Monthly Archives: fevereiro 2019

 

Mais uma candidata a deputada estadual de Pernambuco está sob suspeita de ter sido “laranja” na campanha eleitoral de 2018. Segundo informações reveladas pelo jornal O Globo nesta sexta-feira (22), o partido destinou R$ 128 mil para a candidata a deputada estadual Mariana Nunes, de Pernambuco. Assim que chegou à conta da postulante, o dinheiro já foi quase todo recebido por gráficas entre os dias 5 e 6 de outubro com a aquisição de santinhos, folders e praguinhas a menos de dois dias das eleições.

Mariana Nunes obteve apenas 1.741 votos na tentativa de conquistar uma cadeira na Assembleia Legislativa de Pernambuco, ficando na 189ª posição. Sua campanha custou R$ 127.860,00, de acordo com a prestação de contas feita à Justiça Eleitoral, ficando bem acima de campeões de votos da sigla. Um exemplo disso é a deputada estadual Janaína Paschoal (PSL-SP), que foi a mais votada da história do Brasil, e que gastou R$ 58,4 mil na campanha.

Dos R$ 128 mil recebidos da direção estadual do PSL, R$ 118 mil ficaram à disposição de Mariana Nunes entre os dias 2 e 5 de outubro. Quase toda a verba (88%) foi gasta na confecção de cinco milhões de santinhos e um milhão de adesivos na gráfica Juliane Mirella de Carvalho Gonçalves, localizada nas Graças, na Zona Norte do Recife. A mesma empresa foi contratada por Maria de Lourdes Paixão e Érika Siqueira, candidatas que também receberam grandes cifras do partido a poucos dias da eleição. Lourdes obteve 274 votos para deputada federal, enquanto Érika recebeu 1.315 votos na tentativa de chegar à Alepe.

 

 

 

Jurandir Pires será o homenageado do Asa no Frevo no Carnaval 2019

Com mais de quatro décadas de envolvimento com a história do carnaval de Afogados, o bancário Jurandir Pires será o homenageado de 2019 do Bloco Asa no Frevo. Sábado (02), a partir do meio dia, no Pilão, Quinteto do Samba e Orquestra Show de Frevo animam a festa. Na terça (05) a partir de 12h, a orquestra Show de Frevo estará ao vivo na AABB. O abadá está sendo vendido ao preço de R$ 20,00.

Os moradores do município  de Belo Jardim, no Agreste pernambucano, estão comemorando nesta sexta-feira (22)  o primeiro ciclo de distribuição de água do Rio São Francisco, sem interrupção, por meio do  sistema integrado de abastecimento  da Adutora do Agreste-Moxotó. Desde o início dos testes, o governador Paulo Câmara  tem acompanhado  sistematicamente o andamento dos trabalhos dos  técnicos da Companhia Pernambucana de Saneamento- Compesa entre as cidades de Pesqueira e Belo Jardim. “O governador solicitou o trabalho  em tempo integral, nos últimos 30 dias, para agilizar a chegada da água em Belo Jardim”, ressalta o presidente da Compesa, Roberto Tavares.

Desde o fim de semana, não houve qualquer registro de vazamentos na adutora, que são intercorrências normais durante os testes operacionais de um novo sistema de abastecimento,  garantindo a distribuição de água para todos os bairros da cidade. Belo Jardim é a terceira cidade do Agreste a receber água da Transposição pela Adutora do Agreste. Arcoverde e Pesqueira já estão sendo abastecidas pelas águas do Velho Chico

Desde o início dos testes, foi intenso o trabalho para estabilizar o novo  sistema. Durante esse período houve algumas paralisações necessárias para consertos de vazamentos, de grande porte, que ocorreram ao longo dos 80 quilômetros de adutora. “No último domingo (17), começamos a abastecer ininterruptamente Belo Jardim. Estamos confiantes de que agora o sistema esteja estabilizado, o que permitirá divulgarmos, em breve, um calendário de abastecimento para a cidade”, afirmou  Roberto Tavares.

O sistema está operando com sua capacidade máxima para Belo Jardim, que é de 175 litros, por segundo. A água da Transposição do Rio São Francisco era bastante esperada pelos 76 mil moradores da cidade, uma vez que a cidade sofre com escassez de água e está com Barragem do Bitury (que atendia o município) em colapso. O próximo passo será abastecer os municípios de Sanharó, Tacaimbó e São Bento do Una que também enfrentam uma severa falta d’água por causa da estiagem que castiga a região.

A iniciativa de antecipar a utilização da Adutora do Agreste com água do Rio São Francisco  e oferecer segurança hídrica aos municípios da região partiu do governador Paulo Câmara, que determinou à Compesa a construção da Adutora do Moxotó, uma obra que teve investimento da ordem de R$ 85 milhões por meio da parceria entre o Governo do Estado e o Ministério da Integração Nacional. A água é captada na Barragem do Moxotó, no Eixo Leste da Transposição,  e segue por 70 quilômetros de adutora até a Estação de Tratamento de Água (ETA), de Arcoverde. Nesse ponto, há a interligação com a Adutora do Agreste. Cerca de 400 mil pessoas serão beneficiadas nos municípios de Arcoverde, Pedra, Venturosa, Pesqueira, Alagoinha, Belo Jardim, Sanharó, Tacaimbó, São Bento do Una e São Caetano. Com informações do Núcleo de Comunicação do Governo de Pernambuco.

Colocado como a revolução para a educação municipal, a compra de livros do Instituto Alfa Beto para o Programa de Ensino IAB, comandado por Marco Magalhães (na foto com Madalena Brito), através da inexigibilidade de licitação, foi um dos motivos que levaram o Tribunal de Contas do Estado a julgar irregulares as prestações de contas de 2013 da prefeita Madalena Britto (PSB). Os argumentos do Ministério Público de Contas foram corroborados pelo relator do caso, o Conselheiro Substituto Ruy Ricardo Harten.

Segundo Harten, “a inexigibilidade em tela não revela elementos essenciais, próprios dessa espécie de ato administrativo…Os recorridos (Prefeitura e Secretaria de Educação) afirmam que o material do Instituto Alfa e Beto tem natureza singular, é original e inédito. Todavia, não apresentam qualquer elemento concreto que corrobore tais alegações”.

O relator também condena o parecer dado pela Secretaria de Educação sobre a questão dizendo que ele “não se presta a tal fim. Nele faz-se uma série de afirmações desprovidas de qualquer suporte comprobatório”. Para ele, a condição de fornecedor único dos materiais e tecnologias incluídas no Programa de Ensino IAB, do Instituto Alfa e Beto, inviabilizaram a competição. “Tal fato decorre do vício de origem. Privilegiaram-se materiais produzidos por determinada empresa”, sentencia.

Ricardo Harten também condenou os argumentos da Prefeitura quanto à justificativa de preço para a aquisição do material do Instituto Alfa e Beto alegando que eram similares aos praticados em outros municípios. Segundo ele, “deveriam ter sido apresentados os processos administrativos efetivamente levados a cabo pelos municípios, contendo as devidas justificativas de preço”, o que não ocorreu. “A aquisição de material didático e paradidático passível de se dar em moldes competitivos foi preconcebida de forma a inviabilizar a competição”, sentenciou.

Nos debates sobre a questão, a Procuradora Geral do TCE, Germana Laureana, concorda com o relator, o Conselheiro Ruy Ricardo Harten, afirmando “Então, se dizia, não há viabilidade de competição porque os livros do Instituto Alfa e Beto só são vendidos por aquela empresa, mas hora nenhuma se esclareceu porque apenas os livros do Instituto Alfa e Beto são os que melhor atende aos interesses da Administração e é isso que o voto do Conselheiro relator muito bem coloca”.

Para a conselheira Tereza Duere, a decisão que julgou irregular as contas da prefeita Madalena Britto no tocante ao Instituto Alfa e Beto poderá atingir cerca de 50% das cidades pernambucanas que também estariam com o Instituto. Para ela, será criada uma jurisprudência que poderá atingir, também, esses outros municípios.

O Plenário do Tribunal de Contas do Estado alterou sua decisão sobre as prestações de contas da prefeita Madalena Britto (PSB) de 2013, que tinham sido aprovadas com ressalvas, julgando-as irregulares e aplicando uma multa de mais de R$ 24 mil a prefeita e a mais três secretários da época: Saúde (Dr. Adilson Valgueiro), Obras e Projetos Especiais (Ricardo Lins) e Assistência Social/Fundo de Saúde (Andreia Britto). A prefeitura vai recorrer da decisão. Com informações do Folha das Cidades.

A eclaração está sujeito à multa de 1% ao mês-calendário ou fração de atraso, lançada de ofício e calculada sobre o total do imposto devido nela apurado, ainda que integralmente pago.

A multa terá valor mínimo de R$ 165,74 e valor máximo correspondente a 20% do Imposto sobre a Renda devido. A multa mínima será aplicada inclusive no caso de declaração de Ajuste Anual da qual não resulte imposto devido.Declaração de Imposto da Pessoa Física deve ser entregue entre 7 de março e 30 de abril de 2019, pela Internet. As regras para a entrega da declaração anual estão em Instrução Normativa da Receita Federal, publicada hoje (22) no Diário Oficial da União.

Está obrigada a apresentar a declaração a pessoa física residente no Brasil que, no ano-calendário de 2018 tenha recebido rendimentos tributáveis, sujeitos ao ajuste na declaração, cuja soma foi superior a R$ 28.559,70 ou tenha recebido rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40 mil.

Deve declarar ainda quem obteve, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens ou direitos sujeito à incidência do imposto ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas; quem passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês e nessa condição encontrava-se em 31 de dezembro ou quem optou pela isenção do Imposto sobre a Renda incidente sobre o ganho de capital auferido na venda de imóveis residenciais cujo produto da venda seja aplicado na aquisição de imóveis residenciais localizados no País, no prazo de 180 dias, contado da celebração do contrato de venda.

No caso da atividade rural, deve declarar quem obteve receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50 ou pretenda compensar, no ano-calendário de 2018 ou posteriores, prejuízos de anos-calendário anteriores ou do próprio ano-calendário de 2018. Também deve declarar quem teve em teve, em 31 de dezembro, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil.

Quem não entregar a declaração está sujeito à multa de 1% ao mês-calendário ou fração de atraso, lançada de ofício e calculada sobre o total do imposto devido nela apurado, ainda que integralmente pago.

A multa terá valor mínimo de R$ 165,74 e valor máximo correspondente a 20% do Imposto sobre a Renda devido. A multa mínima será aplicada inclusive no caso de declaração de Ajuste Anual da qual não resulte imposto devido.

Quatro meses após a morte de Fábio Agamenon da Silva, a Polícia Federal de Juazeiro do Norte-CE realizou a prisão do principal suspeito do crime, James Dayan Costa Pereira (foto), de 31 anos, sem profissão, natural de Salgueiro.
O homem foi preso na noite dessa última quinta-feira (21), no aeroporto da cidade cearense.
De acordo com informações da Polícia Civil de Serra Talhada repassadas para o Farol de Notícias, James Pereira tentava viajar quando foi abordado pelas autoridades federais que checaram o sistema e encontraram alguma irregularidade em seu nome.
Em contato com a 177ª Delegacia de Polícia Civil, os oficiais constataram o mandado de prisão em desfavor de James e efetuaram a prisão. James Pereira se encontra a disposição da Justiça detido em um presídio de Juazeiro.
A polícia não deu detalhes referentes aos motivos da abordagem policial no aeroporto, o presídio em que o suspeito se encontra recluso, ou ainda se ele deverá ser transferido para Serra Talhada para ser julgado pelo juri local.
DETALHES DO CRIME
 
O crime ocorreu na manhã do dia 7 de outubro de 2018, no primeiro turno das eleições presidenciais, no Sítio Cachoeira, zona rural de Serra Talhada.
Fábio da Silva (foto) era o motorista do médico e ex-vereador de Serra Talhada, Leirson Magalhães.
A vítima estaria bebendo com o suspeito desde o dia que antecedeu o homicídio e após o início uma discussão, os envolvidos partiram para a luta corporal.
Em seguida, James Pereira teria ido até o veículo, modelo Polo branco, sacado um revólver e efetuado os disparos contra Fábio, que morreu no local. (Via: Farol de Notícias)
Confrontos na fronteira com a Venezuela deixam saldo de mortos e feridos

Um grupo de manifestantes tentou impedir a passagem do comboio / Foto: Nelson Almeida / AFP

Um grupo de manifestantes tentou impedir a passagem do comboio
Foto: Nelson Almeida / AFP / Com informações do UOL e do jornal Folha de S. Paulo

Opositores do governo Nicolás Maduro confirmaram a morte de uma mulher em confrontos na fronteira da Venezuela com o Brasil nesta sexta-feira (22). Outras 12 pessoas ficaram feridas. A região está bloqueada desde a noite da última quinta-feira (21).

Nicolás Maduro negou a ajuda humanitária que estava para chegar pela fronteira brasileira. O jornal Washington Post afirmou que um comboio militar se dirigiu a um ponto de controle próximo à comunidade indígena Kumarakapai por volta das 6h30.

