Resultado de imagem para população Pernambuco

O Brasil tem 207.660.929 habitantes, segundo estimativa Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgada nesta quarta-feira (30) no Diário Oficial da União. A data de referência para o levantamento é 1º de julho. Em 2016, a população do país era estimada em pouco mais de 206 milhões habitantes. Neste período, 25% dos municípios tiveram suas populações reduzidas.

 

O crescimento de 2016 para 2017 foi de 0,77% (cerca de 1,6 milhão de pessoas a mais). De acordo com o IBGE, a taxa de crescimento populacional vem desacelerando nos últimos anos. No período de 2015 a 2016, a taxa de crescimento foi de 0,80%. A razão principal da redução no ritmo de crescimento, segundo o instituto, é a queda na taxa de fecundidade.

Segundo o IBGE, para 2017, a projeção mostra que a taxa de fecundidade era de 1,67 filho por mulher, a taxa bruta de mortalidade era de 6,15 mortes por mil habitantes e o saldo migratório (pessoas que entraram menos as que saíram do país) foi de 8.304 pessoas.

 

Com base no levantamento, o IBGE aponta que projeção demográfica daqui a 26 anos (entre 2042 e 2043) é de que a população brasileira vai atingir seu limite máximo, estimado em 228,4 milhões. Em seguida, deverá decrescer.

Gráfico mostra a evolução da população no país (Foto: Editoria de Arte/G1)

Segundo o IBGE, pouco mais da metade da população brasileira (56,5% ou 117,2 milhões de habitantes) vive em apenas 5,6% dos municípios, que são aqueles com mais de 100 mil habitantes.

São Paulo permanece como o estado mais populoso, com 45.094.866 habitantes, seguido de Minas Gerais, com 21.119.536, e Rio de Janeiro, com 16.718.956. O estado com a menor população é Roraima, que tem 522.636 habitantes.

Dentre os 5.570 municípios brasileiros, apenas 17 têm população superior a 1 milhão de pessoas, somando 45,5 milhões de habitantes ou 21,9% da população do Brasil. São Paulo continua sendo o mais populoso do país, com 12,1 milhões de habitantes, seguido pelo Rio de Janeiro, com 6,5 milhões de habitantes, Brasília e Salvador, com cerca de 3 milhões de habitantes cada.

Se desconsideradas as capitais, os dez municípios mais populosos do país são Guarulhos (SP), Campinas (SP), São Gonçalo (RJ), Duque de Caxias (RJ), São Bernardo do Campo (SP), Nova Iguaçu (RJ), Santo André (SP), São José dos Campos (SP) Osasco (SP), e Jaboatão dos Guararapes (PE).

Serra da Saudade, em Minas Gerais, é o município brasileiro com a menor população – apenas 812 habitantes. O segundo menor município em termo populacional é Borá, em São Paulo, com 839 habitantes. Araguainha, no Mato Grosso, com 931 habitantes, completa os três municípios do país que têm menos de mil habitantes.

População diminuiu em 1 entre cada 4 municípios

O IBGE destacou que quase ¼ (25%) dos municípios tiveram suas populações reduzidas entre 2016 e 2017. Esta tendência ocorreu, principalmente, no grupo de municípios com até 20 mil habitantes (32,5% ou 1.236 municípios).

“ Há uma tendência de deslocamento das pessoas que moram em pequenos municípios para cidades maiores em busca de melhores condições de vida e melhor acesso à educação e ao emprego”, explicou a pesquisadora da Coordenação de População e Indicadores Sociais do IBGE, Izabel Marri.

 

Os quatro municípios que apresentaram a maior redução da população entre 2016 e 2017 foram Caatiba (-21,93%), na Bahia, Altamira do Maranhão (-20,96%) e Brejo da Areia (-16,74%) e Itanagra (-16,27%), também na Bahia.

Estes quatro municípios, no entanto, sofreram alteração de limites com municípios vizinhos. O IBGE destacou que “os remanejamentos populacionais, devido a alteração de limites territoriais entre municípios, podem afetar sobremaneira a taxa de crescimento populacional entre dois anos”.

