imagem

O maior jornal do mundo, The New York Times, publicou uma reportagem com chamada de capa que destaca como é absurdo o processo de impeachment que corre no Brasil contra a presidente Dilma Rousseff.

Nas palavras da publicação, um processo conduzido por parlamentares corruptos, dominado por abusos aos direitos humanos, contra uma presidente que não é alvo de investigação alguma.

A matéria, assinada por Simon Romero e Vinod Sreeharsha, cita o próprio vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), que assumirá o lugar de Dilma caso o processo seja aprovado no Congresso Nacional, como possível envolvido no esquema de corrupção da Operação Lava Jato.

Outros que recebem destaque, com direito a foto-legenda, são o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), apontado como réu no Supremo Tribunal Federal (STF) por suspeita de ter recebido 40 milhões de dólares em propina. Além do deputado federal Paulo Maluf (PP-SP), outro defensor do impeachment, alvo de processos nos Estados Unidos por ter desviado mais de 11,6 milhões de dólares.

Pelo The New York Times, se o golpe passar, teremos a nova República dos bananas. Enquanto no Brasil a mídia familiar apoia o impeachment, o maior jornal do mundo denuncia um golpe absurdo.Confira aqui a íntegra da reportagem no site do NYT, em inglês

 

OEA CHEGA AO BRASIL PARA DEFENDER DEMOCRACIA

 

imagem

O secretário-geral da Organização dos Estados Americanos, Luis Almagro anunciou pelo Twitter sua chegada ao Brasil nesta sexta-feira para “dialogar com Dilma Rousseff e reiterar apoio à institucionalidade e respeito à Constituição”. O encontro está marcado às 16h, em Brasília.

Recentemente, ele alertou para o caráter surreal do golpe em curso no Brasil: ‘é a realização de um processo de impeachment de uma presidente que não é acusada de nada, não responde por nenhum ato ilegal, sobretudo porque vemos que entre os que podem acionar o processo de impeachment existem congressistas acusados e culpados. É o mundo ao contrário’, disse. Ou seja: no Brasil, são políticos corruptos, comandados por Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que podem cassar a presidente honesta, que permitiu o combate à corrupção.

O senador tucano Aloysio Nunes criticou vinda do secretário-geral da OEA ao Brasil, às vésperas da votação do impeachment pela Câmara dos Deputados: “é um gesto oportunista, que, em nada contribui para amainar a crise no Brasil

Deixe uma resposta

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!