Um grupo de manifestantes tentou impedir a passagem do comboio. Os militares abriram fogo contra as pessoas. Autoridades da oposição venezuelana confirmaram a morte da indígena Zorayda Rodríguez, 42 anos, e mais 12 feridos a tiros. A ONG Kapé Kapé, que atua com as populações indígenas venezuelanas, confirma mais um morto, Rolando García, que seria esposo de Zorayda, e outros três feridos, aumentando o número para 15.

Carmen Silva, uma das pessoas que participaram do bloqueio, afirmou ao Post que cerca de 30 moradores próximos foram ao local e sequestraram três soldados. Os ativistas pertencem ao grupo Pemones, que se uniu à oposição para receber ajuda humanitária dos Estados Unidos.

Socorro

A Secretaria de Saúde de Roraima confirmou que os feridos foram levados para Boa Vista, capital do Estado, que fica a 200 km de Pacaraima. A fronteira foi aberta para a passagem das ambulâncias.

O governo brasileiro disse que um avião com 23 toneladas de leite em pó e 500 kits de primeiros-socorros chegou a Boa Vista. A operação para a entrega da ajuda humanitária, coordenada pelos EUA, está planejada para ocorrer no próximo sábado (23). Motoristas e caminhões venezuelanos devem buscar as doações no lado do Brasil. Nenhum brasileiro participante da missão deverá cruzar a fronteira.

‘O Bloco da Emergência’, é como será chamado o Bloco da Rua Nova; este sairá da sua sede no bairro São Francisco, no sábado, 2 de março, às 15h30 fazendo o percurso pela Rua 7 de Setembro indo até a Praça de Alimentação, ao som do Paredão de Roma, e depois retorna até a sua sede na Rua José de Sá Maranhão, mais propriamente na Casa de Passagem, que pertence a Silvio do Lanche, onde será recebido ao som de Kleyton Mota e Banda Swing.

Sílvio do Lanche é uma pessoa muito conhecida do povo afogadense, a ponto receber pessoas em sua residência a procura de ajuda e atende a todos sem distinção, e como foi adepto por muitos anos da ex-prefeita Giza Simões, procurou fazer o mesmo traçado da política que nos deixou há alguns anos. “Ela atendia a todos, sem olhar a quem”, diz Sílvio. “Portanto esperamos que todos venham para se divertir, pois não vamos distinguir aqueles que querem brincar seu Carnaval com alegria”, afirma o enfrentante do bloco.

Silvio com muita perseverança procurou uns amigos para ajudar nas confecções dos Abadás que estão sendo vendidos ao preço de R$ 20. “Com a venda dos Abadás nós vamos pagar os músicos, o lanches destes e outras despesas que aparecem”, justifica.

O mesmo afirma que enviou ofício para Polícia Militar para que esta atue dando mais segurança aos foliões. “Obrigado a todos que estão comprando as camisas (Abadás), vamos fazer o maior arrastão de um bloco que já teve no bairro São Francisco”, finaliza Silvio.

Fechamento de escolas nas zonas rurais e as suas causas foi tema de reunião do Comitê de Educação no Campo, na sede da Amupe, nesta quinta-feira (22), que contou com a participação de entidades que compõem a comissão, sob o comando de José Patriota, presidente da Associação Municipalista de Pernambuco e prefeito de Afogados da Ingazeira.

Participaram da reunião Jailson Campos, da Secretaria de Educação – Gerência de Políticas Educacionais do Campo; Elza Silva, Undime; Alexsandra Silva, Serta; Paulo Henrique, MST; Edeildo de Araújo, Sintepe; Giovana Silva, Incra ; Edla Soares, representante do Governo do Estadual e Gilvânia de Oliveira, UFRPE. Com informações da Amupe.

Os cursos são gratuitos ofertados nas modalidades a distância e semipresencial e não necessitam de processo seletivo. As inscrições estão abertas até 27/02

A Secretaria Executiva de Educação Profissional do Estado de Pernambuco está ofertando vagas em Cursos Técnicos de Nível Médio, nas modalidades à distância e semipresencial, em todo o estado.

Para o Polo de Educação à distância de Afogados da Ingazeira, estão disponíveis 770 vagas entre cursos na modalidade a distância e semipresencial, distribuídas entre os Cursos Técnicos em: Biblioteca, Multimeios Didáticos, Secretaria Escolar, Logística, Recursos Humanos, Administração, Informática, Design de Interiores e Segurança do Trabalho. Com oferta de vagas também para o profuncionário, exclusivo para servidores estaduais e/ou municipais.

As inscrições estão abertas no período 18/02/2019 a 27/02/2019 e devem ser realizadas exclusivamente via Internet, no endereço eletrônico http://sisacad.educacao.pe.gov.br/sissel/, no mesmo endereço é possível o acesso ao edital para obter mais informações acerca dos certames. As inscrições, bem como, os cursos são gratuitos, e não há processo seletivo.

É necessário atentar no ato da inscrição para a confirmação via e-mail após o cadastro no site, pois após a inscrição o aluno receberá um e-mail contendo o endereço eletrônico para a realização da pré-matrícula, onde terá que anexar a documentação necessária para matrícula. As matrículas serão efetivadas obedecendo as seguintes etapas: Participação do candidato pré-matriculado nas atividades das duas primeiras semanas do curso escolhido e a validação da documentação por parte da equipe de tutores do Polo presencial.

Para esse certame os cursos se dividem em duas modalidades, a distância e semipresencial, na modalidade a distância não há encontros semanais no Polo, exigindo apenas a realização de provas presenciais de acordo com o calendário do curso, já na modalidade semipresencial exige-se a frequência semanal ao Polo, escolhido no ato da inscrição, no dia da semana indicado para cada curso, conforme informado no edital.

Para aqueles que possuírem dificuldades no ato da inscrição, a Equipe do Polo de Afogados da Ingazeira, localizado na Escola de Referência Ensino Médio Monsenhor Antônio de Pádua Santos, estará disponível em atendê-los de segunda a sexta-feira no período da noite.

Em caso de dúvidas o telefone disponível é o (87) 99618-9513. Para inscrever-se no processo seletivo o candidato deverá ter concluído o Ensino Médio ou estar cursando o 2º ou 3º ano do ensino médio, em qualquer uma de suas formas (Regular, Integral, Semi-integral, EJA-médio ou Travessia).

Ciro Gomes fez duras críticas à proposta de reforma da Previdência apresentada pelo presidente Jair Bolsonaro; “Reduzir benefícios de um senhor de 70 anos, de uma senhora de 65 anos que está doente de um salário mínimo para 400 reais é simplesmente um crime intolerável e não vamos aceitar em nenhuma hipótese”, disse; para ele, o aumento “abrupto” da idade mínima para a aposentadoria desconsidera o Brasil real; “É razoável que alguém que trabalhe no ar-condicionado, de gravata tenha a idade mínima igual à de um trabalhador rural, que saiu 5h30 da manhã com enxada nas costas?”.

 O ex-ministro Ciro Gomes, candidato do PDT a presidente nas eleições do ano passado, disse nesta quinta-feira, 21, que a proposta de reforma da Previdência apresentada pelo presidente Jair Bolsonaro, que na prática retira a aposentadoria de milhões de trabalhadores brasileiros, tem dispositivos “flagrantemente criminosos”.

“Reduzir benefícios de um senhor de 70 anos, de uma senhora de 65 anos que está doente de um salário mínimo para 400 reais é simplesmente um crime intolerável e não vamos aceitar em nenhuma hipótese”, disse Ciro.

Para Ciro, o aumento “abrupto” da idade mínima para a aposentadoria desconsidera o Brasil real. “É razoável que alguém que trabalhe no ar-condicionado, de gravata tenha a idade mínima igual à de um trabalhador rural, que saiu 5h30 da manhã com enxada nas costas, e que não tem expectativa de vida de mais que 66 anos?”, questiona o pedetista.

A reforma da Previdência iguala as idades mínimas de aposentadoria rural para homens e mulheres, aos 60 anos, e a contribuição mínima passa a ser de 20 anos. Atualmente, trabalhadoras rurais podem se aposentar aos 55 e o tempo de contribuição é de 15 anos.

Já no caso do Benefício de Prestação Continuada (BPC), voltado para idosos e pessoas com deficiência, a PEC estabelece que ele só continuará sendo de 1 salário mínimo para deficientes e para idosos em condição de miserabilidade a partir dos 65 anos. Para os demais, a renda mensal evoluirá ao longo das idades: a partir dos 60 anos, o benefício será de 400 reais, subindo a 1 salário mínimo aos 70 anos.

 

 O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), iniciou na tarde desta quinta-feira (21), em reunião com o ministro Onyx Lorenzoni (Casa Civil da Presidência da República), a definição das agendas legislativas que serão prioritárias para o Executivo neste início de Legislatura.

Os temas serão confirmados na próxima semana, quando o líder terá reunião de trabalho com o presidente Jair Bolsonaro e os ministros Lorenzoni e Paulo Guedes (Economia). O encontro está previsto para ocorrer na próxima segunda-feira (25), em Brasília.

 

 

Risco de rompimento de barragem interdita estrada em Minas Gerais 

Prefeitura de Nova Lima

A rodovia BR-356, que dá acesso a Itabirito, Ouro Preto e Mariana, na região central de Minas Gerais, continua interditada durante esta quinta-feira (21).

De acordo com a Polícia Militar Rodoviária, a liberação do trecho – que vai do km 35, altura da Lagoa das Codornas, ao km 50, em Nova Lima – depende de um laudo técnico sobre a situação da barragem Vargem Grande.

O risco de rompimento da barragem mantida pela mineradora Vale, que fica em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, foi registrado na tarde de ontem. Quando as sirenes tocaram a rodovia foi interditada e moradores da região retirados de suas casas.

Os motoristas que seguem de Belo Horizonte para as três cidades afetadas estão usando rotas alternativas. Uma delas, segundo agentes rodoviários, é uma estrada de terra.

Com as chuvas que caem na região, motoristas têm enfrentado dificuldades e os veículos mais pesados, como caminhões, estão sendo desviados para outros trechos levando mais tempo para chegar ao destino. Um dos acessos alternativos é a Estrada Real, mais estreita e com pouco acostamento.

Ontem (20), 75 moradores de áreas próximas a cinco barragens construídas pelo método a montante nas cidades de Ouro Preto e Nova Lima foram retirados da região para a desativação de empreendimentos “a montante”, determinada pela Agência Nacional de Mineração (ANM).

 

Do G1 Tocantins – A Polícia Federal tenta apreender nesta quinta-feira (21) 47 aeronaves em operação contra uma quadrilha especializada em transportar drogas da Colômbia e da Bolívia para o Brasil, os Estados Unidos e a Europa. Os agentes também buscam prender 55 pessoas envolvidas no esquema.

João Soares Rocha, apontado como chefe da quadrilha, foi preso em Tucumã, no Pará. Além dele, outras 14 pessoas foram presas até o momento.

Segundo a investigação, a quadrilha transportou mais de 9 toneladas de cocaína entre 2017 e 2018, em 23 voos que carregavam 400 quilos da droga, em média, cada um.

Além de pilotos, a organização contava com mecânicos que adulteravam as aeronaves para aumentar a autonomia dos voos e ocultar o prefixo original dos aparelhos, para despistar as autoridades. O grupo usava Palmas e Porto Nacional, no Tocantins, como pontos de apoio.

As investigações indicam que a rota do transporte de drogas passava pelos países produtores (Colômbia, Bolívia), países intermediários (Venezuela, Honduras, Suriname e Guatemala) e países destinatários (Brasil, Estados Unidos e União Europeia).

A operação envolve 400 policiais e conta com o apoio da Força Aérea Brasileira (FAB) e do Grupamento de Rádio Patrulha Aérea da Polícia Militar de Goiás. Os mandados foram expedidos pelo juiz federal Pedro Felipe de Oliveira Santos, da 4ª Vara de Palmas. As investigações também tiveram apoio da agência americana DEA (Drug Enforcement Administration) e da agência surinamesa CTIU (CounterTerrorism Intelligence Unit).

Os mandados são cumpridos no Ceará, no Distrito Federal, em Goiás, no Pará, no Paraná, em Roraima, em São Paulo e no Tocantins. Além da apreensão das aeronaves, o juiz determinou o sequestro de 13 fazendas e de cerca de 10 mil cabeças de gado.

Segundo a PF, os investigados devem responder por tráfico transnacional de drogas, associação para o tráfico, financiamento ao tráfico, organização criminosa, lavagem de dinheiro e atentado contra a segurança do transporte aéreo.

A operação foi batizada de Flak, termo que, de acordo com a PF, era usado durante a Segunda Guerra Mundial para identificar a artilharia antiaérea alemã.

O esquema

As investigações da Polícia Federal apontam que o grupo agia dividido em quatro núcleos. O primeiro era comandado por João Soares Rocha e tinha a função de gerenciar as operações de transporte e de distribuição de cocaína.

Eles eram responsáveis pela comunicação com produtores e varejistas do tráfico, organização do transporte aéreo, recrutamento de pilotos e mecânicos para tarefas operacionais, definição das estratégias de fuga, seleção das pistas de pouso e pontos de apoio, além de outras funções gerenciais.