O município de Severiano Melo, no Rio Grande do Norte, foi o único com redução da população em mais de 10% (-10,44%) sem que tenha sofrido alteração nos seus limites com outros municípios.

Dentre as capitais, somente Belém (Pará) e Rio Branco (Acre) tiveram queda na população – respectivamente de -1,42% e -0,18%.

O levantamento mostrou também que em mais da metade dos municípios as taxas de crescimento populacional foram inferiores a 1%. Em apenas 258 municípios (4,6% do total) o aumento foi igual ou superior a 2%.

O IBGE destacou ainda que os municípios com população entre 100 mil e 1 milhão de habitantes tiveram a maior proporção de municípios com crescimento acima de 1%. Dez dos 17 municípios com mais de 1 milhão de habitantes tiveram taxas de crescimento entre 0,5% e 1% ao ano.

O levantamento apontou que a diminuição de habitantes ocorre com mais frequência na região Sul, enquanto no Norte e o Centro-Oeste estão as maiores proporções de municípios com taxas de crescimento acima de 1%.

Veja a população por unidade da Federação

Unidade da Federação Estimativa em 2017 Variação ante 2016 (em %)
Acre 829.619 1,58
Alagoas 3.375.823 0,5
Amapá 797.722 1,97
Amazonas 4.063.614 1,55
Bahia 15.344.447 0,44
Ceará 9.020.460 0,63
Distrito Federal 3.039.444 2,09
Espírito Santo 4.016.356 1,07
Goiás 6.778.772 1,24
Maranhão 7.000.229 0,66
Mato Grosso 3.344.544 1,18
Mato Grosso do Sul 2.713.147 1,15
Minas Gerais 21.119.536 0,58
Pará 8.366.628 1,14
Paraíba 4.025.558 0,65
Paraná 11.320.892 0,7
Pernambuco 9.473.266 0,67
Piauí 3.219.257 0,22
Rio Grande do Norte 3.507.003 0,5
Rio Grande do Sul 11.322.895 0,92
Rio de Janeiro 16.718.956 0,32
Rondônia 1.805.788 1,04
Roraima 522.636 1,63
Santa Catarina 7.001.161 1,31
São Paulo 45.094.866 0,77
Sergipe 2.288.116 0,99
Tocantins 1.550.194 1,13

 

Capitais

Segundo o IBGE, o conjunto das 27 capitais totaliza 49,4 milhões de habitantes, representando 23,8% da população do país. A maior taxa de crescimento geométrico entre as capitais, no período 2016-2017, foi a de Palmas (2,48%) e a menor, a de Porto Alegre, (0,26%).

Belém e Rio Branco foram as únicas capitais que apresentaram queda na população neste período – respectivamente -1,42% e -0,18%

Veja a população por capitais

Capitais População
Rio Branco (AC) 383.443
Maceió (AL) 1.029.129
Manaus (AM) 2.130.264
Macapá (AP) 474.706
Salvador (BA) 2.953.986
Fortaleza (CE) 2.627.482
Brasília (DF) 3.039.444
Vitória (ES) 363.140
Goiânia (GO) 1.466.105
São Luís (MA) 1.091.868
Belo Horizonte (MG) 2.523.794
Campo Grande (MS) 874.210
Cuiabá (MS) 590.118
Belém (PA) 1.452.275
João Pessoa (PB) 811.598
Recife (PE) 1.633.697
Teresina (PI) 850.198
Curitiba (PR) 1.908.359
Rio de Janeiro (RJ) 6.520.266
Natal (RN) 885.180
Porto Alegre (RS) 1.484.941
Porto Velho (RO) 519.436
Boa Vista (RR) 332.020
Florianópolis (SC) 485.838
Aracaju (SE) 650.106
São Paulo (SP) 12.106.920
Palmas (TO) 286.787

Metodologia

De acordo com o IBGE, a população de cada município brasileiro foi estimada por meio de um procedimento matemático. Tais estimativas são o resultado da distribuição das populações dos estados, projetadas por métodos demográficos, entre seus diversos munícipios.

