Novas revelações do Intercept Brasil apontam que o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, mentiu ao ex-ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki para manter um dos casos em Curitiba (PR), onde ele (Moro) julgava os processos da Operação Lava Jato em primeira instância quando era juiz. A reportagem foi publicada em parceria com a Veja.

A conversa era referente ao caso de Flávio David Barra, preso em 28 de julho de 2015, quando presidia a AG Energia, do grupo Andrade Gutierrez. Sua detenção ocorreu na Operação Radioatividade, relacionada a pagamentos de propina feitos por empreiteiras a Othon Luiz Pinheiro da Silva, da Eletronuclear, responsável pela construção da usina nuclear Angra 3.

Em 25 de agosto, a defesa dele pediu ao ministro do STF Teori Zavascki a suspensão do processo tocado pela 13ª Vara de Curitiba sob o argumento de que Moro não tinha competência para julgar o caso por haver indício de envolvimento de parlamentares com foro privilegiado. Um deles seria o então senador Edison Lobão (MDB-MA).

Após a reclamação, Zavascki cobrou explicações de Moro, que diz não saber nada sobre o envolvimento de parlamentares. O então ministro do STF suspendeu as investigações em 2 de outubro e, por consequência, Moro remeteu o caso de Curitiba para Brasília três dias depois.

O fato é que um diálogo registrado no Telegram entre o procurador Athayde Ribeiro Costa e a delegada Erika Marena, da Polícia Federal, evidencia que Moro feriu a equidistância entre magistrado e a parta acusatória. Costa diz precisar com urgência de uma “planilha/agenda” apreendida com Barra que descreve pagamentos a vários políticos. Marena responde que, por orientação de “russo” (Moro), não tinha tido pressa em “eprocar” a planilha (tradução: protocolar o documento no sistema eletrônico da Justiça). “Acabei esquecendo de eprocar”, disse. “Vou fazer isso logo”, complementa.

O diálogo aponta que Moro já sabia da existência da planilha quando foi inquirido por Zavascki e mentiu ao ministro ou teria tomado conhecimento da planilha depois da inquirição de Zavascki e pediu à delegada para “não ter pressa” em protocolar o documento. Ou seja, seria uma manobra tinha como objetivo manter o caso em Curitiba.  (247)

Paulo Câmara investe R$3,5 milhões no Compaz do Coque

Foto: Hélia Scheppa/SEI

Fábrica de cidadania, a iniciativa chegou à comunidade e o equipamento será entregue já no primeiro semestre de 2020

Compaz é transformação. É uma fábrica de cidadania, como é conhecida a iniciativa que vem mudando a vida de moradores do Recife, com duas unidades em funcionamento na capital, e que agora chega à comunidade do Coque. O governador Paulo Câmara assinou Ordem de Serviço, ao lado do prefeito do Recife, Geraldo Julio, nesta sexta-feira (05/07), para a conclusão das obras do Centro Comunitário da Paz Dom Hélder Câmara, que será entregue já no primeiro semestre do próximo ano. A obra, iniciada pelo Governo de Pernambuco e que, desde maio de 2018, é comandada pela Prefeitura do Recife, tem um investimento da ordem de R$ 3,5 milhões por parte do Governo do Estado. Em contrapartida, a Prefeitura investe R$ 399 mil no empreendimento.

O governador enfatizou que apesar da crise instaurada no cenário nacional, que impediu a conclusão de obras, a parceria entre as esferas estadual e municipal, como se vê nesta ação, pode dar oportunidade às pessoas e ajudar a mudar vidas. “Dentro do contexto de políticas de prevenção a serem feitas em conjunto com os municípios, vimos a oportunidade de transformar esse equipamento em um Compaz, que já é uma experiência bem sucedida no Recife, e a Prefeitura tem todas as condições, a partir dos recursos que estão sendo repassados pelo Governo do Estado, de terminar essa obra e entregar à população aqui da comunidade do Coque e de bairros vizinhos”, acrescentou.

Paulo Câmara lembra que os usuários do novo Compaz  terão direito à prática de esportes, ações de cultura, lazer, mediação de conflitos e de cidadania. “É isso que a gente quer: fazer políticas que possam oferecer cidadania, ajudando a prevenir a violência e, acima de tudo, garantindo à população que pode confiar no Estado”, afirmou.

Em seu discurso, o prefeito Geraldo Julio deu voz aos representantes e líderes da comunidade e agradeceu o gesto do governador.  “Paulo Câmara é o grande responsável pela alegria que a gente está tendo hoje de ver esses trabalhadores aqui, de capacete, fardados, trabalhando e conseguindo emprego nesta obra, que é uma coisa cada vez mais difícil no Brasil”, disse, agradecendo ao governador por estar transformando o dia de hoje em realidade, ao tomar a decisão de fazer um convênio e repassar os recursos necessários para a Prefeitura tocar a obra.

 

 

Durante assalto, ladrão tenta enforcar vítima de 16 anos a caminho da escola em Serra Talhada

 

Resultado de imagem para giro policial

O fato aconteceu nesta quinta-feira (4), por volta das 6h30 após denuncia de populares que um indivíduo tinha tomado a força um aparelho celular de uma adolescente de 16 anos no bairro São Cristóvão, Policiais Militares do 14° BPM fizeram rondas a procura do acusado mais sem êxito. Depois foram acionados pela Central de Operações e fizeram deslocamento ao endereço do imputado L. F., 28 anos, pois sua mãe informou que ao chegar em casa encontrou a porta da cozinha aberta e quebrada e marcas de sangue pela sala e um aparelho celular em cima da mesa que não pertencia a ninguém de sua família, ao chegar no local foi constatada a veracidade do fato e que segundo a mãe o autor é seu filho que já estava sendo procurado pelo roubo um celular. 
A vítima foi localizada e a mesma reconheceu seu celular e informou que as 6:45 horas desta manhã caminhava para a escola onde foi abordada pelo imputado que agarrou em seu pescoço tentando leva – lá para uma terreno baldio quando percebeu a resistência da vítima tentou enforca – lá, no momento em que ela começou a gritar por socorro o imputado pegou o celular que ela portava e saiu correndo. 
Foram conduzidos o celular apreendido, a mãe do imputado e a vítima para Delegacia de Polícia local e tomadas as medidas cabíveis. Resultando no Inquérito.

Homens tentam invadir hospital para agredir mulher grávida em Serra Talhada

No final da tarde dessa quinta-feira (4), por volta das 17h, Policiais Militares do 14° BPM foram acionados para se deslocar até o Hospital Agamenon Magalhães (Hospam) no Centro de Serra Talhada, de onde denunciaram que havia dado entrada uma mulher vitima de agressão. 
Ao chegar ao local foi constatada a veracidade do fato. Ao manter contato com a vitima, ela relatou que está grávida e que seu companheiro tinha lhe agredido com um soco na barriga. 
O agressor junto com outro homem estavam perturbando e causando tumulto na recepção do hospital, querendo agredir a vitima novamente. 
Após receber atendimento médico e ser liberada, a vitima foi encaminhada à Delegacia de Polícia junto com os dois homens, porém não quis registrar queixa contra o seu agressor e todos foram liberados.
Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!