O segundo núcleo era composto de pilotos e ajudantes que prestam serviços regulares ao núcleo empresarial. Eles eram responsáveis pela condução das aeronaves adulteradas com drogas e dinheiro, além da elaboração de planos de voos irregulares, mapeando rotas para escapar do controle aeronáutico.

Mecânicos que adulteravam a estrutura dos aviões para prolongar a autonomia do voo integravam o terceiro núcleo. Eles também faziam manutenção das aeronaves e adulteravam os prefixos.

Os produtores ou compradores de cocaína, que contratam os serviços do núcleo logístico para o transporte e a distribuição da droga, são apontados pela PF como quarto núcleo.

 Em 16 de junho de 2018, Ciro Gomes afirmou, sem ser perguntado, que Fernando Holiday era um “capitãozinho-do-mato”

Por G1 SP — Foto: Marcos Serra Lima e Tatiana Santiago/G1

Ciro Gomes (PDT), que foi candidato à Presidência da República no ano passado, foi condenado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo a pagar R$ 38 mil de indenização por danos morais ao vereador paulistano Fernando Holiday (DEM). A sentença em primeira instância saiu nesta quinta-feira (21). Cabe recurso.

Em uma sabatina na rádio Jovem Pan, em 16 de junho de 2018, Ciro Gomes afirmou, sem ser perguntado, que Fernando Holiday era um “capitãozinho-do-mato” e explicou: “A pior coisa que tem é um negro que é usado pelo preconceito para estigmatizar, que era o capitão-do-mato no passado”.

Segundo decisão do juiz Domício Pacheco e Silva, que julgou procedente na indenização de R$ 38 mil “trata-se de quantia que não se mostra ínfima nem exagerada, especialmente se considerada a extrema gravidade das ofensas, disseminadas Brasil afora”.

“Considera-se, no ponto, que o réu era pré-candidato à Presidência da República, o que torna ainda mais nefasta sua conduta. E a indenização ora fixada não causará sua ruína, diante da declaração apresentada ao Tribunal Superior Eleitoral, da qual consta um patrimônio de quase dois milhões de reais”, diz a sentença.

A defesa de Ciro Gomes diz que não foi notificada e por isso não iria comentar.

Bandidos atacam caminhoneiro em Serra Talhada; roubam 36 pneus de rodo trem e fogem sem deixar pistas

Serra Talhada registra mais um caso de assalto na BR-232. Um caminhoneiro residente no município de Caxias, no Maranhão, foi rendido por vários bandidos fortemente armados na madrugada dessa quinta-feira (21) nas proximidades do Posto Lubri Serra.
Em contato com a polícia, a vítima disse que os bandidos o obrigaram a conduzir a carreta para a PE-390- que liga Serra Talhada a Floresta – e nas imediações da Fazenda Extrema, cerca de 2 quilômetros da BR-232, a quadrilha levou 36 pneus da carreta rodo trem.
Segundo o 14º BPM, a vítima acionou a policia ao amanhecer e retornou com o efetivo ao local onde o caminhão ficou abandonado.
A PM encontrou no chão um simulacro de pistola na cor prata. Não há pistas da quadrilha. (Via: Farol de Notícias)

Deputada Roberta Arraes manifesta preocupação com arboviroses no Sertão

O aumento das notificações de arboviroses no Sertão de Pernambuco foi destacado pela deputada Roberta Arraes (PP). Em discurso no Pequeno Expediente desta quinta (21), ela relatou as ações do Governo do Estado para prevenção dessas doenças. Também pediu mobilização das prefeituras no combate aos mosquitos vetores da dengue, zika e chikungunya.

“Pernambuco teve redução no número total de casos notificados de arboviroses, mas as estatísticas relativas ao Sertão assustam e evidenciam a necessidade de intensificação no combate aos mosquitos”, salientou. A parlamentar apontou que a principal preocupação é com a região da VII Gerência Regional de Saúde (Geres), que reúne cidades vizinhas a Salgueiro (Sertão Central). “Nessa área, as notificações de dengue passaram de nove em 2018 para 480 em 2019. Já as de chikungunya saltaram de cinco em 2018 para 45 em 2019”, observou.

Roberta Arraes registrou o lançamento pelo Governo do Estado, no último dia 25 de janeiro, do Plano Estadual de Enfrentamento às Arboviroses, que prevê a aplicação de R$ 7 milhões para atividades de prevenção a essas doenças. “É importante fazer um chamamento a todos os prefeitos sobre a importância disso e a responsabilidade de cada município na efetivação dessas políticas”, acredita. “Cabe agora reforçar não apenas o combate ao Aedes aegypti, mas também aos mosquitos do tipo Culex, conhecidos popularmente como muriçocas.”

Proposta da reforma da Previdência foi entregue hoje aos deputados

O líder do MDB na Câmara dos Deputados, Baleia Rossi (SP), disse hoje (20) que a Casa deverá concluir a votação da reforma da Previdência, apresentada ao Congresso, até 15 de julho, quando se inicia o recesso parlamentar. “Essa questão da Previdência está muito acima de ser governo, de ser ou não da base. Esse é um projeto para o Brasil. O Brasil depende disso para o seu futuro, para o seu desenvolvimento e para a geração de empregos”, avaliou Rossi.

Para que o texto alcance o mínimo de 308 votos que precisará na Câmara, o líder defendeu que o governo mantenha um diálogo próximo com o Parlamento. Com a escolha ontem (19) do líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), e com a definição, nos próximos dias, do líder do governo no Congresso, essa aproximação fica mais fácil, na avaliação do emedebista.

Na Câmara, o líder do governo é o deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO). “São todos agentes que ajudam na compreensão dessa relação com o Parlamento”, disse Rossi. Outro aspecto ressaltado por Baleia Rossi é clareza de informar à população. O líder lembou que a proposta do ex-presidente Michel Temer “naufragou porque não teve apoio popular”.

Na próxima terça-feira (26), o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), deve finalizar o acordo para a composição das comissões da Casa, que devem ser instaladas na semana seguinte ao carnaval. A primeira etapa da reforma é na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Mea culpa

Ao entregar a proposta de reforma da Previdência ao Congresso, o presidente Jair Bolsonaro fez um mea culpa por não ter apoiado a medida quando exercia o mandato de deputado, disse o líder do MDB na Câmara. Rossi participou do encontro de Bolsonaro com os presidentes da Câmara, e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP).

“Pelo que eu entendi na fala do presidente, ao apresentar a sua reforma, ele disse que, como parlamentar no passado, cometeu alguns erros. Talvez de não compreender enquanto deputado a importância da reforma. Acho que foi um gesto de humildade reconhecer que, as vezes, quando você tem mais responsabilidade você consegue ter uma opinião diferente”, disse Baleia.

Segundo o emedebista, o ministro da Economia, Paulo Guedes, que junto com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, acompanhou Bolsonaro, foi sucinto. Guedes ressaltou aos parlamentares que a proposta entregue hoje foi pensada, avaliada e tem o objetivo de combater privilégios e diminuir desigualdades. (Agência Brasil)

No centro da cidade um enorme pé de algaroba caiu por cima de três veículos. Uma van, um pálio e uma motocicleta. Felizmente ninguém ficou ferido

Uma chuva de apenas 15 minutos que não acumulou nem 5mm, causou enormes prejuizos na tarde desta quinta-feira (21), em Araripina, no Sertão de Pernambuco. A precipitação começou por volta das 14 horas e veio acompanhada de ventos fortes, raios e trovões.

Chuva hj em Araripina.

Publicado por Evandro Modesto em Quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

 

A ocorrência mais grave aconteceu próximo ao Banco do Nordeste, área central da cidade. No local, um enorme pé de algaroba caiu por cima de três veículos (uma van, um pálio e uma motocicleta). Felizmente ninguém ficou ferido. O corpo de bombeiros foi acionado e rapidamente isolou o local para iniciar os trabalhos de remoção dos entulhos.

Também no centro da cidade, parte do muro do tradicional clube Arca foi ao chão, atingindo a rede elétrica da Celpe, deixando a área totalmente desenergizada. Outdoors também foram atingidos e jogados ao solo.

Já na Rua Santana, principal via que liga  o centro da cidade ao bairro Alto da Boa Visra, parte da cobertura de um posto de combustível também veio abaixo. Até às 18 horas, boa parte da cidade continuava sem energia elétrica. Equipes da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) e do Corpo de Bombeiros continuavam trabalhando incansavelmente para que a cidade voltasse a sua rotina norma pot Roberto Gonçalves

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) solicita o apoio da população para localizar os sete foragidos da Justiça que não foram localizados na quarta fase da Operação Gênesis. A lista é composta por ex-agentes públicos e empresários que atuavam em esquema criminoso que teria desviado R$ 18 milhões da Prefeitura de Quipapá.

Para isso, foi disponibilizado o telefone (81) 99284-0063 (que recebe ligações e contato por whatsapp) para eventuais denúncias e informações sobre o paradeiro dos foragidos.

Confira, abaixo, as imagens:

Casos de sequestro relâmpago aumentam 41% em Pernambuco

Do Ronda JC

Apesar de, mês a mês, a Secretaria de Defesa Social (SDS) anunciar que os registros de roubos e furtos em Pernambuco estão em queda, uma antiga modalidade de crime continua em crescimento e desafia a polícia. Estatísticas revelam que o número de sequestros relâmpago aumentaram 41,3%. Foram 171 ocorrências no ano passado contra 122 em 2017.

O levantamento foi obtido por meio da Lei de Acesso à Informação (LAI). Os números mostram que houve aumento dos casos em municípios da Região Metropolitana do Recife e também no Sertão.

A capital pernambucana, por exemplo, teve o mesmo aumento registrado em nível estadual: 41%. Foram 17 ocorrências em 2018. No ano anterior, a polícia contabilizou 12.

Um dos casos de sequestro relâmpago ocorreu em novembro do ano passado, no Centro do Recife. Uma tabeliã e o motorista dela foram surpreendidos por criminosos após saírem de um cartório.  Os assaltantes exigiram R$ 50 mil para liberar as vítimas. Como a quantia não foi entregue, a tabeliã e o motorista tiveram os pertences roubados e permaneceram sob ameaças por quase uma hora.

Em Jaboatão dos Guararapes, o número de casos dobrou de um ano para o outro. Saltou de quatro para oito ocorrências. Em Igarassu, quatro pessoas foram vítimas da violência em 2018. No ano anterior foi registrado apenas um caso.

Já no Sertão de Pernambuco, pelo menos dois municípios chamam a atenção. Em Petrolina, 13 sequestros relâmpagos foram contabilizados pela polícia no ano passado. Já em 2017 foram quatro ocorrências. Um aumento de 225%. No município de Afrânio, três vítimas em 2018. Nenhum caso foi registrado em 2017.

Em Caruaru, no Agreste do Estado, houve queda nos números, mas o resultado ainda é preocupante. Quinze ocorrências em 2018 contra 16 no ano anterior.

A Prefeitura de Afogados da Ingazeira promoveu, nesta quinta (21), um fórum para debater as ações estratégicas para o combate e a erradicação do trabalho infantil em Afogados da Ingazeira. O Fórum AEPETI foi coordenado pela Secretaria Municipal de Assistência Social, e aconteceu no auditório da Secretaria de Educação do município.

O Fórum teve a participação de representantes do Ministério Público, Conselho Tutelar, Conselho Municipal de Direitos e Defesa da Criança e do Adolescente, Secretarias Municipais de Saúde e de Educação, além de profissionais que integram a rede municipal de proteção social.
Durante o Fórum, foi apresentado o Plano Municipal da Infância e do Adolescente – PMIA – que busca garantir os direitos, a proteção, bem como o enfrentamento aos principais problemas que afetam crianças e adolescentes em Afogado da Ingazeira.
“Hoje, em Afogados, como no Brasil inteiro, existe ainda crianças que trabalham para ajudar suas famílias, muitas delas forçadamente. Esse debate visa buscar alternativas para diminuir ou eliminar essa situação em nosso município, lugar de criança é na escola. Algumas ações já estão sendo realizadas, no âmbito do nosso Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, mas precisamos reforçar esse trabalho com a ajuda dos nossos parceiros institucionais,” destacou Joana Darc, Secretária Municipal de Assistência Social.
O Vice-prefeito, Alessandro Palmeira, que já foi Presidente do Conselho de Direitos, participou ativamente do fórum. “Esse fórum vem para engradecer essa rede de proteção à criança e ao adolescente, unindo tanta gente boa com um só objetivo, que é o de encaminhar nossas crianças para um caminho que não seja o da exploração pelo trabalho, que não seja o da violência das ruas, das drogas. Por isso eu sempre falo e repito: lugar de criança é na escola, é na aula de dança, é em uma biblioteca, é brincando, e não carregando frete ou quebrando pedra,” afirmou Alessandro Palmeira.
Presenças importantes também registradas durante o Fórum foram as do Presidente do CDL – Afogados, Glauco Queiroz; e do Vereador Raimundo Lima, representando a Câmara de Vereadores de Afogados.
Após as falas e a apresentação do Plano Municipal, foi a vez de uma palestra de sensibilização ministrada por Leônidas Leal, Coordenador Estadual das Ações Estratégicas do PETI. Segundo ele, em Pernambuco existem 84 mil crianças afetadas pelo trabalho infantil.