O método de cálculo baseia-se na projeção da população estadual e na tendência de crescimento dos municípios, delineada pelas populações municipais captadas nos dois últimos Censos Demográficos (2000 e 2010). As estimativas municipais também incorporam alterações de limites territoriais municipais ocorridas após 2010.

As estimativas populacionais municipais são um dos parâmetros utilizados pelo Tribunal de Contas da União no cálculo do Fundo de Participação de Estados e Municípios e são referência para vários indicadores sociais, econômicos e demográficos. A divulgação anual obedece ao artigo 102 da Lei nº 8.443/1992 e à Lei complementar nº 143/2013.

Fonte: G1

 

 

 

Reservatórios do São Francisco têm menor vazão já liberada

 

 

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

A vazão mínima do reservatório de Xingó, entre Sergipe e Alagoas, será reduzida nesta quinta-feira (31), às 8h, de 600 metros cúbicos por segundo para 580 metros cúbicos por segundo. A diminuição é para preservar os estoques de água dos reservatórios da bacia do rio São Francisco até o fim do período de seca, em dezembro. O mínimo adotado em situações de normalidade até 2013 era de 1,3 mil metros cúbicos por segundo.

 

Xingó não é o único que vem reduzindo o volume de água liberada. Uma resolução da Agência Nacional de Águas (ANA) de 18 de julho permitiu que o mínimo nesse reservatório e em Sobradinho, entre Bahia e Pernambuco, chegasse a uma média diária de 550 metros cúbicos por segundo. Esse número é o menor já autorizado para ambos.

A menor defluência histórica ainda não foi adotada porque precisa de testes, como é o caso da redução que começa nesta quinta-feira (31) em Xingó. Apesar disso, os dois vêm tendo diminuições graduais ao longo dos anos por causa da estiagem na região.

 

Com chuvas abaixo da média desde 2012, uma resolução publicada pela ANA no ano seguinte já baixou a vazão permitida de 1,3 mil metros cúbicos por segundo para 1,1 mil metros cúbicos por segundo. Em abril de 2015, passou para mil metros cúbicos por segundo. Em junho do mesmo ano, foi a 900 metros cúbicos por segundo.

O volume autorizado ficou em 800 metros cúbicos por segundo de janeiro a outubro do ano passado, quando o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) liberou à Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) testes com 700 metros cúbicos por segundo até abril. O número ficou em 600 metros cúbicos por segundo por três meses.

De acordo com a ANA, a vazão média de Sobradinho em agosto foi de 616 metros cúbicos por segundo. Em Xingó foi de 603 metros cúbicos por segundo.

Nessa quarta-feira (30), o volume útil da bacia do São Francisco era de 12,03% do total. Na mesma data do ano passado o armazenamento era de 19,64%. Por causa da seca, a ANA proibiu de julho até o fim de novembro, período que pode ser prorrogado de acordo com o período de estiagem, a captação de água do rio São Francisco por empresas nas quartas-feiras. Nesses dias, a água do Velho Chico só poderá ser retirada para consumo humano e animal.

 

Discute-se também uma sugestão de usar o rio Tocantins para revitalizar o São Francisco, em uma obra que seria semelhante à transposição, mas em menores proporções. A ideia ainda é tratada pela pasta de Integração Nacional como incipiente e, segundo o ministro Helder Barbalho, esbarra nos custos de manutenção, que poderiam chegar a R$ 500 milhões por ano, sendo R$ 300 milhões só com energia para bombear a água até a Bahia.

 

TCU vai investigar pagamento irregular de professores com recursos do Fundeb

 

 

http://juliofurtado.com.br/wp-content/uploads/2014/02/class-raising-hands.jpg

O Tribunal de Contas da União (TCU) vai fazer um levantamento para investigar e mapear a real dimensão da ocorrência de professores afastados do efetivo exercício na rede pública que têm recebido seus salários por meio de recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). A proposta, apresentada pelo ministro Walton Alencar, foi aprovada na sessão desta quarta-feira (30).

