Monthly Archives: maio 2019

(Brasília – DF, 29/04/2019) Reunião com Rodrigo Maia, Presidente da Camara dos Deputados, Deputado Marcelo Ramon (PR/AM), Presidente da Comissão Especial da Reforma da Previdência e o Ministro da Economia, Paulo Guedes.
Fotos: Marcos Corrêa/PR

O deputado Silvio Costa Filho (PRB-PE), vice-presidente da Comissão Especial da Reforma da Previdência, se reuniu nesta segunda-feira (29), ao lado do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e do presidente e relator da Comissão, Marcelo Ramos (PR-AM) e Samuel Moreira (DEM-SP), respectivamente, com o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes. O objetivo do encontro foi tratar da reforma da previdência e das estratégias do colegiado e do Governo Federal para o tema. Além do encontro com o presidente, o colegiado realizou nesta terça-feira (30), a primeira reunião para definir o cronograma de trabalhos.

Segundo Silvio, que está trabalhando para retirar o trabalhador rural e o BPC do texto da reforma, o objetivo é trabalhar de forma conjunta. “O presidente Bolsonaro vai ampliar o debate com os brasileiros sobre a necessidade da reforma e quer dar total transparência à essa discussão. Vamos dialogar permanentemente sobre a proposta e conversamos com o ministro Guedes, sobre a da sua ida à comissão para tratar do tema. Percebi o ambiente de muita harmonia entre o presidente Bolsonaro e o presidente Maia. Esse ambiente é muito importante para o Brasil avançar nas reformas que são fundamentais. O presidente sinalizou que vai buscar melhorar cada vez mais a comunicação do seu governo, que vai assumir o diálogo com o Congresso e vai permanentemente defender a reforma da previdência para ajudar no ajuste fiscal e na retomada do crescimento econômico do país”, destacou o parlamentar.

Durante a primeira reunião estratégica da comissão, realizada nesta terça-feira (30), foram definidas a equipe técnica e toda estruturação do colegiado, além da agenda de trabalhos. A expectativa é que sejam realizadas 11 audiências ao longo do mês de maio e que o relatório final seja apresentado em junho, quando serão discutidos os méritos da proposta. O colegiado espera que a proposta seja votada no plenário da Câmara em julho. Além de Paulo Guedes, a ideia é que o secretário especial da Previdência e Trabalho do ministério da Economia, Rogério Marinho, para esclarecer pontos da reforma.

“Vou lutar para tirar o trabalhador rural, o BPC e os professores da proposta, além de outros trabalhadores. Vamos fazer uma ampla discussão sobre a situação dos professores, das regras de transição, além dos militares. Além disso, é muito importante que a sociedade participe do debate sobre o tema. Penso que até o final do semestre a gente vote a reforma para que o Brasil volte a crescer, gerando emprego e renda para a população. Caso contrário, infelizmente o país pode quebrar nos próximos anos. Seria mais cômodo para mim fazer o discurso fácil e populista, como alguns parlamentares estão fazendo, sobretudo no Nordeste. Mas entre pensar nas próximas eleições e nas próximas gerações, vou pensar na geração dos filhos e netos do povo brasileiro”, pontuou Silvio.

O prefeito de Ingazeira, Lino Moraes (PSB), diferente da atitude de Zé Mário ex-prefeito de Carnaíba que abriu mão da disputa da reeleição para seu aliado Anchieta Patriota em reconhecimento do apoio do seu líder, em Ingazeira as coisas são diferentes, de um simples vereador que não tinha expressão como parlamentar se tornou prefeito graças ao apoio de seu maior aliado, o ex-prefeito Luciano Torres que ajudou Lino a se eleger, aquele que seria o homem de sua confiança surpreendeu o grupo e mandou bem o seu recado já pensando na sua reeleição em 2020,  o famoso e conhecido  “fogo amigo”, Lino em entrevista na rádio Cidade – FM,  disse: “Se disputar a reeleição tem certeza do apoio de Luciano”  já o seu “amigo e padrinho politico” ex-prefeito Luciano também disse dias antes que seria candidato, é cobra engolindo cobra e a fome de poder parece reinar nos políticos da situação do município.