Líderes de partidos do chamado centrão acordaram que, até o Planalto começar a dialogar com o Congresso, a proposta de reforma da Previdência não avancará, de acordo com informações da coluna Painel, da Folha de S. Paulo.
A insatisfação em relação à falta de interlocução com o governo de Jair Bolsonaro ficou ainda mais clara depois da primeira derrota do Planalto na Câmara, na última terça-feira (19).
Na ocasião, deputados aprovaram um projeto que susta os efeitos do decreto editado pelo vice-presidente Hamilton Mourão, em janeiro, que ampliou a funcionários comissionados e de segundo escalão o poder de impor sigilo a documentos públicos.
Diante do cenário, ainda conforme a coluna, o DEM – partido dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Davi Alcolumbre -, chegou a propor ao ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, que pudesse atuar diretamente na organização da base. A oferta teria sido feita durante um jantar na segunda-feira (18).
Mas, a legenda já alertou: só entra “na jogada” se tiver “instrumentos” para entregar aos parlamentares o que for acordado em troca do apoio ao presidente. Um líder do centrão diz que é impossível negociar com Lorenzoni, já que ele sempre ouve as demandas, mas nunca tem autonomia para garantir o atendimento por parte do governo.
A atuação do líder do governo na Câmara, Major Vitor Hugo (PSL-GO), também é questionada. Dirigentes partidários demonstram que, assim como a derrubada do decreto que facilitava o sigilo de documentos públicos, a queda de Hugo está dentro do pacote de sinais de descontentamento que o Parlamento quer mandar a Jair Bolsonaro.

Voos começam a funcionar a partir do dia 2 de maio / Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem

Pernambuco vai ganhar mais dois voos ligando o Recife ao Sertão. A partir do dia 2 de maio, a Azul irá oferecer a rota que liga a capital pernambucana até a cidade de Paulo Afonso, na Bahia. O trajeto pode beneficiar o turismo de Petrolândia, cidade que tem como atrativos o Lago Luiz Gonzaga.

A nova rota será iniciada no dia 2 de maio e deverá ser operada as segundas e sextas, saindo do Recife às 13h10 e aterrissando em Paulo Afonso às 14h30. Da cidade baiana, o voo decolará ás 15h, chegando ao Recife às 16h15. Os bilhetes para os voos estão disponíveis a partir desta quarta-feira (20) em todos os canais oficiais de venda da companhia aérea.

“A região de Petrolândia, cidade que herdou o nome da visita feita por Pedro II à região, tem um potencial enorme para o turismo. É um destino que, sem dúvida, vai crescer muito com este voo da Azul. Temos uma oportunidade de abrir uma nova fronteira turística no Estado, despertar a atenção para as praias à beira do lago, para a história das cidades alagadas, que marca a vida de tantos pernambucanos. Esse é um primeiro grande passo para atrairmos a atenção do trade e de investidores para o Sertão, que é um dos principais focos do Governo do Estado atualmente”, destaca o secretário de Turismo e Lazer, Rodrigo Novaes.

Petrolândia tem como um dos principais locais de visitação a Igreja do Sagrado Coração de Jesus, submersa no Velho Chico. O local é muito usado em ensaios fotográficos e atrai mergulhadores. Outros pontos de destaque na região é a Ilha de Rarrá e a Praia do Sobrado, convidativas a um belo banho de rio no São Francisco. “A Ilha de Rarrá não perde para nenhum destino já consagrado. Carece apenas de atenção, promoção e incentivo à iniciativa privada para que vire um grande polo de turismo do Estado. Apostamos nisso como uma forma de aquecer a nossa economia e gerar empregos”, finaliza Rodrigo Novaes.

O IFPE – campus Afogados da Ingazeira lançou o edital do programa de Monitoria 2019.1. As inscrições vão do dia 21 a 26 de fevereiro e devem ser realizadas pessoalmente na biblioteca do campus por meio da ficha de inscrição e também pela apresentação da documentação exigida no edital, das 08h às 22h.

Estão disponíveis vagas para estudantes dos cursos técnicos nas modalidades Subsequente e Integrado, e contará com dois tipos: monitoria remunerada por bolsa e monitoria voluntária. Para a remunerada, a bolsa será no valor mensal de R$ 200,00 (duzentos reais) para os candidatos classificados dentro do número de vagas. Esses programas visam o incentivo à formação acadêmica, ampliação dos espaços de aprendizagem, melhoria da qualidade do ensino e desenvolvimento da autonomia, além da formação integral dos estudantes.

Os estudantes podem acessar mais informações como quantidade de vagas para cada curso, disciplinas, cronograma completo, documentação exigida para inscrição, condições de participação e resultado por meio do edital e anexos.

Quaisquer dúvidas podem ser esclarecidas pelo telefone (87) 3211.1218 ou pelo e-mail (cae@afogados.ifpe.edu.br)

Serra Talhada: Destino do prefeito Luciano e Augusto Cesar na política

Profundas movimentações políticas em Serra com Luciano e Augusto Cesar

A cidade de Serra Talhada vive modificações importantes no seu cenário político. A primeira mudança é a saída do prefeito, Luciano Duque, do partido que o elegeu prefeito da cidade por duas vezes, o PT. Luciano já oficializou sua saída no diretório regional do Partido dos Trabalhadores, que por sua vez, ainda não comunicou a saída de Duque.

A outra notícia que vai mudar a política da capital do xaxado é a aposentadoria do ex-deputado, Augusto Cesar. Em conversa com este repórter Augusto oficializou que não mais se candidatará a deputado estadual e está repassando suas bases. 

Augusto foi um deputado muito carismático e atuante nas suas bases e que vai deixar saudades nos seus companheiros de Assemableia Legislativa por ser gente boa. Os prefeitos que sempre apoiaram Augusto Cesar, já estão com as bases dele liberadas no município para apoiarem outro candidato em 2022.

Danielle foi presa suspeita de mandar matar o marido Geraldo Jamil, em Cuiabá — Foto: Facebook/ReproduçãoUma mulher foi presa nesta quarta-feira (20) suspeita de encomendar a morte do próprio marido, em Cuiabá. Segundo a Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Danielle Reis de Souza Siman, de 36 anos, mandou matar o comerciante Geraldo Jamil Siman Moreira, de 51 anos. O amante dela, Gabriel Brito Gabiato Pires, de 18 anos, também foi preso.

A morte do comerciante foi encomendada pelo valor de R$ 15 mil e foi paga em parcelas.

Geraldo Jamil Siman de Moreira, de 51 anos, foi morto ao sair de casa — Foto: Facebook/Reprodução

Geraldo Jamil Siman de Moreira, de 51 anos, foi morto ao sair de casa — Foto: Facebook/Reprodução

Jamil foi abordado por um homem quando saía de casa no dia 18 de janeiro de 2019, no bairro Cidade Verde, em Cuiabá. Ele foi obrigado a deitar na calçada e morto com três tiros na cabeça. Ele era dono de um açougue no bairro e trabalhava também como motorista de caminhão.

Danielle, no dia do crime, foi vista pela DHPP na cena do assassinato. Ela chorava e lavava o local onde o marido foi executado. O G1 tenta localizar o advogado dela.

De acordo com a DHPP, seis pessoas foram identificadas e quatro presas por envolvimento na morte de Jamil.

Gabriel Brito Gabiato Pires — Foto: Polícia Civil de Mato Grosso/Assessoria

Gabriel Brito Gabiato Pires — Foto: Polícia Civil de Mato Grosso/Assessoria

As investigações apontam que Gabriel teria contratado duas pessoas para execução do crime, sendo um deles Atailson Espírito Santo, de 27 anos, que também foi preso.

O plano de Danielle

Com a prisão de Gabriel, a investigação descobriu um plano alimentado por Danielle. De acordo com a Polícia, ela mantinha há quase dois anos relacionamento extraconjugal com Gabriel.

Danielle dizia a ele que sofria constantemente agressões físicas do marido e que um de seus dois filhos era fruto de estupro praticado pelo marido.

Polícia diz que Danielle Reis de Souza Siman, de 36 anos, mandou matar o comerciante Geraldo Jamil Siman Moreira — Foto: Facebook/Reprodução

Polícia diz que Danielle Reis de Souza Siman, de 36 anos, mandou matar o comerciante Geraldo Jamil Siman Moreira — Foto: Facebook/Reprodução

A mulher ainda afirmava ao amante que o segundo filho também foi gerado quando o marido teve relações com ela em estado de embriagues.

Conforme a delegada, a mulher se passava de ‘sofrida’ para o amante, que alimentava raiva do comerciante. Danielle será interrogada pela DHPP.

Dia do crime

Atailson pilotou a motocicleta que conduziu a pessoa que atirou no comerciante. Ambos ficaram dois dias vigiando a rotina da vítima, até que conseguiram executar o plano.

Segundo as investigações comandadas pela delegada Eliane de Moraes, dois dos suspeitos ficaram dois dias de ‘tocaia’ em uma casa abandonada, ao lado da residência de Jamil, esperando o momento certo para assassiná-lo.

No dia 17 de janeiro, a vítima, que tinha o costume de sair bem cedo de casa, se atrasou e o plano foi adiado. No dia seguinte, 18 de janeiro, às 5h, a vítima foi executada.

Troca de mensagens contradiz ministro e revela desvio de verba de candidata do PSL

Ministro também tinha confiança de Bolsonaro. Pode cair nesta quinta

A professora aposentada Cleuzenir Barbosa entregou ao Ministério Público documento que apresenta uma troca de mensagens entre ela e um assessor do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antonio (PSL).

Na conversa, Haissander de Paula, que na época trabalhava no gabinete de Álvaro Antonio na Câmara dos Deputados, pede que Cleuzenir transfira parte da verba de fundo partidário a uma empresa ligada a outro assessor do político. A suspeita é que ela tenha sido usada como candidata laranja.

De acordo com informações da Folha de S. Paulo, a empresa em questão é uma gráfica do irmão de Roberto Soares, que foi assessor de Álvaro Antonio e coordenou sua campanha na região do Vale do Aço de Minas Gerais. Em depoimento ao Ministério Público de Minas Gerais, Cleuzenir afirmou que foi pressionada por Haissander a transferir R$ 30 mil dos R$ 60 mil que ela recebeu de verba pública do partido.

“Nosso Deus sabe de todas as coisas, preciso que você transfira a metade do valor para a conta da gráfica. Estou indo pagar o restante do meu bolso”, reforça o assessor em seguida. Ele trabalhou no gabinete de Álvaro Antônio de dezembro de 2017 até o início deste ano.
A troca de mensagens contradiz a versão apresentada pelo ministro e seus assessores na época. Álvaro Antônio diz que, assim que tomou conhecimento das acusações da candidata , mandou apurar e que “a denunciante foi chamada para apresentar esclarecimentos em diversas ocasiões e nunca apresentou provas ou indícios que atestassem a veracidade das acusações”.
O ministro Marcelo Álvaro tem reunião marcada para a tarde desta quarta-feira com Jair Bolsonaro.

Um homcídio chocou a população de Juazeiro na manhã desta quarta-feira (20). Uma professora foi morta a tiros na porta de casa por  dois homens que se aproximaram numa moto no bairro Alto do Alencar.

Segundo informações, Elida Souza estava dentro de um veículo acompanhada do esposo que também foi atingido pelos disparos e foi socorrido pelo SAMU.

Elida era professora da escola ECCOS no bairro Piranga e segundo informações de uma testemunha, uma câmera de monitoramento instalada na localidade pode facilitar na identificação dos suspeitos.

O Senado aprovou ontem (19) o projeto que proíbe o casamento de menores de 16 anos. O texto mantém a exceção, preservada no Código Civil, na qual pais ou responsáveis de jovens com 16 e 17 anos podem autorizar a união. A proposta é de autoria da ex-deputada federal Laura Carneiro (MDB-RJ).

A medida atende às orientações da Organização das Nações Unidas (ONU) . De acordo com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), na última década, foram evitados 25 milhões de casamentos de menores de idade.

A agência da ONU informou que a proporção de mulheres que se casam enquanto crianças diminuiu 15% na última década, descendo de uma em quatro meninas para, aproximadamente, uma em cada cinco.

 

Serão disponibilizados 391 veículos

 

No 4º Leilão do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE, que acontece na próxima sexta-feira (22), às 9h, no pátio da empresa Coliseum, localizada na BR 232, Km 401 – Margem Esquerda, s/n, em Serra Talhada, serão disponibilizados 391 veículos, conservados ou em estado de sucata, entre carros e motos, com lances cujo valor mínimo gira em torno de R$ 100,00.

Os leilões inserem o Órgão na agenda ambiental ao colaborarem para a reciclagem automotiva e para a retirada de veículos abandonados nas ruas. O DETRAN-PE cumpre o que está previsto no Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Após 90 dias de apreensão, os veículos não reclamados devem ser leiloados. Os interessados podem conferir os veículos na quinta (21), das 9h às 16h, e na sexta (22), das 8h às 9h, no mesmo local onde ocorrerá o leilão.