 

O Fundeb é a principal fonte de financiamento da educação básica pública no país, formado por percentuais de diversos tributos e transferências constitucionais. São exemplos, os impostos sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). Ao menos 60% dos recursos devem ser usados na remuneração de profissionais do magistério em efetivo exercício, como professores, diretores e orientadores educacionais. O restante serve para despesas de manutenção e desenvolvimento do ensino, como a aquisição de equipamentos e a construção de escolas.

 

De acordo com os dados apurados em auditoria pelo TCU, somente no ensino médio, haveria quase 70 mil professores cedidos a órgãos governamentais. Em todo o ensino básico, a estimativa é de que o número de professores remunerados com recursos do Fundeb, servindo fora das salas de aula, pode chegar a 380 mil.

 

“Servidores que estejam nessa situação não podem ter seus salários suportados com recursos federais, advindos do percentual de 60% das verbas do Fundeb, destinados exclusivamente ao pagamento da remuneração dos profissionais do magistério da educação básica, em efetivo exercício na rede pública”, explicou o ministro.

Segundo o ministro, a fiscalização também vai contribuir para avaliar o cumprimento das metas do Plano Nacional de Educação (PNE), especialmente aos objetivos que tratam da valorização do professor, do plano de carreira docente e do financiamento da educação.

Menor invade e causa confusão na Escola Cônego João Leite em Afogados da Ingazeira

 

Em Afogados da Ingazeira, a GT ordinária da Policia Militar foi acionada pela Central do 23º BPM para fazer deslocamento a escola estadual Cônego João Leite, na Rua Antônio Rafael de Freitas, no centro da cidade para averiguar uma situação de perturbação do sossego. 
 
Chegando ao local o policiamento manteve contato com a diretora adjunta K.A.F., de 43 anos, que informou que o menor infrator J.F.S., de 17 anos, morador do Bairro São Francisco, por várias vezes já pulou o muro da escola para perturbar os estudantes como também os professores do educandário, sendo, que na manhã de ontem quarta feira, repetiu o feito, desrespeitando a todos, dizendo que não sairia de modo algum do colégio, sendo necessária a intervenção da guarnição.
 
 Com a chegada do policiamento o menor pulou o muro tentando se evadir, porém, o policiamento conseguiu capturá-lo. O conselho tutelar foi acionado e o menor foi apresentado à autoridade policial para as medidas legais cabíveis.

 

 

 

 

 

 

 

Homem é preso com 2kg de maconha no Trevo do Ibó, no Sertão de PE

 

 
No início da noite de ontem dia (30), por volta das 18:30, durante a Operação Baraúna III, Policiais Federais e Militares da 2ª CIPM, realizaram uma abordagem a um veículo modelo Frontier, de cor branca e placa PFX-1313, no Trevo do Ibó na BR-116, no KM 80, no município de Cabrobó, no Sertão de Pernambuco. Ao realizarem uma minuciosa busca, foi encontrado 2 Kg de maconha pronta para o consumo e uma quantia em espécie de 6.500,00 reais.
 
Diante dos fatos, o condutor do veículo identificado como Marcílio Gouveia Filizola Júnior, foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Federal de Salgueiro para serem adotadas as medidas
cabíveis.
 

Carpinteiro é assassinado dentro de sua residência em Verdejante, no Sertão de PE

 

 
Na noite desta quarta-feira dia (30), por volta das 20:30, um homem de 39 anos foi assassinado com um tiro na cabeça na cidade de Verdejante, no Sertão de Pernambuco. O crime aconteceu, em uma residência localizada na Rua Agamenon Magalhães, no Centro da cidade, quando a vítima identificada como ELVIS PEDRO DE OLIVEIRA, estava trabalhando sozinho em sua carpintaria no quintal “muro”.
 
