08012015_FPM-pequeno2

Da CNM

Serão creditados nesta sexta-feira, 24 de fevereiro, nas contas das prefeituras brasileiras, o repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) referente ao 3º decêndio do mês de fevereiro de 2017 que será de R$ 1.717.144.413,09, já descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Em valores brutos, isto é, incluindo a retenção do Fundeb, o montante é de R$ 2.146.430.516,36.

De acordo com a série histórica do FPM, o 3º decêndio de fevereiro de 2017, comparado ao mesmo período de 2016, teve um crescimento bastante expressivo: 6,73% em termos nominais, ou seja, comparando os valores sem considerar os efeitos da inflação.

Quando se considera o valor real total dos repasses em fevereiro de 2017, levando em conta as consequências da inflação, o crescimento foi de 3,21% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Entre janeiro e fevereiro de 2017, foi repassado o total de R$ 17,194 bilhões, referente ao FPM, o que representa um crescimento de 4,13% quando comparado ao mesmo período do ano anterior. O aumento de recursos repassados por meio do FPM nestes dois primeiros meses do ano sinaliza uma melhora no cenário econômico nacional.

A Confederação Nacional dos Municípios (CNM), no entanto, enfatiza a importância dos gestores terem cautela com as contas públicas. Mesmo que haja uma expectativa de maior arrecadação com a economia melhorando, a previsão do FPM para o mês de março é de queda. O repasse total em março pode ser 36,7% menor do que o valor total repassado em fevereiro.

A CNM também ressalta que as oscilações no repasse de recursos é normal e, por isso, os gestores devem se planejar para que possam cumprir suas obrigações mensais.

Confira aqui nota com os valores dos repasses Estado por Estado.

 

 

Porta dos Fundos tira onda com o carnaval do Recife; Assista o vídeo

 

 

 
O carnaval do Recife foi tema do novo vídeo do Porta dos Fundos, lançado na manhã desta quinta-feira (23) pelo grupo. Estrelado pelo ator e escritor Gregorio Duvivier e pela atriz Thati Lopes, a produção gira em torno de uma mulher que vai viajar para a capital pernambucana para, supostamente, participar de um congresso de cardiologia. Desconfiado, o namorado da personagem questiona o evento e descobre que na verdade ela vai aproveitar a folia de Momo na cidade.

 

Confira as atrações do carnaval do Recife

“Carnaval no Recife? Que louco, nem sabia que tinha carnaval no Recife. Nem combina”, argumenta ela. Ele diz: “Eu pesquisei aqui na internet e é o ‘verdadeiro carnaval de rua'”. Ao abrir a mala da namorada, o homem descobre uma sombrinha de frevo, um trombone e camisinhas. Ao fim, um grupo de homens sem camisa bate na porta da casa para buscar a mulher. Nos créditos do vídeo, a protagonista é vista em um bloco cujo estandarte anuncia: “Congresso de cardiologia, ano I”.

No espaço para comentários, internautas manifestaram a admiração pelo carnaval pernambucano. Em dezembro, um levantamento da empresa norte-americana Zefr apontou o Porta dos Fundos como canal mais influente do YouTube em todo o mundo. O estudo levou em consideração a quantidade de seguidores e o engajamento do público com o canal. Em seguida, os canais Jacksepticeye, VanossGaming e só em quarto PewDiePie, que ganha em número de seguidores. (Via: Diário de PE)

 

Escola de Musica de Carnaiba continua de portas fechadas desde 1º de Janeiro

 

O inicio da atual gestão da prefeitura municipal de Carnaiba está marcado por tumultos em todas as áreas: Bloqueio do dinheiro dos professores, fechamento do hospital nas madrugadas, carros da agricultura parados,fechamento do matadouro publico e desrespeito aos Agentes de Saúde. 
 
Agora, os alunos e pais de alunos da Escola de Música que leva o nome do pai do prefeito, reclamam que as atividades estão canceladas desde o dia 1º de Janeiro de 2017.
 
Os artistas já foram desrespeitados com o fim da Secretaria Municipal de Cultura no incio da atual gestão e agora não tem nem previsão do inicio de funcionamento da escola de música.

A gestão já acumula desentendimentos com várias categorias, agora com os artistas e o fim da cultura em Carnaiba, que já foi referência na categoria à nivel  regional. Afinal de contas dize-se ser a terra da musica! (Cauê Rodrigues)

Deixe uma resposta