:

 

247 – Cerca de 30 mil pessoas cercaram a sede da Rede Globo em São Paulo na noite desta quinta-feira (24), ao finalizar manifestação em defesa da democracia. O protesto pacífico, intitulado “Ato em Defesa da democracia – A saída é pela esquerda”,  teve início no Largo da Batata, em Pinheiros, região oeste da capital paulista. Os manifestantes são favoráveis a permanência da presidente Dilma Rousseff no governo e contra o impeachment. O movimento acusa a Globo de “apoiar um golpe contra a democracia no país”.

Por volta das 18h40, o grupo começou a marchar pela Avenida Faria Lima em direção à Zona Sul da capital paulista. Eles passaram pelas avenidas Juscelino Kubitschek e Engenheiro Luis Carlos Berrini. Às 20h45 os manifestantes entraram na Avenida Chucri Zaidan e chegaram em frente à sede da TV Globo.

“Golpe nunca mais, eu tô nas ruas por direitos sociais” foi um dos gritos entoados no protesto. Os manifestantes também entoaram: “barrar a Direita no governo, no Congresso e nas ruas”.

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, que participa do protesto, destacou que “muita gente de vários setores sociais estão lutando contra o golpe”. “O impeachment signigica um retrocesso, a imposição de uma pauta neo-liberal, com a precarização do trabalho, arrocho. Não haverá estabilidade com impeachment”, afirmou.

Falcão defendeu que o Supremo Tribunal Federal retire a suspensão da nomeação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como ministro da Casa Civil. “Lula é ficha limpa, portanto não há nenhuma razão para ele não ser ministro”, disse o presidente do PT

O líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto, Guilherme Boulos, disse em discurso que o objetivo do protesto é “deter uma ameaça à democracia e às garantias constitucionais”. “Importante dizer que não estamos aqui para defender governo algum”, discursou.

 

O deputado federal Ivan Valente (PSOL), afirmou: “Estamos aqui para defender os direitos dos trabalhadores e contra o ajuste fiscal. O processo de impeachment está sendo tocado por um delinquente que deveria estar preso: Eduardo Cunha”.

 

 

 

FLORES: Justiça Federal concede liminar obrigando CELPE a responsabilizar-se pela manutenção da iluminação pública.

 
FLORES: Justiça Federal concede liminar obrigando CELPE a responsabilizar-se pela manutenção da iluminação pública.
 
A partir de agora, as reclamações sobre problemas na iluminação pública devem ser feitas diretamente a CELPE.
 
Após receber notificação para assumir a responsabilidade do parque elétrico do município, a Prefeitura de Flores ingressou, na Justiça, Ação protocolada sob o n.º 0800008-26.2016.4.05.8303, em desfavor da Celpe para que esta cumpra, antes da entrega, as condições exigidas no processo de transferência de responsabilidade, fazendo os REPAROS TOTAIS DA REDE DE POSTES, REATORES, RELÉS, PORTA-LÂMPADAS, FIOS, LÂMPADAS, LUMINÁRIAS ETC.
 
Nessa semana, a Prefeitura de Flores conseguiu, através de liminar, devolver o parque elétrico do Município à Celpe, para que esta reassumisse a responsabilidade da manutenção da iluminação pública no parque elétrico. A sentença, que acata pedido, é assinada por Juiz Substituto da 38ª Vara Federal.
 
Diante do parque elétrico em péssimo estado e com uma grande quantidade de luminárias no final da vida útil, a secretaria de Infraestrutura de Flores, se viu na obrigação moral (e não legal) de atender aos pedidos dos populares para efetuar os reparos devidos, tendo vista os problemas de falta de iluminação apresentados em várias ruas da cidade e dos distritos.
 
Com a decisão da Justiça, a Prefeitura fica desobrigada de fazer a manutenção do parque elétrico do município, cabendo a CELPE esta responsabilidade e, por consequência, as reclamações sobre problemas na iluminação pública devem ser feitas diretamente a CELPE.

