Monthly Archives: abril 2016

imagem

Dos anos 90 para cá, os nove estados do Nordeste concentrando cerca de 54 milhões de brasileiro começaram a construir novo perfil de lideranças políticas varrendo do mapa as caras antigas da Velha Política permitindo novo sopro de gestão com tom Progressista na maioria deles. No caso atual, de debate sobre o Impeachment, por exemplo, só há o destoamento do governador de Pernambuco, Paulo Câmara, mesmo jovem aderindo ao acordo neoliberal com Aécio Neves e o PSDB.

Sem que o Brasil se aperceba, o Nordeste tem apresentado um conjunto de jovens governadores, pois à exceção de Jackson Barreto, do PMDB de Sergipe na questão de idade, a maioria tem idade relativamente jovem e com a seguinte composição nos Governos: no PT – Wellington Dias (Piaui), Camilo (Ceará e Rui Costa (Bahia), PSB ( Ricardo Coutinho e Paulo Câmara), PC do B (Flávio Dino), PSD (Robinson Faria) e PMDB (Renan Filho – o outro Jackson Barreto).

Sopra uma nova fase de gestores progressistas tomados de desafios e compromissos de um novo ordenamento econômico sem descuidar mais da Cidadania, dos que mais precisam.

NA CONTRAMÃO DA HISTÓRIA

Quem conviveu com as agruras do Líder Socialista Miguel Arraes nos tempos negros da Ditadura em Pernambuco e das perseguições violentas Brasil afora, não compreende como um jovem líder do PSB, governador do Estado de base socialista forte, dê as costas à História e se alie aos atores do retrocesso democrático e, pior, à base de métodos bisonhos e avessos aos interesses nacionais querendo ascender ao Poder apeando quem não tem nenhum crime de responsabilidade, no caso a presidenta Dilma Rousseff.

Paulo Câmara, um técnico criado na meritocracia, não sabe o significado do sofrimento de Arraes para fazer o PSB existir como alternativa no campo progressista para o Brasil – e neste âmbito entra Eduardo Campos que, no seu desejo protagonista poderia até conviver com aliados circunstantes no neo-liberalismo, mas sua conduta certamente seria no campo socialista.

Mesmo com os compromissos familiares expostos, ao que parece o governador faltou à aula quando foi apresentada a lição básica de que a Democracia e o Estado Democrático de Direito são inegociáveis.

UM NOVO CENÁRIO DE POLÍTICAS SÓCIO-ECONÔMICAS

O Nordeste, como de sorte todas as demais regiões, andam atingidas pela retração econômica bem distante do ritmo dos tempos do Presidente Lula, onde a fartura incrementou os 9 estados com resultados acima da média nacional. E, olhem, que a Marola ainda viva na Europa, na Ásia, etc foi tratada por Lula com maior consumo interno transformando o sufoco em Marolinha.

Em que pesem a crise e o pouco dinheiro, os novos jovens governadores têm produzido ações de superação que somente com realismo avançado e práxis política à base de gestão de resultados podem construir condições do salto adiante.

LIDERANÇAS DE FUTURO NACIONAL

Acostumados somente com as caras expostas excessivamente pelas Redes de TVs nas cenas de Brasilia, São Paulo e Rio, os telespectadores do Centro Sul nem de longe imaginam ou sabem que a realidade política do Nordeste mudou expressivamente.

E não é só a ousadia destemida de Ciro Gomes ou de seu irmão, ambos com ações impactantes na gestão do Ceará.

É preciso o País prestar a atenção no desempenho de Flávio Dino, um ex-juiz federal com mais profundidade sócio-ideológica de Sérgio Moro, modificando a lógica política do Maranhão depois de 50 anos comandado pela família Sarney. Tem enfrentado as velhas oligarquias e aponta novo rumo para um estado grande estratégico.

O NOVO LÍDER NACIONAL DO PSB

O Brasil precisa conhecer as proezas ousadas e de resultados sociais importantes do governador da Paraíba, Ricardo Coutinho – adotando novo estilo de levar a gestão a partir do interesse apontado pela base primeira, cada município distante, desfazendo a logica de que só a Elite e os grandes municípios eram prioridades.