As palavras do prefeito foram motivadas depois de uma simples pesquisa momentânea de avaliação que não condiz com a realidade para 2020, já que o município trava uma batalha de polarização entre os dois líderes políticos: Luciano Torres e Mário Viana líder de oposição que, mesmo perdendo as eleições cresceu muito o seu eleitorado, no grupo da situação os insatisfeitos com a forma de governar “liderado” por Luciano vem só aumentando, sobretudo não há espaço para uma terceira via no pequeno colégio eleitoral na cidade de Ingazeira-PE, até lá muita coisa pode acontecer,  pesquisas neste momento são apenas propagandas pagas ao custo de 5 até 7 mil reais esse é o menor valor que se cobra pelos pequenos institutos, dinheiro esse jogado fora que poderia ser usado em benefício da população na saúde por exemplo, ou com 5 mil reais quantas cestas básicas poderia comprar? não sabemos quem pagou, se o município ou se foi particular. 

A quem interessa uma pesquisa fora do período eleitoral com tanta preexistência? de fato dinheiro tem de sobra.

Enquanto isso:

 

Neste Dia do Trabalho, 28 milhões de pessoas não vão ter condições de comemorar. A frase não foi dita por nenhum líder sindical, mas pelo coordenador da pesquisa Pnad Contínua, do IBGE, Cimar Azeredo, durante a entrevista em que divulgou os números do levantamento nesta terça-feira 30.

Ele se referiu à taxa de subutilização da força de trabalho brasileira, que bateu recorde no primeiro trimestre de 2019, chegando a 25% e atingindo 28,3 milhões de brasileiros. Essa parcela da população não trabalhou nesse período ou trabalhou menos do que gostaria.

Trata-se do maior índice da história da Pnad, cuja série foi iniciada em 2012. Na comparação com o trimestre anterior, houve crescimento de 5,6%.

O número de pessoas desalentadas, que desistiram de procurar emprego, cresceu 3,9% no trimestre, chegando a 4,8 milhões. A taxa de desalentados, de 4,4%, também foi recorde no trimestre. (247)

O Ministério da Educação (MEC) anunciou, na noite desta terça-feira (30), o bloqueio de 30% da verba de todas as universidades e institutos federais. Pela manhã, foi divulgado que o ministério diminuiria o repasse para a Universidade de Brasília (UnB), Universidade Federal Fluminense (UFF) e Universidade Federal da Bahia (UFBA).
Segundo o secretário de Educação Superior do MEC, Arnaldo Barbosa de Lima Junior, a medida foi feita de “forma preventiva” e será aplicada no segundo semestre deste ano. No entanto, apesar de afirmar que o bloqueio foi feito “de forma isonômica”, ou seja, em pé de igualdade, ele disse também que parâmetros estão sendo estudados parar identificar e definir quais universidades e institutos federais seriam afetados com um bloqueio menor que os outros.
O secretário disse que os primeiros parâmetros para o bloqueio são o “desempenho acadêmico e seu impacto no mercado”, a governança das universidades e também a inovação para a economia.
Contingenciamento
Lima informou que o bloqueio nos repasses para as universidades e institutos federais não se trata do contingenciamento anunciado em março pelo governo federal. Segundo ele, o corte de R$ 5,8 bilhões do orçamento da pasta só poderá ser feito nas despesas não obrigatórias, chamadas de discricionárias. O orçamento discricionário do MEC, segundo o secretário, é de R$ 24 bilhões.
Arnaldo Barbosa de Lima Júnior declarou que o bloqueio pode ser desfeito caso haja alteração no cenário econômico. “Por que nós estamos fazendo isso? Nós temos um cenário econômico diferente dos outros anos, porque a gente pode ter uma surpresa positiva em relação às receitas, e isso faz que o Ministério da Economia reavalie a sua programação orçamentária, que reflete nos ministérios”, afirmou.
Ministro da Educação
De acordo com o ministro da Educação, Abraham Weintraub, universidades federais têm permitido que aconteçam em suas instalações eventos de cunho político, manifestações partidárias e também festas inadequadas para o ambiente universitário. “A universidade deve estar com sobra de dinheiro para fazer bagunça e evento ridículo”, disse. “A lição de casa precisa ser feita: publicação científica, avaliações em dia, estar bem no ranking”, alertou.
Blogmarcosmontinelly
Foto: Agência Brasil/JC Online

Sertão: Homem de 34 anos é assassinado a tiros no bairro Cohab, em Salgueiro

Na noite de ontem dia (30), por volta das 21:00, um homem foi assassinado a tiros no bairro da COHAB, no município de Salgueiro, no Sertão pernambucano. A vítima que tem várias passagens pela polícia, foi identificada como JOQUES FERNANDO HORAS, de 34 anos, mais conhecido como “Doido de Miúda”.

