, o menor ainda relatou que o fato se deu na madrugada do dia 23/11/2019.

Com o voto da ministra Cármen Lúcia dado no início da sessão desta quinta-feira, o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria a favor do repasse amplo de dados de órgãos de controle como a Receita Federal e a Unidade de Inteligência Financeira (UIF), antigo Coaf, para instruir investigações criminais do Ministério Público e da polícia.

Como consequência direta dessa decisão ―cujo julgamento ainda não foi encerrado―, deverão ser retomadas as investigações contra o senador Flávio Bolsonaro (RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro, e outros cerca de 900 casos, conforme levantamento divulgado pela Procuradoria-Geral da República.

Uma apuração contra Flávio Bolsonaro, que contou com um relatório do Coaf para embasá-la, havia sido suspensa em julho por decisão do presidente do STF, Dias Toffoli.

O voto de Cármen Lúcia foi o sexto a favor do repasse irrestrito das informações entre os órgãos. Em seu voto, a ministra disse que não é quebra de sigilo o repasse de informações da Receita, desde que se mantenham o sigilo dos dados nessas operações.

″É dever do agente público, ao deparar com indícios de pratica criminosa, comunicar ao Ministério Público”, afirmou.

A ministra destacou que é obrigatório também o repasse de informações do Coaf ao MP, embora ela tenha ressalvado que essa questão não constava inicialmente no recurso que chegou ao STF. “Não cogito, pois, de ilegalidade ao encaminhar todas as informações que tenham sido obtidas legalmente”, disse.

“Não acho (que há) necessidade de ordem prévia do Poder Judiciário”, afirmou. “Apenas se apresentam em casos específicos, que não me parecem ser aqui os casos cuidados”, completou.

Votaram no sentido do repasse irrestrito, além de Cármen Lúcia, os ministros Alexandre de Moraes, Edson Fachin, Rosa Weber, Luiz Fux e Roberto Barroso.

Até agora, somente o relator do processo e presidente do STF, Dias Toffoli, votou a favor de impor uma restrição no compartilhamento de informações, no caso de haver necessidade de uma autorização judicial para o repasse de dados bancários e de do imposto de renda entre a Receita e o Ministério Público ou a polícia.

Ana Maria calçados !!!!

Aproveite :

Um novo laudo de sanidade mental atestou que Vânia Basílio Rocha é sociopata – pessoa com transtorno de personalidade antissocial – e não pode cumprir o restante da pena no regime semiaberto, em Vilhena (RO). Vânia está presa por ter matado o ex-namorado a facadas durante o ato sexual.

A conclusão do novo laudo, divulgado nesta quinta-feira (28), foi feita por uma junta médica designada pelo Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ-RO). Vânia fez o exame psiquiátrico no Hospital de Base, em Porto Velho, no dia 30 de outubro.

Diante da conclusão deste novo laudo, Vânia não poderá ser beneficiada com a progressão de regime e continuará presa no presídio feminino de Vilhena.

À Rede Amazônica, o defensor disse entender que mesmo com o novo laudo atestando problemas psicológicos, isso não é o suficiente para manter Vânia em “cárcere eterno“. Primeiro que ela não foi considerada inimputável e, segundo, que o estado não teria oferecido acompanhamento de uma médica especialista.

Como Vânia já preenche os requisitos para progredir do regime de fechado para o semiaberto, o defensor diz que deve recorrer ao TJ-RO para que a decisão de primeira instância seja avaliada.

Este novo exame havia sido solicitado pela defesa para que Vânia cumprisse o restante da pena no regime semiaberto.

Em 2018, Vânia ganhou direito de progredir para o regime semiaberto, porém a Justiça ressaltou que ela teria que passar por um psiquiatra a fim de ser atestado que a detenta está apta para viver em sociedade. No exame feito à época, Vânia foi reprovada porque o laudo também indicou sociopatia.

Bom comportamento na prisão

A defesa diz que Vânia tem bom comportamento e trabalha e estuda dentro da prisão. A ré foi condenada a 13 anos de prisão, mas teve a pena reduzida para 8 anos e cumpre pena no regime fechado por ter matado o ex-namorado a facadas, durante o ato sexual, em dezembro de 2015. A defesa pediu progressão para o regime semiaberto no ano passado, mas o pedido foi negado em primeira e segunda instância.

Em janeiro deste ano, Vânia conseguiu uma autorização judicial para casar, em Vilhena. A cerimônia foi realizada no cartório da cidade e o “sim” para o noivo foi acompanhado de beijos.

‘Queria matar alguém’

Na época em que matou ex a facadas, a acusada confessou ter matado Marcos Catanio Porto e disse: “queria matar alguém”. Antes do assassinato, a jovem chegou a escrever um post no Facebook afirmando não ter sido uma má namorada. A perícia no corpo de Marcos revelou que ele foi assassinado com 11 facadas.

Um laudo feito meses depois da prisão apontou que Vânia é sociopata. No júri em que foi condenada, em setembro de 2016, a acusada fez cara de fúria ao ouvir a sentença. Em setembro de 2017, a jovem foi agredida por uma detenta e chegou a sair para registrar boletim de ocorrência.

 

Leia também:

Preso no Ceará elemento suspeito de estuprar três filhas em Araripina

Foragido da Justiça pernambucana será encaminhado a Araripina, onde responderá por crime de estupro

O elemento Francisco de Sousa Lima Silva, de 36 anos, que estava foragido da Justiça de Pernambuco, foi preso na manhã desta quinta-feira (28), no município de Araripe, interior do Ceará, suspeito de estuprar as três filhas. Segundo a polícia, ele é cearense, mas residia em Araripina, em Pernambuco, onde teria cometido os crimes.

No dia 20 de novembro, o suspeito teve a prisão preventiva decretada, ainda em Pernambuco, e fugiu para a casa de familiares no Ceará. Após as investigações da polícia, o homem foi encontrado e preso no Bairro Campo do Avião, em Araripe.

O suspeito foi levado à delegacia local e depois encaminhado a Araripina, onde responderá por crime de estupro.

O prefeito de Araripina, Raimundo Pimentel (PSL), disse não ter se surpreendido com a manifestação contrária do TCE as três contas do ex-prefeito Alexandre Arraes (PSB), relativas, por ordem, a 2014, 2015 e 2016.

“A corte cumpriu o seu papel. Não se pode aprovar contas de quem deu um calote de mais de R$ 25 milhões nos cofres públicos do município durante o seu mandato”, afirmou.

Esse prejuízo aos pobres mortais de Araripina ocorreu, segundo ele, entre os anos de 2012 e 2016, conforme dados constantes nos relatórios do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco nos pareceres prévios de rejeição de contas.

De posse de uma robusta documentação levantada em auditorias internas e pelo TCE, o prefeito informa que somente no fundo de Previdência dos servidores públicos, o ArariPrev, o ex-prefeito recolheu dos servidores e não repassou ao fundo a quantia de R$ 13,5 milhões.

“Além deste milionário débito previdenciário, o ex-prefeito também deu um calote na Caixa Econômica Federal e Santander, na Celpe e Compesa e nos salários dos professores dos meses de novembro e dezembro/2016 e dos servidores e dos aposentados do mês de dezembro/2016. Isso sem falar dos débitos junto à Celpe e Compesa”, disse Pimentel.

Veja os comprovantes

Por: J. Oliveira / Foto: reprodução

Policiais Militares do 7°BPM em conjunto com a Policia Federal deram continuidade na manha de hoje a Operação Precursora Facheiro V, e conseguiram localizar mais 803,2kg (oitocentos e três quilos e duzentas gramas) de Cannabis Sativa Lineu, popularmente conhecida como maconha pronta para o consumo.

A droga foi encontrada em uma propriedade no Sitio Baixa do Jua, zona rural da cidade de Santa Cruz-PE, e estava embalada em 32 sacas, que ja estavam prontas para serem comercializadas. ainda no local foram encontrados 12,5kg de semente de maconha. Uma pequena quantia da droga foi levada de amostra e apresentada a Delegacia de Policia Federal em Salgueiro-PE, o restante foi incinerada no local.

Na segunda Feira (25/11/2019) quando foi iniciada a operação a Policia ja tinha encontrado 602,4kg de maconha no mesmo setor, que somadas chegam a 1405,6kg da droga. O prejuízo para o trafico é estimado em aproximadamente 1 Milhão de Reais.

A comunidade acadêmica do IFPE elegeu, na quarta-feira (27), o reitor e os diretores/as-gerais dos 16 campi que formam o instituto e que ficarão a frente da instituição e dos campi durante o quadriênio 2020-2024.

A consulta eleitoral à comunidade do IFPE foi realizada, nos 16 campi, Reitoria e polos de Educação a Distância, e contou com a participação de estudantes, docentes e técnicos administrativos.

O professor José Carlos de Sá Júnior foi eleito reitor da Instituição com 43,31% dos votos. O candidato professor Sérgio Gaudêncio foi o segundo colocado, com 15,59%, seguido do professor Ênio de Lima, com 5,52%.

Em Afogados da Ingazeira, o professor Ezenildo Lima, foi reeleito com 51,96%.

o professor Williams Costa ficou no segundo lugar com 24%.