Ricardo Coutinho não se importa de ser chamado de “Cara fechada”. Mas, nos últimos, é o primeiro governador oriundo de classe social baixa ascendendo aos principais cargos – vereador, deputado estadual, prefeito de João Pessoa e governador do Estado – com projetos e ações reformistas fazendo-o líder absoluto até o presente vencendo as lideranças oriundas da oligarquia rural.

Afora suas gestões de resultado, é o único governador plugado na mesma base de orientação política de Eduardo Campos, no campo socialista, progressista, por isso divergente e é dissidente do PSB nacional fortalecendo-se com postura política de responsabilidade se opondo ao Impeachment e à favor da governabilidade de Dilma nas horas mais difíceis, até liderando o movimento dos outros oito governadores.

Tem futuro, aliás, muito futuro.

TEM MAIS GENTE

Mas isso é mote para outra abordagem quando vamos mostrar a cara de um Rui Costa, gestor de força na Bahia, um Welington Dias mexendo nos rumos do Piaui, o mesmo de Camilo Santana, do Ceará – um gestor de mobilidade e altas perspectivas, o mais novo governador Renan Milho mexendo pra melhor em diversas áreas de Alagoas e Robinson Farias refazendo diante dos destroços recebidos no Rio Grande do Norte.

O Nordeste, de fato mudou na formação das novas caras nos Governos estaduais. E para melhor, muito. (247)

Milhares de manifestantes saem às ruas contra o impeachment

 

 

imagem

Manifestantes contrários ao impeachment da presidenta Dilma Rousseff participaram de atos a favor da democracia em todos os estados e no Distrito Federal.

Organizadas pela Frente Brasil Popular, as manifestações reuniuram milhares de pessoas que saíram às ruas gritando palavras de ordem como “Não vai ter golpe, vai ter luta”. Representantes de movimentos sociais, de estudantes e de trabalhadores estiveram presentes aos atos.

Em Brasília, manifestantes de todo o país aproveitaram a proximidade com o Congresso Nacional para mostrar aos parlamentares o descontentamento com o pedido de impeachment. Bandeiras da Central Única dos Trabalhadores (CUT), do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), da Confederação Nacional dos Trabalhadores da Agricultura (Contag) e da União Nacional dos Estudantes (UNE) eram carregadas por manifestantes durante toda a caminhada. Faixas de apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a Dilma Rousseff também puderam ser vistos.

A representante da CUT na Frente Brasil Popular, Janeslei Aparecida de Albuquerque, disse que o ato na capital federal é essencial para o movimento. “Brasília, por ser a capital do país, é fundamental para dar visibilidade à nossa insatisfação com o golpe que está sendo aplicado contra o Brasil. Motivo pelo qual entre 700 e mil ônibus vieram para cá, vindos de todos os estados brasileiros”, disse à Agência Brasi

 

Praças e avenidas de Petrolina recebem manifestantes pela democracia e contra o golpe e o impeachment da presidente Dilma

4d5665d0-7bfd-40b6-b935-8cc15f4ece9c

525e397e-af2c-4ba8-83c7-8d96501fb153

Mais de mil pessoas estiveram desde 14h até próximo das 19h em praças e avenidas de Petrolina, nas manifestações pela democracia, contra o golpe e contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff, neste 31 de março.

Num roteiro formado por todas as cores, gritos de “Não vai ter golpe”, entre outros, os manifestantes primeiramente se concentraram na Praça do Bambuzinho, no centro da cidade. Por volta das 17h seguiram pelas avenidas Souza Filho, Souza Júnior, Guararapes, Rua Joaquim Nabuco e Praça 7 de Setembro, em frente à Sociedade 21 de Setembro.

No Bambuzinho, em frente à Prefeitura e na Praça 7 de setembro, lideranças políticas, representantes de movimentos sociais e de sindicatos, falaram reforçando a luta da Frente Brasil Popular, organizadora do ato, pela manutenção da democracia.

 

 

 

 

Aqueles que pretendem se candidatar a prefeito, vice-prefeito ou vereador nas Eleições Municipais de 2016 devem estar com a filiação aprovada pelo partido político até este sábado (2). Isso desde que o estatuto partidário não estipule um prazo superior de filiação.

