Policiais militares e bombeiros se reúnem na Praça da República, no Recife (Foto: Bruno Marinho/G1)

Policiais e bombeiros militares de Pernambuco recusaram a proposta do executivo estadual de reajuste, em assembleia na Praça da República, na noite desta quarta-feira (27). Por volta das 20h30min, a comitiva de negociação voltou para a Secretaria de Administração de Pernambuco para informar que as categorias rejeitaram o que foi apresentado pelo Governo do Estado. Caso o impasse continue, uma nova votação com a categoria será realizada para decidir sobre uma possível greve.

“Nós vamos retornar à Secretaria de Administração agora para apresentar uma contraproposta ao governo e esperamos que esse impasse acabe. Neste primeiro momento, as categorias estão paralisadas. A princípio será um aquartelamento, ou seja, ficaremos dentro dos quartéis. Mas iremos decidir a estratégia apenas quando voltarmos dessa segunda reunião e deliberarmos com a categoria”, afirmou Alberison Carlos, presidente da Associação dos Cabos e Soldados de Pernambuco (ACS-PE).

A reunião entre o governo e os representantes das categorias durou quase duas horas, nesta quarta-feira (27), na Secretaria de Administração de Pernambuco, no bairro do Pina, na Zona Sul do Recife. O percentual médio de reajuste oferecido pelo governo em forma de gratificações foi de 17,06%, mas as categorias continuam reivindicando 18,53% de revisão salarial.

A proposta do governo foi de reajuste em forma de gratificação de 17,78% para soldado, 14,63% para cabo, 12,24% para terceiro sargento, 10,50% para segundo sargento, 9,15% para primeiro sargento, 8,08% para subtenente, 11,34% para segundo tenente, 8,89% para capitão, 7,42% para major, 6,2% para tenente-coronel e 5,3% para coronel.

A proposta do governo é oferecer às categorias esses percentuais de reajustes em forma de duas gratificações: R$ 750 anuais de auxílio-uniforme pagos a partir de junho, o que equivale a R$ 62,50 mensais, além de R$ 350 fixos mensais de auxílio-transporte a partir de julho. As categorias reivindicam reajuste salarial de 18,5% e aumento de 6,5% nos salários, além da reforma do Hospital da Polícia Militar, localizado no bairro do Derby, e da atualização do Código Disciplinar através de leis complementares.

 

Senadores vão levar carta a Dilma pedindo que ela apoie novas eleições

 

 

imagemO grupo de senadores que encampa a proposta de emenda à Constituição (PEC) que propõe novas eleições presidenciais este ano, para um mandato tampão de dois anos, vai levar hoje (28) uma carta à presidenta Dilma Rousseff pedindo que ela apoie a ideia. A PEC propõe a eleição de presidente e vice-presidente em outubro dete ano, junto com as eleiçoes municipais. A posse presidencial seria em janeiro do ano que vem e o mandato terminaria no fim de 2018.

Os senadores apelam para a “grandeza e coragem” das lideranças políticas e argumentam que a legitimidade social e política do governo de Dilma não será resolvida com o impeachment. Nesse sentido, eles alegam que a proposta de novas eleições pode ser “redentora” e ter o condão de “unificar” o país.

Eles pedem que Dilma apoie a PEC, já em tramitação, ou remeta uma nova proposta, de autoria do Poder Executivo, para garantir que o futuro governo seja eleito pelo voto popular. “Nós aceitamos qualquer um dos caminhos que resultem em novas eleições. Seja pelo julgamento rápido do TSE, mas isso não depende da vontade das lideranças políticas, seja a presidente da República encaminhando uma proposta de plebiscito, ou seja em conquência da aprovação da PEC. O que nós queremos é que essa questão seja resolvida através do voto popular”, disse o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP)

 

Sebastião assume comando do PR em Pernambuco e, está aí o motivo da abstenção

 

 

 
Confirmado: Sebastião assume comando do PR em Pernambuco e, está aí o motivo da abstenção
 
O voto de abstenção de Oliveira lhe rendeu o comando da legenda. 
 
Apesar de a imprensa adiantar as razões, que levaram Sebastião Oliveira, a se ausentar do assento da pasta de transportes, pra participar de ‘sessão histórica’, e o mesmo, negar.
 
Para que não entendeu, o porquê, da abstenção do auxiliar de Câmara (PSB), em sessão, na Câmara Federal no último dia 17, que jugou a admissibilidade do processo de impedimento da Presidente Dilma; surge a confirmação.
 
O voto de abstenção de Oliveira lhe rendeu o comando da legenda, que já foi dirigida no Estado pelo seu primo Inocêncio Oliveira, ex-presidente da Câmara dos Deputados.
 
A nova composição, com Waldemar de Oliveira, seu irmão, na vice-presidência e Allan Pereira – tesoureiro, da Comissão Provisória da Legenda em Pernambuco, está em vigência desde o dia (19), ou seja, um dia após a votação.
 
No domingo, dia da votação, Sebastião Oliveira divulgou uma nota sinalizando que votaria contra a deposição da presidente, enquanto Anderson Ferreira, aparecia nas listas de votos a favor.
 
Valdemar Costa Neto, presidente nacional da legenda, deu a Anderson Ferreira e a Sebastião Oliveira a opção de votar em Dilma ou se abster. Ferreira votou sim ao impeachment e perdeu o comando do PR em Pernambuco.
 
Em recente entrevista, ao justificar o voto, Oliveira pontuava que: “Em recentes pesquisas realizadas no Sertão de Pernambuco, a maioria dos sertanejos eram contra o impeachment com uma a saída e uma solução pra crise”
 
Agora resta saber, o que dirá Oliveira, aos seus correligionários sertanejos, que o taxam de ter ficado em “cima do muro”.

 

Jovem residente em Serra Talhada é encontrado morto em Princesa Isabel-PB

 

                                

 

O corpo do jovem foi encontrado com sinais de tortura, encapuzado e com as mãos

Na manhã desta quarta-feira (27), populares localizaram o corpo do jovem Talisson Weberton da Paixão, 19 anos, conhecido como “Pow”, na cidade de Princesa Isabel, no Sertão da Paraíba. A vítima morava na cidade de Serra Talhada e estava desaparecido havia três dias.

 

Testemunhas relataram ao Portal Nayn Neto, que o corpo foi encontrado com as mãos amarradas, com um capuz na cabeça e com sinais de tortura. A Polícia Militar foi acionada, esteve no local e repassou o caso para a Polícia Civil de Princesa Isabel-PB, que encaminhou o corpo para o IML de Caruaru-PE.

Segundo familiares, “Pow” era natural da cidade do Recife, porém residia, fazia tempo, com a sua avó, na Travessa do Sol, no bairro Bom Jesus, em Serra Talhada e estava desaparecido de sua residência desde o domingo (24), quando familiares prestaram queixa do desaparecimento na Delegacia de Polícia de Serra Talhada. “Pow” saiu de casa levando apenas uma pequena sacola com poucas peças de roupas e apenas portava a Carteira de Trabalho. A família não sabe informar se ele era usuário de drogas.

 

Deixe uma resposta

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!