Votos brancos somaram 0,17%,

nulos 0,76% e foram registradas 23,12% de abstenções.

As eleições do IFPE ocorreram com tranquilidade. De acordo com a Comissão Eleitoral Central, 7.753 eleitores de todo o Instituto compareceram a um dos 18 locais de votação dos 16 campi e polos EaD.

Foram registrados os índices de 0,99% de votos nulos, 1,32% de votos em branco e 33,26% de abstenção. A apuração foi acompanhada durante toda a madrugada através de planilha online disponibilizada no portal do IFPE pela Comissão.

O prazo para recursos ao resultado preliminar será nesta sexta-feira (29). O dia 2 de dezembro será reservado para apresentação de contrarrazões aos recursos. O resultado final será publicado em 3 de dezembro e homologado pelo Consup no dia 6 de dezembro.

Confira os eleitos/as para os outros 15 campi do IFPE:

Fátima Cabral 63,97 (Abreu e Lima, com 63,97%), Cumaru (Barreiros, com 44,82%), Marcos Germano (Belo Jardim, com 32,79%), Daniel Assunção (Cabo de Santo Agostinho, com 65,26%), Elaine Rocha (Caruaru, com 44,07%), Amaral (Garanhuns, com 45,34%), James Radson (Igarassu, com 67,24%), Viviane Lucy (Ipojuca, com 34,36%), Janderson Emmanuel (Jaboatão dos Guararapes, com 49,45%), Luciana dos Santos (Olinda, com 50,85%), Marlo Andrade (Palmares, com 64,41%), George Gaudêncio (Paulista, com 60,39%), Valdemir Mariano (Pesqueira, com 59,95%), Marivaldo Rosas (Recife, com 50,51%), Mauro de Souza (Vitória de Santo Antão, com 36,35%).

Afogados da adeus o mais antigo farmacêutico Ivo Januário, conhecido por  Ivo da Farmácia de 74 anos,  faleceu na noite desta última quarta (27,) no Hospital Regional Emília Câmara.

Ivo por muita gente era conhecido por doutor do povo pela grande experiência que acumulou por décadas atendendo a população e a facilidade de passar o remédio para tal problema apresentado pelo freguês que ficava satisfeito, por muito tempo atendia no centro comercial da cidade depois teve que abrir a farmácia com instalações antigas em outro local no mesmo modelo tradicional a modernidade já não dava mais para acompanhar, tinha um atendimento exemplar mais o tempo chegou o Senhor Pai Celestial chamou para sua eterna casa.    

Ele já foi homenageado em vida no tradicional carnaval de Afogados promovido pela prefeitura era    um carnavalesco de brincar até o último momento, carismático, gentil e brincalhão só resta sentir saudades dessa figura emblemática. 

 

A urbanização fez com que a farmácia que Ivo comandava fosse comercializada para dar lugar a uma loja de rede. Um duro baque para Ivo, que ainda se arriscou em outros pontos comerciais, mas sem o sucesso de outrora no tradicional endereço. Ivo foi um personagem de uma Afogados que não volta mais.

 O velório está acontecendo na sua residência na Rua Pedro Batista Tavares, 305.

Mensagens divulgadas em julho confirmam que o desembargador do TRF4 colaborou com o procurador na condenação de réu da Lava Jato

 

Em julho deste ano, Intercept Brasil e Veja denunciaram, por meio de uma série de reportagens que ficou conhecida como “Vaza Jato”, que o relator dos casos da operação no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), o desembargador João Pedro Gebran Neto, teve diversos diálogos impróprios com procuradores do Ministério Público Federal (MPF). Em uma das conversas, o chefe da força-tarefa em Curitiba, Deltan Dallagnol, cita “encontros fortuitos” com Gebran para negociar a condenação de réus.

“Falei com ele umas duas vezes, em encontros fortuitos, e ele mostrou preocupação em relação à prova de autoria sobre Assad…”, disse Dallagnol ao procurador Carlos Augusto da Silva Cazarré, da força-tarefa da Procuradoria Regional da República da 4ª Região, que atua junto ao TRF4. Na conversa, Dallagnol cita Adir Assad, um dos operadores de propinas da Petrobras e de governos estaduais. Assad foi condenado pelo então juiz Sergio Moro a nove anos e dez meses de prisão.

 

Lula é condenado em 2ª instância no caso do sítio e tem pena aumentada

Por unanimidade, a 8ª Turma do Tribunal-Regional Federal da 4ª região (TRF-4) negou a nulidade da condenação em primeira instância e elevou a pena do ex-presidente de 12 para 17 anos em regime fechado

 
A 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª região (TRF-4) negou nesta quarta-feira (27), por unanimidade, a anulação do julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no processo do sítio de Atibaia e ainda ampliou a pena do petista.

A Turma é composta por três magistrados, o relator João Pedro Gebran Neto, e os desembargadores Leandro Paulsen e Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz.

O relator votou pela não anulação da sentença aplicada e ainda elevou a pena do ex-presidente de 12 anos e 11 meses em regime fechado, sentença aplicada em primeira instância, para 17 anos, um mês e dez dias de prisão.

O desembargador Paulsen, segundo a votar, acompanhou integralmente o entendimento do relator, assim como Thompson Flores, o último a votar na sessão desta quarta. Paulsen afirmou que a condenação não deve ser anulada devido ao entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre as alegações finais — que não interfere na primeira instância, na qual Lula já foi condenado — e também defendeu o aumento da pena.

Thompson Flores também rejeitou a nulidade do processo com base no entendimento do STF e acompanhou o aumento da pena, determinado pelo relator. Com isso, formou-se unanimidade no TRF-4 pela manutenção da condenação em primeira instância e aumento da pena do ex-presidente Lula. O petista, no entanto, segue em liberdade com base em decisão recente do STF que determinou o fim da prisão após condenação em segunda instância.

Sobre a condenação e o julgamento
Lula foi denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF), que afirma que o ex-presidente recebeu propina de empreiteiras por meio de José Carlos Bumlai. Parte do dinheiro, de acordo com o MPF, foi usado na reforma e decoração de um sítio frequentado pelo ex-presidente, em Atibaia, no interior de São Paulo.

Segundo a denúncia, os valores pagos pela Odebrecht chegam a R$ 128 milhões e outros R$ 27 milhões teriam sido pagos pela empreiteira OAS.

O ex-presidente já havia sido condenado no processo do sítio de Atibaia, em primeira instância. A 13ª Vara da Justiça Federal do Paraná condenou Lula a 12 anos e 11 meses de prisão por lavagem de dinheiro e corrupção passiva em fevereiro deste ano. A decisão da primeira instância é da juíza Gabriela Hardt, substituta do então juiz Sergio Moro.

A defesa de Lula, no entanto, pedia a anulação da sentença com base em decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que o réu delatado deve apresentar suas alegações finais após o réu delator e também afirmam que há suspeição de juízes e procuradores que atuaram no caso.

Defesa diz que decisão ‘afronta’ o Supremo
O advogado Cristiano Zanin Martins, que defende Lula, considerou a decisão do TRF-4 uma afronta ao Supremo Tribunal Federal (STF).

“É mais um exemplo de um processo injusto ao qual o ex-presidente Lula está submetido desde 2016. É uma decisão que claramente afronta posições da Suprema Corte não só em relação a ordem das alegações finais entre delatores e delatados, mas também em relação a própria competência que foi firmada em relação a delações da Odebrecht especificamente em relação ao caso do sítio de Atibaia. O Supremo já decidiu que todas essas delações relativas ao sítio devem ser analisadas na Justiça Federal de São Paulo”, afirmou Zanin, após a sentença que manteve a condenação do petista e elevou sua pena de 12 anos de prisão para 17 anos.

Zanin afirmou que vai aguardar publicação do acórdão da sentença desta quarta para conhecer a íntegra dos votos dos três desembargadores da 8ª Turma do TRF-4 e analisar “os erros” e decidir quais recursos serão apresentados, no próprio tribunal ou nos tribunais superiores. “Mas certamente iremos recorrer, porque a decisão anunciada hoje claramente afronta a Suprema Corte não só em um mas em alguns aspectos”, afirmou Zanin.

 

 

O voo com o corpo do apresentador Gugu Liberato chegou ao Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), por volta das 6h desta quinta-feira (28). A urna funerária será levada para a Assembleia Legislativa de São Paulo, na capital do Estado, a partir das 12h. Além do corpo do apresentador, o voo também trouxe a família ao Brasil.
 Os familiares de Gugu passaram pela imigração, e foram direcionados a uma área reservada para aguardar a liberação da urna com o corpo do apresentador. A família pediu uma sala no terminal para fazer a maquiagem do corpo. Durante o desembarque, a movimentação foi tranquila no aeroporto.
A cerimônia, que será aberta ao público, deve começar por volta das 12h desta quinta e terminar às 10h da sexta-feira (29). O corpo de Gugu será velado em caixão aberto. G1

Informação foi divulgada pela Federação das Indústrias de Pernambuco (Fiepe)

Foto: reprodução

Pernambuco registrou o melhor índice de produção industrial em outubro de 2019, em comparação com o mesmo mês desde de 2013. A informação faz parte do boletim “Sondagem Industrial” e foi divulgado pela Federação das Indústrias de Pernambuco (Fiepe), na terça-feira (26). O boletim aponta números como se desse notas para as atividades econômicas. Abaixo de 50 pontos, a situação é de recessão. Quando atinge 50 pontos, o número mostra que a indústria não cresceu nem teve redução. Já acima dos 50 pontos, o índice aponta o aquecimento da produção.

