Na manhã desta quinta-feira dia (27), a polícia prendeu os suspeitos de envolvimento no assassinato de um agente penitenciário Charles de Souza Santos, de 41 anos, durante um encontro de motociclistas em Afogados da Ingazeira, no Sertão do Pajeú. Os acusados,Alexander Dassa Cruz e Rafael Almeida de Azevedo Maia foram presos na Operação Duas Rodas.
 

 

Ao todo, estão sendo cumpridos seis mandados de prisão preventiva e seis mandados de busca e apreensão dos envolvidos no assassinato de Charles, no dia 24 de janeiro deste ano. Os mandados foram expedidos pelo Juiz de Direito da Vara Criminal de Afogados da Ingazeira.
 
Vídeo:
 

 
Suspeitos de matar agente penitenciário no Sertão do Pajeú são alvos de operação
 

A Polícia Civil deflagrou, na manhã desta quinta-feira (27), a Operação Duas Rodas, com o objetivo de cumprir seis mandados de prisão preventiva e seis de busca e apreensão contra os suspeitos de matar o agente penitenciário Charles de Souza Santos, em janeiro deste ano, na cidade de Afogados da Ingazeira, no Sertão do Pajeú.
 
Os mandados foram expedidos pelo Juiz de Direito da Vara Criminal de Afogados da Ingazeira. Trinta policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães participam da operação.
 

 

Charles foi agredido durante um evento de motociclistas na cidade, no dia 21 de janeiro. Ele estava na fila do banheiro quando começou uma discussão. Um vídeo registrou o momento em que motoqueiros iniciaram o espancamento e foram seguidos por outros. O agente estava com uma arma no bolso, que teria disparado durante a confusão e acertado a perna dele.
 
As agressões só terminaram quando o grupo percebeu que a vítima estava inconsciente. Os motoqueiros fugiram do local sem prestar socorro e o agente foi levado para o Hospital de Afogados da Ingazeira e transferido para uma unidade de saúde em Serra Talhada. Charles Santos não resistiu às lesões e faleceu na terça-feira (24).
 
Os presos e todo o material apreendido serão encaminhados ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) no bairro do Cordeiro, Zona Oeste do Recife. (Via: JC)

 

Reelembre o caso:

 

 O assassinato do agente penitenciário Charles Souza Santos, de 41 anos, ocorrido no mês de janeiro 2017 durante encontro de motociclistas em Afogados da Ingazeira, no Sertão do Pajeú. Cleber Alberto Pinto, conhecido como “Gaúcho”, 47, aparece nas imagens da câmera de segurança e teria envolvimento nas agressões que levaram Charles a morte.

 

Cleber Alberto Pinto, que faz parte do grupo de motociclistas Abutres, foi preso após ter sido identificado pela polícia estadual como foragido da justiça do Rio Grande do Norte. Ele sequestrou um empresário em 2000 e era procurado desde 2012, quando foi condenado pelo crime.

De acordo com o delegado Ivaldo Pereira, o suspeito trabalha como caminhoneiro e foi encontrado na praia de Maria Farinha, Paulista, e estava no bar onde Charles foi morto. “Logo que vimos as imagens, identificamos as pessoas e, ao puxar a ficha do Cleber, vimos que ele era procurado pela justiça do RN”, afirmou Pereira. 

Segundo o delegado, o suspeito não confessou o crime. “Ele confirma que estava no local, mas não confirmou que tenha participado”, concluiu. Preso pela polícia pernambucana, Gaúcho será levado para o Rio Grande do Norte para cumprir pena. Ele continuará sendo investigado pela polícia de Pernambuco sobre a morte do agente penitenciário.

 

 

Câmara Municipal de Afogados cancela sessão ordinária em apoio a Greve Geral do dia 28

 

A Câmara Municipal de Afogados da Ingazeira voltou a se reunir ontem (26) para realizar sua 11ª sessão ordinária. Dois projetos de lei do Poder executivo estão tramitando na Casa Monsenhor Alfredo de Arruda Câmara, o PL 002/2017 autoriza o município a celebrar convênio com a COMPESA delegando competências de organização, fiscalização e regulação e o PL 003/2017 que autoriza a abertura de crédito especial no orçamento de 2017 e dá outras providências.
 