Segundo informações colhidas no local, Joques Fernando foi surpreendido por dois indivíduos em uma motocicleta, que efetuaram vários disparos de arma de fogo contra ele, que veio a óbito no local.

No dia (12/05/2015), Joques Fernando, tinha sofrido uma tentativa de homicídio quando estava na calçada de sua residência, na rua 6 no bairro Cohab. Na época o crime foi cometido por dois homens armados em uma motocicleta MODELO HONDA CG, DE COR VERMELHA. Na ocasião Joques foi atingido por 3 disparos de arma de fogo, sendo socorrido ao hospital local, onde escapou da morte.

Governadora em exercício comanda o Estado até o próximo domingo, quando Paulo Câmara retorna de missão oficial na Colômbia

Pela primeira vez na história de Pernambuco, uma mulher assume o comando do Governo do Estado. Em decorrência de uma viagem, em missão oficial, para a Colômbia, o governador Paulo Câmara transmitiu o cargo, nesta terça-feira (30.04), à vice-governadora Luciana Santos, que ficará no posto até o próximo domingo (05.05). Durante este período, o chefe do Executivo estadual estará no país vizinho para conhecer experiências exitosas nas áreas de combate e prevenção à violência e mobilidade. A cerimônia de transmissão de cargo foi realizada no Palácio do Campo das Princesas, no Recife, e contou com a participação de deputados, secretários estaduais e integrantes de movimentos da juventude e de mulheres.

“A gente está tendo essa oportunidade, hoje, na presença dos secretários, de deputados estaduais e tantas outras autoridades, de viver esse momento que eu considero histórico. Diante da minha viagem à Colômbia, de hoje até o próximo domingo nosso Estado terá Luciana Santos como governadora. A primeira mulher a cuidar dos destinos de Pernambuco. Eu viajo muito tranquilo, sabendo que o Estado vai estar muito bem cuidado e que Luciana vai dar conta do recado, honrando as tradições do nosso povo”, destacou o governador.

Paulo Câmara explicou o motivo e importância de sua missão na Colômbia. “Vamos conhecer políticas de prevenção à violência em um país que conseguiu avançar muito nesse sentido. Uma área que é muito importante aqui para Pernambuco, por isso a gente busca conhecer e implantar coisas que estejam dando certo”, ratificou.

Já no cargo, a governadora em exercício fez questão de agradecer a confiança de Paulo Câmara, destacando a passagem de comando como um ato emblemático na luta das mulheres por espaços cada vez mais justos e iguais em todas as áreas, inclusive na política. “É um marco histórico, simbólico. E eu não poderia deixar de ressaltar a importância desse simbolismo em um momento em que é tão necessário afirmar as conquistas das mulheres. Na terra das heroínas de Tejucupapo, de Cristina Tavares e de tantas mulheres que fizeram história e fizeram a diferença no nosso Estado, a gente fica feliz em ter este gênero à frente, para poder partilhar os desafios de Pernambuco”, cravou.

Luciana Santos reforçou que o seu propósito é dar continuidade às agendas de Pernambuco. “Me honra muito estar aqui neste momento, assumindo o Governo de Pernambuco por alguns dias, durante a missão que o governador terá na Colômbia, exatamente para fazer jus aos acertos e aos êxitos que já têm sido incontestes na política de segurança pública do nosso Estado. A troca de experiências é sempre um momento de aprendizado. E ele também vai poder levar para lá as experiências de Pernambuco”, frisou.

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) concedeu a aposentadoria, com remuneração integral, para o promotor de Justiça Marcellus Ugiette, afastado das atividades desde agosto do ano passado sob a acusação de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A concessão foi assinada pelo procurador-geral de Justiça, Francisco Dirceu Barros, e está publicada no Diário Oficial desta terça-feira (30).

Apesar de responder a três denúncias criminais e também a processos administrativos, Marcellus Ugiette irá receber todos os benefícios previstos por lei. A aposentadoria voluntária foi solicitada pelo promotor em 25 de março deste ano. Na última semana, em parecer, a subprocuradora geral de Justiça em Assuntos Administrativos, Maria Helena da Fonte, deferiu o pedido.

