Resultado de imagem para flavio caça rato

Na tarde desta terça-feira a Federação Pernambucana de Futebol (FPF) divulgou os clubes habilitados a participarem da disputa da Série A 2 do Campeonato Pernambucano em 2019. A grande mudança é que dos 17 times anunciados previamente, apenas oito reuniram as condições para ingressarem na disputa do certame estadual. Entre os excluídos está o Serrano, clube da cidade de Serra Talhada, que fez altos investimentos e trouxe jogadores campeões da Primeira Divisão com o Santa Cruz como Flávio Caça-Rato e Renatinho.

Nove clubes foram excluídos do certame pela falta de laudos a serem apresentados para a FPF de modo a habilitar as equipes para a disputa, sendo eles Cabense, Barreiros, Atlético Pernambucano, Ferroviário, Pesqueira, Serrano, Sete de Setembro, Ypiranga e Timbaúba.

A notícia pegou de surpresa a cúpula do Serrano. Em entrevista ao Superesportes, o diretor de futebol do Serrano, Edy Lima, se disse surpreso com a decisão e que foi informado através das redes sociais.Resultado de imagem para imagens serrano serra talhada

“Fomos pegos de surpresa. Estamos esperando o presidente chegar de viagem ao Recife e vamos ver quais as decisões podem ser tomadas. Se percebermos a possibilidade de entrar com recurso para voltar a competição, iremos buscar”, apontou.

O clube de Serra Talhada foi um dos que investiu de maneira mais intensa para a formação do seu elenco para a disputa do campeonato. Trazendo, inclusive, dois velhos conhecidos do futebol pernambucano, que tiveram papéis importantes no último tricampeonato do Santa Cruz, entre 2011 e 2013. Assim, em sua volta a Pernambuco, Flávio Caça-Rato e Renatinho não disputaram o certame em 2019.

“A exclusão é ainda mais assustadora devido ao investimento que foi feito. Investimos muito para o campeonato e uma retirada dessas vai nos prejudicar demais”, sinalizou Edy Lima.

O que diz a FPF

Procurado pela reportagem do Superesportes, o diretor de competições da FPF, Murilo Falcão afirmou que o caso do Serrano é ainda mais grave, uma vez que a agremiação não possui representante estatutário junto a Federação.

“O Serrano não possuía laudo nenhum em Serra Talhada. Eles iam jogar em Afogados, mas o maior problema lá é que eles não possuem ata de presidente. A documentação não está apta para a disputa. O último prazo para a entrega da documentação foi expirado ontem (17) e, além disso, eles não possuem nenhum representante estatuário. Eles fizeram uma parceria lá, com uma empresa, mas isso não pode ocorrer desta forma”, explicou Falcão.

Sendo assim, a disputa da Série A2 de 2019 contará apenas com oito clubes, que foram considerados aptos pela FPF. Neste ano, a competição contará com a participação de oito equipes: 1º de Maio, Atlético do Porto, Centro Limoeirense, Íbis, Ipojuca AC, Retrô FC Brasil, Decisão e Vera Cruz.

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!