O coordenador do Núcleo de Economia da Fiepe, Cezar Andrade, aponta que o fundamental para a sondagem industrial é a utilização da capacidade instalada e as empresas do estado estão atingindo 63,3 pontos  dela, das suas máquinas, e isso gera um aumento do volume de produção.

“Isso significa que acima de 50 pontos o cenário é positivo e esse resultado a gente não tinha visto desde 2013, ou seja, as empresas estão produzindo mais, se elas produzem mais, consequentemente é porque a demanda está aumentando e pode haver uma geração de emprego”,  destaca Cezar. (Central Brasileira de Notícias)

 

Desde que implantou a política municipal de empreendedorismo, a Prefeitura de Afogados já capacitou mais de dois mil Afogadenses, em mais de 80 diferentes cursos, nas mais diversas áreas, como informática, moda e beleza, gastronomia, hotelaria, dentre outros.

E nesta quinta (28), a Prefeitura vai entregar certificados de cursos de qualificação, em parceria com instituições nacionalmente reconhecidas pela expertise na área, a exemplo do SEBRAE e do SENAC. No âmbito estadual, a Prefeitura foi buscar parcerias com as Secretarias Estaduais da Mulher, e do Trabalho, Emprego e Qualificação.

A cerimônia de entrega dos certificados será conduzida pelo Prefeito José Patriota, a partir das 18h30, no Espaço Olga Cajueiro.

O Banco Central (BC) determinou que os juros aplicados ao cheque especial, hoje em torno de 12% ao mês, não poderão ultrapassar 8%, em decisão anunciada nesta quarta-feira, após reunião do Conselho Monetário Nacional (CMN), do qual o BC faz parte. A medida passa a valer no dia 6 de janeiro de 2020.

O Globo foto de reprodução

Com a mudança, o Banco Central espera que a taxa do cheque especial caia pela metade, para cerca de 150% ao ano. Dados de outubro do próprio BC indicam que os juros dessa linha estão em cerca de 306% ao ano.

Segundo o diretor de Organização do Sistema Financeiro e Resolução do Banco Central, João Manoel Pinho de Mello, a medida ajuda a tornar esse produto financeiro, hoje o mais caro do país, menos “regressivo”, isto é, com maior impacto sobre clientes mais pobres, que ganham até dois salários mínimos e têm um nível mais baixo de educação financeira.

– O produto cheque especial tem características de crédito e de serviço bancário. Nós documentamos volumes altos de limites concedidos aos clientes e não utilizados. E a maior parte desse volume de limite não utilizado é concedido a clientes de alta renda. A consequência é que clientes de baixa renda pagam por esse desenho atual do cheque especial. É um subsídio implícito, afirmou.

Ainda de acordo com o diretor, o volume total de recursos disponibilizados pelo limite do cheque especial chega a R$350 bilhões no Brasil. Desse montante, apenas R$ 26 bilhões constituem carteira ativa, isto é, são efetivamente utilizados pelos clientes. Mello afirma os cerca de R$ 325 bilhões parados custam ao sistema financeiro, que acaba repassando em juros a quem mais utiliza o cheque especial: quem ganha até dois salários mínimos.

O jornalista também comunicou que não vai trabalhar no GP de Abu Dhabi no próximo fim de semana, na etapa que encerra a Fórmula 1. (Foto: Divulgação)

O jornalista Reginaldo Leme, comentarista de Fórmula 1 desde 1978,  comunicou à TV Globo que vai sair da emissora. As informações são do Yahoo Esportes.

Em um e-mail enviado para o departamento de esportes da Globo, Reginaldo revelou que seu ciclo na empresa terminou. Segundo pessoas que leram a mensagem, houve um misto de agradecimento e lamentação.

O jornalista  também comunicou que não vai trabalhar no GP de Abu Dhabi no próximo fim de semana, na etapa que encerra a Fórmula 1. Desta forma, sua última aparição na emissora foi na corrida de Stock Car no último domingo (24).

De acordo com informações de um popular, no veículo iam dois itaporanguenses, identificados apenas como Orlando Paiva e Bebeto. Eles se dirigiam ao município princesense a trabalho, quando, em uma estrada de terra, perderam o controle do automóvel e capotaram por várias vezes, indo parar em uma árvore.
Conforme informado, nenhum dos dois sofreu ferimentos graves, mas o carro ficou completamente destruído. Fonte Diamante Online
Suspeito de agredir e cortar os cabelos de adolescente com faca é preso em Patos
O homem suspeito de agredir e cortar os cabelos de uma adolescente de 15 anos com uma faca, foi preso nesta terça-feira (26), na cidade de Patos, na Paraíba. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito vivia com a vítima há cerca de 15 dias.
A delegada Sílvia Alencar também informou que nunca tinha identificado uma conduta agressora na relação. Ainda segundo a delegada, o homem responde a diversos processos e estava solto há um mês com o uso de tornozeleira eletrônica.
A adolescente foi encaminhada para casa da mãe. O homem foi levado para o presídio da cidade, onde aguarda audiência de custódia.
Fiscalização autua cargas de maquinário industrial, malte e material escolar e multas chegam a R$ 381 mil

Durante plantão do Posto Fiscal de Alcantil, localizado na BR 104, auditores fiscais fizeram três autuações de cargas que continham insumo (de malte); maquinário industrial e material escolar com irregularidade no documento fiscal com inidoneidade e sem recolhimento de tributo. 

O posto fiscal pertence à jurisdição da 3ª Gerência Regional da Secretaria de Estado da Fazenda, que tem sede em Campina Grande. As três autuações somaram um total de R$ 381.746,83 de ICMS e multas aplicadas.

A primeira autuação no Posto de Alcantil foi de uma carga com maquinário industrial, que havia saído da Paraíba com destino ao estado do Mato Grosso do Sul com documento fiscal inidôneo, quanto à descrição da natureza da operação. 

O valor da autuação de ICMS e multa somou R$ 278.935,04, sendo R$ 185.956,68 do tributo e R$ 92.978,36 de multa.  

A segunda autuação foi uma cobrança de diferencial de alíquota de um não contribuinte, conforme a Emenda Constitucional de 87/2015, com uma carga de material escolar, oriunda do Rio de Janeiro com destino a órgão público no estado da Paraíba, com o ICMS no valor de R$ 55.805,75. 

A empresa do Rio de Janeiro não havia recolhido o imposto antecipadamente conforme determinação legal.

Já a terceira autuação dos auditores fiscais de Alcantil foi de uma carga com insumo (malte), oriunda de Pernambuco com destino ao Ceará, para indústria cervejeira, com irregularidade no documento fiscal nos campos data de emissão e data saída do Danfe (Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica) 

O valor da autuação somou R$ 21.523,60, sendo R$ 14.349,07 e outros R$ 7.174,53 de multa.

Fiscalização intensificada pela Sefaz-PB – Os postos fiscais da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-PB) e as equipes de fiscalização em trânsito das cinco Gerências Regionais (João Pessoa, Guarabira, Campina Grande, Patos e Sousa) têm intensificado o trabalho de fiscalização de cargas nas rodovias, nas divisas e em pontos estratégicos das rodovias em ações fiscais móveis e inteligentes. 

O objetivo é combater a sonegação fiscal e coibir a circulação de mercadoria com documentação ou inscrição pendente de regularidade e sem o devido recolhimento do ICMS. Clik-PB

O presidente Jair Bolsonaro disse essa semana durante um culto evangélico em Manaus (AM), que está cumprindo “um propósito” de Deus. “Deus tem propósito para cada um de nós. Eu jamais pensei chegar onde cheguei. Tudo sendo feito contra minha pessoa. Sem dinheiro, sem fundo partidário. Aliás, tinham duas coisas a favor de mim: Deus e o povo a nosso lado.”
Ainda durante o culto, Bolsonaro voltou a dizer que tem direito a indicar duas pessoas para o Supremo Tribunal Federal (STF), e que um deles vai ser “terrivelmente evangélico”. “Eu tenho duas vagas. Uma será de um evangélico.” 
Nesta quarta-feira (27), está prevista a participação do presidente Jair Bolsonaro na abertura da primeira Feira de Sustentabilidade do Polo Industrial de Manaus. O presidente também deverá ir até Vitória do Xingu (PA) para a inauguração de turbina da Usina Hidrelétrica de Belo Monte. (Agência Brasil)

O corpo de Sandra Maria Sousa Moraes , 39 anos, foi encontrado enterrado com um fio de telefone enrolado no pescoço na tarde desta segunda-feira (25/11/2019). O cadáver da mulher estava em área do Assentamento 26 de Setembro, em Vicente Pires.
A polícia prendeu o próprio filho da vítima, suspeito de ter ocultado o corpo da mãe. O irmão dela, o pedreiro Danilo Moraes Gomes, é considerado foragido. Os investigadores desconfiam que ele é o autor do assassinato. Essa é, até agora, a principal linha de investigação da 38ª Delegacia de Polícia, que pedirá a prisão do homem.
FOTO DO IRMÃO FORAGIDO

Filho de Sandra, Brendo Sousa Moraes, 21 anos, mostrou à polícia onde o corpo da mãe estava enterrado: cerca de 50 metros mata adentro e a 15 centímetros do chão. Brendo negou participação no feminicídio, mas acabou preso e será autuado por ocultação de cadáver.