 

O artigo 9º da Lei das Eleições (Lei n° 9.504/97) estabelece que o candidato deve possuir domicílio eleitoral, na circunscrição onde irá concorrer, um ano antes do pleito, pelo menos. Afirma ainda que deve estar com a filiação aprovada pelo partido, no mínimo, seis meses antes da data da eleição. Antes da Reforma Eleitoral de 2015 (Lei nº 13.165), o postulante a candidato deveria estar filiado ao partido pelo menos um ano antes da eleição.

Dois de abril também é a data a partir da qual todos os programas de computador de propriedade do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), desenvolvidos por ele ou sob sua encomenda, utilizados nas urnas eletrônicas e nos computadores da Justiça Eleitoral para os processos de votação, apuração e totalização, poderão ter suas fases de especificação e de desenvolvimento acompanhadas por técnicos indicados pelos partidos políticos, pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), pelo Ministério Público e por pessoas autorizadas em resolução específica

 

Prefeito Sebastião Dias
Manifestantes e Sindicalistas contrários ao impeachment da presidente da República, Dilma Rousseff, realizaram ato na área central da cidade de Tabira, no sertão do estado de Pernambuco nesta quinta-feira (31). A concentração aconteceu em frente ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais, a partir das 16h30, com dispersão dos manifestantes na Gonçalo Gomes, por volta das 19h30.
Chamado de “Ato contra o golpe, em defesa da democracia e dos direitos sociais”, o evento foi convocado pela Frente Brasil Popular, que reúne entidades como MST, UNE, CUT, Comissão Pastoral da Terra, Movimento Nacional de Luta pela Moradia (MNLM), Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB) e partidos como PSOL de Carnaíba, PMDB de Carnaíba, PROS de Tabira, PTB de Tabira, PV de Carnaíba, e o PT de Quixaba, Afogados da Ingazeira, Carnaíba, Tabira, São José do Egito, Solidão e Iguaracy além do PC do B de Tabira representando pelo Professor Dedé Rodrigues.
A manifestação contou com cerca mil pessoas com bandeiras e faixas enfatizando a importância do respeito à democracia.
O prefeito Sebastião Dias (PTB) esteve presente no ato e discursou em defesa do povo mais oprimido e dos poderes aquisitivos conquistados no Brasil e em Tabira com o governo de Lula e Dilma e que tudo não passa de um golpe politico. O prefeito pediu a nação que acreditasse na Justiça porque o Impeachment é um golpe sim e será derrubado. Aproveitou ainda para que os políticos que querem dá o golpe apresentem seus projetos em favor do Brasil. Finalizou dizendo: Viva o Povo independente! Viva o Brasil! Viva Lula! Viva Dilma!!!
Ainda participaram do ato os Presidentes de Sindicatos dos Trabalhadores Rurais de Tabira, Carnaíba, Afogados da Ingazeira, Solidão, Quixaba, Sertânia, Iguaracy e Ingazeira, São José do Egito. Além do líder estudantil Junior Barros (Tabira) Léo Brasil (Vice Presidente do PROS de Tabira), Dr. Clóvis Lira de Carnaíba, o Presidente do Grêmio da Escola Carlota Breckenfeld, de Tabira, Jair Almeida de Afogados da Ingazeira, Cauê Rodrigues de Carnaíba, os ex vereadores de Carnaíba Anchieta Alves e Diógenes Gomes e Tote Marques do PT Tabirense.
No mesmo horário, manifestantes participaram de atos em cidades de Pernambuco como Garanhuns, Serra Talhada, Araripina, Petrolina, Caruaru e Recife e em todas as capitas do Brasil.
Prefeito Sebastião Dias, Primeira Dama e Anchieta de Carnaiba

Cauê Rodrigues
 

Por Cauê Rodrigues

 

 

 

Manifestação contra o impeachment e em apoio à presidente Dilma Rousseff na Praça da Sé, centro de São Paulo

Estadão Conteúdo

Grupos contrários ao impeachment da presidente Dilma Rousseff realizaram ontem, em todo o País, manifestações em favor da democracia e contra o que classificam de “golpe” dos opositores. Além do repúdio ao impedimento da presidente, o vice-presidente Michel Temer foi um dos principais alvos do ato pró-governo em São Paulo.

