O número dois de Raquel Dodge na PGR, o vice-procurador-geral Luciano Mariz Maia (foto), afirmou no Vaticano que o caso Lula causa “grande dor” no país, e que a eleição de Jair Bolsonaro traz “medo de retrocesso político de regimes militares”.

“É que no próprio processo de investigação, houve um uso político da investigação, que resultou na antecipação do fim do mandato da presidente Dilma. E o Brasil está dividido ainda em razão disso, o que permitiu que um candidato, valendo-se da luta contra a corrupção, terminasse ganhando as eleições e trazendo de volta o medo de um retrocesso político para ainda à época de regimes militares. E isso assusta não só o Brasil, mas toda a nossa região”, afirmou o vice de Dodge.

Mariz foi ao Vaticano para participar de um encontro pan-americano de juristas sobre direitos sociais.

Ele também falou da prisão de Lula.

“O caso Lula pode vir a ser apreciado em grau de apelação, não falarei sobre ele. Mas eu posso mencionar que há uma grande dor no Brasil com essa matéria, porque o governo de Lula, e em seguida o de Dilma, foi o que teve mais sensibilidade social com as políticas públicas para resgatar da pobreza, para programas de alimentação, para programas de habitação”.

Mariz também afirmou que a luta anticorrupção teve “uso político” e resultou no impeachment de Dilma Rousseff.

“A luta contra a corrupção de que resultou a identificação de empresários ricos, que tiraram dinheiro não só da Petrobras, mas de países vizinhos nossos, Peru, Argentina e tantos outros, teve uma dificuldade imensa. É que no próprio processo de investigação, houve um uso político da investigação, que resultou na antecipação do fim do mandato da presidente Dilma”

Via/Época

 

Governo de Pernambuco leva o Festival Varilux para o Cineteatro Guarany, em Triunfo

Com a iniciativa de estimular a cooperação internacional no setor da cultura, o Governo de Pernambuco apoiará mais um ano o Festival Varilux de Cinema Francês 2019, democratizando o acesso ao evento para várias salas de cinema do estado. Uma dessas salas é o Cineteatro Guarany, em Triunfo, que recebe seis filmes que fazem parte da programação do festival. 

De sexta-feira (7) a domingo (9), o público poderá assistir aos filmes: “Através do Fogo”, de Frédéric Tellier; “A Revolução em Paris”, de Pierre Schoeller; “O Professor Substituto”, de Sébastien Marnier; “Finalmente Livres”, de Pierre Salvadori; “Boas Intenções”, de Gilles Legrand; e “Amor à Segunda Vista”, de Hugo Gélin. Os horários das sessões variam entre 18h e 20h20, e irão se repetir nos dias 14, 15 e 16 de junho. A entrada custa R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia).

Segundo Gilberto Freyre Neto, secretário de Cultura de Pernambuco, essa parceria busca estimular a cooperação da atual gestão da Secult-PE/Fundarpe com parceiros e instituições internacionais“É com bastante entusiasmo que damos início à programação do Festival de Cinema Varilux em Pernambuco, uma iniciativa que só foi possível com a união de diversos agentes públicos e da sociedade civil comprometidos com a democratização da cultura em todo o estado”.

De acordo com Silvana Meireles, secretária-executiva de Cultura, o Programa Cine de Rua torna possível a democratização dos espaços públicos para a promoção do acesso à cultura. “O Cine de Rua é formado por representantes do poder público e da sociedade civil que, desde 2016, discutem e planejam a reinserção de salas de cinema no circuito de exibição audiovisual pernambucano”, explica Silvana Meireles, ressaltando que há três anos o programa é parceiro do Festival Varilux.

Além do Cineteatro Guarany, a Secult-PE e Fundarpe levarão a sétima arte francesa para outras salas do estado através do Programa Cine de Rua, que fará o festival circular também pelo Cinema São Luiz (Recife), Cine São José (Afogados da Ingazeira) e Armazém da Criatividade (Caruaru). Nestes dois últimos espaços culturais, a entrada é gratuita. No São Luiz, R$ (10) inteira e R$ 5 (meia).

A realização do Festival Varilux é da BonFilm, e os parceiros para a realização da programação no Cinema São Luiz e nas salas do interior, além da Secult-PE e Fundarpe, são: Consulado Geral da França para o Nordeste, Prefeitura Municipal de Triunfo, Prefeitura Municipal de Afogados da Ingazeira, e Armazém da Criatividade – Porto Digital.

O Festival – A primeira edição do Festival Varilux foi realizada em nove cidades, exibido em 11 salas de cinema e visto por cerca de 25 mil pessoas. Nove anos depois, em 2018, atingiu quase todo o Brasil, tendo passado por 88 municípios, 118 salas e consumido por um público de 172 mil pessoas de todas as idades.

Confira a programação do Festival de Cinema Francês Varilux 2019 no Cinetratro Guarany com apoio do Governo de Pernambuco:

CINETEATRO GUARANY

(Praça Carolino Campos, s/n, Centro, Triunfo – PE)

R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia)

Sexta-feira (7)

ATRAVÉS DO FOGO

18h

Classificação: 14 anos

A REVOLUÇÃO EM PARIS     

20h20

Classificação: 14 anos

Sábado (8)

O PROFESSOR SUBSTITUTO

18h     

Classificação: 14 anos

FINALMENTE LIVRES

20h20

Classificação: 14 anos

Domingo (9)

BOAS INTENÇÕES

18h

Classificação: 12 anos

AMOR À SEGUNDA VISTA

20h20

Classificação: 12 anos

Sexta-feira (14)

AMOR À SEGUNDA VISTA

18h

Classificação: 12 anos

BOAS INTENÇÕES

20h20

Classificação: 12 anos

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!