As investigações indicam que o crime ocorreu no último sábado (23/11/2019) e Sandra Maria teria sido enforcada. 
As apurações policiais estão em andamento. “A gente quer delimitar se foi só o Danilo que cometeu o feminicídio e se foi motivado por disputa de um lote na região 26 de Setembro”, pontuou o delegado-chefe da 38ª DP, Yury Fernandes.
A polícia soube do caso com a denúncia da filha de Sandra e irmã de Brendo, Samara Sousa Moraes, 22 anos. Na manhã desta segunda, ela foi à 38ª DP e contou que fugiu da casa do tio, onde estaria presa desde sábado.
Segundo versão de Samara, o tio contou que a mãe estava morta. Depois, teria mantido a sobrinha em cárcere e a estuprou.
Sandra Maria era cabeleireira ,evangélica, e tinha negócio próprio em Vicente Pires, seu irmão era pedreiro, e se preparava para se tornar pastor pela Assembléia de Deus onde a família frequentava .
A família é do Maranhão.

Pastor é preso acusado de estuprar sobrinhas de 6 e 15 anos

Um pastor foi preso, nesta quinta-feira, em Magé, na Baixada Fluminense, sob acusação de ter estuprado duas sobrinhas de 6 e 15 anos de idade. 

Segundo informações repassadas à polícia, o homem agia em uma igreja evangélica na região do Parque Boneville. As crianças seriam filhas da irmã da esposa do pastor.

Ainda de acordo com a investigação policial, o crime vinha sendo cometido há anos, e foi a própria mãe das vítimas quem descobriu a prática do crime.

Depois de preso, o homem foi levado para a 65ª DP (Magé), onde se cumpriu um mandado de prisão preventiva. Ele vai responder por estupro de vulnerável

No último dia 23 de novembro aconteceu a eleição e posse da nova diretoria da CDL Afogados da Ingazeira para o triênio 2020 a 2022. O evento aconteceu no espaço Wilson Brito do Hotel Brotas contando com a presença de associados e convidados.

A nova diretoria da CDL, que irá atuar no triênio 2020 – 2022 está formada por os seguintes representantes:

Ótávio Neto (Flowers) – Presidente
Darlan Quidute (Curso Conexão) – Vice Presidente
Jakellyne Quidute ( JQ Contabilidade) – Diretora Administrativa (Financeiro)
Aline Farias (Beiju Consultoria) – Vice Diretora Administrativa (Financeiro)
Laydson Santos (Floricultura BM) – Secretário Administrativo
Wagner Dias (Infose) – Diretor
Catarina Arthemens (LC Advogados) – Conselheira
Ilma Valério (Valério Construções) – Conselheira
Aderval Vicente (Ana Maria Calçados) – Conselheiro.

 

A previsão do tempo da Agência Pernambucana de Águas e Clima indica continuidade de chuvas com intensidade de moderada a forte, principalmente no período da noite, em municípios no Sertão Pernambucano, com destaque para o Sertão do São Francisco.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) também previu o aumento de chuvas. São esperados ainda ventos intensos, com velocidades entre 40 e 60 km/h. Há, no entanto, baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas. O instituto recomenda que os moradores das regiões procurem a Defesa Civil ou Corpo de Bombeiros em caso de emergências.

Apesar das chuvas, as temperaturas na região vão permanecer altas de acordo com o Inmet. A máxima deve chegar a 39º C. A mínima será de 18º C.

Segundo a consultora do Inmet Dayse Moraes, as chuvas esperadas pelo boletim são causadas por um sistema frontal que se desloca entre o sul do Piauí e o Recôncavo Baiano. “Esse sistema causa uma instabilidade e chuva intensa. Temos ainda uma convergência, pois está tendo bastante chuva no Sertão do Piauí, que se desloca para o Sertão de Pernambuco”, explica.

O sistema frontal, acrescenta Dayse, é uma banda de nebulosidade provocada por uma baixa pressão da atmosfera e encontros de massas de ar quente e ar frio. “Estamos monitorando o sistema e, caso se intensifique, iremos aumentar a severidade do aviso”, finaliza Dayse.

Pernambuco: vacinação contra febre aftosa termina no dia 30 de novembro

Atenção criador. Os rebanhos em Pernambuco devem ser vacinados contra a febre aftosa até 30 de novembro. Devem ser imunizados todos os bovinos e bubalinos com até dois anos de idade. Essa é a segunda etapa da campanha, que teve início no dia 1º de novembro.

De acordo com a Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária (Adagro), os animais com mais de dois anos devem ser apenas declarados. O criador precisa comprar a vacina em uma loja e depois fazer a declaração da imunização. O órgão estima que 526.792 animais precisam ser protegidos.

“A atualização cadastral é de extrema importância para as atividades desenvolvidas pela Adagro, pois por meio dela podemos planejar melhor nossas atividades e agir com maior rapidez em caso de foco de alguma doença”, explicou o Presidente da Adagro, Paulo Roberto Lima.

A Adagro faz um alerta: quem deixar de declarar o rebanho pagará multa de R$ 300,00. No caso de não imunização, a penalidade é de R$ 60,00 por animal. Outra consequência é a proibição de tirar a Guia de Trânsito Animal (GTA).

Os magistrados vão julgar recurso de Lula contra condenação em primeira instância por corrupção e lavagem no caso do sítio de Atibaia.

 Quase dois anos após o julgamento que levou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à prisão, os juízes do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) voltam a se reunir na manhã desta quarta-feira (27) para decidir um caso que pode ser determinante para que o petista vá novamente para o regime fechado.

Os magistrados vão julgar recurso de Lula contra condenação em primeira instância por corrupção e lavagem no caso do sítio de Atibaia (SP), que era frequentado pelo petista e que foi reformado pelas empreiteiras Odebrecht e OAS.

Fora da cadeia desde o último dia 8, Lula já atingiu a marca de um sexto da pena cumprida na condenação no caso do tríplex de Guarujá (SP), que garante que ele não voltará para o regime fechado por causa desse primeiro processo, ainda pendente de recursos nas instâncias superiores.

Dessa forma, o caso do sítio pode ser decisivo para o futuro da liberdade do petista, já que há uma articulação no Congresso para a volta da possibilidade de prisão de condenados em segunda instância.

Entre nove ações penais abertas contra ele no Paraná, São Paulo e DF, o caso do sítio é o que está em estágio mais avançado após o processo do tríplex, que já teve condenação confirmada também no âmbito do STJ (Superior Tribunal de Justiça).

Em fevereiro, a juíza Gabriela Hardt, que substituiu Sergio Moro na Vara Federal de Curitiba, condenou o ex-presidente a 12 anos e 11 meses de prisão por ter aceitado as benfeitorias na propriedade rural em troca de favorecimento às empreiteiras em contratos na Petrobras. Outros nove acusados também foram condenados.

As defesas e o MPF (Ministério Público Federal) recorreram ao TRF-4, corte com sede em Porto Alegre que funciona como segunda instância da Justiça Federal. No julgamento desta quarta, representantes das partes vão se pronunciar, e três juízes vão ler seus votos na parte final, antes de o resultado ser proclamado.

Dependendo do placar, aumentam as chances de recurso das defesas na própria corte regional. Em caso de uma condenação por 2 a 1, por exemplo, os advogados podem apresentar nova apelação à Quarta Seção do TRF-4, composta por mais magistrados.

O julgamento pode se estender por todo o dia. No caso do tríplex de Guarujá, no qual Lula teve condenação confirmada no TRF-4 no início de 2018, a sessão durou mais de nove horas.

O trio de magistrados que atua na Lava Jato tem uma modificação em relação ao grupo que condenou Lula em 2018: saiu Victor Laus, que votou pela condenação de Lula à época e que agora é presidente do tribunal, e entrou Carlos Thompson Flores, que comandava a corte até junho.

Em mais de cinco anos de Lava Jato, o TRF-4 tem um histórico de alinhamento com as decisões de Curitiba. Desta vez, porém, é possível que a corte anule neste julgamento a sentença de Gabriela Hardt, sem julgar o mérito dos recursos das defesas, devido a uma recente decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) sobre a ordem de fala de delatores e delatados em processos na primeira instância.

Antes de apresentar suas considerações finais na ação penal, no fim do ano passado, a defesa de Lula pediu para se manifestar apenas após réus delatores, que haviam feito acusações contra o petista.

A juíza negou à época essa solicitação, mas em outubro deste ano o Supremo reconheceu que esse benefício é necessário para assegurar a ampla defesa a réus que não fecharam acordo de colaboração. Duas sentenças da Lava Jato que não envolvem Lula já foram anuladas pelo STF por causa disso.

