Um dos casamentos mais aguardados do mundo das celebridades, foi celebrado na noite da segunda-feira (1). O cantor Wesley Safadão oficializou a união com a mulher, Thyane Dantas. E por falar na esposa do forrozeiro, o vestido usado por ela na cerimônia custa em média, R$ 72 mil.
Apesar do valor exato não ter sido divulgado, o estilista que assinou o look, Ivanildo Nunes, confirmou a informação durante entrevista ao site Ego. “Esse vestido fugiu um pouco do padrão, porque o tempo foi muito curto para fazermos. Não posso divulgar o valor dele, mas um vestido nesse estilo fica em torno de R$ 72 mil”, disse.
 
Ainda segundo o profissional, o vestido de Thyane foi produzido em renda renascença, renda francesa, crochê,  bordado rechilier e montado uma equipe de 19 artesãs. Também foram usados 58 mil cristais.

 

 

Um tropeço federal

 

Houve reação negativa à sugestão do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para que o presidente interino, Michel Temer, concorra ao Palácio do Planalto em 2018. O principal motivo dessa repercussão é simples: muitos políticos apoiaram o afastamento de Dilma Rousseff e a ascensão de Michel Temer ao poder com a condição de que ele ficasse fora da sucessão presidencial de 2018.
É o caso do PSDB, por exemplo. Os tucanos querem que Temer reafirme o compromisso de apoiar uma emenda constitucional para acabar com a reeleição, regra que, ironicamente, foi criada pelo PSDB em 1997.
Sugerir uma eventual candidatura, como disse Rodrigo Maia, enfraquece Temer na hora em que ele precisa de apoio para aprovar o impeachment de Dilma e para votar medidas duras no Congresso. Foi uma trapalhada. Não o ajuda em nada. No final de abril, em entrevista ao SBT, Temer disse pela primeira vez que não seria candidato à reeleição porque queria liberdade para fazer um governo de transição. Estava certo. E continua pensando assim.
Na situação dele, não se fala em candidatura em 2018. Se ele for efetivado, se seu governo der muito certo, se consertar a economia, se tiver popularidade, naturalmente essa possibilidade poderá ter apoio político. Mas há uma série de desafios que precisam ser vencidos antes de pensar nisso. Portanto, por ora, o mais provável é imaginar Temer fora da cédula eleitoral em 2018.
 

Criança é encontrada dentro de mala em rodoviária do Rio de Janeiro

 

Uma criança foi encontrada dentro de uma mala na Rodoviária Novo Rio, na capital carioca, na noite desta segunda-feira (1º). O garoto de 11 anos foi encontrado por policiais militares do posto do Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (BPtur). Natasha Vitorino, de 23 anos, contou à polícia que decidiu levar o menino para Curitiba e cuidar dele, já que era morador de rua.
 
A PM localizou o garoto depois que outros passageiros denunciaram ter visto uma mão pequena saindo da mala, por volta das 20h30. Os policiais então foram para o terminal e começaram a buscar a mulher minutos antes do embarque. Natasha foi presa por subtração de menor e levada para a 5ª Delegacia (Lapa). 
 

Enquanto isso o irmão deputado Felíciano acusado de tentativa de estupro

Obama questiona como líderes republicanos ainda apoiam Trump

 

 

Obama participa de uma entrevista coletiva na Casa Branca – AFP

O presidente Barack Obama questionou nesta terça-feira como os líderes republicanos continuam apoiando o candidato oficial do partido, Donald Trump, diante das declarações incendiárias do controvertido magnata.
“Não se trata de uma situação em que acontece uma gafe episódica. É algo diário e semanal e eles estão se distanciando das declarações que ele faz”, comentou Obama aludindo ao senador John McCain e ao presidente da Câmara, Paul Ryan.

Doria declara patrimônio de R$ 180 milhões ao TSE

 

Candidato do PSDB é o primeiro a apresentar os dados à Justiça Eleitoral em São Paulo. O vice, Bruno Covas, informou à Justiça possuir 60.000 reais

 
O empresário João Dória Júnior (JF Diorio/AE/VEJA)

O candidato do PSDB à prefeitura de São Paulo, João Doria Jr, foi o primeiro postulante ao cargo na capital paulista a informar à Justiça Eleitoral o patrimônio que possui. Empresário e apresentador de TV, o tucano declarou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manter em seu nome bens avaliados em 179.765.700,69 reais. Candidato a vice-prefeito na chapa de Doria, o deputado federal Bruno Covas é bem mais modesto: declarou patrimônio de 58.059,19 reais ao TSE.

 
 

Deixe uma resposta

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!