Estudou para ser burra.
 
A atitude de uma médica de Porto Alegre está causando polêmica nas redes sociais e provocando um debate sobre qual deve ser a postura de um profissional da saúde com relação a pacientes que não compartilham de sua posição ideológica, principalmente em tempos de crise política e de ânimos exaltados. Há duas semanas, um dia após a nomeação do ex-presidente Lula como ministro da Casa Civil e a divulgação da conversa entre ele e a presidente Dilma Rousseff, a pediatra Maria Dolores Bressan enviou uma mensagem de texto a Ariane Leitão informando que estava “declinando, em caráter irrevogável”, de continuar atendendo seu filho de 1 ano.
 
Ariane é filiada ao Partido dos Trabalhadores. Foi secretária de Políticas Públicas para Mulheres na gestão do ex-governador Tarso Genro, também do PT. Hoje, ela é suplente da Câmara de Vereadores de Porto Alegre. Segundo Ariane, seu filho se consultava com a médica desde o primeiro mês de vida, por meio do plano de saúde.
 
“Depois de todos os acontecimentos da semana e culminando com o de ontem, onde houve escárnio e deboche do Lula ao vivo e a cores, para todos verem (representante maior do teu partido), eu estou sem a mínima condição de ser Pediatra do teu filho. Poderia inventar desculpas, te atender de mau humor, mas prefiro a honestidade que sempre pautou minha vida particular e pessoal” diz a mensagem enviada pela médica à mãe da criança.
 
Ariane relatou o ocorrido nas redes sociais. De lá pra cá, a postagem foi extensamente compartilhada e o caso ganhou repercussão. “Nós ficamos chocados. Entendemos que é uma violação de direitos humanos de uma criança e que fere a ética profissional. Ela declinou do atendimento e não indicou outro médico”, disse a mãe ao “Broadcast Político”, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado.
 
De acordo com Ariane, ela e a médica nunca falaram sobre política no período em que conviveram. O único momento em que o tema veio à tona, segundo ela, ocorreu meses atrás, quando mencionou que assumiria temporariamente uma vaga na Câmara de Vereadores e teria de conciliar o trabalho com a amamentação. “Ela me perguntou a que partido eu pertencia e eu disse que era do PT”, relatou.
 
Na mensagem, a médica pede que Ariane não insista em marcar mais consultas. “Estou profundamente abalada, decepcionada e não posso de forma nenhuma passar por cima dos meus princípios. Porto Alegre tem muitos pediatras bons. Estarás bem acompanhada. Espero que compreendas”, diz o texto.
 
Ariane denunciou o caso ao Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Sul (Cremers) e está estudando medidas legais a serem tomadas. “Ela descontou em nós, em mim e no meu filho, a raiva que ela estava sentindo pela situação que o país vive hoje”, afirmou. A pediatra foi procurada pela reportagem, mas não quis falar.
 
Divisão na internet
Nas redes sociais, o episódio divide opiniões. Enquanto alguns se posicionam a favor da mãe da criança, outros aprovam a postura adotada pela médica. A discussão aumentou nesta quarta-feira, depois que o jornal Diário Gaúcho publicou uma entrevista em que o presidente do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers), Paulo de Argollo Mendes, defende a conduta da profissional.
 
Segundo ele, a pediatra agiu de forma ética, levando em conta que o caso da criança não era de urgência. “Tu não és o único médico da cidade e o paciente tem a possibilidade de escolher outros profissionais, daí tu tens que ser honesto, tens que ser leal com o teu paciente. Se tem alguma coisa que te incomoda e que tu achas que vai prejudicar a tua relação com o teu paciente se tu não vais se sentir confortável, se não vai ser prazeroso para ti atender aquela pessoa, tu deves dizer para ela”, ele afirmou. Para Argollo, a médica deveria “se orgulhar” por ter cumprido o código de ética da profissão.
 
Ariane considerou “lamentável” a fala do presidente do Simers. “É uma tentativa rasteira de transformar um caso de ética profissional numa questão política. Eu não vou aceitar que o caso que afetou o meu filho seja transformado numa disputa entre petistas e não petistas”, falou. Procurado, o Simers manifestou, por meio de nota, que a declaração de Argollo confirma o posicionamento da entidade a respeito do cumprimento do Código de Ética Médica. O sindicato também destacou que tem uma posição apartidária e de respeito a todos os cidadãos.
 