 

EX-PREFEITO TOTONHO VALADARES VAI SE FILIAR NO PCdoB

 

FOTO: JÚNIOR FINFA

FOTO: JÚNIOR FINFA

 

Acabei de ser informado, por uma fonte da capital pernambucana, que o ex-prefeito de Afogados da Ingazeira, Totonho Valadares (foto), acertou seu ingresso no Partido Comunista do Brasil – PCdoB, sigla que tem a deputada federal Luciana Santos, como Presidente Nacional. Luciana é esposa do deputado estadual Waldemar Borges, que foi apoiado nas eleições de 2014 pelo ex-prefeito de Afogados da Ingazeira.

 

MÉDICO JÚNIOR MOURA PERMANECE NO PSOL

 

Em nota enviada ao Blog, o Presidente do PSOL de Afogados da Ingazeira, Fernando Moraes, confirmou que teve um encontro, com o médico e ex-candidato a prefeito Junior Moura (foto), e o mesmo confirmou sua permanência no PSOL.

 

Na conversa Júnior, destacou que a imagem política do PSOL é a melhor do país, e se sente honrado por ser filiado desde 2014. “Fiz uma escolha ideológica, é o único partido sem nenhum envolvimento com os ilícitos que envolve integrantes da maioria deles, e que estão sendo investigados pela operação lava-jato”, comentou.

 

Para Fernando Moraes, Junior Moura é um patrimônio político e profissional de Afogados da Ingazeira, uma referência importante que todo partido gostaria de ter. “Com a permanência de Junior Moura, ficamos ainda mais convictos de que o PSOL caminha como força política alterna

Elias Gomes (PSDB) é condenado por improbidade administrativa referente a período de gestão no Cabo

 

 

 
O atual prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Elias Gomes (PSDB), foi condenado pela Quarta Câmara de Direito Público, do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), por contratações irregulares entre os anos de 2001 e 2004, quando era prefeito do Cabo de Santo Agostinho.
 
Segundo sentença do desembargador Relator Rafael Machado da Cunha, houve desvirtuamento na finalidade do programa assistencial municipal “Onda Limpa”, destinado a trabalhadores de baixa renda do município.
 
“Houve evidente desvirtuamento da finalidade do programa assistencial municipal denominado ‘Onda Limpa’ para fins de contratar mão de obra barata, sem o pagamento de salário mínimo, encargos previdenciários e trabalhistas, além de não realizar concurso público, utilizando os munícipes cadastrados no referido programa como mão de obra em empresas terceirizadas”, diz trecho do documento.
 
LEIA TAMBÉM:
> Heraldo Selva pode voltar para a Compesa e deixar caminho aberto para acordo com Elias Gomes
> Para Elias Gomes movimentação sindical é demagoga e não leva em consideração futuro da previdência municipal
> Elias Gomes festeja aceno de Temer e diz que Jarbas ganha força para presidir Câmara
 
Elias foi condenado à suspensão dos direitos políticos por três anos, perda da função pública, proibição de contratar com a administração pública e pagamento de multa no valor equivalente a 30 vezes o valor da remuneração que recebia como prefeito do Cabo.
 
A defesa do prefeito de Jaboatão alegou que vai recorrer da decisão. Além disso, foi informado que Elias já havia sido absorvido, em decisão de primeiro grau, pela juíza Sílvia Maria de Lima Oliveira, da Vara da Fazenda Pública do Cabo.
 
“O prefeito Elias Gomes está tranquilo e certo da relevância social do programa desenvolvido em sua gestão no Cabo e que prosseguiu na gestão posterior. É farta, inclusive, a jurisprudência no Superior Tribunal de Justiça pela não caracterização de improbidade, sempre que não se verifica dolo ou intenção de errar, conforme citou a própria juíza, na decisão primeira, mais próxima do fato e onde os testemunhos foram colhidos”, afirmou o advogado Márcio Alves.
 

 

“Estamos certos de que o recurso vai restabelecer o entendimento do julgamento de primeiro grau, até porque o próprio desembargador-relator (Rafael Machado de Cunha Cavalcanti), mesmo considerando que houve improbidade, o que consideramos um equívoco, deixou claro em sua decisão que não houve prejuízos aos cofres públicos”, completou.
 
Do Jamildo 

Deixe uma resposta

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!