Duquinho

Do C1

Os sucessivos ataques de Sebastião Oliveira (PR) contra ex-aliados continuam rendendo. Conhecido pelo discurso ácido contra a gestão petista no município de Serra Talhada, o líder republicano parece que escolheu novos alvos:  Nomes da oposição que se afastaram do ninho republicano após conversas entre ele e o prefeito Luciano Duque, sofrem agora com a língua afiada do antigo líder do bloco, que pelas colocações deixa claro sua insatisfação com o desfecho político na Capital do Xaxado.

O empresário João Duque Filho (Duquinho/foto), irmão e adversário político de Luciano Duque, reforçou durante entrevista ao C1 que foi Sebastião quem preferiu se afastar, ou talvez não tenha “feito força” para que os entendimentos entre o PR e a demais siglas acontecesse.

Duquinho disse ainda que “tudo se tornou muito estranho. Até a semana passada, duas semanas atrás, um bloco de oposição com a liderança, inclusive indicada pelo governador Paulo Câmara, do Sebastião Oliveira liderando esse bloco de oposição ao governo municipal, que é um governo do PT, naturalmente é um partido opositor ao governo do Estado”, lembrou João Duque Filho, que emendou: “De repente começaram movimentos estranhos da imprensa e das assessorias, tanto do prefeito como do deputado com declarações denegrindo imagem de partidos, de companheiros, comentários assim, indelicados”, concluiu.

Para o peemedebista a postura de Sebastião Oliveira é um pecado, pois num passado recente era contra Luciano Duque que ele disparava sua metralhadora cheia de ironias, críticas e trocadilhos. “E hoje ele busca aliança com o mesmo”, frisou. Duquinho também falou sobre o suposto “patrulhamento” feito pelo seu partido, que foi duramente criticado pelo secretário de transportes do Estado, Sebastião Oliveira.  “A gente não tá patrulhando ninguém, nem nada, a gente quer buscar um consenso de um grupo de oposições para continuar também fazendo um trabalho por Serra Talhada, sem projetos pessoais de ninguém”, 

Serra: Carlos Evandro descarta reaproximação com Duque. “Tenho vergonha e uso”

 

Carlos-Evandro_Luciano-Duque-422x330

O ex-prefeito de Serra Talhada Carlos Evandro (PSB) rechaçou qualquer possibilidade de reaproximação com o atual prefeito Luciano Duque, hoje no PT. A possibilidade foi ventilada após a notícia de conversações entre o prefeito e o Secretário de Transportes Sebastião Oliveira.

Como Carlos está no mesmo bloco de Oliveira, mesmo com luz própria e independência, a possibilidade chegou a ser cogitada pelo irmão de Sebastião, Waldemar Oliveira. “Eu tenho vergonha”, disse ao Caderno 1. Carlos Evandro, que acrescentou ser impossível sequer ventilar essa possibilidade. “É uma questão pessoal. Não  se cogita nem em sonho“.

Carlos Evandro falou do tema em Recife, onde trata de questões ligadas à sua participação no processo eleitoral e o respaldo do PSB a suas pretensões, ainda não muito claras.

Carlos  continua na presidência do partido no município, que tem como vice o vereador Leirson Magalhães, Socorro Brito como secretária e o ex-vereador Ronaldo Melo como tesoureiro.

Dilma pedala com seguranças em Porto Alegre

 

dilma_poa_g0MWUUD

G1

Em Porto Alegre para passar o feriado de Páscoa com a família, a presidente Dilma Rousseff saiu para pedalar, mesmo com o tempo instável, na manhã desta sexta-feira (25). Pouco antes das 6h, a presidente saiu da sua casa, na Zona Sul da capital, acompanhada de seguranças.

Vestindo calça, casaco e tênis próprios para atividades físicas, além de capacete, ela percorreu avenidas como Diário de Notícias e Guaíba, e outras vias do bairro Assunção. Dilma esteve acompanhada de dois seguranças de bicicleta e mais três carros, que seguiam atrás. Ela desejou feliz Páscoa aos jornalistas e voltou para casa, na Avenida Copacabana, por volta das 7h.

Os passeios de bicicleta da presidente começaram no ano passado. Na última visita à capital, no feriado de Carnaval em fevereiro, ela também passeou pela orla.

Dilma chegou pouco depois das 20h de quinta-feira (24) ao Rio Grande do Sul. O desembarque ocorreu na Base Aérea de Canoas, na Região Metropolitana, cidade a cerca de 18 quilômetros de Porto Alegre. De lá, ela se deslocou até a capital, com destino à Zona Sul, onde tem um apartamento.

Dilma irá passar o feriadão da Páscoa com a família. Ela aproveita a viagem para comemorar, no domingo (27), o aniversário de sua filha, Paula Araújo. Dilma deve retornar a Brasília somente no domingo (27). Oficialmente, o Palácio do Planalto não informa detalhes da programação da presidente na capital gaúcha, nem mesmo da data de retorno a Brasília.

Dilma viaja para o Rio Grande do Sul no momento mais conturbado de seu governo. Alvo de um processo de impeachment no Congresso Nacional, ela tenta evitar uma debandada dos partidos que compõem sua base no parlamento. Ao retornar à capital federal, a presidente deverá realizar os últimos esforços para manter o PMDB na base governistas. Na terça-feira (29), a cúpula peemedebista tem reunião marcada para decidir se desembarca do governo do PT.

Deixe uma resposta

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!