A Frente Brasil Popular, grupo que reúne entidades sociais e partidos de esquerda contra o impeachment, reuniu milhares de pessoas na tarde de ontem na Praça da Sé, no centro de São Paulo, em um ato político marcado por críticas a Temer, ao PMDB e ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Segundo os organizadores, foram 50 mil manifestantes. Já a Polícia Militar calculou 18 mil participantes.

Escalado para falar em nome do PT, o presidente do diretório estadual do partido em São Paulo, Emídio de Souza, chamou o vice-presidente Michel Temer de golpista. “Temer poderia passar para a história do Brasil como constitucionalista, mas junto com o (Eduardo) Cunha vai passar para a história como golpista”, disse o dirigente.

Depois de chamar Cunha de “ladrão do erário público”, Emídio usou as acusações contra o presidente da Câmara para desqualificar o processo de impeachment contra Dilma. “Eles falam muito em ética, mas se gostassem de ética não botavam um ladrão como Eduardo Cunha para cuidar do processo de impeachment”, afirmou.

Emídio também ironizou o desembarque do PMDB do governo. “O Brasil está vivendo o terceiro dia sem o PMDB no governo desde a Nova República.”

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, adotou um tom mais brando, mas também não poupou Temer. “Eu lamento que o vice eleito na nossa chapa, com o nosso programa, participe agora de um impeachment sem base legal. Isso tem nome. É golpe”, disse Falcão. Segundo ele, os ministros peemedebistas que se recusam a seguir a decisão da direção partidária de desembarcar do governo “não coadunam com aquele ato que alguns chamaram de farsa”.

Alguns oradores radicalizaram no discurso contra o PMDB. Luiz Gonçalves, o Luizinho, da Nova Central, disse que “o único golpe que Cunha merece é no fígado. Golpe de caratê, porrada naquele vagabundo”.

Outros dirigentes afirmaram que não reconhecerão um eventual governo do PMDB. “Se nós já fomos às ruas protestar contra o ajuste fiscal da Dilma, imagina em um eventual governo dele. Mas estamos confiantes que o impeachment não vai acontecer”, disse Raimundo Bonfim, líder da Central de Movimentos Populares.

“Não daremos nenhum dia de sossego para Michel Temer”, disse Gilmar Mauro, um dos líderes do Movimento Sem Terra (MST), ao falar sobre uma eventual aprovação do impedimento pela Câmara. Ele se diz, porém, otimista quanto a atuação dos deputados da base governista para reunir os votos necessários para impedir o impeachment na Câmara.

Brasília

 Um grave acidente acabou deixando um morto por volta das 16h00 desta quinta feira 31, na Rodovia Estadual PE 320, nas proximidades do sitio Leitão, zona rural de Carnaíba.
De acordo com informações colhidas no local, o motorista identificado até o momento como Zé de Turu, morador do centro de Carnaíba, guiava uma camionete S10 de cor branca, de placas  NQJ – 1475 – Carnaíba -PE, sentido Afogados da Ingazeira Carnaíba, quando acabou atropelando o motociclista identificado até o momento apenas como Lula Machado, que adentrou repentinamente na rodovia guiando uma motocicleta Honda 150, de cor vermelha, de placa KIW- 6411 – Quixaba PE, que acabou morrendo no local.
 Com o intuito de evitar a colisão, o motorista da S10, ainda tentou desviar, porém sem exito, acabando subindo uma rampa da referida rodovia.
Ainda segundo relatos, o motociclista que saia da estrada vicinal, entrando na rodovia, seguia para o sitio Matinha, quando foi surpreendido pelo veiculo em alta velocidade,
A Policia Militar foi acionada para o local. A vitima ainda foi socorrida por populares para o hospital Regional Emília Câmara em Afogados da Ingazeira, porém já sem vida>
Breve mais informações.
 