Diante desse novo entendimento da suprema corte, os juízes do TRF-4 podem considerar que o caso precisa voltar à primeira instância para que a etapa de alegações finais seja refeita, agora respeitando essa distinção entre delatores e delatados.

Isso significaria que o processo do sítio retrocederia em 11 meses -as alegações finais dos réus foram entregues em janeiro deste ano.

O MPF que atua na segunda instância, responsável pela acusação, chegou a concordar com a volta para essa etapa, mas depois recuou.

Diferentemente do julgamento de 2018, a apelação no caso do sítio ocorre em momento em que a Lava Jato está sob forte pressão. Os investigadores sofreram derrotas no Judiciário ao longo deste ano e enfrentaram críticas de ministros do Supremo após a revelação de mensagens trocadas no aplicativo Telegram.

Os advogados do ex-presidente inclusive incluíram em seus memoriais apresentados à corte regional trechos de diálogos divulgados pelo site The Intercept Brasil e por outros veículos. A defesa queria ainda a inclusão entre as provas de mensagens obtidas na investigação sobre o hackeamento de celulares de autoridades na Operação Spoofing.

A defesa de Lula no caso se concentra em questionamentos sobre imparcialidade.

Afirma que nem os juízes Moro e Hardt nem os procuradores da Lava Jato tinham o distanciamento necessário para atuar no caso e que a Vara Federal de Curitiba não era o foro correto para o processo.

Entre outros pontos que devem ser analisados pelo TRF-4, estão o suposto “aproveitamento” por Hardt da sentença proferida por Moro no caso tríplex e a falta de vínculo do caso com a Petrobras.

A defesa cita ainda pendência de manifestação final do Comitê de Direitos Humanos da ONU a respeito de reclamação apresentada pelo petista.

Sobre as reformas feitas no sítio, a defesa afirma que o ex-presidente jamais pediu ou recebeu vantagens indevidas nem concedeu benefícios específicos para as construtoras. “A ‘gratidão’ dos empresários para com Lula decorre de ações lícitas realizadas pelo ex-presidente, que conduziram ao crescimento de tais empresas em razão de políticas governamentais bem-sucedidas”, diz a defesa.

Para o Ministério Público, os advogados do ex-presidente elegeram “a teoria conspiratória como o principal fundamento para a demonstração da inocência de seu cliente”.

OS JUÍZES QUE VÃO ANALISAR O CASO DO SÍTIO DE ATIBAIA (SP)

João Pedro Gebran Neto, 55,

É relator da Lava Jato no Tribunal Regional Federal desde o início da operação, em 2014. Ele está na corte desde 2013 e votou pela condenação de Lula no caso do tríplex de Guarujá (SP), em 2018.

Leandro Paulsen, 49,

É o revisor da Lava Jato na turma que julga recursos da operação na corte com sede em Porto Alegre. Ele também votou pelo aumento da pena de Lula no caso tríplex. É juiz do tribunal desde 2013.

Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz, 56

É o presidente da turma. Ele é o mais novo integrante do grupo que julga a Lava Jato, já que até junho estava na presidência do tribunal e não participava dos julgamentos. Em 2017, disse em entrevista que a sentença contra Lula no caso tríplex teve um ‘exame irrepreensível’ de provas e foi criticado pelo ex-presidente.

Paraíba:

Com o impacto da explosão, o posto ficou destruído. (Foto: Reprodução)

Bandidos explodiram na madrugada desta quarta-feira (27), um cofre localizado no posto de combustível Santa Clara, no bairro do Cristo, em João Pessoa, na Paraíba.  De acordo com informações, participaram da ação três homens.

 

Eles estariam em um carro tipo Doblô de cor verde. O posto fica localizado na Rua Vicente Costa Filho, no bairro do Cristo.

Não há informações sobre a quantia em dinheiro levada pelos bandidos. 

A Polícia foi acionada e vai investigar o caso. Ninguém foi preso.

Ex-prefeito de Triunfo, preso pela Recidiva, é exonerado de cargo no Governo do Estado

De acordo com informações da própria Polícia Federal, o ex-prefeito da cidade de Triunfo foi alvo de diversas denúncias devido a irregularidades.

Damísio havia sido preso na última quarta-feira (20) após a deflagração da quarta fase da Operação Recidiva pela Polícia Federal (Foto: Reprodução)

O ex-prefeito da cidade de Triunfo, no Sertão da Paraíba, Damísio Mangueira da Silva, que ocupava o cargo de Chefe do Setor Administrativo do Núcleo Regional de Atendimento ao Servidor de Cajazeiras, foi exonerado. O ato governamental com a exoneração foi publicado na edição desta quarta-feira (27) do Diário Oficial do Estado da Paraíba.

Damísio havia sido preso na última quarta-feira (20) após a deflagração da quarta fase da Operação Recidiva pela Polícia Federal. De acordo com informações da própria Polícia Federal, o ex-prefeito da cidade de Triunfo foi alvo de diversas denúncias devido a irregularidades que teriam sido feitas quando estava à frente da prefeitura. Dentre as denúncias investigadas estão fraudes em licitação e superfaturamento no âmbito da Operação Sanguessuga.

Governador João Azevêdo participa de sorteio de unidades habitacionais do residencial Alvorada Sul

As unidades habitacionais são destinadas a famílias com renda mensal bruta de até R$ 1.600,00 e beneficiarão cerca de 1024 pessoas.

A solenidade acontece às 10h no Centro de Formação de Educadores Professora Elisa Bezerra Mineiros (Foto: Walla Santos)

O governador João Azevêdo participa, nesta quarta-feira (27), da solenidade de sorteio de 256 apartamentos do residencial Alvorada Sul, localizado no loteamento Colinas de Gramame. 

A solenidade acontece às 10h no Centro de Formação de Educadores Professora Elisa Bezerra Mineiros – Rua Coronel Benevenuto Gonçalves da Costa, no bairro de Mangabeira.

As unidades habitacionais são destinadas a famílias com renda mensal bruta de até R$ 1.600,00 e beneficiarão cerca de 1024 pessoas. Os investimentos somam mais de R$ 23,3 milhões.

A partir de dezembro, o pernambucano se tornará o substituto de Tadeu Schmidt no “Fantástico”, programa transmitido aos domingos.

A estreia de Bonfim no Fantástico deve ocorrer no último domingo do ano, na folga do titular. (Foto: Divulgação) 

O jornalista Márcio Bonfim, rosto do jornal matinal NE1, da Rede Globo de Televisões, será promovido nos próximos meses, de acordo com o colunista Maurício Stycer (Uol).

A partir de dezembro, o pernambucano se tornará o substituto de Tadeu Schmidt no “Fantástico”, programa transmitido aos domingos. A estreia de Bonfim deve ocorrer no último domingo do ano, na folga do titular.

Ainda segundo Stycer, em janeiro o jornalista também assumirá outra função, quando passa a integrar também a escala de apresentadores que se revezam no comando do “Jornal Nacional”, aos sábados.

Márcio Bonfim representou Pernambuco na estreia do Rodízio do Jornal Nacional 50 anos, que aconteceu em setembro deste ano. Ele esteve acompanhado de Cristina Razolin, do Rio Grande do Sul.

Leia também:  

COTAÇÃO:

Dólar é cotado a R$ 4,1679 nesta manhã de quarta-feira

O valor do dólar na manhã desta quarta-feira (27), está cotado no valor de R$ 4,2394 com variação de 0.142%. Já o valor do dólar para o turismo está sendo cotado a R$ 4,6726.

Enquanto isso, o Euro comercial está sendo vendido a R$ 4,89 e o Euro para o turismo é cotado por R$ 5,1784.

O dólar americano é a moeda dos Estados Unidos e tem sua emissão controlada pela Reserva Federal daquele país. O dólar é usado tanto em reservas internacionais como em livre circulação.

 

blogmarcosmontinelly

 

Ainda não há informações sobre velório e enterro do humorista, que estava internado na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) de um hospital em Jundiaí, São Paulo

Charles Gutemberg, o Rapadura de “A praça é nossa”, do SBT, morreu nesta terça-feira (26), aos 57 anos, vítima de complicações após ser submetido a duas cirurgias. A informação foi divulgada pelo programa “Tricotando”, da Rede TV!

Ainda não há informações sobre velório e enterro do humorista, que estava internado na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) de um hospital em Jundiaí, São Paulo, sua cidade natal.

Além do trabalho em “A praça é nossa”, Charles participou do “Programa do Ratinho” e “Dedé e o comando maluco”.

 

 

Fala de Guedes sobre câmbio divide opiniões no mercado e leva dólar a R$ 4,24

Com a fala do ministro, investidores interpretaram que o governo está confortável com o dólar acima de R$ 4,20 e veem espaço para a cotação subir mais, apostando na alta, o que eleva o valor da moeda

No dia seguinte à declaração de Guedes, o dólar abriu em alta, indo de R$ 4,2150 na véspera para R$ 4,2510 (Foto: Reprodução)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A fala do ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre a continuidade do dólar em alta levou a cotação da moeda a subiu 0,61%, a R$ 4,2410 nesta terça-feira (26). A declaração sobre o câmbio também dividiu opiniões no mercado financeiro. Alguns acreditam que ela foi proposital, outros creem que foi apenas uma fala infeliz.

