A Delegacia da Polícia Federal em Salgueiro, no Sertão de Pernambuco, em parceira com as polícias Militar e Civil, erradicou cerca de 234 mil pés de maconha, 73 plantios e 59 mil mudas da planta, durante a operação Facheiro I. A droga foi encontrada em algumas ilhas dos rio São Francisco e na região de Orocó, Cabrobó, Belém do São Francisco, Santa Maria da Boa Vista, e em áreas de caatinga em Salgueiro, Carnaubeira da Penha, Serra Talhada, Betânia, Parnamirim, Ibó e Floresta.

A operação foi realizada entre os dias 5 e 13 deste mês e contou com mais de 40 policiais, entre federais, civis e militares. Durante a ação, forma utilizadas duas aeronaves, botes infláveis, além de uma ambulância do Corpo de Bombeiros para realização de pronto atendimento caso houvesse alguma emergência.

Segundo a PF, caso os 234 mil pés de maconha fossem colhidos, prensados e colocados no mercado consumidor daria para produzir 78 toneladas da droga. A Polícia Federal não informou se houve alguma prisão durante a operação. (Via: Blog do Didi Galvão)

Potenciais laranjas receberam R$ 15 mi de verba pública de 14 partidos

Resultado de imagem para candidato laranja

Candidata a deputada estadual pelo Acre, Sônia de Fátima Silva Alves (DEM) é um fenômeno às avessas. Ela recebeu R$ 279,6 mil para fazer campanha, contratou 72 fornecedores e saiu das urnas com apenas seis votos.

Assim como Sônia, outros candidatos com votações pífias receberam ao menos R$ 15 milhões em dinheiro público dos fundos partidário e eleitoral.

Dados cruzados da Justiça Eleitoral e descobriu 53 candidatos que receberam mais de R$ 100 mil para financiar suas campanhas, mas saíram das urnas com menos de mil votos. Os candidatos pertencem a 14 diferentes partidos, mas com predomínio do Pros, PRB, PR, PSD e MDB.

Dos 53 candidatos, 49 eram mulheres —o que reforça a suspeita de que as postulantes a cargos eletivos sejam apenas laranjas, como os casos revelados pela Folha nos últimos dias envolvendo o PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro.

Isso porque a lei eleitoral obriga que pelo menos 30% dos recursos dos fundos partidário e eleitoral sejam investidos em candidaturas femininas, levando a manobras para atingir a cota, com a criação de postulantes de fachada.

Marília Mendonça assume luta contra o vício e aconselha fãs

Resultado de imagem para marilia mendonça

A cantora Marília Mendonça usou a redes sociais dar uma notícia animadora ao seus seguidores. No Twitter, ela revelou que está há dois meses sem fumar. Na publicação, a sertaneja diz querer, com a notícia, incentivar os fãs a cuidarem da saúde.

Marília, que sempre utiliza a rede para interagir com os fãs, ainda respondeu comentários sobre a publicação e revelou que começou a fumar aos 18 anos, hoje a cantora tem 23. Segundo a ela, a mudança se deu por força de vontade e cuidado com a saúde.

Os internautas perguntaram ainda se Marília teve dificuldades ou até mesmo recaídas desde que abandonou o cigarro. A cantora respondeu que segue “sem recaídas” e que sempre conta como sua vida está maravilhosa para as pessoas ao redor dela que fumam.

Recentemente, a sertaneja tem se mostrado mais preocupada com a saúde. Chegou a perder 20 quilos e revelou ter parado também de beber cerveja.

Senado identifica 6 suspeitos de voto a mais em eleição para presidente da Casa

A votação para presidente da Casa foi realizada em 2 de fevereiro

A corregedoria do Senado identificou nesta 4ª feira (14) 6 senadores como suspeitos de possível fraude na eleição que tornou Davi Alcolumbre (DEM-AP) presidente da Casa em 2 de fevereiro.

A investigação refere-se ao caso do voto duplicado que anulou a 1ª tentativa de votação do dia. Após todos os senadores irem à urna, foram computados 82 votos, sendo que há somente 81 senadores.

Os nomes dos senadores suspeitos não foram divulgados.

O senador Roberto Rocha (PSDB-MA), corregedor da Casa, afirmou que assistiu juntamente com sua equipe a todas as imagens da votação disponíveis na TV Senado e nas câmeras de segurança. Também analisaram cerca de 11 mil fotografias.

Nas imagens, não fica claro se 6 congressistas depositaram apenas uma cédula na urna. Pelo conteúdo analisado até agora, o magistrado disse que é possível que a cédula a mais tenha sido colocada durante os últimos votos, no sábado pela manhã.

Rocha pediu a ajuda do ministro da Justiça, Sérgio Moro, para solicitar análise da PF (Polícia Federal) na investigação. O magistrado também pediu ao presidente do Sendo mais 3 servidores para a apuração e cogita pedir auxílio a UnB (Universidade de Brasília).

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!