Policiais foram acionados onde se deslocaram para o local e encontraram a residência fechada, e após a chegada de familiares da vítima, os policiais conseguiram adentrar no imóvel, encontrando o corpo já sem vida de ELVIS.
 

 

Fachin nega pedido de suspeição de Janot para atuar contra Temer

 

Edson Fachin rejeitou pedido de suspeição

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Edson Fachin rejeitou nesta quarta-feira (30) o pedido de suspeição do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, feito pela defesa do presidente Michel Temer, para atuar em investigação relacionada ao presidente que está em tramitação na Corte.

Na decisão, Fachin entendeu que não houve indícios de parcialidade de Janot durante as investigações contra o presidente.

No início do mês, o advogado Antonio Mariz, representante de Temer, acusou Rodrigo Janot de parcialidade nas investigações.

— Se ao contrário, assumir de pronto que o suspeito é culpado, sem uma convicção da sua responsabilidade, vai atuar no curso das investigações e do processo com o objetivo de obter elementos que confirmem o seu posicionamento prematuro.

Na ação, a defesa de Temer também cita uma palestra na qual Janot disse que “enquanto houver bambu, lá vai flecha”, uma referência, segundo o advogado, ao processo de investigação contra o presidente.

 

Presidente nacional do PMDB entrega comando do partido em Pernambuco a FBC

 

 

Deu no Blog do Magno: o presidente nacional do PMDB, senador Romero Jucá, comunicou ontem (30), em plenário, que fez uma profunda mudança no partido em Pernambuco. Dez dias após punir Jarbas Vasconcelos por ter votado a favor da investigação de Temer, destituiu Raul Henry da direção do partido em Pernambuco e entregou o seu comando ao grupo do senador Fernando Bezerra Coelho.
 
Histórico na legenda, Jarbas terá que se abrigar em outra legenda se quiser disputar o Senado

— Parece pouco interessar ao procurador se o alvo a ser atingido, além da pessoa física de Michel Temer, é a instituição Presidência da República; as instituições republicanas; a sociedade brasileira ou a nação.

 

Juiz de Brasília suspende decreto de Temer que extingue reserva na Amazônia

 

 

O juiz Rolando Spanholo, da 21ª Vara Federal do Distrito Federal, determinou a suspensão imediata de “todo e qualquer ato administrativo” que busque extinguir a Reserva Nacional do Cobre e Associados (Renca). Decisão é dessa terça-feira, 29.

Na decisão, o magistrado conclui que é inadequada a pretensão do governo federal em extinguir (total ou parcialmente) a reserva, por meio de simples decreto e sem a prévia deliberação do Congresso Nacional.

O juiz ressalta que, por estar localizada na Floresta Amazônica, alterações no uso dos recursos existentes na área só podem ser realizadas em forma de lei.

Na última semana, o governo federal anunciou a extinção da reserva, que fica na divisa entre o Sul e Sudoeste do Amapá com o Noroeste do Pará. Depois, publicou um novo decreto com poucas mudanças e que mantém a decisão de liberar a exploração mineral em parte da área.

Criminoso tenta invadir casa de professora após ser liberado de audiência de custódio em Afogados da Ingazeira

 

A GT de Afogados da Ingazeira foi acionada pela Central de Operações para averiguar uma ocorrência de invasão a domicílio no centro da cidade às 12h30 de ontem, quarta feira 30. No local, o policiamento tomou conhecimento através da vítima L.M.P.S., professora, de 49 anos, que o alarme da sua residência havia tocado e que a mesma desceu para verificar, momento em que, percebeu que o imputado S.F.L.S., desocupado, de 20 anos, morador do centro de Iguaracy, estava forçando o portão interno da casa e ainda abaixou as calças e ficou só de cueca. A vítima pediu ajuda a populares que por ali passavam.
 
 O policiamento realizou diligências e conseguiu capturar o imputado que foi detido e conduzido à DP local para às providências legais cabíveis. O citado imputado havia sido liberado em audiência de custódia poucas horas antes do fato, por ter sido autuado em flagrante na terça feira.
 
 

Deixe uma resposta

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!