“O dólar está alto. Qual o problema? Zero. Nem inflação ele [dólar alto] está causando. Vamos exportar um pouco mais e importar um pouco menos. É bom se acostumar com juros mais baixos por um bom tempo e com o câmbio mais alto por um bom tempo”, declarou Guedes declarou na segunda-feira (25) à noite em Washington, nos Estados Unidos.

Com a fala do ministro, investidores interpretaram que o governo está confortável com o dólar acima de R$ 4,20 e veem espaço para a cotação subir mais, apostando na alta, o que eleva o valor da moeda. 

No dia seguinte à declaração de Guedes, o dólar abriu em alta, indo de R$ 4,2150 na véspera para R$ 4,2510. Por volta das 11h, quando o dólar beirava os R$ 4,27, o Banco Central interveio e ofertou dólares à vista. A cotação reagiu, arrefecendo a alta, mas logo retomou fôlego.

Às 14h54, o dólar chegou a uma nova máxima nominal intraday (durante o pregão), a R$ 4,277, alta de 1,2%. O pico culminou em novo leilão de dólares à vista, às 15h30, o que reduziu a alta da moeda a R$ 4,254, segundo cotação da CMA.

“Foi péssima a fala do Guedes. O dólar já estava alto ontem e hoje, com a fala dele, subiu mais. Pode ser que o ele queria dizer que a moeda ficará em R$ 4,20, mas ele não deveria ter falado o que disse, parece que está jogando contra o país”, conta Mauriciano Cavalcante, gerente de câmbio da Ourominas.

Dentre emergentes, o real foi a quarta moeda que mais se desvalorizou na sessão, atrás dos pesos colombiano, chileno e argentino. O movimento cambial refletiu na Bolsa brasileira, que recua 1,22% por volta das 17h07, a 107.094 pontos. No exterior, o viés é misto, com índices da Bolsa de Nova York e das Bolsas europeias estáveis e da América Latina em queda.

“Guedes não falou nada de absurdo sobe juros e dólar, ele retratou a realidade. Com o diferencial de taxa de juros de Brasil e Estados Unidos baixa, é normal que o dólar suba. Com a fala, o mercado interpreta que ele está contente com o dólar nesse patamar”, diz Alan Ghani, professor de economia na escola de negócios St. Paul.

Para Fabrizio Velloni, chefe da mesa de câmbio e sócio da Frente Corretora, a fala de Guedes sobre o câmbio foi proposital, tendo em vista a divulgação, mais cedo na segunda, do déficit em transações correntes de US$ 7,9 bilhões (R$ 33,3 bilhões) em outubro, pior resultado para o mês desde 2014. 

“Ele não é inexperiente para falar algo assim sem saber que vai impactar o mercado. Ontem o anúncio de déficit corrente sinalizou um risco às contas, que pode ser revertido com real desvalorizado e mais exportações”, diz Velolloni.

“Não acho que tenha sido proposital. Ele foi infeliz na fala dele. Queria dizer que estava tudo bem, mas causou stress no mercado e piorou a situação. A fala sobre o AI-5 também pesou, gerando instabilidade política com reações de Toffoli e Maia”, afirma Fernanda Consorte, economista-chefe do Banco Ourinvest. 

Além de comentar sobre juros e dólar, o ministro da Economia disse que o AI-5 poderia voltar em resposta a possíveis protestos da oposição nas ruas.

“Sejam responsáveis, pratiquem a democracia. Ou democracia é só quando o seu lado ganha? Quando o outro lado ganha, com dez meses você já chama todo mundo para quebrar a rua? Que responsabilidade é essa? Não se assustem então se alguém pedir o AI-5. Já não aconteceu uma vez? Ou foi diferente? Levando o povo para a rua para quebrar tudo. Isso é estúpido, é burro, não está à altura da nossa tradição democrática”, disse Guedes em Washington.

Nesta terça, o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Dias Toffoli, e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), reagiram à declaração do ministro, em defesa da democracia. 

O presidente Jair Bolsonaro, por sua vez, não quis comentar a declaração e ressaltou que o papel do auxiliar presidencial no governo é cuidar da política econômica e tergiversou, ao dizer que preferia falar sobre o seu novo partido, o Aliança pelo Brasil.

Analistas do mercado pontuam que a recente alta do dólar, que tem quebrado recordes, é fruto da saída da moeda do país. Neste ano, o saldo de câmbio contratado, que soma balança comercial e operações financeiras, está negativo em US$ 22,6 bilhões (R$ 95 bilhões), recorde nominal da série do Banco Central e início em 1982. Na Bolsa de valores, há saída de R$ 35, 5 bilhões de investimentos estrangeiros no ano.

blogmarcomsontinelly

O voo que trará o corpo de Gugu Liberato dos Estados Unidos está programado para chegar ao Brasil no início da manhã desta quinta-feira (28), no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP). Em nota divulgada na noite desta terça-feira (26), a assessoria de imprensa do apresentador informa que o corpo dele já foi preparado para o traslado e permanecerá na funerária nesta quarta-feira (27), seguindo para o Aeroporto de Orlando, onde embarcará durante a noite no voo AD 8707, da Azul. Os familiares do apresentador estarão no mesmo voo.
A Receita Federal no terminal de Viracopos já preparou um esquema especial com uma equipe de plantão para a liberação da urna funerária, que seguirá para o velório na Assembleia Legislativa de São Paulo, na capital paulista. O corpo do apresentador fará o trajeto até São Paulo em um carro funerário.
O velório de Gugu será aberto ao público e a previsão é que comece por volta do meio-dia da quinta, se estendendo até às 10h de sexta (29), quando seguirá em carro do Corpo de Bombeiros para o Cemitério Gethsêmani, no Morumbi, onde será sepultado no jazigo da família.
A morte do apresentador foi confirmada na sexta-feira (22) às 21h06, horário de Brasília, pela sua assessoria de imprensa, com uma nota assinada pela família. Gugu tinha 60 anos e sofreu um acidente em sua casa na Flórida, nos Estados Unidos, na quarta-feira (20). (G1)

 

A valorização da tradição do tabaqueiro implantada pela Prefeitura de Afogados desde o primeiro ano da Gestão Patriota tem rendido bons frutos. A cada ano, o carnaval de Afogados cresce e se consolida como o mais animado do Pajeú e um dos melhores de Pernambuco.
A força do nosso carnaval, as origens e peculiaridades do nosso tabaqueiro, foram apresentadas ao Secretário Estadual de Turismo de Pernambuco, Rodrigo Novaes, pelo Secretário de Cultura de Afogados, Edygar Santos, em reunião ocorrida nesta terça (26), em Recife.
Edygar levou fotografias, matérias de blogs locais, matérias publicadas pelos principais jornais de Pernambuco e vídeos com matérias das TVs Globo e Jornal do Commercio, relatando a alegria e grandiosidade do carnaval afogadense. O objetivo é inserir Afogados no calendário oficial do Carnaval de Pernambuco, como já é feito em Bezerros, Nazaré da Mata, Goiana, Pesqueira e Triunfo, cidades que também possuem tradicionais personagens e manifestações culturais típicas do carnaval.
“A conversa foi muito positiva, levamos o nosso pleito e sai muito contente com a repercussão que o material teve junto ao Secretário Rodrigo Novaes. Afogados inserido no calendário, significará mais divulgação, mais recursos e um reforço importante para o trabalho de valorização do tabaqueiro que fazemos em Afogados,” destacou Edygar. (ASCOM)

Mulher é morta a tiros pelo noivo por ‘dar muita atenção’ ao filho de um ano

Uma jovem de 17 anos foi morta a tiros pelo noivo por ciúmes dela com o filho de um ano, na última terça-feira (19), no Rio de Janeiro. Maria Eduarda Lima teve ferimentos na cabeça e nas mãos. O caso foi considerado como feminicídio.

De acordo com o tio da vítima, Lucas Rodrigues, de 26 anos, na noite anterior ao assassinato a jovem mandou uma mensagem para a mãe. Ela disse que Patrick Azevedo da Silva, de 22 anos, tinha uma arma e ameaçava matá-la.
Quando os familiares foram até a casa de Eduarda, ela estava no chão ferida e o bebê estava chorando ao lado da mãe. O pai da adolescente, em entrevista, disse que foi avisado por vizinhos sobre o que poderia acontecer com a jovem.
A vítima foi encaminhada ao Hospital Estadual Alberto Torres mas não resistiu. Os médicos informaram que a bala estava alojada em um local complicado e adiaram a cirurgia de remoção, já que esperavam uma melhora de Eduarda. Na última quarta-feira (22), ela teve morte cerebral.
O autor do feminicídio, Patrick, foi localizado depois de uma denúncia anônima. Já o bebê passa bem e está sob os cuidados dos avós. (Portal PE 10)

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE), realiza hoje sua eleição para reitor. Três candidatos disputam o mandato de quatro anos (2020-2024). O pleito também elegerá os diretores-gerais dos 16 campi do IFPE. A votação ocorrerá das 9h às 17h em 15 campi, exceto no Recife, que terá horário estendido até às 21h. O resultado final será conhecido em 3 de dezembro. 

