Pelo menos 35 mulheres prestaram queixa por conta de vídeos com ofensas (Foto: Jackson Fagner/Portal Nayn Neto)

Do G1/Caruaru

Pelo menos 35 mulheres prestaram queixa na delegacia de Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco, após a divulgação de vídeos com xingamentos contra elas. De acordo com o delegado José Olegário, um grupo registrou o boletim de ocorrência na segunda-feira (29) e o outro na terça-feira (1º). Ao G1, ele disse que os vídeos estão sendo compartilhados em aplicativos de troca de mensagens.

Há pelo menos três vídeos circulando na internet. Nas imagens, aparecem fotos retiradas dos perfis das redes sociais das vítimas. Os vídeos mostram as fotos, com as ofensas e uma música.

Olegário explicou que a maioria das vítimas é estudante com idades entre 18 e 25 anos. “Estamos investigando para responsabilizar não apenas quem fez o vídeo, mas também quem compartilhou e divulgou as imagens”, afirmou o delegado. Ele disse que as pessoas que compartilharam os vídeos podem ser punidas criminalmente.

A polícia não informou se tem uma pista do autor dos vídeos. “Vamos apurar a autoria dos vídeos para que as vítimas procurem um advogado e possam entrar com uma queixa-crime contra ele”.

 

 

 

DE GOLEADA, EDUARDO CUNHA VIRA RÉU NO STF

 

 
 
 
Responsável direto pela crise política, com seu pedido de impeachment e suas pautas-bomba, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), se tornou réu por corrupção e lavagem de dinheiro no Supremo Tribunal Federal nesta quarta-feira 2; em um resultado parcial de 6 a 0, a maioria do plenário aceitou a acusação de que Cunha usou seu cargo para pressionar o empresário Julio Camargo via requerimentos na Câmara a fim de receber propina e ainda pelo crime de lavagem de dinheiro; relator, Teori Zavascki rejeitou a acusação por crimes relacionados à celebração de contrato fraudulento; seu voto foi seguido pelos ministros Cármen Lúcia, Luiz Carlos Fachin, Marco Aurélio Mello, Luís Roberto Barroso e Rosa Weber; julgamento continua nesta quinta; era Cunha está chegando ao fim
 
A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) votou pela abertura de ação penal contra o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e a ex-deputada federal e atual prefeita de Rio Bonito (RJ), Solange Almeida.
 
Seguindo o voto do relator, ministro Teori Zavacki, outros cinco ministros entenderam que há indícios de que Cunha recebeu US$ 5 milhões de propina por um contrato de navios-sondas da Petrobras, formando maioria no plenário.
 
Teori afirmou, em seu voto, que “elementos básicos para recebimento da denúncia [contra o deputado] encontram-se presentes”. Primeiro a votar, o relator disse ainda ser consistente a acusação de que Cunha pressionou o empresário Julio Camargo via requerimentos na Câmara para receber propina. Desta forma, recebeu a denúncia de que o deputado usou seu cargo para cometer crime.
 
O magistrado disse ainda que há indícios suficientes para receber a denúncia contra Cunha também por lavagem de dinheiro. Ele rejeitou a acusação contra o peemedebista por crimes relacionados à celebração de contrato fraudulento.
 
Após o término do voto de Teori, os ministros Cármen Lúcia, Luiz Carlos Fachin, Marco Aurélio Mello, Luís Roberto Barroso e Rosa Weber adiantaram seus votos e informaram que acompanhavam integralmente o relator.
 
Ainda na sessão desta quarta, o Supremo decidiu manter em tramitação na Corte o inquérito em que a ex-deputada federal e atual prefeita de Rio Bonito (RJ), Solange Almeida, é acusada de corrupção. A questão do desmembramento foi suscitada pelo voto divergente do ministro Marco Aurélio, uma vez que Solange não tem foro privilegiado, mas o ministro foi vencido sob o argumento de que o caso é muito ligado ao de Cunha.
 
A sessão foi suspensa e será retomada nesta quinta-feira 3, com os votos dos demais ministros que compõem a Corte: Dias Toffoli, Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski, Luiz Fux e Celso de Mello. Se o resultado for mantido, Cunha e Solange passarão à condição de réus no processo.
 

Deixe uma resposta

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!