Paraíba

A Fundação de Desenvolvimento da Criança e do Adolescente (Fundac) inscreve até esta segunda-feira (07), para o concurso público com 400 vagas.  As vagas são para o cargo de Agente Socioeducativo, com remuneração total que pode chegar a R$ R$ 1.617,20, incluindo o vencimento básico, gratificação de Atividade Especial e de risco (40%) eauxílio alimentação. 

Confira o edital a partir da página 11

As inscrições podem ser realizadas através do site da empresa organizadora do concurso.O valor da inscrição será de R$ 56,00. 

As vagas são para os municípios de João Pessoa, Bayeux, Cabedelo, Santa Rita, Mamanguape, Rio Tinto, Sapé, Itabaiana, Guarabira, Lagoa Seca, Campina Grande, Alagoa Grande, Bananeiras, Monteiro, Sousa, Santa Luzia, Patos, Piancó, Itaporanga, Conceição, Uiraúna e Cajazeiras.

A realização da Prova Objetiva está marcada para o dia 27 de outubro.

Grupo é preso suspeito de vender drogas em casa de shows de Campina Grande

De acordo com a Delegacia de Repressão a Entorpecentes de Campina Grande (DRE-CG), os suspeitos, com idades entre 19 e 23 anos, foram flagrados comercializando a droga.

Os presos e o material apreendido foram levados para a Central de Polícia Civil de Campina Grande. (Foto: Reprodução)

A Polícia Civil prendeu na noite desta sexta-feira (4), quatro homens suspeitos de vender drogas em uma casa de shows, em Campina Grande, na Paraíba. De acordo com a Delegacia de Repressão a Entorpecentes de Campina Grande (DRE-CG), os suspeitos, com idades entre 19 e 23 anos, foram flagrados comercializando a droga.

Durante a Operação Balada foram apreendidas porções de cocaína em pó, maconha e frascos de “loló”, além de uma balança de precisão e um carro.

O veículo que foi apreendido estava estacionado em frente à casa de shows. A Polícia informou que o veículo era usado como depósito provisório do material ilícito. Os suspeitos foram flagrados retirando as drogas do dentro do veículo e levando o material até usuários frequentadores da festa.

Ainda segundo a polícia, alguns usuários da droga também foram detidos, autuados pela prática de posse e uso de drogas, mas liberados após afirmarem compromisso de comparecimento à Justiça. 

Os presos e o material apreendido foram levados para a Central de Polícia Civil de Campina Grande.

Travesti é assassinada com golpes de faca no Mercado Público de Patos

De acordo com informações, a travesti que era bastante conhecida na região, estava nas barracas em frente ao Mercado quando foi esfaqueada.

Travesti é assassinada a facadas em Patos (Foto: Reprodução)

Uma travesti foi assassinada, no início da tarde deste sábado (5), no Mercado Público, no Centro de Patos. De acordo com informações, a travesti que era bastante conhecida na região, estava nas barracas em frente ao Mercado quando foi esfaqueada.

Ela saiu correndo em busca de socorro, porém caiu dentro de uma loja. 

O Samu foi acionado mas ao chegar no local, apenas constataram o óbito. A Polícia Militar também foi acionada e isolaram o local.

Ainda não foi informado o que motivou o crime, nem quem o praticou. A vítima era vista com frequência em pontos de prostituição e consumo de drogas.

O crime será investigado.

Ex-prefeita de Patos perde direitos políticos

A ex-prefeita do município de Patos, Francisca Motta, foi condenada por improbidade administrativa e teve os direitos políticos suspensos por quatro anos, além do pagamento de multa civil de 40 vezes o valor da última remuneração percebida. Cabe recursos da decisão.

A condenação aconteceu em Mutirão da Meta 4, Conselho Nacional de Justiça (CNJ), no âmbito do Judiciário estadual.

Segundo o processo, durante a gestão da ex-prefeita foram contratados servidores sem prévia aprovação em concurso público para exercício das funções de cargo próprio da atividade administrativa municipal.

A então gestora firmou Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), onde ficou estabelecida a possibilidade de contratação excepcional apenas para suprimento das necessidades da atenção básica à saúde e somente enquanto se concluía o concurso público que estava em andamento, com prazo de prorrogação até setembro de 2014.

Ainda de acordo com a denúncia, Francisca teria descumprido o TAC, uma vez que diversos servidores continuaram ocupando cargos de forma ilegal, por prazo excedente ao previsto no termo de ajustamento de conduta.

Em 2015, foi firmado um acordo com o Ministério Público para rescindir os contratos excessivos e injustificados e nomear os aprovados no concurso público para os cargos em que ainda havia pessoal classificado.

Porém, apesar de realizar rescisão dos contratados em dezembro de 2015, em janeiro de 2016 a ex-prefeita não nomeou o número necessário de efetivos para os diversos cargos, como também não renovou o prazo de validade do concurso público, mesmo havendo previsão no edital.

Além disso, em fevereiro de 2016 Francisca promoveu grande número de contratações, sob o argumento de inexistência de concurso válido, quando ela mesma não renovou o que estava em vigor.

A ex-prefeita, em sua contestação, alegou a inadequação da via eleita pela inaplicabilidade da Lei de Improbidade Administrativa aos agentes públicos. Alegou ainda a existência de contratações por excepcional interesse público pela extrema necessidade das mesmas e ausência de dolo. Mas a condenação foi determinada

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!