FHC TRAI CUNHA E AGORA PEDE A SUA CASSAÇÃO
Após uma vergonhosa aliança fechada entre o PSDB e o deputado Eduardo Cunha (PMDB), que inviabilizou o Brasil nos últimos dois anos e levou o pais à beira de um golpe que causa espanto em todo o mundo civilizado, o que está estampado nas manchetes dos jornais New York Times e El País desta sexta (15), o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso defende agora que o seu partido apoie a cassação de Cunha; “O PSDB tem de agir de acordo com o que foi descoberto pela polícia, pelo procurador e que a Justiça está encaminhando. Não tem de tergiversar. Havendo erro, tem de cassar. Até agora, o que tem aparecido é que tem muitos elementos consistentes. O PSDB deve apoiar a cassação”, disse; apesar disso, FHC, um dos ideólogos do golpe contra Dilma, ainda defende o impeachment
 
O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse nesta sexta-feira (15) que dificilmente Eduardo Cunha (PMDB-RJ) conseguirá se manter na presidência da Câmara dos Deputados por muito tempo.
 
“É uma questão sujeita ao Supremo, que quanto antes decidir melhor. Acho difícil que o deputado Cunha seja capaz de sustentar a posição dele no decorrer do tempo. A probabilidade de que haja uma cassação é grande”, afirmou.
 
O tucano afirmou que o PSDB deve apoiar a cassação de Cunha mesmo se ele já estiver afastado da presidência da Casa:
 
“O PSDB tem de agir de acordo com o que foi descoberto pela polícia, pelo procurador e que a Justiça está encaminhando. Não tem de tergiversar. Havendo erro, tem de cassar. Até agora, o que tem aparecido é que tem muitos elementos consistentes. Se o tribunal considerar réu, acho que o PSDB deve apoiar a cassação – afirmou ex-presidente, lembrado em seguida de que Cunha já é réu no Supremo Tribunal Federal.
 
Ao falar sobre o impeachment, ele disse que vê “grande probabilidade” da aprovação do pedido de afastamento da presidente Dilma Rousseff neste domingo (17) na Câmara. Perguntado sobre qual foi o maior erro político de Dilma na relação com o Congresso para a situação chegar a este ponto, o ex-presidente avaliou que a crise política foi semeada no governo Lula:
 
“(O maior erro político) Não foi dela. Foi do governo anterior. Uma fragmentação do Congresso enorme, em função de os deputados perceberem que quanto mais partidos há, mais pressão se pode fazer e mais vantagens se pode obter. Quando ela chegou, já era essa a situação, ela não teve forças, talvez tenha até desejado, mas não teve forças para conter”, afirmou.

Em Operação Acrônimo, PF prende suposto operador de Fernando Pimentel

O empresário Benedito Rodrigues de Oliveira Neto, o Bené, embarca no bimotor no qual foi preso

Folha de S.Paulo

A Polícia Federal prendeu na manhã desta sexta-feira (15) o empresário Benedito Rodrigues Oliveira Neto, conhecido como Bené (subindo na escada do avião em que foi preso), apontado como operador de campanhas do PT. Ele foi detido em casa, pela manhã, em Brasília. Neste momento, está prestando depoimento na Superintendência da PF na capital federal. A ação desta sexta fez parte da Operação Acrônimo, que teve início com a investigação de supostas ilegalidades cometidas pela campanha do governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel.

O pedido de preventiva de Bené baseou-se numa suposta consultoria que ele prestou à montadora Caoa. Um relatório da PF identificou indícios de que a empresa pagou propina a Bené, que é amigo de Pimentel, para obter benefícios fiscais junto ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC), pasta que foi comandada pelo petista entre 2011 e 2014.

Mensagens telefônicas interceptadas pela PF indicam que Bené atuou como lobista da montadora. A investigação revela contatos do operador com o então ministro do MDIC, Mauro Borges, que chegou à Esplanada por indicação do governador mineiro, seu antecessor na pasta.

As informações constam no relatório da Operação Acrônimo, que apura suspeitas de desvios de recursos para a campanha de Pimentel, em 2014, a suposta prática de tráfico de influência por parte do petista e também lavagem de dinheiro e corrupção. Bené chegou a ser preso na primeira etapa da operação, em maio do ano passado. Ele pagou fiança e foi liberado dias depois.

ACRÔNIMO

A operação é consequência da investigação que começou em outubro do ano passado, durante as eleições, com a apreensão do avião que acabara de pousar no aeroporto de Brasília vindo de Belo Horizonte. Além de Bené, estava no avião Marcier Trombiere Moreira, ex-assessor do Ministério das Cidades, dominado pelo PP. Ele havia pedido licença do governo naquele ano para trabalhar na campanha de Pimentel, ex-ministro do governo Dilma Rousseff e eleito governador de Minas pelo PT.

Trombiere afirmou, na época, que estava de carona no avião monitorado pela polícia e que carregava cerca de R$ 6.000 sacados de sua própria conta bancária para eventuais despesas médicas. Também na época, o presidente do PT, Rui Falcão, disse que a apreensão não poderia ser colocada na conta do partido. O mesmo fez a coligação de Pimentel, que afirmou que não poderia ser responsabilizada pelos valores.

OUTRO LADO

O advogado José Luis Oliveira Lima, defensor de Benedito Rodrigues Oliveira Neto, disse que “a prisão preventiva é uma medida de exceção, que jamais poderia ser aplicada no caso do meu cliente. Ele sempre esteve à disposição da justiça. No início da semana vou impetrar um habeas corpus em seu favor”. Em nota oficial enviada pela defesa do governador mineiro, Pimentel argumenta que jamais rece

 

 

Moto é abandonada após acidente na PE-320 em Afogados

 

A equipe da ROCAM realizava a Operação Sossego, quando foi acionada pela Central de Operações, para averiguar um veículo abandonado na PE-320 (próximo ao Bar do Guiné) . O policiamento chegando ao local encontrou na margem da PE-320 uma motocicleta tipo HONDA FAN 125, preta, 2013, placa PFX-7294. Populares informaram que a motocicleta foi abandonada logo após se envolver em um acidente de trânsito tipo colisão. Relataram que dois indivíduos não identificados trafegavam sentido Afogados da Ingazeira/Carnaíba, quando nas proximidades do Bar do Guiné, perderam o controle e colidiram com uma motocicleta tipo SHINERAY e em seguida abandonaram a motocicleta, tomando destino ignorado. No local não foi encontrada a motocicleta SHINERAY nem o seu condutor. Após consulta no sistema do INFOSEG não consta nenhuma queixa de roubo da motocicleta, a qual foi apreendida e passada a disposição da delegacia de polícia local, para as providências cabíveis.

 

Idoso perde a vida após ser atingido por motociclista no centro de Serra Talhada

 

Policiais Militares do 14º BPM foram acionados por populares para se dirigirem a Rua Enock Inácio de Oliveira, s/nº, Nossa Senhora da Penha, onde, na ocasião havia acontecido um acidente de trânsito. Chegando ao endereço mencionado, tomaram conhecimento de que a vítima José Olimpio da Silva (Zé do Fogão), de 62 anos, morador do Centro, tinha sido atropelada por uma motocicleta e que fora socorrida para o HOSPAM. O efetivo policial seguiu até a referida Unidade de Saúde, sendo informados que a vítima não resistiu ao ferimento vindo a falecer e que o acusado, provável causador do acidente, de identidade até então desconhecida e condutor da motocicleta, evadiu-se sem prestar socorro a vítima. O BO foi confeccionado e entregue na delegacia de polícia local para adoção das medidas cabíveis.
 

Deixe uma resposta

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!