“Eu já tinha direito à aposentadoria desde 18 de junho de 2015. Quando os processos administrativos foram concluídos, fiz a solicitação formal. Agora, vou me dedicar a responder os processos criminais. Vou ser absolvido com a graça de Deus”, afirmou o promotor, por telefone, ao Ronda JC.

Antes de ser afastado das atividades, Marcellus Ugiette era titular das promotorias de Execuções Penais. Nos últimos meses, a Procuradoria-Geral de Justiça enviou três denúncias contra o promotor para o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE).

A primeira é referente à Operação Ponto Cego. A denúncia afirmou que Ugiette havia favorecido membros de um grupo especializado em estelionato, já presos, para que os mesmos fossem transferidos do Centro de Observação e Triagem (Cotel), em Abreu e Lima, para o Presídio Juiz Antônio Luiz Lins de Barros, no Complexo do Curado, onde poderiam continuar praticando os crimes. Dois advogados da quadrilha, Assiel Fernandes e Karen Danielowski, teriam sido os intermediadores. Em troca, Ugiette teria recebido quantias em dinheiro.

Na segunda denúncia, a Procuradoria Geral de Justiça acusou Ugiette de beneficiar um detento do Presídio de Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco. Nos dias 02 de maio, 06 de junho e 09 de julho de 2018 Ugiette teria recebido depósitos bancários indevidos e até um presente: um Iphone 7, oferecido pelo preso, identificado como Gilson Fonseca dos Santos, e pela mulher dele, Genilza Gonçalves Carneiro. O casal foi denunciado por corrupção ativa.

A terceira denúncia é de crime de sonegação de documentos, e diz respeito a um processo encontrado parado na Promotoria de Execuções Penais há 20 anos. O processo era de um homicídio duplamente qualificado, na cidade de Escada em maio de 1999. O documento deveria ter sido devolvido à Vara responsável naquele mesmo ano.

Por causa das investigações, Ugiette está proibido de sair do Recife.

PUNIÇÃO ADMINISTRATIVA

No início do mês, a subprocuradora geral de Justiça em Assuntos Administrativos, Maria Helena da Fonte, havia encaminhado relatório ao Conselho Superior do Ministério Público sugerindo que Ugiette fosse punido administrativamente com a disponibilidade compulsória (quando o funcionário é afastado das atividades e só recebe uma fração do salário).

No relatório, a subprocuradora afirma que a punição tem em vista “a reiteração das condutas perpetradas por parte do imputado, que são incompatíveis com a dignidade e respeitabilidade do cargo de promotor de Justiça”. Caberá ao Conselho Superior a decisão final sobre as punições a Marcellus Ugiette. (Via: Ronda Jc)

Documento, assinado nesta terça-feira (30), visa fortalecer as políticas públicas voltadas para trabalho e renda para as mulheres
Com o objetivo de fortalecer, direcionar e ampliar as políticas públicas de trabalho e renda para mulheres, a governadora em exercício Luciana Santos assinou, nesta terça-feira (29.04), no Palácio do Campo das Princesas, um decreto instituindo o Grupo de Trabalho sobre mulheres e o mercado de trabalho em Pernambuco. O GT avaliará as atividades econômicas no Estado e contribuirá para a construção do Pacto pelo Emprego, através do fortalecimento das mulheres no setor produtivo.
“O decreto é um caminho que queremos percorrer para tomarmos decisões na direção de gerarmos mais emprego e renda para as mulheres. O foco no emprego tem a ver com a importância dessa agenda para o Estado de Pernambuco e, nesse contexto, com a luta para que as mulheres se insiram no mercado de trabalho, diante da desigualdade que ainda existe”, afirmou Luciana Santos. Segundo ela, o decreto não será debatido apenas por um grupo fechado. “Queremos fazer um processo de ausculta, pois é sobretudo por meio das mulheres que estão na batalha do dia a dia que poderemos saber por quais caminhos atingiremos os resultados”, acrescentou.
A secretária estadual da Mulher, Silvia Cordeiro, destacou a importância do decreto, destacando o simbolismo de ter sido assinado na véspera do Dia Internacional do Trabalho. “Este não é somente um decreto, é uma convocação para que as mulheres contribuam com o Pacto pelo Emprego em Pernambuco. Somos uma força de trabalho importante e queremos contribuir para a riqueza do nosso País”, disse.
O GT será composto por representantes das secretarias de Desenvolvimento Econômico; Trabalho Emprego e Qualificação; Planejamento e Gestão; Ciência, Tecnologia e Inovação; e Secretaria de Cultura, além da Vice-Governadoria, que coordenará os trabalhos. Representantes de organizações não governamentais, universidades e demais órgãos e entidades da administração pública ou privada poderão participar das atividades, contribuindo com os objetivos do grupo.
A meta estabelecida é apresentar um relatório com os resultados do trabalho desenvolvido, contendo análises e propostas no prazo de 180 dias a contar da publicação do decreto. Também participaram da solenidade a deputada estadual Roberta Arraes e o chefe de gabinete do Governo, Milton Coelho. Fotos: Heudes Regis/SEI