O Edital, contendo as informações gerais sobre o leilão, a exemplo das normas, documentação exigida e taxas de administração a serem pagas pelos arrematantes, pode ser acessado no site do DETRAN: www.detran.pe.gov.br e também no site da empresa Coliseum, www.coliseumleiloes.com.br.

O arrematante deverá requerer e pagar pela expedição da 2º via do Certificado de Registro do Veículo (CRV). Cabe a ela também arcar com o valor dos serviços de Baixa do Gravame dentre outras taxas como a de Licenciamento, a de transferência do veículo e a taxa de Emplacamento. O dinheiro arrecadado no leilão é usado para pagar as dívidas dos veículos apreendidos. Quitados os débitos, o resíduo restante – caso haja – volta para o proprietário anterior do veículo.

 

O trabalhador precisará contribuir 40 anos para aposentar-se com 100% da média do salário de contribuição, informou nesta quarta-feira (20) o Ministério da Economia. A nova fórmula de cálculo do benefício substituirá o fator previdenciário, usado atualmente no cálculo das aposentadorias do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Atualmente, os benefícios do INSS são calculados da seguinte forma: sobre 80% da média do salário de contribuição para a Previdência incide o fator previdenciário, que mistura expectativa de vida e tempo de contribuição. A aplicação do fator previdenciário resulta em aposentadorias mais elevadas para quem trabalha mais tarde e em benefícios menores caso a expectativa de vida da população aumente.

Pelas novas regras, o trabalhador com 20 anos de contribuição começará recebendo 60% da média das contribuições, com a proporção subindo dois pontos percentuais a cada ano até atingir 100% com 40 anos de contribuição. Caso o empregado trabalhe por mais de 40 anos, receberá mais de 100% do salário de benefício, algo vetado atualmente.

Durante o período de transição de 12 anos, no entanto, o limite de 100% continuará valendo, tanto para o setor público como o privado. Segundo o secretário de Previdência da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, Leonardo Rolim, o novo cálculo é mais simples que o fator previdenciário.

A proposta de reforma da Previdência está sendo detalhada no Ministério da Economia. Participam da entrevista o secretário especial adjunto de Previdência e Trabalho, Bruno Bianco; o secretário de Previdência, Leonardo Rolim, e o secretário adjunto de Previdência, Narlon Gutierre. Também dão explicações o procurador-geral adjunto de Gestão da Dívida Ativa da União, Cristiano Neuenschwander, e o diretor de Programa da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, Felipe Portela. (Via: Agência Brasil)

A derrota política que o governo de Jair Bolsonaro sofreu nesta terça-feira, 19, quando seu decreto que aumentava o sigilo de documentos oficiais foi derrubado, teve o apoio até do presidente do PSL, o deputado Luciano Bivar (PE), informa a Folha de S. Paulo.

No centro da crise instalada no Palácio do Planalto com a revelação pela Folhada existência de um esquema de candidaturas laranjas do PSL para desviar verba pública eleitoral, Bivar foi conversar com Bolsonaro nesta terça. Ao voltar, votou contra o governo.

Além de Bivar, outro parlamentar do PSL votou a favor da urgência: Coronel Tadeu (SP). O requerimento foi aprovado por 367 votos, com apenas 57 votos contrários. (Brasil 247)

Publicado por Marco Aurélio Loureiro em Terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Eu tô vendo que o senhor está bem envenenado

Da Veja

Confira a transcrição dos ÁUDIOS: Na terça-feira 12, o presidente Bolsonaro encaminhou a Bebianno uma mensagem contendo a agenda do ministro. Nela, constava que Bebianno receberia na terça-feira, às 16h, o vice-presidente de Relações Institucionais do Grupo Globo, Paulo Tonet Camargo. Ao receber mensagem do presidente, a quem trata apenas por “capitão”, Bebianno respondeu de imediato: “Algo contra, capitão?”. Depois de insistir com algumas mensagens por escrito, Bebianno recebeu o seguinte áudio do presidente em que ele declara que a Globo é uma inimiga do governo e que, ao fazer contatos com a emissora, o colocaria em posição delicada com “as outras emissoras”: Bolsonaro – “Gustavo, o que eu acho desse cara da Globo dentro do Palácio do Planalto: eu não quero ele aí dentro.

 

Áudios revelam as mentiras do capitão Bolsonaro

#ÁudiosDesmentemBolsonaro : Áudios revelam as mentiras do capitão Jair Bolsonaro e do seu filho Carlos : Bebianno e o presidente trocaram mensagens no WhatsApp durante a crise que derrubou o ministro. CONFIRA no Portal Vermelho ▶️ https://goo.gl/cT6MZT

Publicado por PCdoB – Partido Comunista do Brasil em Terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

 

Qual a mensagem que vai dar para as outras emissoras? Que nós estamos se aproximando da Globo. Então não dá para ter esse tipo de relacionamento. Agora… Inimigo passivo, sim. Agora… Trazer o inimigo para dentro de casa é outra história.
Pô, cê tem que ter essa visão, pelo amor de Deus, cara. Fica complicado a gente ter um relacionamento legal dessa forma porque cê tá trazendo o maior cara que me ferrou – antes, durante, agora e após a campanha – para dentro de casa. Me desculpa. Como presidente da República: cancela, não quero esse cara aí dentro, ponto final. Um abraço aí.”
Em outro momento da troca de mensagens, Bebianno envia ao presidente uma nota publicado pelo site O Antagonista.
A nota informa que Bebianno e mais dois ministros – Ricardo Salles, do Meio Ambiente, e Damares Alves, da Mulher, Família e Direitos Humanos – viajariam para o Pará para discutir projetos para a Amazônia com líderes locais. Bolsonaro, ainda convalescendo no hospital, não gosta da ideia e reclama com o ministro: Bolsonaro – “Gustavo, uma pergunta: “Jair Bolsonaro decidiu enviar para a Amazônia”? Não tô entendendo.
Quem tá patrocinando essa ida para a Amazônia? Quem tá sendo o cabeça dessa viagem à Amazônia? Um abraço aí, Gustavo, até mais.” Bolsonaro – “Ô, Bebianno. Essa missão não vai ser realizada. Conversei com o Ricardo Salles. Ele tava chateado que tinha muita coisa para fazer e está entendendo como missão minha. Conversei com a Damares. A mesma coisa. Agora: eu não quero que vocês viajem porque… Vocês criam a expectativa de uma obra. Daí vai ficar o povo todo me cobrando. Isso pode ser feito quando nós acharmos que vai ter recurso, o orçamento é nosso, vai ser aprovado etc. Então essa viagem não se realizará, tá OK? Um abraço aí, Gustavo!”
Nos áudios seguintes, há trocas de mágoas e uma discussão algo bizarra sobre o que significa “falar” com alguém. Bolsonaro – “O caso incitando a saída é mais uma mentira. Você conhece muito bem a imprensa, melhor do que eu. Agora: você não falou comigo nenhuma vez no dia de ontem. Ele esteve comigo 24 horas por dia. Então não está mentindo, nada, nem está perseguindo ninguém.” Bebianno – “Capitão, há várias formas de se falar.
Nós trocamos mensagens ontem três vezes ao longo do dia, capitão. Falamos da questão do institucional do Globo. Falamos da questão da viagem. Falamos por escrito, capitão. Qual a relevância disso, capitão? Capitão, as coisas precisam ser analisadas de outra forma. Tira isso do lado pessoal. Ele não pode atacar um ministro dessa forma. Nem a mim nem a ninguém, capitão. Isso está errado. Por que esse ódio? Qual a relevância disso? Vir a público me chamar de mentiroso? Eu só fiz o bem, capitão. Eu só fiz o bem até aqui. Eu só estive do seu lado, o senhor sabe disso. Será que o senhor vai permitir que eu seja agredido dessa forma? Isso não está certo, não, capitão. Desculpe.” Bebianno – “Capitão, eu só prego a paz, o tempo inteiro. O tempo inteiro eu peço para a gente parar de bater nas pessoas. O tempo inteiro eu tento estabelecer uma boa relação com todo mundo. Minha relação é maravilhosa com todos os generais.
O senhor se lembra que, no início, eu não podia participar daquelas reuniões de quartas-feiras, porque os generais teriam restrições contra mim?
Eu não entendia que restrições eram aquelas, se eles nem me conheciam. O senhor hoje pergunte para eles qual o conceito que eles têm a meu respeito, sabe, capitão? Eu sou uma pessoa limpa, correta. Infelizmente não sou eu que faço esse rebuliço, que crio essa crise. Eu não falo nada em público. Muito menos agrido ninguém em público, sabe, capitão? Então quando eu recebo esse tipo de coisa, depois de um post desse, é realmente muito desagradável. Inverta,
capitão. Imagine se eu chamasse alguém de mentiroso em público. Eu não sou mentiroso. Ontem eu falei com o senhor três vezes, sim. Falamos pelo WhatsApp. O que é que tem demais? Não falamos nada demais. A relevância disso… Tanto assunto grave para a gente tratar. Tantos problemas. Eu tento proteger o senhor o tempo inteiro.
Por esse tipo de ataque? Por que esse ódio? O que é que eu fiz de errado, meu Deus?”
Bolsonaro – “Ô, Gustavo, usar da… Que usou do Whatsapp para falar três vezes comigo, aí é demais da tua parte, aí é demais, e eu não vou mais responder a você. Outra coisa, eu sei que você manda lá no Antagonista, a nota (sobre Bolsonaro não atender Bebianno) foi pregada lá. Dias antes, você pregou uma nota que tentou falar comigo e não conseguiu no domingo.
Eu sabia qual era a intenção, era exatamente dizer que conversou comigo e que está tudo muito bem, então faz o favor, ou você restabelece a verdade ou não tem conversa a partir daqui pra frente.”
Bolsonaro – “Querer empurrar essa batata quente desse dinheiro lá pra candidata em Pernambuco pro meu colo, aí não vai dar certo. Aí é desonestidade e falta de caráter. Agora, todas as notas pregadas nesse sentido foram nesse sentido exatamente, então a Polícia Federal vai entrar no circuito, já entrou no circuito, pra apurar a verdade. Tudo bem, vamos ver daí… Quem deve paga, tá certo? Eu sei que você é dessa linha minha aí. Um abraço.”
Bebianno – “Capitão, a nota do Antagonista que o senhor tá me acusando de ter plantado… Se o senhor olhar bem, eu localizei aqui e mandei pro senhor. Eu não plantei nada. Ela replica o que a Folha falou. Está escrito aqui: “segundo a Folha, segundo a Folha, o ministro Gustavo Bebianno tentou ligar para Jair Bolsonaro neste domingo para explicar o caso, mas o presidente não atendeu”.
Quem mencionou isso não foi o Antagonista, foi a Folha. O Antagonista simplesmente replicou. Então, capitão, eu não plantei nada em lugar nenhum, tá? Abraço.
Bolsonaro – “Bebianno, olha como você entra em contradição. Que seja a Folha. Se foi uma tentativa tua pra mim e eu não atendi… Eu não liguei pra Folha, eu não ligo pra imprensa nenhuma. Quem ligou foi você, quem vazou foi você. Dá pra você entender o caminho que você está indo? E você tem que fazer uma reflexão para voltar à normalidade. Deu pra entender? Vou repetir: se você tentou falar comigo, um pra um, se alguém vazou pra Folha, não fui eu, só pode ser você. Tá ok?”
Bebianno – “Não, capitão, não é isso, não. Eu não tentei ligar pro senhor, eu não falei, não vazei nada pra ninguém. Eu nem tentei ligar pro senhor. O senhor mandou um recado que era pra eu não ir ao hospital. Não fui e não liguei pro senhor nenhuma vez. Deixei o senhor em paz. É… Se eu tentei ligar uma ou duas vezes, também não me lembro pelo motivo que foi, é… Não é isso, não, capitão, tá? Eu não vazei nada pra lugar nenhum, muito menos pra Folha, com quem eu praticamente não falo. Abraço, capitão.”
Bebianno – “Em relação a isso [verbas do PSL], capitão, também acho que a coisa está… Não está clara. A minha tarefa como presidente interino nacional foi cuidar da sua campanha.
A prestação de contas que me competia foi aprovada com louvor, é… Agora, cada Estado fez a sua chapa. Em nenhum partido, capitão, a nacional é responsável pelas chapas estaduais. O senhor sabe disso melhor do que eu. E, no nosso caso, quando eu assumi o PSL, houve uma grande dificuldade na escolha dos presidentes de cada Estado, porque nós não sabíamos quem era quem. É… Cada chapa foi montada pela sua estadual.
No caso de Pernambuco, pelo Bivar, logicamente. Se o Bivar escolheu candidata laranja, é um problema dele, político. E é um problema legal dela explicar o que ela fez com o dinheiro. Da minha parte, eu só repassei o dinheiro que me foi solicitado por escrito. Eu tenho tudo registrado por escrito.
Então é ótimo que a Polícia Federal esteja, é ótimo que investigue, é ótimo que apure, é ótimo que puna os responsáveis. Eu não tenho nada a ver com isso. É… Depois a gente conversa pessoalmente, capitão, tá? Eu tô vendo que o senhor está bem envenenado. Mas tudo bem, a minha consciência está tranquila, o meu papel foi limpo, continua sendo. E tomara que a polícia chegue mesmo à constatação do que foi feito, mas eu não tenho nada a ver com isso.
O Luciano Bivar que é responsável lá pela chapa dele. Abraço, capitão.” 

