:

 

 “O avanço da Operação Lava Jato é um passo definitivo para que os brasileiros possam ter acesso a verdade que há muito tempo vem sendo sonegada ao país. O dia de hoje exigirá de todos nós coragem e serenidade. Os graves indícios de irregularidades e crimes cometidos à sombra do projeto de poder do PT finalmente estão vindo à luz. Vamos continuar apoiando as investigações. O Brasil merece conhecer a verdade”, disse o senador Aécio Neves, que foi citado por três delatores da Lava Jato como organizador de esquemas de propinas e receptor de recursos desviados.

Confira, abaixo, reportagem anterior do 247:

Na tarde de ontem, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) reuniu a oposição e decidiu que a “delação” do senador Delcídio Amaral (PT-MS), negada pelo suposto delator e por seus advogados, será anexada ao pedido de impeachment que tramita na Câmara dos Deputados e à ação no Tribunal Superior Eleitoral que pede a cassação da chapa Dilma-Temer.

Em seguida, Aécio foi ao plenário e pediu a renúncia da presidente Dilma Rousseff, em um “gesto de grandeza”. O senador mineiro, portanto, defende que ela abandone o cargo para o qual foi eleita a partir de uma delação que não se materializou.

No entanto, se essa lógica fosse aceitável, Aécio deveria renunciar primeiro. Afinal, existem três – não apenas uma, mas TRÊS – delações reais, filmadas e gravadas, contra ele.

Na primeira, o doleiro Alberto Youssef aponta Aécio como o mentor intelectual de um mensalão em Furnas, que distribuía mesadas de US$ 100 mil a parlamentares – entre eles, o finado José Janene, que foi sócio de Youssef. Asssista aqui:

 

 

Na segunda delação, o lobista Fernando Moura afirma que um terço da propina em Furnas era destinada ao líder da oposição:

 

 

Na terceira, o entregador de propinas “Ceará” diz que Aécio era “o mais chato” cobrador das entregas de recursos da empreiteira UTC:

 

 

Portanto, se Aécio defende a renúncia de Dilma a partir de uma delação inexistente, ele próprio deveria dar o exemplo e renunciar ao mandato, uma vez que as delações existentes contra ele são reais, filmadas e gravadas, disponíveis no YouTube.

O que Aécio pretende, no entanto, é que o Tribunal Superior Eleitoral casse tanto a presidente Dilma Rousseff como o vice Michel Temer para que ele – de novo, um personagem citado por três delatores da Lava Jato como chefe de mensalão, receptador de propina e o mais chato cobrador de recursos – seja empossado na presidência da República.

Deixe uma resposta

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!