 

O Cremers informou que será aberta uma sindicância para apurar a denúncia formalizada por Ariane Leitão. Se a comissão que vai analisar o episódio entender que houve indício de infração ética será instaurado um Processo Ético-Profissional que pode resultar em absolvição da médica acusada ou, então, em aplicação de uma das penas previstas na Lei 3.268/57. As punições possívei

 

Contas de 2013 do prefeito Alexandre Arraes, são aprovadas pelo TCE e já estão na câmara

 

 
As contas do prefeito de Araripina Alexandre Arraes, referente ao exercício de 2013, estão aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado Pernambuco (TCE), e foram enviadas para câmara municipal, com recomendação para aprovação pelos vereadores.
 
As contas do prefeito Alexandre Arraes referente ao exercício de 2012, também foram aprovadas pelo TCE.
 
Será que os vereadores de Araripina vão seguir a recomendação e aprovarão as contas de Alexandre Arraes?  
 
Alexandre conta apenas com cinco vereadores na sua bancada na câmara, e sabemos que os 10 vereadores que formam duas bancadas contra a atual gestão vão analisar rigidamente essas contas. 

 

Humberto Costa diz que governo Dilma é o trigo e PMDB o joio, agora separados

 

 
Depois do PMDB anunciar o rompimento com a administração da presidente Dilma Rousseff, o líder do Governo no Senado, Humberto Costa (PT-PE), declarou que, agora, o Palácio do Planalto tem a oportunidade de repactuar os apoios e recompor a base “com partidos verdadeiramente comprometidos com a governabilidade, com a democracia e com o futuro do Brasil”.
 
Em discurso na tribuna do Senado nessa quarta-feira (30), o parlamentar garantiu que a saída do PMDB da base em nada esmorece o ânimo do Governo em seguir na defesa da legalidade e na recomposição de sua base parlamentar. “Tanto melhor que o joio tenha tomado a iniciativa de se separar do trigo”, registrou.
 
Ele disse que não haverá mais diálogo com “os que se encastelaram na estrutura orgânica do partido”, mas que o Governo vai buscar ampliar as conversas com “os que se recusam a ingressar nessa quartelada civil empreendida pela oposição, grandes meios de comunicação do Brasil e por parte do comando do PMDB”. “Faremos esse diálogo seletivo”, pontuou.

 

Joelson Pereira filia-se ao PRTB e vai apoiar Raimundo Pimentel para prefeito

 

 
 
Em reunião com o vice-presidente do partido João Doutor e o pré-candidato a prefeito de Araripina Raimundo Pimentel (PSL), o suplente de vereador Joelson Pereira filiou-se ao PRTB, partido que tem como presidente o também pré-candidato a vereador Mazinho de Zeca.

Joelson era filiado ao PRB de Valdeir Batista, também fazia parte do grupo do prefeito Alexandre Arraes, que com a saída dele perde mais um aliado político, fazendo com que o grupo fique mais fragilizado ainda, pelo jeito aquela foto da festa na casa do prefeito vai ficar do tamanho de uma 3×4.

 

Na reunião Joelson declarou apoio à candidatura de Raimundo Pimentel, e anúnciou que será candidato a vereador. Em contato com nossa redação ele disse: “Optei pelo PRTB porque estou vendo um projeto ser montado, estou acreditando nesse projeto, agradeço ao amigo Mazinho de Zeca e João Doutor pelo convite para me filiar ao partido, e garanto que vou marchar com força e determinação para todos nós sairmos vitoriosos dessa campanha que se aproxima”. Joelson
 

Enquanto isso:

 

 

Filho de egipciense, o Ministro da Justiça diz que Moro agiu politicamente

:

Novo ministro da Justiça, Eugênio Aragão avalia que o juiz Sergio Moro agiu à margem da lei ao tornar pública a conversa telefônica entre Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula; ‘A questão passa pelo interesse político. Há um desvio claro da utilização do poder jurisdicional. Parece que o objetivo era exatamente criar algum tipo de comoção, dois dias antes de uma manifestação convocada pelos movimentos em favor da legalidade’, disse

Deixe uma resposta

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!