 

 

:

 

 

O cantor Chico Buarque participou, nesta quinta-feira (31), do ato em favor da democracia, que ocorre no Rio de Janeiro. Em sua fala, o artista disse que “ninguém pode por em dúvida a integridade da presidente Dilma Rousseff”.

“Estamos todos aqui unidos em defesa da democracia. Pelo apreço da democracia, em defesa intransigente da democracia”, disse.

Ele também afirmou que não haverá golpe. “Estou aqui pra agradecer vocês que me animam a acreditar que não haverá golpe. Estamos com a democracia e o governo Dilma. Não vai ter golpe”, disse.

Chico Buarque destacou que estão presentes no ato pessoas que votaram e não votaram no PT, mas que como ele defendem a democracia.

Ele também lembrou ter vivido o 31 de março de 1964. “Vejo gente que viveu 31 de março de 1964, mas vejo também uma imensa juventude que sabe o que aconteceu. Não, de novo, não”. Ele agradeceu o apoio de quem não quer reviver aquele momento e puxou o grito: “Não vai ter golpe”.

Abaixo matéria da Agência Brasil:

Vladimir Platonow – Repórter da Agência Brasil

O cantor e compositor Chico Buarque participou do Ato pela Democracia, no Largo da Carioca, no centro do Rio, e repetiu para a multidão que “não vai ter golpe”. Chico chegou ao palco por volta das 19h30 desta quinta-feira (31), sendo ovacionado por gritos de “Chico, guerreiro do povo brasileiro”.

“Eu vim aqui dar um abraço nas pessoas das mais variadas tribos, das mais variadas convicções políticas. Gente que votou no PT, gente que não gosta do PT, gente que foi do PT, que se desiludiu com o partido, gente que votou na Dilma, mas sobretudo, gente que não pode por em dúvida a integridade da presidente Dilma Rousseff.”

Chico continuou sua fala dizendo que estavam todos unidos na defesa intransigente da democracia. “Eu vejo gente aqui na praça, da minha geração, que viveu o 31 de março de 1964. Mas vejo sobretudo a imensa juventude que não era então nem nascida, mas que conhece a história do Brasil.”

 

Por fim, o cantor e compositor agradeceu a todos e repetiu que não haverá golpe: “Eu quero aqui agradecer a vocês que me animam a acreditar que não, de novo não, não vai ter golpe”. Em seguida, Chico deixou o palco e o ato, sendo muito festejado pelos presentes.

Afogadenses participam das manisfestações contra Golpe no Recife

 
IMG-20160331-WA0049
 

Uma multidão se concentraram na praça do Derby, na área central do Recife,  as manifestação em favor do governo Dilma e contra o golpe,  aconteceram em várias cidades do país  desta quinta-feira (31)  pela tarde até a noite,  No Recife a multidão gritavam palavras de ordem em relação o processo de impedimento da presidente Dilma  um golpe político palavras de ordem como  “Não vai ter golpe, fora Cunha, fora PMDB”

 Afogadenses  Emídio Vasconcelos, Felipe Siqueira, Maviael Leite e Fenando Moraes.,estiveram participando desde momento histórico em Pernambuco onde a população se manifestou  democraticamente  seus sentimentos dando um resposta aos golpistas e defendo a democracia.

 

IMG-20160331-WA0055

 A avenida Agamenon Magalhães principal corredor viário próximo à concentração da manifestação, ficou um mar vermelho de gente, a globo timidamente mostrou a força do povo que não aceita mais golpe do País,  nas redes sociaisTwitter, a hashtag BrasilContraoGolpe já é o assunto mais comentado entre os Brasilieiros que querem  combater a corrupção e defender o governo da Presidente Dilma que teve a coragem de começar a passar o Brasil a limpo, está cada vez mais evidente o interesse de aplicar o golpe e não combate a corrupção. a resposta foi dada mais uma vez com o povo nas ruas  que não aceitam mais golpismo

Screenshot_2016-03-31-20-17-16

 

 

 

 

 

Estudou para ser burra.
 