 

Aproveitando a conferência anual de desenvolvedores do Facebook, F8, a equipe responsável pelo Instagram anunciou nesta terça-feira (30) que começará a testar o recurso de esconder curtidas para o aplicativo. Após negar os boatos de que estaria desenvolvendo a ferramenta, a novidade foi confirmada oficialmente durante o evento.

Os testes deverão ser feitos inicialmente apenas no Canadá, e deve esconder os “likes” apenas para o público e não para o dono da conta. A contagem de vídeos também deixará de ficar visível aos usuários da plataforma tanto no Feed, quanto nas páginas e nos perfis.

A decisão vem de uma tentativa dos desenvolvedores de tornar o ambiente das redes sociais mais saudável e orgânico, para que os seguidores se concentrem mais nos conteúdos e não na quantidade de curtidas. No início do mês, quando questionado sobre a possibilidade da novidade, um porta-voz do Instagram afirmou que ocultar as curtidas não era intenção da empresa. “Não estamos testando isso no momento, mas explorar formas de reduzir a pressão no Instagram é algo que sempre estamos pensando”, disse.

 

Novo Código de Ética Médica entra em vigor nesta terça

Resultado de imagem para regras na medicina

O Novo Código de Ética Médica entra em vigor nesta terça-feira (30) em todo o país. O documento, composto por 26 princípios listados como fundamentais para o exercício da medicina, prevê pontos como respeito à autonomia do paciente, inclusive aqueles em fase terminal; preservação do sigilo profissional; direito de exercer a profissão de acordo com a consciência; e possibilidade de recusa de atender em locais com condições precárias.

“Trata-se da versão atualizada de um conjunto de princípios que estabelece os limites, os compromissos e os direitos assumidos pelos médicos no exercício da profissão”, explicou o Conselho Federal de Medicina (CFM).

Confira, abaixo, as principais diretrizes que compõem o novo código.

Novidades
Entre as novidades do novo código de ética está o respeito ao médico com deficiência ou doença crônica, assegurando ao profissional o direito de exercer as atividades nos limites de sua capacidade e sem colocar em risco a vida e a saúde de seus pacientes.

Telemedicina
O uso de mídias sociais pelos médicos será regulado por meio de resoluções específicas, o que valerá também para a oferta de serviços médicos a distância mediados por tecnologia. O novo código, portanto, transfere a regulação da chamada telemedicina para resoluções avulsas, passíveis de frequentes atualizações.

Pesquisas
No âmbito das pesquisas em medicina, o novo código prevê a criação de normas de proteção de participantes considerados vulneráveis, como menores de idade e pessoas com deficiência física ou intelectual. Quando houver situação de diminuição da capacidade do paciente de discernir, além do consentimento de seu representante legal, será necessário seu assentimento livre e esclarecido na medida de sua compreensão.

Placebo
Ainda no âmbito das pesquisas, o novo código permite os chamados placebos [substância sem propriedades farmacológicas] de mascaramento, mantendo a vedação ao uso de placebo isolado – quando não é usada nenhuma medicação eficaz. De acordo com o texto, fica vedado ao médico manter vínculo de qualquer natureza com pesquisas médicas em seres humanos que usem placebo de maneira isolada em experimentos, quando houver método profilático ou terapêutico eficaz.

Prontuário
As novas regras também autorizam o médico, quando requisitado judicialmente, a encaminhar cópias do prontuário de pacientes sob sua guarda diretamente ao juízo requisitante. No código anterior, o documento só poderia ser disponibilizado a um perito médico nomeado pelo juiz em questão.

Autonomia
Entre as diretrizes mantidas estão a consideração à autonomia do paciente, a preservação do sigilo médico-paciente e a proteção contra conflitos de interesse na atividade médica, de pesquisa e docência. Fica vedado ao médico desrespeitar o direito do paciente ou de seu representante legal de decidir livremente sobre a execução de práticas diagnósticas ou terapêuticas, salvo em caso de risco iminente de morte.