Carnaíba: Câmara diz em nota que respeita Regimento em tramitação de projeto

Sobre a divulgação em seu blog de matéria que veicula nota encaminhada pelo Prefeito do Município de Carnaíba, cumpre esclarecer que o referido projeto de Lei foi encaminhado ao Poder Legislativo em tramitação sob regime ordinário, o que significa dizer que o prazo para a Câmara deliberar a matéria é de 45 dias.

A Lei Orgânica Municipal e o Regimento Interno da Câmara são claros ao prever que poderá o Prefeito requerer regime de urgência, caso entenda que o projeto merece tramitação mais célere, quando, então, na confecção da pauta seriam colocados em primeiro lugar os projetos sob tal regime.

Ocorre que o Prefeito do Município não requereu urgência quando do envio do Projeto de Lei ao Poder Legislativo, tendo a Câmara adotado, por dever regimental, a tramitação ordinária.

Logo, há de se aguardar os pareceres das Comissões Parlamentares para a sua posterior inserção em pauta.

Cabe ao Presidente da Câmara prezar pelo respeito ao processo legislativo, e, no exercício de tal função, asseguro que o projeto seguirá o rito estabelecido pela Lei Orgânica Municipal e pelo Regimento Interno da Câmara.

Em mais, chama atenção o descontrole orçamentário da gestão. Recentemente (em dezembro de 2018), a Câmara aprovou o orçamento do Município para o ano de 2019, autorizando toda a dotação orçamentária a ser executada de janeiro a dezembro de 2019, estranhando-se o pedido de suplementação de crédito já em fevereiro.

Ao final, cumpre assegurar à população carnaibana que ela terá na Câmara de Vereadores um confiável suporte para a fiscalização dos atos do Executivo, não se admitindo a burla à Legislação.

Atenciosamente,

Gleybson Martins 
Presidente do Poder Legislativo Municipal de Carnaíba/PE

Os procuradores da força-tarefa da Lava-Jato em Curitiba enviaram nesta terça-feira (19), um ofício a Gabriela Hardt. Pedem a correção de alguns erros na sentença da juíza para o caso do sítio de Atibaia.

A equipe enumera três omissões e contradições no documento. Entre elas, menções de Hardt a denúncias contra Lula pelo crime de corrupção ativa — como retificam os procuradores, Lula foi denunciado dez vezes por corrupção passiva.

A equipe de Curitiba também alerta para a inclusão do nome “José Adelmário Pinheiro Neto” em duas ocasiões. O correto seria José Adelmário Pinheiro Filho, nome de Léo Pinheiro.

A defesa de Lula afirmou que erros de Hardt seriam usados em um recurso da decisão que condenou o ex-presidente a 12 anos e 11 meses de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro.

O Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria de Educação e Esportes, abriu inscrições nesta terça-feira (19), para nove cursos técnicos gratuitos nas modalidades de educação à distância, semipresencial e pro-funcionário – para profissionais da educação.

Moradores de Afogados da Ingazeira e de outros 60 municípios podem participar, desde que tenham concluído ou sejam estudantes do 2ᵒ ou 3ᵒ ano do Ensino Médio. Os cadastros seguem até o dia 27 de fevereiro pelo site da Secretaria de Educação, neste link.

Foram disponibilizados cursos de Administração, Biblioteconomia, Desenvolvimento de Sistemas, Design de Interiores, Logística, Multimeios Didáticos, Recursos Humanos, Secretaria Escolar e Segurança do Trabalho.

Os cursos da oferta Semipresencial pressupõem frequência semanal ao Polo descentralizado, escolhido no ato da inscrição, no dia e horário da semana indicado para cada curso.

Da Pré-matrícula

Após a inscrição, o(a) candidato(a) receberá um e-mail contendo o endereço eletrônico para a realização da pré-matrícula;

O(A) próprio(a) candidato(a) realizará sua pré-matrícula por meio do endereço eletrônico enviado no momento da inscrição, obedecendo as seguintes etapas:

Envio digital, no sistema, da documentação pertinente ao processo:

Histórico Escolar ou Certificado de Conclusão do Ensino Médio (Ficha 19) ou equivalente (para os/as candidatos/as que já concluíram o Ensino Médio);

Declaração de matrícula no 2.o ou 3.o ano do Ensino Médio (para os/as candidatos/as que estão cursando o Ensino Médio);

Carteira de Identidade;

Comprovante de endereço;

CPF;

Uma foto 3X4.

Da Matrícula

A matrícula será efetivada desde que e tão logo sejam obedecidas as seguintes etapas:

  1. a) Participação do(a) candidato(a) pré-matriculado(a) nas atividades das 02 (duas) primeiras semanas letivas do curso escolhido;
  2. b) Validação da documentação por parte da equipe de tutores do polo presencial.

Depois de muitos dias de especulações em torno do nome do senador Fernando Bezerra Coelho, do MDB de Pernambuco, em que ele seria o líder do governo no senado, agora foi confirmado, segundo o Antagonista Fernando será mesmo o líder do governo Bolsonaro no senado federal.

Durante os governos de FHC, Lula, Dilma e Michel Temer, a função foi exercida por Romero Jucá, derrotado nas urnas nas últimas eleições.

 

 

 

Suspeita de rubéola coloca navio em quarentena; Wesley Safadão está a bordo

Wesley Safadão, a esposa e o filho estavam em cruzeiro com suspeita de surto de rubéola

Autoridades sanitárias determinaram a quarentena de 15 tripulantes do transatlântico Seaview, por causa de suspeita de rubéola. Um dos maiores navios de cruzeiro a operar na costa brasileira, a embarcação trazia a bordo o cantor Wesley Safadão, que deu um show durante a viagem, iniciada semana passada. Em uma série de posts no Instagram na tarde desta terça-feira (19), o cantor mostrou que ainda está a bordo do cruzeiro com a esposa e o filho.

A embarcação tem 22 andares, além de subpiso, e capacidade para 5.400 passageiros além de 1.500 tripulantes. Os trabalhadores do navio começaram a apresentar no sábado (16) sintomas da doença: febre baixa, nódulos no pescoço e nas proximidades da orelha, quando a embarcação estava em Santos.

Um dos tripulantes desembarcou e foi hospitalizado na cidade do litoral paulista. Os demais seguiram viagem com o navio, que neste momento está no litoral de Santa Catarina. Tripulantes que tiveram contato com o grupo com suspeita da doença e os que não eram imunizados receberam vacina tríplice viral, que protege contra sarampo, rubéola e caxumba. Amostras de sangue foram enviadas para análise no Instituto Adolfo Lutz

Entre o grupo de tripulantes em quarentena estão três brasileiros. Há também trabalhadores da Índia, África do Sul e Madagascar. Pelo plano original da viagem, o navio inicia o retorno para o porto de Santos nesta quarta-feira (20). A viagem deve terminar no dia 2 de março. *Com Estadão Conteúdo

Nelto: projeto inspirado em proposta arquivada na legislatura passada

O Projeto de Lei 167/19 proíbe o cote nro fornecimento de serviços públicos concedidos, como água, luz e gás, quando houver dívidas pendentes de ocupantes anteriores do imóvel. A proposta tramita na Câmara dos Deputados.

O texto foi apresentado pelo deputado José Nelto (GO), atual líder do Podemos. Ele recuperou um projeto semelhante (PL 5422/16), do ex-deputado Rômulo Gouveia, que foi arquivado na legislatura passada, encerrada em 31 de janeiro de 2019. Para Nelto, a proposta ainda é atual e deve ser reanalisada pelos parlamentares.

O deputado afirma que não é justo que o novo morador de um imóvel tenha que arcar com as dívidas feitas pelo titular anterior das contas relativas a serviços públicos.

O projeto altera a Lei 8.987/95, que trata da concessão de serviços públicos. De acordo com o texto, a empresa responsável pelo serviço que descumprir as regras deverá pagar multa de, no mínimo, R$ 2 mil.

Tramitação
O PL 167/19 será analisado em caráter conclusivo pelas comissões de Defesa do Consumidor; Trabalho, de Administração e Serviço Público; e Constituição e Justiça e de Cidadania.

Veículo que transporta estudantes pega fogo na zona rural de Custódia

Uma Kombi que transporta estudantes do ensino básico entrou em combustão nessa segunda-feira, 18, no sítio Brabo, na zona rural de Custódia. No momento do incidente o motorista estava sozinho, deslocando-se para buscar os alunos da área. Felizmente ele saiu rápido e não se feriu.
O vereador Marcílio Ferraz afirmou que vai solicitar à prefeitura a relação de todos os veículos e máquinas locados pela administração municipal, incluindo nomes dos proprietários e valores dos contratos. “Também vamos solicitar uma manutenção constante nos veículos”, disse.

Prefeitura de Camaragibe impedida de repassar verbas a atrações de carnaval

Imagem relacionada

O conselheiro Carlos Porto, relator das contas do município de Camaragibe, expediu nesta terça-feira (19) uma recomendação ao prefeito de Camaragibe, Demóstenes Meira, no sentido de que não seja paga nenhuma despesa por parte da prefeitura, relativa ao carnaval de 2019, inclusive patrocínios e apoio, até nova análise da questão pelo Tribunal de Contas do Estado nos autos do processo TC n° 1920880-7.

A determinação atendeu a um requerimento da procuradora geral do Ministério Público de Contas, Germana Laureano, protocolado ontem no TCE, para que o prefeito prestasse informações sobre a existência de patrocínio ou verbas públicas na programação carnavalesca da cidade.

A decisão do MPCO de oficiar o prefeito foi baseada nas notícias veiculadas na mídia no fim de semana, bem como nos procedimentos adotados pelo Ministério Público Estadual para investigar indícios de peculato e improbidade administrativa por parte de Demóstenes Meira.

A procuradora pede ainda que o gestor explique se a secretária de Assistência Social do município, Taty Dantas, que vem a ser também sua noiva, consta ou não como atração nos blocos carnavalescos que receberam verbas públicas.

Custódia: Gestões de 2015 e 2016 são julgadas irregulares pelo TCE

Resultado de imagem para luiz carlos gaudêncio custodia peO ex-prefeito de Custódia, Luiz Carlos Galdêncio, sofreu mais duas baixas no Tribunal de Contas de Pernambuco. Nesta terça (19), a Primeira Câmara do TCE julgou as Gestões Fiscais da Prefeitura Municipal de Custódia, referentes aos exercícios financeiros de 2015 e 2016, tendo como responsável o ex-prefeito.

No julgamento, a Primeira Câmara, à unanimidade, julgou IRREGULARES as referidas gestões, aplicando multa a Luiz Carlos com valores que serão publicados posteriormente no Diario Oficial.

 

Governo federal descarta concursos públicos para este ano

Resultado de imagem para concurso público 2019

Responsável por dar a canetada para autorizar concursos públicos, o secretário de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, Paulo Uebel, afirma que não há novos certames previstos neste ano. “A ideia é fazer um trabalho antes de autorizar qualquer concurso de melhoria e eficiência operacional”, afirma.

Uma das prioridades da pasta é continuar reduzindo os custos na Esplanada. A intenção é publicar uma medida que reduza em cerca de 21 mil o número de cargos, comissões e funções gratificadas em todos os ministérios nos primeiros 100 dias, o que pode gerar uma economia de R$ 209 milhões por ano. “Há uma série de pontos que podem ser feitos antes de novos concursos”, destaca Uebel. Ele aposta no trabalho de digitalização dos serviços para o ganho de eficiência e redução de despesas.

Outra prioridade da equipe econômica e do presidente Jair Bolsonaro é focar na facilitação dos serviços do Instituto Brasileiro de Seguro Social (INSS). Atualmente, o agendamento pode ser feito pelo site, mas a Secretaria quer implementar o processo eletrônico de mais serviços.

O abono salarial do Programa de Integração Social (PIS), ano-base 2017, começa a ser pago esta semana para os trabalhadores da iniciativa privada nascidos em março e abril. O crédito em conta para os correntistas da Caixa Econômica Federal será realizado nesta terça-feira (19). Os demais beneficiários podem sacar o benefício a partir de quinta-feira (21).

De acordo com a Caixa, estão disponíveis mais de R$ 2,7 bilhões para 3,7 milhões de trabalhadores. Os servidores públicos com inscrição no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), finais 6 e 7, também recebem o abono salarial a partir de quinta-feira (21).

Os valores variam de R$ 84 a R$ 998, de acordo com o tempo trabalhado formalmente em 2017. Os pagamentos são realizados conforme o mês de nascimento do trabalhador e tiveram início em julho de 2018. Os recursos de todos beneficiários ficam disponíveis até 28 de junho de 2019.

Para os trabalhadores da iniciativa privada, beneficiários do PIS, o valor do abono salarial pode ser consultado no site da Caixa ou pelo telefone 0800 726 0207. Para servidores públicos, a referência é o Banco do Brasil, que também fornece informações pessoalmente, pela internet ou pelo telefone 0800-729 00 01.