A atitude de uma médica de Porto Alegre está causando polêmica nas redes sociais e provocando um debate sobre qual deve ser a postura de um profissional da saúde com relação a pacientes que não compartilham de sua posição ideológica, principalmente em tempos de crise política e de ânimos exaltados. Há duas semanas, um dia após a nomeação do ex-presidente Lula como ministro da Casa Civil e a divulgação da conversa entre ele e a presidente Dilma Rousseff, a pediatra Maria Dolores Bressan enviou uma mensagem de texto a Ariane Leitão informando que estava “declinando, em caráter irrevogável”, de continuar atendendo seu filho de 1 ano.
 
Ariane é filiada ao Partido dos Trabalhadores. Foi secretária de Políticas Públicas para Mulheres na gestão do ex-governador Tarso Genro, também do PT. Hoje, ela é suplente da Câmara de Vereadores de Porto Alegre. Segundo Ariane, seu filho se consultava com a médica desde o primeiro mês de vida, por meio do plano de saúde.
 
“Depois de todos os acontecimentos da semana e culminando com o de ontem, onde houve escárnio e deboche do Lula ao vivo e a cores, para todos verem (representante maior do teu partido), eu estou sem a mínima condição de ser Pediatra do teu filho. Poderia inventar desculpas, te atender de mau humor, mas prefiro a honestidade que sempre pautou minha vida particular e pessoal” diz a mensagem enviada pela médica à mãe da criança.
 
Ariane relatou o ocorrido nas redes sociais. De lá pra cá, a postagem foi extensamente compartilhada e o caso ganhou repercussão. “Nós ficamos chocados. Entendemos que é uma violação de direitos humanos de uma criança e que fere a ética profissional. Ela declinou do atendimento e não indicou outro médico”, disse a mãe ao “Broadcast Político”, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado.
 
De acordo com Ariane, ela e a médica nunca falaram sobre política no período em que conviveram. O único momento em que o tema veio à tona, segundo ela, ocorreu meses atrás, quando mencionou que assumiria temporariamente uma vaga na Câmara de Vereadores e teria de conciliar o trabalho com a amamentação. “Ela me perguntou a que partido eu pertencia e eu disse que era do PT”, relatou.
 
Na mensagem, a médica pede que Ariane não insista em marcar mais consultas. “Estou profundamente abalada, decepcionada e não posso de forma nenhuma passar por cima dos meus princípios. Porto Alegre tem muitos pediatras bons. Estarás bem acompanhada. Espero que compreendas”, diz o texto.
 
Ariane denunciou o caso ao Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Sul (Cremers) e está estudando medidas legais a serem tomadas. “Ela descontou em nós, em mim e no meu filho, a raiva que ela estava sentindo pela situação que o país vive hoje”, afirmou. A pediatra foi procurada pela reportagem, mas não quis falar.
 
Divisão na internet
Nas redes sociais, o episódio divide opiniões. Enquanto alguns se posicionam a favor da mãe da criança, outros aprovam a postura adotada pela médica. A discussão aumentou nesta quarta-feira, depois que o jornal Diário Gaúcho publicou uma entrevista em que o presidente do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers), Paulo de Argollo Mendes, defende a conduta da profissional.
 
Segundo ele, a pediatra agiu de forma ética, levando em conta que o caso da criança não era de urgência. “Tu não és o único médico da cidade e o paciente tem a possibilidade de escolher outros profissionais, daí tu tens que ser honesto, tens que ser leal com o teu paciente. Se tem alguma coisa que te incomoda e que tu achas que vai prejudicar a tua relação com o teu paciente se tu não vais se sentir confortável, se não vai ser prazeroso para ti atender aquela pessoa, tu deves dizer para ela”, ele afirmou. Para Argollo, a médica deveria “se orgulhar” por ter cumprido o código de ética da profissão.
 
Ariane considerou “lamentável” a fala do presidente do Simers. “É uma tentativa rasteira de transformar um caso de ética profissional numa questão política. Eu não vou aceitar que o caso que afetou o meu filho seja transformado numa disputa entre petistas e não petistas”, falou. Procurado, o Simers manifestou, por meio de nota, que a declaração de Argollo confirma o posicionamento da entidade a respeito do cumprimento do Código de Ética Médica. O sindicato também destacou que tem uma posição apartidária e de respeito a todos os cidadãos.
 