Dignidade
Em caso de situação clínica irreversível e terminal, o novo código estabelece que o médico evite a realização de procedimentos diagnósticos e terapêuticos considerados desnecessários e propicie aos pacientes sob sua atenção todos os cuidados paliativos apropriados.

Ato Médico
O código assegura a proibição à cobrança de honorários de pacientes assistidos em instituições que se destinam à prestação de serviços públicos; e reforça a necessidade de o médico denunciar aos conselhos regionais instituições públicas ou privadas que não ofereçam condições adequadas para o exercício profissional.

O Conselho Municipal da Pessoa Idosa, em parceria com a Prefeitura de Afogados da Ingazeira, promoveu nesta terça-feira (30), a Conferência Municipal da Pessoa Idosa, com o tema “Os desafios de envelhecer no século XXI e o papel das políticas públicas”.   

A Conferência aconteceu no auditório da Escola Estadual de Referência Ione Góes de Barros e reuniu um bom número de idosos para debater as políticas públicas, sobretudo nas áreas de assistência social, saúde e educação, direcionadas para a pessoa idosa, assim como apresentar propostas de melhorias nessas mesmas políticas.  

A assistente social, Danubia Kátia, ministrou uma palestra sobre os desafios do envelhecimento nos dias atuais. Participaram da conferência, representantes do Conselho Municipal da Pessoa Idosa – que tem Fátima Guerra como presidente, ASAVAP, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, secretarias municipais e o vice-prefeito Alessandro Palmeira.  

“Precisamos reverenciar os nossos idosos, como fonte de aprendizado e experiência. Aprender com eles, respeitá-los, cuidar e implantar políticas que lhes garanta uma vida digna, sem violência, sem abandono, sem exclusão,” destacou o vice-prefeito, Alessandro Palmeira, que destacou também programas importantes coordenados pela Prefeitura, que tem como um dos públicos-alvo, os idosos. Programas como a academia da saúde, a educação de jovens e adultos, farmácia básica e as ações de geração coordenadas pela assistência social. 

Parlamentares aproveitam feriado desta quarta-feira 1º de maio, e emendam 11 dias de folga

Em semana de feriado, sem votações previstas no Congresso, foram poucos os parlamentares que apareceram em Brasília nesta segunda-feira (29). Com o costume já consolidado entre os congressistas de retornar a suas bases eleitorais na quinta e só estar de volta ao Parlamento na terça-feira, o feriado do Dia do Trabalho, nesta quarta-feira (1º), propiciou uma folga prolongada de 11 dias. Alguns aproveitaram a semana sem votação para missões oficiais fora do país, caso do próprio presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que viajou na noite de ontem para o Oriente Médio, onde visita o Líbano e o Azerbaijão.

Até 17h38 de ontem, apenas 105 dos 513 deputados haviam registrado presença na Câmara, conforme informações da Secretaria Geral da Mesa. Já no Senado, onde não há necessidade de marcar presença quando a sessão não é deliberativa – não há votações -, também segundo a SGM, somente oito dos 81 senadores apareceram no plenário e fizeram uso da palavra.

Para evitar burburinhos de feriadão emendado como ocorreu no Carnaval, a Câmara até chegou a convocar sessão deliberativa para essa segunda-feira (29), embora pelos corredores, na quinta e na sexta da semana passada, os próprios líderes partidários já dissessem que haviam liberado suas bancadas para permanecerem em seus redutos eleitorais essa semana inteira. Já o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), preferiu convocar somente sessões de debates.

Apesar de alguns deputados estarem na Casa no fim da tarde, às 14h, quando a sessão não deliberativa da Câmara foi aberta, não havia quórum. Coube ao deputado Leo Moraes (Podemos-RO) formalizar o que já se sabia: o cancelamento das votações nessa semana. Há, porém, sessões solenes e de debates programas, assim como no Senado. Nenhuma expectativa de grande quórum no dia de hoje (30), menos ainda na quinta (02), após o feriado.

Do outro lado, no Senado, apenas os senadores Confúcio Moura (MDB-RO), Jorge Kajuru (PSB-GO), Rogério Carvalho (PT-SE), Álvaro Dias (Pode-PR), Reguffe (S/Partido-DF), Izalci Lucas (PSDB-DF), Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) e Chico Rodrigues (DEM-RR) estiveram no plenário em uma sessão de 2h15 destinada apenas a debates entre os oito parlamentares.