Tem direito ao benefício o trabalhador inscrito no PIS ou no Pasep há pelo menos cinco anos e que tenha trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2017 com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. Também é necessário que os dados estejam corretamente informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), ano-base 2017. (Via: FolhaPE)

Afogados da Ingazeira: MPPE recomenda que moradores do Sítio Queimada Grande se abstenham de plantar dentro da área de açude

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou aos moradores do Sítio Queimada Grande, localizado na zona rural de Afogados da Ingazeira, que se abstenham de cultivar qualquer tipo de plantação dentro da área do açude local ou impossibilitem a limpeza deste por parte das autoridades competentes.
Informações repassadas à Promotoria de Justiça de Afogados noticiaram que os moradores do Sítio estavam plantando capim no açude e impondo obstáculos à realização da limpeza do corpo d’água, que exigiria a retirada da plantação.
“Ao lado do açude há uma área do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS) e a empresa MRM Engenharia quer realizar o assoreamento do açude para a continuação do trabalho, bem como necessitam tirar as pedras para encostar os canos”, informou o promotor de Justiça Lúcio Luiz de Almeida Neto, no texto da recomendação.
O descumprimento de qualquer medida poderá acarretar em penas que variam de um a três anos de detenção, multa ou ambas cumulativamente.

O ex-deputado federal do Psol, Jean Wyllys, participou de uma entrevista coletiva em Berlim nesta segunda-feira (18) e revelou que está vivendo na casa de amigos na capital alemã. Wyllys disse que pretende procurar uma bolsa de doutorado e permanecer na cidade.

Por causa de ameaças que vinha recebendo, o então deputado anunciou em janeiro deste ano que desistia do seu terceiro mandato consecutivo na Câmara dos Deputados e deixaria o Brasil. Desde então, a sua primeira aparição pública foi durante sessão do filme brasileiro Marighella no Festival de Cinema de Berlim, na sexta-feira (15).

Segundo o ‘UOL’, na entrevista desta segunda, o ex-deputado disse ter recebido oferta de asilo político do governo francês, mas não pretende aceitar. “O asilo político é um instituto que demora um tempo. Há outras pessoas que precisam de asilo político. Para mim, permanecer aqui com um visto de estudante ou pesquisador é muito melhor do que um asilo político”, explicou.

O ex-parlamentar também comentou a reação do presidente Jair Bolsonaro quando anunciou a sua saída do Brasil.

“Ele e seu filho, o “Zero Dois” (o senador Flávio Bolsonaro), comemoraram nas redes sociais. Esse é o nível do presidente do Brasil”, disse. “Não basta ser um energúmeno, um incompetente, uma pessoa que esteve 30 anos no Parlamento e não produziu nada. Não basta ser um imbecil e incompetente que nada sabe sobre economia, políticas de saúde, educação, moradia e infraestrutura. Tem que ser esse debochado, esse moleque que trata a democracia dessa maneira. Ele só confirmou a minha decisão, só me deu razão de que, de fato, o Brasil não era mais o lugar para mim”, afirmou Wyllys.

O político ainda lamentou a forma como Bolsonaro vem conduzindo o governo.

“Um presidente deve cuidar da população de seu país. Depois de eleito, ele é responsável pela população. Mas esse sujeito ainda não age como presidente da República. Ele continua agindo como se ainda estivesse em campanha. Tratando as 40 milhões de pessoas que não lhe deram votos, que votaram nos outros candidatos, como inimigos”.

A empresária Elaine Caparróz, de 55 anos, foi espancada durante quase quatro horas por um homem que conheceu pelas redes sociais. A agressão ocorreu no primeiro encontro entre os dois, no apartamento dela, no bairro da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. As informações são do jornal O Globo.

O suposto agressor, o advogado Vinícius Batista Serra, de 27 anos, foi preso em flagrante. Segundo o delegado-adjunto da Delegacia da Barra, Rodrigo Freitas de Oliveira, pela gravidade das agressões e pela desproporcionalidade física, Vinícius tentou matar Elaine. 

A imagem mostra o rosto de Elaine desfigurado após a agressão.

 

Em entrevista exibida no programa “Fantástico”, da TV Globo, nesse domingo (17), a empresária relatou que acordou durante a madrugada com socos desferidos pelo homem, que tentou aplicar um mata-leão nela. Ela reagiu e levou uma mordida no braço.

 

Com o rosto desfigurado pelas agressões, Elaine foi internada em estado grave no Hospital Lourenço Jorge, na Barra, e transferida em seguida para um hospital particular. Ela precisará passar por cirurgia.

Versão do agressor
Em depoimento à polícia, segundo o portal R7, Vinícius afirmou que “tomou vinho, dormiu e acordou em surto“. Depois de desfigurar Elaine, ele agora diz que não se lembra de nada. (Via: Folhapress)

O crédito consignado é um empréstimo feito por meio de convênio do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) com bancos. O aposentado ou pensionista não pode comprometer mais de 35% de sua renda. Para a contratação do crédito, é preciso apresentar documentos pessoais do aposentado ou pensionista na instituição financeira escolhida, inclundo os documentos de identidade ou Carteira de Habilitação (CNH) e Cadastro de Pessoa Física (CPF).

Além disso, é obrigatório que o contrato seja assinado pelo próprio segurado. “O empréstimo, de nenhuma maneira, pode ser concedido por telefone, sem o comparecimento do segurado ao banco ou financeira”, alerta o INSS.

O INSS orienta que, caso exista interesse na contratação do consignado, o segurado deve procurar bancos ou financeiras. “Vale destacar que o segurado nunca deve passar informações pessoais e de benefícios por telefone, pois este tipo de conduta pode facilitar a ação de criminosos e acarretar em fraudes no benefício”.

Para coibir fraudes contra aposentados e pensionistas, o INSS reforça que o beneficiário ou representante legal pode fazer o bloqueio ou desbloqueio do benefício para a contratação de empréstimos consignados ou até mesmo o cartão de crédito, por meio de sistema eletrônico. “Esse processo, por sua vez, precisará ser autenticado e o sistema deve ser disponibilizado pelas próprias instituições financeiras e sociedades de arredamento mercantil que mantenham Acordos de Cooperação técnica com o INSS”, explicou.

Denúncias

O segurado que for vítima de algum golpe ou detectar irregularidades nos descontos em folha deve cadastrar imediatamente sua manifestação na Ouvidoria do INSS por meio da Central de Teleatendimento 135 ou pelo portal (inss.gov.br). Em caso de perda, furto ou roubo, a pessoa deve fazer imediatamente um boletim de ocorrência, para se resguardar de eventuais fraudes no benefício.

“Vale destacar que as denúncias sobre consignado serão apuradas pela Ouvidoria e repassadas a Dataprev, para o bloqueio imediato do desconto ou contato com a instituição financeira para solução do problema e, se for o caso, devolução dos valores. Além disso, a partir do momento da detecção das fraudes, os envolvidos serão alvo de apuração por parte do Governo Federal”.

Os segurados também podem consultar o site Extrato de Empréstimos Consignados pela internet ou ter acesso a esse serviço em uma unidade do INSS. Assim, é possível conferir mensalmente se há irregularidades no benefício.

Por meio desse extrato é possível ao segurado conferir todo histórico de créditos consignados realizados com desconto no benefício previdenciário, além de outras informações como a margem da consignação atual, valores de parcela e prazo. O cadastro no Meu INSS é feito de três maneiras: pela internet, comparecendo a uma agência do INSS ou nos bancos autorizados. Até agora, mais de 20 milhões de usuários já se registraram no sistema, informou o órgão. (Agência Brasil).

Em uma semana, o PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro e também dos seus filhos, entrou em crise ética e politica, com escândalos de candidatos laranjas e divergências entre a família Bolsonaro e o presidente do partido, que gerou até demissões em cargos importantes dentro do governo. Por esses problemas, o presidente negocia migrar para um novo partido, que está em fase final de criação. Trata-se da reedição da antiga UDN (União Democrática Nacional).

Segundo fontes, a Nova UDN já conversou com Flávio Bolsonaro, senador pelo Rio de Janeiro, e  eleito com 1,8 milhão de votos.

Arcoverde: oito internos fogem da Funase

Um total de oito internos fugiram da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) de Arcoverde, no Sertão de Pernambuco, na noite do sábado (16).

De acordo com a assessoria de imprensa, o grupo conseguiu sair por uma área do muro perto da quadra da unidade. Ainda segundo a assessoria, durante o ocorrido, os agentes socioeducativos conseguiram impedir a fuga de um nono adolescente, que foi contido dentro da Funase. Não houve tumulto e ninguém ficou ferido.

Num vídeo que circula nas redes sociais, um avião da companhia Gol precisou arremeter para evitar uma possível colisão

Um momento em que um avião arremeteu ao tentar pousar em Fernando de Noronha para evitar colisão com outra aeronave assustou passageiros neste domingo (17). Um vídeo que circula nas redes sociais mostra a ação, que, segundo a Aeronáutica, “ocorreu dentro dos padrões de segurança das regras de tráfego aéreo” e foi classificada como normal.

O voo número 2700 da Azul taxiava, quando a aeronave da Gol 1862 se aproximava para pousar e teve que arremeter. Em nota, a Azul afirmou que “a arremetida é um procedimento previsto nas operações de pouso”.

A Gol informou que o avião “precisou descontinuar a aproximação em virtude da indisponibilidade da pista por ocupação de outra aeronave naquele momento”.

A companhia disse, ainda, que “o comandante tinha contato visual com a aeronave que ainda taxiava pela pista” e que, após a liberação, o pouso foi feito “com total segurança”.

O presidente do Conselho Distrital, Milton Luna (foto), estava a bordo da aeronave da Azul e conta que se assustou ao perceber o que acontecia. “O avião tinha acabado de pousar, eu estava na janela, quando vi uma nuvem preta passando por cima. Era o avião da Gol, que graças a Deus arremeteu”, diz Luna.

O presidente do conselho afirma que vai instaurar investigação sobre o incidente envolvendo os voos da Azul e Gol. “Vamos formar uma comissão especial para, junto a outros órgãos, como Aeronáutica, Administração da Ilha e Anac [Agência Nacional de Avião Civil], apurar esse caso”, afirma o presidente do Conselho.

A empresa responsável do aeroporto de Fernando de Noronha, Dix, informa que não tem responsabilidade sobre o controle das aeronaves.

“Esse controle do espaço aéreo não é feito por nós, esse trabalho é feito pela Aeronáutica, que autoriza pouso e decolagem”, esclarece o gerente operacional da empresa, Waldir Machado Júnior.

O presidente do Conselho Distrital, Milton Luna, estava no avião da Azul — Foto: Ana Clara Marinho/TV Globo

Confira a íntegra da nota da Aeronáutica:

“A arremetida registrada no aeródromo de Fernando de Noronha (PE), no domingo (17/02), ocorreu dentro dos padrões de segurança das regras de tráfego aéreo. A situação foi classificada como normal.

Importante esclarecer que o serviço de tráfego aéreo prestado no local é o de Serviço de Informação de voo. Nesta modalidade, o operador de estação aeronáutica fornece às aeronaves todas as informações necessárias à operação segura, a fim de que o piloto decida, em qualquer fase do voo, qual o procedimento será utilizado e inclusive em qual pista irá realizar a decolagem ou o pouso.

As aeronaves estavam em coordenação via rádio e não houve risco nenhum aos envolvidos no caso”.

 

Gustavo Bebianno afirma que está recebendo ameaças

As ameaças chegam ao ministro pelo WhatsApp, após o desentendimento com o presidente e os filhos dele / Foto: Mauro Pimentel / AFP

As ameaças chegam ao ministro pelo WhatsApp, após o desentendimento com o presidente e os filhos dele
Estadão Conteúdo / Foto: Mauro Pimentel / AFP

O ainda ministro da Secretaria-Geral, Gustavo Bebianno, disse ao Broadcast que está recebendo ameaças pelo WhatsApp. As ameaças teriam iniciado neste fim de semana, depois que o imbróglio envolvendo seu nome e o governo Bolsonaro se agravou. O ministro não deu mais detalhes sobre as ameaças. Mas falou a interlocutores que já identificou algumas pessoas e que vai tomar previdências.

Nesta segunda-feira (18) os filhos de Bolsonaro voltaram a atacar Bebianno nas redes sociais. O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) divulgou um link de um texto que chama o ministro de “traidor” e “funcionário incompetente”.

Crise no governo

A crise atual foi gerada por vazamentos de áudios de WhatsApp por Carlos Bolsonaro, vereador do Rio de Janeiro, e por Bebianno.

Com sua situação no governo Bolsonaro ainda indefinida, Bebianno segue recluso nesta segunda-feira. A esperada exoneração ainda não foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) e, enquanto isso, ele segue no hotel em que mora em Brasília e não foi visto deixando o local.

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) anunciou, no seu perfil do Twitter nesta segunda-feira (18), os leilões para a privatização de 12 aeroportos, incluindo o terminal do Recife. Segundo Bolsonaro, a previsão é que os leilões sejam realizados já em março e os investimentos nos terminais cheguem a R$ 3,5 bilhões.

