http://imguol.com/c/olimpiadas/cb/2016/07/29/jogadores-do-nautico-manifestam-apoio-a-yane-marques-em-campanha-pela-vaga-de-porta-bandeira-do-brasil-na-cerimonia-de-abertura-da-rio-2016-1469845532414_v2_900x506.jpg

A pentatleta Yane Marques recebeu um incentivo especial do Náutico na disputa para ser a porta-bandeira do Brasil nos Jogos Olímpicos do Rio-2016. Os jogadores do Timbu entraram em campo, para o duelo contra o Tupi, pela Série B, com o nome dela nas camisas. Na ocasião, eles ainda mostraram uma faixa pedindo votos para a pernambucana de Afogados da Ingazeira ser a porta-bandeira.

Yane foi bronze nos Jogos de Londres, em 2012, e tem novamente chances de conquistar um lugar no pódio no Rio de Janeiro. Ela concorre com o jogador de vôlei Serginho e o velejador Robert Scheidt.

Ontem, o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) divulgou a parcial de número de votos, que atingiu dois milhões. A votação acontece pela internet até hoje e o vencedor será conhecido amanhã. O COB não revela quem está liderando a votação, mas informou que o primeiro colocado tem quase a mesma quantidade de votos dos outros dois candidatos somados.

Entre os candidatos, Scheidt é o único que já passou pela experiência de ter sido porta-bandeira da delegação brasileira. Ele conduziu o símbolo nacional nos Jogos Olímpicos de Pequim-2008. A escolha dos candidatos foi amparada no histórico de conquistas de medalhas em outras edições dos Jogos. O COB, contudo, não incluiu os atletas que competirão dia 6 de agosto, um dia depois da cerimônia de abertura. São os casos da judoca Sarah Menezes, do ginasta Arthur Zanetti e das jogadoras do vôlei de quadra.

Yane acabou de voltar de uma temporada de duas semanas no Colorado, nos Estados Unidos, onde realizou um camping visando aos Jogos. Nos próximos dias, ela embarcará para Curitiba, destino final da preparação para a Olimpíada

 

Às vésperas da Olimpíada, violência dispara no Rio

Às vésperas da Olimpíada, violência dispara no Rio

Um relatório do Instituto de Segurança Pública do Rio de Janeiro (ISP) divulgado na noite desta sexta-feira (29), mostra aumentos de até 80% em indicadores de violência no Estado em junho passado, em comparação com o mesmo mês de 2015.

Menos de dois meses antes da Olimpíada, os roubos a pedestres no Estado do Rio de Janeiro aumentaram 81,2% no mês passado. Foram 8.011 casos registrados, em média 267 roubos por dia. Em junho de 2015, o ISP contou 4.421 assaltos – 147,33 diários.

Os roubos em coletivos também aumentaram 81,7%. Saltaram de 619 de junho de 2015 para 1.125 do mês passado. Somando-se roubos de rua (a pedestres, de celulares e em transportes), chega-se a um aumento de  81,2%, de 5.936 para 10.754, uma média de 357,5 assaltos por dia.

Os homicídios dolosos (com intenção de matar) aumentaram 38,2%, de 272 (9,06 diários) para 376 (12,53 por dia). Já os homicídios decorrentes da intervenção policial aumentaram 68,2%, de 44 para 74.

Helicóptero da PRF faz pouso forçado no Palácio Guanabara, no Rio

 

Helicóptero da PRF fez pouso forçado no Palácio Guanabara (Foto: Reprodução/Whatsapp)

Um helicóptero da Polícia Rodoviária Federal, fez um pouso forçado no final da tarde desta sexta-feira (29) no heliponto do Palácio Guanabara, sede do Governo do Estado, em Laranjeiras, na Zona Sul do Rio. Nenhum dos três tripulantes ficou ferido.

Horas antes do incidente, o ministro da Justiça e Cidadania, Alexandre de Moraes, havia utilizado o mesmo heliponto do Palácio. Ele visitou a cidade para realizar uma inspeção nos equipamentos de segurança do Aeroporto Internacional Tom Jobim, o Galeão. O helicóptero acidentado estava sendo usado também pela comitiva de Moraes.

Segundo a assessoria da PRF, a aeronave estava em procedimento de pouso no próprio palácio quando apresentou problemas e teve de fazer um pouso forçado. A PRF não divulgou detalhes sobre o que pode ter causado o acidente. A cauda do avião foi avariada.

As circunstâncias, segundo a PRF, serão apuradas pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos – CENIPA. A assessoria de imprensa do governo informou que o pouso já estava previsto e que não havia nenhuma autoridade ou servidor do estado na aeronave. O controle do heliponto do Palácio é feito pela Subsecretaria Militar da Casa Civil, mediante solicitação.

 

Deixe uma resposta

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!