 

O Cremers informou que será aberta uma sindicância para apurar a denúncia formalizada por Ariane Leitão. Se a comissão que vai analisar o episódio entender que houve indício de infração ética será instaurado um Processo Ético-Profissional que pode resultar em absolvição da médica acusada ou, então, em aplicação de uma das penas previstas na Lei 3.268/57. As punições possívei

 

Contas de 2013 do prefeito Alexandre Arraes, são aprovadas pelo TCE e já estão na câmara

 

 
As contas do prefeito de Araripina Alexandre Arraes, referente ao exercício de 2013, estão aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado Pernambuco (TCE), e foram enviadas para câmara municipal, com recomendação para aprovação pelos vereadores.
 
As contas do prefeito Alexandre Arraes referente ao exercício de 2012, também foram aprovadas pelo TCE.
 
Será que os vereadores de Araripina vão seguir a recomendação e aprovarão as contas de Alexandre Arraes?  
 
Alexandre conta apenas com cinco vereadores na sua bancada na câmara, e sabemos que os 10 vereadores que formam duas bancadas contra a atual gestão vão analisar rigidamente essas contas. 

 

Humberto Costa diz que governo Dilma é o trigo e PMDB o joio, agora separados

 

 
Depois do PMDB anunciar o rompimento com a administração da presidente Dilma Rousseff, o líder do Governo no Senado, Humberto Costa (PT-PE), declarou que, agora, o Palácio do Planalto tem a oportunidade de repactuar os apoios e recompor a base “com partidos verdadeiramente comprometidos com a governabilidade, com a democracia e com o futuro do Brasil”.
 
Em discurso na tribuna do Senado nessa quarta-feira (30), o parlamentar garantiu que a saída do PMDB da base em nada esmorece o ânimo do Governo em seguir na defesa da legalidade e na recomposição de sua base parlamentar. “Tanto melhor que o joio tenha tomado a iniciativa de se separar do trigo”, registrou.
 
Ele disse que não haverá mais diálogo com “os que se encastelaram na estrutura orgânica do partido”, mas que o Governo vai buscar ampliar as conversas com “os que se recusam a ingressar nessa quartelada civil empreendida pela oposição, grandes meios de comunicação do Brasil e por parte do comando do PMDB”. “Faremos esse diálogo seletivo”, pontuou.

 

Joelson Pereira filia-se ao PRTB e vai apoiar Raimundo Pimentel para prefeito

 

 
 
Em reunião com o vice-presidente do partido João Doutor e o pré-candidato a prefeito de Araripina Raimundo Pimentel (PSL), o suplente de vereador Joelson Pereira filiou-se ao PRTB, partido que tem como presidente o também pré-candidato a vereador Mazinho de Zeca.

Joelson era filiado ao PRB de Valdeir Batista, também fazia parte do grupo do prefeito Alexandre Arraes, que com a saída dele perde mais um aliado político, fazendo com que o grupo fique mais fragilizado ainda, pelo jeito aquela foto da festa na casa do prefeito vai ficar do tamanho de uma 3×4.

 

Na reunião Joelson declarou apoio à candidatura de Raimundo Pimentel, e anúnciou que será candidato a vereador. Em contato com nossa redação ele disse: “Optei pelo PRTB porque estou vendo um projeto ser montado, estou acreditando nesse projeto, agradeço ao amigo Mazinho de Zeca e João Doutor pelo convite para me filiar ao partido, e garanto que vou marchar com força e determinação para todos nós sairmos vitoriosos dessa campanha que se aproxima”. Joelson
 

Enquanto isso:

 

 

Filho de egipciense, o Ministro da Justiça diz que Moro agiu politicamente

:

Novo ministro da Justiça, Eugênio Aragão avalia que o juiz Sergio Moro agiu à margem da lei ao tornar pública a conversa telefônica entre Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula; ‘A questão passa pelo interesse político. Há um desvio claro da utilização do poder jurisdicional. Parece que o objetivo era exatamente criar algum tipo de comoção, dois dias antes de uma manifestação convocada pelos movimentos em favor da legalidade’, disse

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!