O combo costume de só haver votações entre terça e quinta-feira mais a liberação dos líderes devido a ausência de votações ao longo dessa semana resultou nessa “folga” de 11 dias das atividades no Congresso Nacional. A justificativa que deputados e senadores costumam usar nesses momentos é que, em suas bases, não deixam de estar trabalhando em seus respectivos mandatos.

As atividades, tanto na Câmara, quanto no Senado, voltam no dia 6 de maio. Mas o quórum mesmo só é esperado na terça-feira (07). Inclusive, a agenda mais importante do momento, o início dos trabalhos da comissão especial da reforma da Previdência, está prevista para esse dia. Com informações do Congresso em Foco.

“Madrinha do Samba”

 Foto: Divulgação / Washington Possato
A cantora e compositora Beth Carvalho, conhecida como a Madrinha do Samba e um dos maiores nomes da história do gênero, morreu no Rio, nesta terça-feira (30), aos 72 anos. Ela estava internada no Hospital Pró-Cardíaco, em Botafogo, Zona Sul da cidade, desde o início de 2019. A causa da morte ainda não foi divulgada.
Resultado de imagem para imagem de beth carvalho
Com mais de 50 anos de carreira e dezenas de discos gravados, Beth Carvalho era considerada madrinha de artistas como Zeca Pagodinho, Arlindo Cruz e Jorge Aragão – daí o apelido.
Resultado de imagem para imagem de beth carvalho
Um problema na coluna já afligia a cantora havia bastante tempo. Em 2009, Beth Carvalho chegou a cancelar sua apresentação no show de réveillon, na Praia de Copacabana, por causa de fortes dores. Em 2012, Beth Carvalho se submeteu a uma cirurgia na coluna.
No ano seguinte, foi homenageada pela escola de samba Acadêmicos do Tatuapé, no carnaval de São Paulo, mas não participou do desfile já por motivos de saúde. Lu Carvalho, sobrinha de Beth, foi quem a artista na ocasião.

Na década de 1970, foi ao encontro dos mestres, ao gravar ‘Folhas Secas’, com Nelson Cavaquinho, e ‘As Rosas Não Falam’, de Cartola. Dois momentos sublimes em sua carreira.

Ficou conhecida também sua presença assídua na quadra Cacique de Ramos, onde Beth identificava talentos no samba e os revelava, como aconteceu com nomes como Fundo de Quintal, Zeca Pagodinho, Almir Guineto, Sombra, Sombrinha, Arlindo Cruz, Jorge Aragão, entre tantos outros. Daí a alcunha de ‘madrinha do samba’. “Quem levou Beth Carvalho pro Cacique foi o Alcir Portela, que era jogador naquela época. Ela se apaixonou pelo samba tocado embaixo da Tamarineira. Gostou tanto que resolveu gravar com a gente em estúdio, no formato da nossa roda de samba”, contou, em seu site, o cantor, compositor e percussionista Bira Presidente, integrante do Fundo de Quinta.

Beth Carvalho não renegava o posto de madrinha, da grande matriarca, mas preferia não ter essa função. Gostaria que os talentos tivessem outros tipos de incentivo e oportunidades para se expor. “Não é meu papel, mas sou assim, gosto de mostrar o que há de bom”, disse, certa vez, em entrevista ao Estado.

Mangueirense de coração, foi homenageada por outras escolas de samba: foi tema de enredo da Escola de Samba Unidos do Cabuçú, ‘Beth Carvalho, a enamorada do samba’, em 1984, e recebeu da Velha Guarda da Portela uma placa comemorativa por ela ter sido a cantora que mais gravou seus compositores.

Em 2009, no Grammy Latino, ganhou o prêmio Lifetime Achievement Awards, em celebração à sua carreira. No mesmo ano, precisou fazer uma pausa por causa de uma fissura na região sacra, que a obrigou a ficar em repouso total. Voltou aos palcos no dia 19 de fevereiro de 2011, no show de encerramento do evento Sesc Rio Noites Cariocas. Poucos meses depois, em abril, a cantora se apresentou em São Paulo e, na ocasião, disse ao Estado que havia se surpreendido consigo mesma após passar 1 ano e meio convalescendo em cima de uma cama. “Tive paciência de Jó. Contei com o apoio dos amigos e da família. Toda hora tinha pagode em casa”, contou ela, à época.

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!