alt

A sessão durou pouco mais de três horas e meia e teve de ser interrompida por alguns minutos depois que parlamentares trocaram xingamentos em plenário.

Agência Estado / Foto: Reprodução

A primeira manhã do julgamento final do impeachment da presidente afastada, Dilma Rousseff, foi dedicada a discutir questões de ordem apresentadas pelos senadores e marcada por bate-boca entre parlamentares. A sessão durou pouco mais de três horas e meia e teve de ser interrompida por alguns minutos depois que parlamentares trocaram xingamentos em plenário.

Responsável por conduzir a sessão, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, negou todos os 10 questionamentos apresentados por aliados de Dilma, o máximo que poderiam apresentar. Eles apresentaram argumentos para tentar suspender o julgamento, arquivar a denúncia que embasa o pedido de impeachment e suspender o depoimento de uma testemunha de acusação.

A cada questão colocada, aliados do presidente em exercício, Michel Temer, acusavam os parlamentares contrários ao impeachment de “chicana” e tentativa de “procrastinação”. Os senadores da base do peemedebista querem encerrar o julgamento o mais rápido possível, para que Temer possa viajar para a reunião do G-20 na China já como presidente efetivo. A reunião ocorre no início de setembro.

O momento mais tenso desta manhã ocorreu depois de a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) acusar os pares de não terem “moral” para julgar a presidente afastada. A crítica causou reação e fez o senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) disparar contra o marido de Gleisi, o ex-ministro Paulo Bernardo, que chegou a ser preso em uma operação da Polícia Federal. “Eu exijo respeito. Eu não sou assaltante de aposentado”, disse.

Senadores do PT reagiram, chamaram o democrata de “canalha” e pediram respeito ao PT. Durante o bate-boca, Caiado chegou a dizer para o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) fazer exame “antidoping” e não ficar “cheirando”. Após o fim do bate-boca, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) pediu “serenidade” 

 

Sistema online da Justiça Eleitoral “Pardal” recebeu 209 denúncias

Em uma semana de funcionamento, o sistema online da Justiça Eleitoral recebeu em Pernambuco 209 denúncias de propaganda eleitoral irregular. Segundo a Comissão de Planejamento e Gestão da Propaganda do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), as informações estão sendo encaminhadas aos cartórios das zonas específicas, para apuração.

A campanha começou no último dia 16 e o guia, no rádio e televisão, tem início amanhã. Antes mesmo da corrida eleitoral, prevaleciam às queixas sobre links patrocinados nas redes sociais. Este ano está proibida a colaboração de pessoa jurídica, inclusive por meio de patrocínio na internet.

Para fazer a denúncia eletrônica, o público pode acessar o site www.tre-pe.jus.br ou baixar o aplicativo Pardal para dispositivos móveis (smartphones e tablets). No site, o denunciante preenche formulário, com nome, título de eleitor, e-mail e telefone e, ainda, o município onde ocorreu a irregularidade.

Já o aplicativo permite ao eleitor denunciar infrações eleitorais, por meio do envio de textos, vídeos, fotos ou áudios, sobre propaganda eleitoral, compra de votos, uso da máquina pública, doações e gastos de campanha. As notícias são encaminhadas automaticamente para bancos de dados, acessados pelo Ministério Público.

Pelo site do TRE é possível conhecer a ficha de registro do candidato, na seção candidaturas e contas eleitorais. Além de dados pessoais, como data de nascimento, grau de instrução e estado civil, o eleitor pode acompanhar a movimentação de doações à campanha, a lista de bens e despesas.

“Os candidatos devem informar em até 72 horas ao sistema as doações em dinheiro recebidas”, explica Marcos Andrade, chefe da seção de Auditoria de Contas Eleitorais do TRE. Ele lembra, no entanto, que o sistema demora até 42 horas para disponibilizar ao público a informação repassada pelo candidato, que pode ser questionado sobre uma eventual omissão quando for realizada a prestação de contas, ao final do primeiro ou segundo turno.

Deixe uma resposta

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!