Os candidatos a reitor são os professores Ênio Lima, diretor-geral do Campus Ipojuca; Sérgio Gaudêncio, ex-reitor; e José Carlos de Sá Junior (Zé Carlos), diretor-geral do Campus Garanhuns. Ênio é licenciado em ciências, engenheiro eletricista, especialista em gestão pública, mestre e doutor em engenharia elétrica. “Precisamos investir na geração de ciência para desenvolver tecnologia e, junto com a indústria, gerar inovação. Queremos que o IFPE exerça um papel pleno de ensino, pesquisa e extensão. Também queremos profissionalizar a gestão”, disse.

Sérgio é graduado em ciência da computação, especialista em tecnologia da informação e mestre em educação. “Queremos uma gestão de resultados, um planejamento integrado eficiente e definição de metas, prazos e indicadores de monitoramento. Queremos reinserir o IFPE no ecossistema da ciência, tecnologia e inovação”, afirmou. 

José Carlos cursou eletrotécnica, se graduou em engenharia elétrica e é mestre em sistemas de potência. “Nossa proposta é focada no cuidado com as pessoas e com a instituição. Queremos a modernização dos processos gerenciais, melhorar a infraestrutura de alguns setores e fazer a integração dos campi”.

Já no campus de Afogados da Ingazeira, a direção-geral será disputada por Ezenildo Emanoel de Lima, atual diretor-geral, e William Costa, ex-diretor de ensino do campus.

Leia também:  

Chuva e ventania  nas cidades do sertão, em Floresta posto de combustíveis teve teto danificado.

 

Afogados da Ingazeira: Uma adolescente acusa padrasto de ter tentado estupra-la e agredi-la

A Polícia foi acionada pela Central do 23º BPM para se deslocar a zona rural de Afogados da Ingazeira para averiguar uma ocorrência de agressão/violência doméstica. 
Chegando ao local a testemunha, genitora da vítima e a vítima, menor de idade se encontrava fora da residência. A vítima relatou que o imputado, seu padrasto havia expulsado de casa após agredi-la com puxões de cabelo. A adolescente de 16 anos informou ainda que tais agressões são costumeiras, motivo que o imputado teria tentado manter relações sexuais com a menor e ela não aceitou. 
Diante dos fatos todos os envolvidos foram conduzidos à Delegacia de Polícia local, onde o imputado foi autuado em flagrante delito e será apresentado em audiência de custódia

Vídeo: 

Colocamos censura para preservar a indenidade da criança 

Um homem foi o preso acusado de abusar sexualmente da afilhada, de nove anos de idade, em Uberaba-MG. O caso foi descoberto no último domingo (24/11), quando seguranças de um shopping viram, pelas câmeras, ele beijando e passando as mãos nas partes íntimas na criança dentro de um elevador.

A Polícia Militar informou que o vídeo mostra a vítima impaciente e constrangida. As câmeras registraram que, logo após o fato, o homem, de 58 anos, sai com a criança em um carro.

Assim que viram as imagens, os seguranças chamaram a Polícia Militar. Uma guarnição iniciou os rastreamentos e encontrou o homem na casa dele junto com a menina, que estava em um quarto.

Ela contou a uma policial militar que foi ao shopping com o padrinho comprar um caderno e, ao entrarem no elevador, ele começou a agarrá-la e a beijá-la, passando as mãos nas partes íntimas. Ela revelou ainda que os abusos vêm ocorrendo há cerca de 15 dias, quando começou a frequentar a casa do padrinho.

A menina ainda contou para a polícia que foi abusada duas vezes da mesma maneira na piscina e na sala da casa dele e que, nas duas situações, eles estavam sozinhos. A criança afirmou que pediu para que o padrinho parasse e que não contou para ninguém porque estava com medo.

 Portal CM7.

Montante contabiliza os salários de novembro e dezembro, além do 13º dos servidores estaduais ativos e inativos

O governador Paulo Câmara anunciou, nesta segunda-feira (25.11), uma injeção de aproximadamente R$ 2,7 bilhões na economia pernambucana, no período de apenas um mês. Esse é o montante que o Governo do Estado vai aplicar no pagamento dos vencimentos de novembro e dezembro do funcionalismo estadual, além do 13º salário, que será pago no próximo dia 20 de dezembro. De acordo com o calendário divulgado nesta segunda, as folhas de pagamento dos meses de novembro e dezembro serão pagas nos dias 06 de dezembro e 07 de janeiro, respectivamente.  A medida trará mais robustez para o comércio local e para outros setores da economia do Estado.

“Mesmo em um período de crise e de dificuldades financeiras,  Pernambuco é um estado que tem mantido suas contas equilibradas e garantido os serviços à população. E esses R$ 2,7 bilhões vão ajudar o comércio, a indústria e toda a economia”, destacou Paulo Câmara.

O anúncio do calendário de pagamentos confirma que, mesmo diante da  crise econômica que o Brasil enfrenta, Pernambuco se mantém em uma posição de destaque no País como um Estado com contas públicas equilibradas e cumprindo rigorosamente em dia o pagamento dos salários e do 13º dos servidores públicos no mês de dezembro, respeitando os prazos legais. O Estado possui, atualmente, 119.969 servidores ativos, 72.372 inativos e 25.479 pensionistas, perfazendo um quadro total de 217.820 funcionários.

blog marcosmontinelly

Vídeo:
Uma forte chuva e ventania danificou parcialmente o telhado do Posto de Combustíveis Shell, antigo Posto Trevo em Floresta, no Sertão de Pernambuco, na tarde desta segunda-feira (25). Não há registro de feridos até a publicação desta matéria.
O posto chegou a passar recentemente por uma reforma. A chuva pegou de surpresa os florestanos que vinham sofrendo com altas temperaturas nessas últimas semanas. Nesse domingo por exemplo, a sensação térmica passou dos 40 graus. Mais informações a qualquer momento informação é blog do Elvis.

Chuva com ventos fortes, raios e trovões atinge Araripina

No entanto, não houve corte de energia elétrica. Segundo o Inmet, as precipitações acumularam entre 20 e 30 mm

Por Roberto Gonçalves 

Em meio a forte onda de calor que vem assolando as cidades do Sertão Pernambucano, em Araripina, choveu forte entre a tarde desta segunda-feira (25) e madrugada de terça-feira (26). O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), já havia emitido ontem um alerta meteorológico para a região.

Foram registradas chuvas também nos municípios de Bodocó, Ipubi, Trindade e Ouricuri. Em Araripina a chuva veio acompanhada de ventos intensos, raios e trovões, no entanto, não houve corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos ou descargas elétricas.Segundo o Inmet, as precipitações acumularam entre 20 e 30 mm.

Apesar das chuvas, as temperaturas na região vão permanecer altas de acordo com o Inmet. A máxima deve chegar a 34º C. A mínima será de 22º C.

Ainda de acordo com o Inmet, as chuvas ocorridas nas últimas horas aqui no Sertão do Araripe, foram causadas por um sistema frontal que se desloca entre o sul do Piauí e o Recôncavo Baiano. Esse sistema causa uma instabilidade, pois está tendo bastante chuva no Sertão do Piauí, que se desloca para o Sertão de Pernambuco.

O sistema frontal, é uma banda de nebulosidade provocada por uma baixa pressão da atmosfera e encontros de massas de ar quente e ar frio.

Ipubi: Mulher morre após ser atingida por raio enquanto saía do banho

Foto arquivo família

 

Uma mulher, identificada como Antônia Lucineide de Oliveira, de 26 anos, morreu na noite de segunda-feira (25), após ser atingida por um raio  em  Serrolândia, distrito do município de Ipubi, no Sertão do Araripe.

De acordo com informações, a vítima tinha acabado de sair do banho quando a tragédia aconteceu. Antônia deixou 2 filhos, uma de 8 anos e um de 4 anos e o marido.

A notícia foi dada em primeira mão pelo repórter policial, Fredson Paiva, durante o programa Araripina Urgente desta terça-feira (26), na Rádio Arari FM.

Chuva de 120 mm transborda riachos e arrasta passagem molhada em Parnamirim

Foto: reprodução

A chuva que caiu nas últimas 48 horas no Sertão de Pernambuco, encheu riachos, transbordou pequenos açudes, elevou o nível do leito do Rio Brígida e provocou estragos na zona rural de Parnamirim. Segundo informações do vice-prefeito, Nivaldo Mendes, choveu em torno de 120 mm nas últimas 48 horas. Nivaldo diz ainda que está acompanhando de perto os acontecimentos, e em caso de necessidade acionará as instituições necessárias.

Uma passagem molhada que fica no Rio Brígida, construída recentemente para dar acesso às comunidades do Chapéu, Pintado e Caatinga Grande, foi destruída pelas águas que transbordaram do Rio Brígida.

