Grupo tentou roubar dinheiro que estava na aeronave / Foto: Divulgação/PF

Os seis mortos durante uma tentativa de roubo a um avião em Salgueiro foram identificados no início da noite desta quarta-feira (26). Segundo a Polícia Federal, eles integravam a principal quadrilha especializada em assaltos a bancos e carros-fortes da região. A aeronave transportava dinheiro que iria abastecer um banco da cidade.

De acordo com informações repassadas, os mortos foram identificados como:

Francieldo do Nascimento Silva, 47 anos,

Cláudio Aprígio da Silva Neto, 46

Alex Gonçalves dos Santos, 37

Galdioso Moura da Silva, 47

Renato Vieira dos Santos, 51

 Rafael Rodrigues Pereira, 36

Martins Simão dos Santos, 48, ficou ferido.

Confronto

A tentativa de roubo ocorreu na manhã desta quarta-feira (26). A Polícia Federal informou que diversos indivíduos fortemente armados tentaram roubar valores que estavam sendo transportados em um avião de empresa de segurança, que iria abastecer um banco da cidade.

No momento da aterrissagem, os suspeitos do crime invadiram a pista do aeroporto e abordaram os vigilantes dos carros-fortes que transportariam o dinheiro. Segundo a PF, eles também dispararam contra o avião, ferindo o piloto e obrigando-o a parar.

Na abordagem, houve intenso confronto entre o grupo e os policiais federais, resultando na morte de suspeitos. Além dos seis mortos, já foram presos mais quatro integrantes da quadrilha.

Foram apreendidos seis fuzis e uma metralhadora ponto 50, que estava instalada em um dos veículos utilizados pela quadrilha.

Ainda de acordo com a PF, uma quantidade desconhecida de suspeitos conseguiu fugir em um carro. Estão sendo realizadas buscas na região, com o apoio da Polícia Militar. Nenhum valor foi subtraído.

O piloto do avião foi socorrido e, conforme informações do hospital, está em condições estáveis.

Quadrilha especializada

Essa era a principal quadrilha especializada em assaltos a bancos e carros-fortes da região. Segundo a PF, o grupo já vinha sendo investigado há mais de um ano.

Por 7 votos a 2, STF mantém cancelamento 3,3 milhões de títulos sem biometria

Resultado de imagem para titulos e biometria

Por 7 votos a 2, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quarta (26) rejeitar pedido de liminar feito pelo PSB para evitar o cancelamento dos títulos de eleitores que não realizaram o cadastramento por biometria nas localidades que foram escolhidas pela Justiça Eleitoral.

De acordo com a Justiça Eleitoral, cerca de 3,3 milhões de eleitores não vão votar nas eleições de outubro porque não compareceram aos cartórios eleitorais nos municípios em que houve o recadastramento para identificação biométrica e devido a outras restrições.

Na ação, o PSB alegou que são inconstitucionais as resoluções do TSE que disciplinaram o cancelamento do título como penalidade ao eleitor que não realizou o cadastro biométrico obrigatório dentro do prazo, porque resultaram no indevido cerceamento do direito de votar.

O PT e o PCdoB também participaram do processo. Segundo as legendas, o maior número de eleitores que não poderão votar está na Região Nordeste. Para os partidos, a maioria dos títulos cancelados é de cidadãos humildes que não tiveram acesso à informação para cumprir a formalidade.

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!