Todos os leilões dos aeroportos citadaos estão previstos para serem realizados até março deste ano, conforme anúncio feito pela @ppinvestimentos . Qualidade no serviço específico, empregabilidade e economia. Estes são apenas os primeiros passos dentro desta área! Bom dia a todos

— Jair M. Bolsonaro (@jairbolsonaro) 18 de fevereiro de 2019

 

 

Que energia maravilhosa foi essa geeente?! 💥😍 INGRESSOS ESGOTADOS! Obrigado nação fulôzeira por transformarem O Baile Municipal de Afogados da Ingazeira/PE em uma noite maravilhosa, repleta de muita alegria…❤️ #mandacaruelétrico #fulôdemandacaru #acordeonleticce #carnaval #pernambuco #brasil

Publicado por Banda Fulô de Mandacaru em Domingo, 17 de fevereiro de 2019

Publicado por Ana Maria Aderval em Domingo, 17 de fevereiro de 2019

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas

https://scontent.frec1-2.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/52378419_792128481144560_821055574987767808_n.jpg?_nc_cat=107&_nc_ht=scontent.frec1-2.fna&oh=0ce2eaeff09fd7075891ebb987adf7a0&oe=5CF9B6E3

Dr. Cordeiro e Klicia

 

A imagem pode conter: 5 pessoas, incluindo Cecilia Myrelli Genesio de Oliveira, pessoas a sorrir, chapéu

A 14ª edição do Baile Municipal de Afogados da Ingazeira superou todas as expectativas de público, animação e crítica, se consolidando como uma das mais animadas prévias de Carnaval do interior do Estado. 

“É muito gratificante ver que uma festa que foi realizada com tanto planejamento e com tanto carinho pela nossa equipe conseguiu agradar aos nossos foliões, resgatando toda a magia do nosso carnaval de salão,” destacou o vice-prefeito Alessandro Palmeira, que foi o responsável pela impulsionada que teve o baile municipal na primeira gestão do prefeito José Patriota.  

Com um público recorde, o salão ficou lotado de brilho, cores, fantasias e muita alegria. O espaço Wilson Brito, no Hotel Brotas, ficou pequeno para tanta animação. A noite de festa foi aberta pelos talentosos músicos afogadenses que integram a excelente Orquestra Show de Frevo, composta por músicos da Escola Municipal de Música Bernardo Delvanir Ferreira.  

Após muito frevo, foi à vez dos foliões participarem do tradicional Concurso de Fantasias, concorrendo em grupo ou individualmente. As premiações foram de 100 a 300 reais para os três primeiros colocados em cada categoria. O júri foi formado pelos artistas plásticos Luciano Pires, Edgley Brito e Luciano Kléber.  

 Os vencedores foram os grupos “o amor é cego e a loucura anda junto” (3º lugar), “colombina e Pierrot” (2º lugar) e “La casa de papel” (1º lugar). No individual, os vencedores foram Paulo Vinícius, fantasiado do personagem Chaves; Marcos Vinícius, de predador; e Ramon Nunes, de Wolverine, terceiro, segundo e primeiros lugares, respectivamente.  

 

Ao lado dos vereadores Augusto Martins, Zé Negão, Daniel Valadares e do presidente da Câmara, Igor Mariano, além do vice-prefeito, Alessandro Palmeira, e da primeira-dama, Madalena Leite, o prefeito José Patriota entregou as premiações do Desfile de Fantasia. “São seis anos de gestão e o baile cresce a cada nova edição. Esse ano, mesmo com muita dificuldade, conseguimos realizar a festa, determinando ao secretário de Cultura que planejasse de modo que o baile fosse autossuficiente, que as bilheterias pagassem o custo da festa. Acho que conseguimos realizar um dos mais animados bailes de nossa gestão, tendo em vista a alegria e a animação dos nossos foliões,” destacou Patriota. 

Após a entrega das premiações foi à vez da grande atração da noite subir ao palco. A Banda Fulô de Mandacaru, tão conhecida do público Afogadense em decorrência das suas apresentações na Expoagro, surpreendeu a todos com o repertório do seu projeto “Mandacaru Elétrico”, tirando literalmente os foliões do chão com muito frevo, axé, manguebeat e maracatu. Uma noite realmente para ficar na história da folia afogadense. Com informações do Núcleo de Comunicação da Prefeitura de Afogados da Ingazeira.

Faleceu hoje no Hospital Perpétuo Socorro, em Garanhuns, a ex-secretária de Educação de Solidão, Simony Marques. Ela estava internada depois de apresentar problemas respiratórios e outras complicações.

Esses dias, houve uma grande mobilização nas redes sociais para doação de sangue tipo B Fenotipado para Simony, que até havia apresentado alguma melhora mas piorou nas últimas horas e teve o óbito confirmado na manhã de hoje (18).

Simony era casada e tinha dois filhos. Era natural da comunidade de Pelo Sinal, município de Solidão. A última vez em que ocupou a Secretaria de Educação foi na gestão Cida Oliveira.

Na gestão Djalma Alves era Coordenadora Geral da Educação, cargo que ocupou  até se afastar para cuidar da saúde.

O corpo deve chegar ainda hoje na comunidade de Pelo Sinal, o sepultamento será no cemitério da comunidade.

(*) Fonte: S1 Notícias

Jornalista de afiliada Globo pede demissão ao vivo; Assista o vídeo

O jornalista Kaio Cézar, da Tv Verdes Mares, afiliada da Rede Globo no Ceará, pediu demissão ao vivo, neste sábado (16), durante a exibição do Globo Esporte.

“Neste momento, estou pedindo demissão do sistema Verdes Mares. Não abro mão do respeito nem da dignidade para estar em lugar nenhum”, disse o jornalista durante os créditos do programa.

A TV Verdes Mares, afiliada da Globo no Ceará, se pronunciou através de uma nota sobre o pedido de demissão ao vivo do jornalista e apresentador Kaio Cézar.

Confira a Nota: “O Sistema Verdes Mares foi surpreendido, na tarde deste sábado (16/02), com o pedido de demissão do jornalista Kaio Cézar, ao final da apresentação do Globo Esporte, na TV Verdes Mares. Diante da repercussão do fato, o Sistema Verdes Mares esclarece que desconhece os motivos da decisão do apresentador e que vai tratar o assunto internamente, pelos canais adequados, como é prática na empresa. Reitera, ainda, que rege toda a atividade desde a sua fundação, há quase 50 anos, pela correção ética, por valores morais e pelo diálogo.”

http://www.didigalvao.com.br/wp-content/uploads/2019/02/arapu%C3%A3-2-560x420.jpg

Na Última sexta-feira (15) uma Comissão de Vereadores de Carnaíba, composta pelos vereadores Preguinho, Vandérbio Quixabeira, irmão Adilson, Anchieta Marques e pelo presidente do Poder Legislativo municipal, Gleybson Martins, foi a campo cumprir uma das atribuições do legislador: a fiscalização, neste caso nas Unidades Básicas de Saúde e da Farmácia Básica do Município.

Bem recebidos na UBS (Unidade Básica de Saúde) do bairro de Carnaíba Velha, os vereadores constataram que não tem médico para atender a população naquela unidade, tampouco os medicamentos obrigatórios para distribuição gratuita, definidos pelo Ministério da Saúde (MS). Também foram bem recebidos na UBS no bairro Alto da Gitirana, lá constataram que não estão sendo realizados os atendimentos odontológicos, e pior, embora conste no papel que naquela unidade disponha de consultório odontológico, ele não existe de fato. Outra irregularidade encontrada é que o médico que deveria cumprir 40 horas semanais, atende apenas dois dias por semana aos cidadãos que estão na aérea de cobertura da UBS/Gitirana, descumprindo abertamente o que diz a lei.

A presteza no fornecimento das informações não foi à mesma quando a comissão chegou a Farmácia Básica do Município.

Visivelmente contrariados pela surpresa da ação, servidores da Secretaria Municipal de Saúde, lotados naquele órgão, reagiram com truculência e impediram que a comissão tivesse acesso ao interior da unidade, ignorando a fiscalização como uma das prerrogativas do vereador,  assim, impediram que fossem feitas imagens do estoque, prejudicando o trabalho dos vereadores quanto a aferirem se a farmácia dispõe ou não de todo os medicamentos obrigatórios no checklist do MS. A situação foi registrada em vídeos feitos pela Assessoria da Câmara.

Quais as razões para barrarem a comissão? Quem instruiu os servidores e se esqueceu de dizer-lhes sobre as prerrogativas do Poder Legislativo?

Fazendo valer o seu poder autônomo, a Câmara de Vereadores de Carnaíba buscará os meios legais para garantir que a fiscalização seja concluída, e desta forma acionar, caso seja necessário, o MPPE (Ministério Público de Pernambuco), a fim de garantir que a gestão municipal cumpra com suas atribuições e entregue a população carnaibana todos os serviços de saúde previstos na atenção básica.

Os vereadores têm quatro funções principais:

Função Legislativa: consiste em elaborar as leis que são de competência do município, discutir e votar os projetos que serão transformados em Leis, buscando organizar a vida da comunidade.

Função Fiscalizadora: o vereador tem o poder e o dever de fiscalizar a administração, cuidar da aplicação dos recursos, a observância do orçamento. Também fiscaliza através do pedido de informações.

Função de Assessoramento ao Executivo: esta função é aplicada às atividades parlamentares de apoio e de discussão das políticas públicas a serem implantadas por programas governamentais, via plano plurianual, lei de diretrizes orçamentárias e lei orçamentária anual (poder de emendar, participação da sociedade e a realização de audiências públicas).

Função Julgadora: a Câmara tem a função de apreciação das contas públicas dos administradores e da apuração de infrações político-administrativas por parte do prefeito e dos vereadores.

Condenado em mais uma sentença política e sem provas, no caso do sítio em Atibaia, o ex-presidente Lula recebeu nesta sexta-feira 15 a intimação do processo e escreveu uma observação, de próprio punho, ao final do documento. A foto de sua mensagem foi postada neste sábado 16 em sua conta no Twitter.

“Obs: Não reconheço a legitimidade dessa sentença, sou inocente. Por isso vou recorrer. Lula”, escreveu Lula.

No processo do sítio, Lula foi condenado a 12 anos e 11 meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, acusado de ter se beneficiado de reformas realizadas por empreiteiras no sítio Santa Bárbara, no interior paulista.

A peça, no entanto, não apresenta provas de que as reformas teriam sido feitas a pedido de Lula e a sentença chega citar o “dono” do sítio, ou seja, admite que o ex-presidente não era o proprietário.

Leia aqui os seis pontos da defesa que desmontam a farsa do processo.

Lula

✔@LULAOFICIAL

LULA RECEBEU ONTEM A INTIMAÇÃO DE MAIS UMA SENTENÇA POLÍTICA. ELE ESCREVEU A RESPOSTA NO DOCUMENTO

Mulher é morta a tiros na Nova Brasília, zona rural de Afogados da Ingazeira

Afogados da Ingazeira registrou o primeiro assassinato de mulher do ano. O crime aconteceu na tarde deste sábado (16), no sítio Nova Brasília, zona rural de Afogados da Ingazeira

Informações dão conta de que a vítima teria sido a pessoa de Jocicleide Duarte, que foi atingida por disparos de arma de fogo em frente a sua própria residência.

Segundo testemunhas, Cleide estava na calçada, quando um homem chegou e anunciou um assalto fazendo vários disparos em sua direção. Ela era mãe de 5 filhos, estava na companhia do marido.

A PM está em diligências, no sentido de identificar e prender o autor do assassinato

Jovem de 22 anos é assassinado a tiros em Serra Talhada

Um jovem identificado como Victor Nogueira, de 22 anos, foi morto a tiros na noite deste sábado (16), na Rua 1 no bairro Bom Jesus em Serra Talhada.
Segundo informações de populares, por volta das 18h30, dois homens não identificados se aproximaram numa motocicleta e efetuaram os disparos, fugindo logo em seguida.
De acordo com informações da PM, o jovem era usuário de drogas, mas ainda não se pode afirmar que o crime tem relação com o tráfico ou se foi acerto de contas. A Polícia Civil investiga o caso.
Este é o quinto homicídio registrado na Capital do Xaxado em 2019. O último vitimou Abraão Daniel dos Santos, de 32 anos, que foi assassinado a tiros na noite da última quarta-feira (13), Praça Miguel Nunes de Souza, mais conhecida como Praça Lampião, em Serra Talhada.

A briga interna do PSL lança Toninho Valadares como pré-candidato a prefeito e o pai ?

A coordenação do Partido Social Liberal (PSL) lançou na noite desta sexta-feira, 15, o nome de Toninho Valadares como pré-candidato a prefeito de Afogados da Ingazeira.

Toninho não é o único a se apresentar como pré-candidato, já que o Capitão Sidney anunciou seu nome na manhã de terça-feira (12). Agora o PSL passa a ter dois pré-candidatos ao executivo municipal, gerando uma disputa interna

 

Mega-Sena: Ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 32 milhões

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.125 da Mega-Sena, realizado na noite deste sábado (16) em São Paulo (SP). O prêmio acumulou e está estimado em R$ 32 milhões. Veja as dezenas sorteadas: 01 – 31 – 44 – 46 – 53 – 58.

A quina teve 55 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ 48.968,88. Outras 4.090 apostas acertaram a quadra; cada uma receberá R$ 940,72.

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!