Mal começou o período carnavalesco e os acidentes na BR-232 já começaram a ser registrados em Serra Talhada, no Sertão do Pajeú. Dessa vez um motorista de 62 anos, de identidade não revelada, capotou no Km 368, por volta das 10h, desta sexta-feira (24).
 
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o veículo era um caminhão Mercedes Bens que apresentou problemas mecânicos e capotou na pista. O motorista viajava sozinho, teve apenas escoriações e preferiu não ser encaminhado para o hospital local.
 
Leitores do FAROL flagraram o acidente que ocorreu no entorno da comunidade Timóteo, próximo ao Riacho do Mel, na zona rural do município de Flores. Nas imagens é possível ver o carro de grande porte completamente destruído. (Via: Farol de Notícias)

 

Mecânico sofre tentativa de homicídio no centro de Carnaiba

A criminalidade que invadiu o estado de Pernambuco, avançou até a pacata cidade de Carnaiba, no sertão do estado, devido a incompetência da governabilidade de politicos despreparados posto no poder por aqueles inconscientes que inda não aprenderam a votar.
 
Nas primeiras horas deste sábado, foi vitima de tentativa de homicídio o mecânio Claudio Antônio, de 38 anos, conhecido por Cláudio Motos, dono da Oficina Cláudio Motos, localizada na rua Saturnino Bezerra.
 
Informações preliminares repassadas ao Blog do Cauê Rodrigues, dão contas de que Cláudio guiava uma motocicleta Shineray pela Rua Saturnino Bezerra com destino a uma lanchonete na mesma rua quando foi abordado por um veiculo de cor preta, onde o ocupante ainda não identificado efetuou três disparos de arma de fogo contra Cláudio que foi atingido no rosto, perna e costas.

 

Cláudio foi socorrido e levado ao Hospital Dr. José de Souza Dantas Filho e posteriormente encaminhado com urgência em estado grave para o Recife
(Cauê Rodrigues)

 

Familiares de PMs protestamna frente da casa do Gorvernador Paulo Câmara

 

Foto: Bruno Cantarelli/Divulgação

Em novo protesto contra o reajuste salarial concedido pelo governador Paulo Câmara (PSB) aos policiais e bombeiros militares, esposas e familiares de PMs saíram em passeata mais uma vez no Recife nesta sexta-feira (24). A manifestação saiu da Praça do Derby, na área central da cidade, e iria até o Palácio do Campo das Princesas, sede do governo estadual. Porém, o percurso foi alterado e a mobilização seguiu até a frente da casa do socialista, no bairro da Madalena, na Zona Oeste. Lá, gritaram: “Não vai ter Galo!”.

O presidente da Associação de Cabos e Soldados (ACS), Albérisson Carlos, chamou os policiais a ficarem em casa neste Sábado de Zé Pereira (24), dia do desfile do Galo da Madrugada. “As mulheres não estão indo para frente de quartel, as mulheres nos pediram para que amanhã nós tenhamos um dia de lazer com elas”, disse em frente à casa de Paulo Câmara. “Acima de tudo, nós vamos atender aquilo que as nossas famílias nos pediram”.

Paralisações e greves de policiais militares são ilegais.

Policiais militares estão insatisfeitos com o aumento salarial de 25% a 40% sancionado por Paulo Câmara na semana passada. Eles reivindicam a reabertura das negociações para equiparar com os salários da Polícia Civil e pedem que envolvam também as associações que representam a categoria. Em dezembro, o governo estadual desfez a mesa que englobava as entidades e transferiu a responsabilidade para os comandos da PM e dos bombeiros.

Paulo Câmara frisou hoje (24), que o reajuste envolveu esforço financeiro. “Elas (as polícias, tanto a Militar quanto a Civil) estão muito bem remuneradas. Vão ser as melhores remunerações do Brasil. Por isso a cobrança vai ser muito maior. As condições estão sendo dadas”, disse o governador.

