Futebol:

COM 3 GOLS ANULADOS PELO VAR, GRÊMIO E FLAMENGO FICAM NO EMPATE POR 1 X 1; Veja os melhores momentos

Clique no play e veja os gols.

Após o empate em 1 a 1 com o Grêmio em Porto Alegre, o técnico Jorge Jesus foi enfático: “O Flamengo foi melhor em todos aspectos e merecia a vitória”. Diante do que se viu na Arena, na noite de quarta-feira, é difícil discordar do treinador português – mesmo que se deixe de lado a questão da “justiça” dentro de uma partida de futebol. O Rubro-Negro, dentro de dois tempos distintos e apesar de atuar como visitante, se impôs e dominou o confronto.

Antes da bola rolar pela semifinal da Copa Libertadores, a discussão sobre quem seria o “dono” do melhor futebol do país tomou conta das discussões. A imposição do Flamengo, mesmo como visitante, mostra que a capacidade da equipe de Jorge Jesus em fazer algo que outros clubes sequer tentariam em Porto Alegre. O Rubro-Negro sufocou o adversário em seu campo de defesa.

Os 65% de posse de bola, as chances criadas – teve dois gols anulados após a revisão do VAR – e a forma com que anulou as principais armas ofensivas do Grêmio – segundo ataque mais efetivo do Brasil em 2019 – são exemplos do domínio do Flamengo em Porto Alegre destacado pelo treinador português.

– Quero dar os parabéns ao Flamengo, que fez uma partida extraordinária. Esse jogo não resolve nada. Mas o Flamengo foi melhor em todos os aspectos e merecia a vitória. Fizemos quatro (gols), só valeu um. Revi e não sei como o árbitro anulou o do Gabigol – analisou Jorge Jesus, comandante do Flamengo.

Everton Ribeiro e Gerson comandaram o meio de campo na Arena (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

 

SAIBA MAIS

  • Jorge Jesus enaltece Flamengo após empate e vê gol mal anulado pelo VAR
  • Imposição do Flamengo e VAR: os destaques no empate com o Grêmio
  • Grêmio arranca empate do Fla no jogo de ida da semifinal
  • Os fatores que podem ter pesado para o fim da sequência frenética do Flamengo

O cenário mudou após o intervalo. Mais ligado e com uma postura diferente, o Grêmio equilibrou o duelo na etapa final, quando teve maior posse de bola do que o rival carioca. O time de Renato Gaúcho foi mais agressivo e, com a qualidade de Matheus Henrique, Everton, Luan & Cia, criou mais problemas ao Fla, mas, até o gol de Pepê já nos minutos finais, ia parando em Diego Alves.

Dentro disso, e levando em consideração a sequência de jogos do Flamengo, o time adotou nova postura e, outra vez, voltou a “ferir” o Grêmio. Abaixou as linhas e, apostando na velocidade do ataque, aguardou o adversário em seu campo por alguns minutos. Além disso, “forçou” o jogo pelo lado direito da defesa do Tricolor, formada pelos reservas Rafael Galhardo e David Braz.

Nas costas do lateral-direito do Grêmio que surgiram as principais chances do Flamengo, inclusive a cabeçada de Bruno Henrique – após cruzamento preciso de Arrascaeta -, que resultou no gol, e nos lances dos gols anulados de Gabigol.

NÚMEROS DA PRIMEIRA ETAPA (Via Footstats)

Grêmio:
34,6% de posse de bola
99 passes (85,9% de acerto)
3 finalizações erradas
12 desarmes

Flamengo:
65,4% de posse de bola
253 passes (94,1% de acerto)
3 finalizações erradas
7 desarmes

NÚMEROS DA SEGUNDA ETAPA (Via Footstats)

Grêmio:
50,4% de posse de bola
172 passes (86,6% de acerto)
7 finalizações (3 certas)
13 desarmes

Flamengo:
49,6% de posse de bola
165 passes (90,1% de acerto)
7 finalizações (2 certas)
8 desarmes

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!