Ainda na região da Caatinga Grande, riachos encheram e muitos açudes sangraram, trazendo assim esperança para o sertanejo que esperava pelas chuvas para iniciar os plantios. (Por Didi Galvão)

 

Leia também:

Polícia destrói 600 kg de maconha na zona rural de Santa Cruz, no Sertão do Araripe

Maconha destruída em Santa Cruz — Foto: Polícia Federal

Durante uma ação das Polícias Federal e Militar, na segunda-feira (25), foram destruídos cerca de 600 kg de maconha que estavam ensacadas e prontas para ser vendida.

A droga foi encontrada no Sítio Baixa do Juá, que fica no município de Santa Cruz, no Sertão de Pernambuco. Também foram destruídas 28kg de semente da erva.

No sábado (23), a polícia também destruiu uma grande quantidade de maconha no Sertão de Pernambuco.

Na zona rural de Belém do São Francisco foi encontrada uma plantação com 2 mil pés da droga. Todo o produto foi incinerado. Nas duas ações conjuntas, ninguém foi preso. (G1)

Bahia:

Batida entre carro e caminhão-baú deixa mulher morta e criança ferida

 

Uma batida entre um carro e um caminhão-baú deixou uma mulher de 25 anos morta e uma criança de nove anos ferida, na BR-330, trecho da cidade de Jequié, no sudoeste da Bahia, nesta segunda-feira (25).
Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a mulher que conduzia o veículo menor perdeu o controle em uma curva e bateu de frente com o caminhão. A pista estava molhada, devido a uma madrugada de muita chuva, conforme a PRF. A mulher morreu na hora e a criança teve ferimentos leves.
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), o Corpo de Bombeiros, e o Departamento de Polícia Técnica (DPT) foram ao local apurar a situação. (Varela Notícias)

Veja também:

Previdência: governo quer aprovar reforma dos militares em comissão do Senado até 15 de dezembro

blog marcosmontinelly

O governo trabalha para aprovar o projeto que trata da reforma da Previdência dos militares na Comissão de Relações Exteriores e Defesa do Senado entre os dias 10 e 15 de dezembro e assim, encerrar a votação da proposta no Congresso. Como a tramitação tem caráter terminativo no colegiado, a proposta seguirá direto à sanção presidencial, caso seja aprovada.

Para isso, a estratégia é evitar mudanças que exijam o retorno do texto para a Câmara dos Deputados, bem como eventuais requerimentos para levar a matéria à apreciação do plenário do Senado.

A Comissão de Relações Exteriores realiza nesta terça-feira a segunda e última audiência pública para debater a matéria. O relator do projeto, senador Arolde de Oliveira (PSD-RJ), deverá apresentar o parecer na próxima semana e já se espera pedido de vista. Contudo, o presidente do colegiado, senador Nelsinho Trad (PSD-MS), disse que já há consenso entre os integrantes da comissão o que permitirá a votação do relatório rapidamente.

– Eu percebo que há consenso na comissão para tratar da matéria sem grandes polêmicas. Já recebemos o bolo pronto, disse Trad, ao se referir ao trâmite da matéria na comissão especial da Câmara, também em caráter terminativo.   

Segundo o líder do PSL no Senado, Major Olimpio (SP), o governo quer acelerar a votação da matéria na comissão do Senado a fim de permitir que o presidente Jair Bolsonaro possa sancionar a proposta até 31 de dezembro. Um dos motivos é que o Executivo já fez a previsão de despesas com o aumento das gratificações dos militares das Forças Armadas no Orçamento de 2020.

Os percentuais, que incidem sobre os soldos, começam a subir a partir de janeiro.

blogmarcosmontinelly

 A Câmara de Vereadores de Arcoverde aprovou por unanimidade,  na noite desta última segunda-feira (25), projeto de lei de autoria da própria casa legislativa que põe fim a obrigatoriedade dos proprietários de lotações que atuam no Receptivo de Lotações e Passageiros do município (loteiros) estarem associados a uma entidade específica, no caso a Copertrans (Cooperativa de Transporte Alternativo, Turismo e Cargas do Agreste de Pernambuco).

BLOgmarcosmontinelly

Pelo projeto aprovado, fica suprimido da Lei Nº 2.266 o Artigo 4º que dizia que “Para o fornecimento do Termo de Permissão, a Arcotrans, juntamente com a Copertrans – Cooperativa de Transporte Alternativo, Turismo e Cargas do Agreste de Pernambuco, efetuará o cadastramento dos veículos em operação e dos respectivos condutores…”

Com a supressão do artigo, os loteiros agora precisam apenas se cadastrarem junto ao órgão oficial de controle e ordenamento do trânsito da cidade, a Arcotrans.

Nas justificativas de votos, a presidente da Casa, vereadora Célia Galindo (PSB) disse que esse seria o dia da libertação dos loteiros que por anos se viram obrigados a pagar taxas a uma cooperativa que de nada lhes servia. O vereador Everaldo Lira (MDB) parabenizou a casa que votou o projeto. Heriberto do Sacolão (Pode) disse que sem eles (loteiros) o comércio não gira. Já o vereador João taxista falou que era para ter ocorrido a mais tempo. Cleriane Medeiros ressaltou que é uma conquista de pais e mães de famílias que lutam nessas estradas e trazem desenvolvimento para Arcoverde. A vereadora Zirleide Monteiro (PTB) disse “sair feliz porque se fez justiça com os loteiros, que são eles que fazem a cidade crescer graças ao trabalho de levar e trazer pessoas para o comércio, o polo médico, estudantes. Temos que agradecer a vocês. Hoje foi feito justiça”. Já Siqueirinha (PSB) parabenizou a todos e disse que eles estavam sendo ‘libertados’.

Mudança de Rota  

Em 2017, por unanimidade, a Câmara de Vereadores de Arcoverde aprovou o Projeto de Lei que alterava a Lei nº 2.266 que regulamenta o funcionamento do Receptivo de Lotações e Passageiros e cadastramento dos motoristas que fazem lotações em Arcoverde, retirado do texto a obrigatoriedade dos loteiros serem associados à cooperativa para poderem operar na cidade de Arcoverde.

Porém, às vésperas da eleições de 2018 que era de âmbito estadual, o projeto acabou sendo vetado pela prefeita Madalena Brito, mesmo com toda a bancada tendo votado a favor. Agora, pelos discursos da bancada governista, e de acordo com o Portal A Folha das Cidades, a prefeita deve sancionar a lei ainda nesta terça-feira (26).

Leia também: Cobrar a mais de cliente que paga com cartão de crédito é ilegal e abusivo

Exposição reúne história da maior feira livre de Arcoverde

O Centro Comercial de Arcoverde – Cecora recebe a partir desta segunda-feira (25), a Exposição Olhares do Cecora, da fotógrafa, blogueira e produtora cultural Amannda Oliveira.
“A exposição é fruto do trabalho de seis anos e promete mexer com os sentidos dos seus visitantes, bem como, com a sua memória afetiva. As imagens retratam a feira e personagens que fazem parte da nossa história tanto quanto o Centro Comercial”; destaca a fotógrafa.

Para Paulo Sérgio, diretor do Cecora e feiras da cidade: “Essa exposição completa o calendário de eventos do Centro de Compras, pensado lá em 2014 por nossa gestão. Com o objetivo de sempre elevarmos o nome desse tão importante local para a cidade de Arcoverde e região. A exposição “Olhares do Cecora” retrata o cotidiano da nossa gente, pessoas fortes e batalhadoras, que vencem um dia por vez. Muitos de nossos feirantes e permissionários estarão retratados através das lentes da fotógrafa apaixonada por este lugar, Amanda Oliveira.”

A abertura da exposição acontece às 10h da manhã em frente à Diretoria do Cecora. A exposição Olhares do Cecora estará aberta ao público até o dia 26 de dezembro e a entrada é gratuita.

Sobre a Exposição:
O Centro Comercial Regional de Arcoverde Vereador Ulisses de Britto Cavalcante – Cecora foi fundado em maio de 1986. Desde então, são 33 anos fazendo parte da história de milhares de pessoas, sejam daquelas que vendem ou das que precisam comprar.

A Exposição Olhares do Cecora, nasceu de muitas idas e vindas da fotógrafa Amannda Oliveira, ao Centro Comercial de Arcoverde, uma das feiras mais movimentadas na cidade e que desde sempre encantou pela diversidade de cores, sabores, espaços, cultura, cheiros e história.

Ah! Quantas histórias possui uma feira.
Foram 06 anos fotografando o ir e vir das pessoas e ouvindo suas histórias. Foram essas visitas quase diárias que fizeram com que percebesse a importância de uma feira livre para uma cidade. Ela não é apenas o lugar onde compramos as coisas, mas um lugar de afeto, costumes, encontros e reencontros.

O Cecora é a casa de muita gente. É na feira que se encontram os amigos para comer tapioca, que se compra o queijo e a manteiga, que se pechincha pelo desconto com Maria, que se come tripa ou bode com cuscuz. Hábitos carregados de afetos e que nos fazem um bem danado.

Ficha Técnica:

Produção: Amannda Oliveira
Curadoria: Amannda Oliveira e Ney Mendes
Montagem: Ney Mendes e Yan Vinícius.

 

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!