Foi aprovado na sessão o Projeto de Lei 05/2017 de autoria do Vereador Raimundo Argemiro que deu nome de Zacarias Santana da Silva a uma artéria do bairro Manoela Valadares e aprovado o PL 06/2017 que cria o dia municipal do Blogueiro em Afogados da Ingazeira, de autoria do Presidente Igor Mariano.
 
 
Tribuna Popular – Usaram a tribuna popular os senhores João Alves, Presidente do STR e o senhor José Barbosa, Presidente do SISMAP, os dois agradeceram o empenho da câmara junto dos movimentos sociais se colocando em posição contrária a Reforma da Previdência e convocaram os vereadores para aderirem a Greve Geral que será realizada amanhã (28).
 
O Plenário da Casa decidiu por unanimidade cancelar a sessão ordinária que seria realizada amanhã às 20h. “Estivemos juntos dos movimentos sociais em todos os momentos e amanhã estaremos novamente”, destacou o Presidente Igor Mariano. O vereador Rubinho do São João parabenizou a posição do Legislativo e reforçou: “Se essa casa pudesse votar seria 13 a 0 contra a Reforma da Previdência”.
 
Ao final, o Presidente agradeceu a participação dos presentes e marcou a próxima sessão para o dia 03 de maio, quarta-feira, às 20h.
 

 

Temer cortará ponto de quem faltar ao trabalho para participar de greve

 

 
No dia em que serão realizados protestos contra as reformas governistas, o presidente Michel Temer cortará o ponto de servidores públicos que faltarem ao trabalho para aderir à greve geral marcada para sexta-feira (28). 
 
Para adotar a medida, a atual administração tem se baseado em decisão de outubro do STF (Supremo Tribunal Federal), a qual estabeleceu que o poder público deve cortar os salários de servidores em paralisação. 
 

 

O Palácio do Planalto tem lembrado que na sexta-feira (28) não haverá ponto facultativo, mesmo às vésperas do Dia do Trabalhador, e que, portanto, o entendimento da Suprema Corte pode ser adotado. 
 
A expectativa de assessores e auxiliares presidenciais é de que a adesão de categorias de trabalhadores ao protesto desta sexta-feira (28) seja maior ao da última manifestação, realizada em março. 
 
O monitoramento das redes sociais, no entanto, tem apontado que a mobilização tem se concentrado nos grandes centros urbanos, tendo pouca repercussão nos municípios de médio e pequeno portes. 
 
Para reduzir o potencial das manifestações, aliados do presidente consideram buscar centrais sindicais mais próximas ao governo peemedebista, como Força Sindical e UGT (União Geral dos Trabalhadores). As duas, contudo, não têm demonstrado disposição em desistir das paralisações. 
 
O presidente avaliava viajar no dia da manifestação, mas decidiu permanecer em Brasília, onde acompanhará as mobilizações. O receio é que o aumento do movimento eleve a pressão sobre a base aliada contra a reforma previdenciária, a principal bandeira política da atual gestão. 
 
Nas últimas semanas, o Palácio do Planalto tem tentado blindar parlamentares governistas que têm recebido queixas de sua bases eleitorais sobre as reformas previdenciária e trabalhista. 
 
Com esse objetivo, além de aumentar a publicidade em veículos de comunicação, o presidente tem concedido uma bateria de entrevistas, incluindo programas populares, como dos apresentadores José Luiz Datena, da Bandeirantes, e de Carlos Roberto Massa, o Ratinho, do SBT. 

 

Em campanha nacional, a gestão peemedebista já gastou até agora R$ 29,5 milhões só com produção e veiculação de propagandas favoráveis às mudanças na aposentadoria.

Deixe uma resposta

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!