Familiares de PMs já haviam saído em passeata na terça-feira (22), dia em que foi julgado um pedido de prisão contra Albérisson Carlos e Nadelson Leite. O protesto saiu do Derby e foi até o Fórum Rodolfo Aureliano, na Ilha de Joana Bezerra, onde aconteceu a reunião. A prisão, solicitada pelo Ministério Público, foi negada por três votos a dois.

“O Estado de Pernambuco tem desrespeitado o policial e o bombeiro militar. Não é verdade esse aumento que o governador disse que deu”, disse Albérisson Carlos. “O Estado de Pernambuco hoje é governado por um ditador”.

 

 

 

 

Depoimentos de apoio nas redes sociais ao movimento 

 

 

 

 

Marcelo Chess · 22:16 E isso aí
Curtir · 1 · 44 min

Midiam Freire · 22:14 Para tudoooooooooooooo

Deyverson Ferreira · 22:09 E GREVE ?

Juninho Nascimento · 22:06 Força e Honra apoio total a Pm mais vcs tem que cumprir a promessa que fizeram e não deixar a população a Mercer dos Marginais
Curtir · 5 · 44 min

 

Anderson Eros · 32:49 muito bom parem essa porcaria de galo que só enche o bolso do governo
Curtir · 1 · 44 min

Roberta Lima · 32:43 Apoio essa causa, por melhores condições de trabalho.

Jorge e Bruno Luz, lobistas ligados ao PMDB, desembarcam no Brasil

Com prisão decretada pelo juiz Sérgio Moro, os lobistas ligados ao PMDB Jorge Luz e seu filho, Bruno Luz, chegaram ao Brasil, no aeroporto de Brasília, na manhã deste sábado e foram levados para a Superintendência da Polícia Federal no Distrito Federal. Segundo a PF, eles ficarão em Brasília até quinta-feira, quando serão transferidos para Curitiba.

Eles estavam em Miami, onde foram presos pela polícia de imigração dos Estados Unidos. Pai e filho entraram na lista de procurados pela Interpol, depois que o mandado de prisão foi expedido no Brasil na 38ª fase da Operação Lava-Jato, deflagrada na última quinta-feira.

Jorge e Bruno embarcaram na noite de ontem num voo comercial direto de Miami que pousou em Brasília por volta das 7h30. Ao chegarem ao setor de imigração do aeroporto, a Polícia Federal os conduziu a uma viatura, na área interna do terminal, que seguiu para a Superintendência Regional do órgão. Eles não passaram pelo desembarque de passageiros.

Jorge aparece na Lava-Jato como um dos mais antigos e importantes operadores do PMDB no esquema de cobrança de propina, com a ajuda do filho. Ele teria atuação na Petrobras desde os anos 1980. Um relatório da Polícia Federal de 2015 já alertava para risco de fuga para o exterior dos dois operadores. Bruno Luz tem dupla cidadania, brasileira e portuguesa.

Segundo as investigações, Jorge e Bruno estão envolvidos em pelo menos seis episódios de corrupção e lavagem de dinheiro no esquema da Petrobras e foram citados por ao menos dois delatores da Lava-Jato: Paulo Roberto Costa e Fernando Soares, o Baiano.

Segundo o advogado Gustavo Teixeira, que os defende, os clientes não foram presos “presos nem muito menos algemados” nos Estados Unidos, mas sim abordados pela polícia de imigração. Depois disso, acrescenta Teixeira, decidiram se apresentar espontaneamente às autoridades brasileiras, custeando as próprias passagens e sem restrição de liberdade. Segundo o procurador da República Diogo Castor de Mattos, integrante da Lava-Jato, agentes políticos do PMDB no Senado “ainda na ativa” foram beneficiários da propina supostamente repassada por Jorge e Bruno Luz.

De acordo com as investigações, os operadores do PMDB usaram contas de offshores no exterior para pagar propina “de forma dissimulada”. Foram identificados pagamentos em contas na Suíça e nas Bahamas. Pai e filho são investigados por corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. A atuação mais frequente de ambos se dava nas diretorias Internacional da Petrobras, de Serviço e de Abastecimento.

Deixe uma resposta