“Quem vê pensa que não aconteceu nada”, diz a avó da menina. Ela recebeu atendimento e teve apenas uma escoriação leve na testa Uma menina de um ano de idade caiu do segundo andar de um prédio localizado na rua Sena Madureira, no Centro, na manhã desta sexta-feira, 15. Apesar da queda, Helena Beatriz não teve nenhuma fratura — ela apresenta apenas uma leve escoriação na testa, informou a avó dela, Maria Veraneide Silva Nascimento. A avó diz que a família ainda não sabe como a criança caiu do prédio. Ela foi encaminhada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Barra do Ceará. Segundo a família, ela já recebeu alta e chegou em casa por volta das 13h50min. A avó considera um “milagre” a criança não ter se machucado seriamente. “Quem vê pensa que não aconteceu nada. Um anjo parou minha neta”, afirma. Ela conta que a mãe cuida, sozinha, dos três filhos — a menina tem dois irmãos de 5 e 7 anos. A família é de Parnaíba (PI) e mora há sete anos em Fortaleza. Veraneide está de passagem por Fortaleza para realizar exames médicos. Ela acredita que a filha e as três crianças devem se mudar para o Piauí, por causa das dificuldades da criação dos garotos.
Veja o vídeo 
                                                      

Janot pede ao STF que mandatos de Collor e Delcídio sejam cassados

 
 
Janot pede ao STF que mandatos de Collor e Delcídio sejam cassados
 
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) a perda dos mandatos dos senadores Fernando Collor de Mello (PTB-AL) e Delcídio do Amaral (PT-MS), ex-líder do governo no Senado. De acordo com o G1, o pedido foi feito no ano passado e as denúncias estão em segredo de justiça. Essa solicitação é considerada padrão em denúncias de parlamentares e deve se repetir se novos deputados ou senadores for formalmente acusado de crimes. As denúncias ainda estão em segredo de justiça porque citam trechos de delações premiadas ainda não homologadas pela Justiça.
 
O pedido de perda de mandato também foi feito por Janot nas denúncias contra os deputados Vander Loubet (PT-MS), Nelson Meurer (PP-PR) e Arthur de Lira (PP-AL), e na denúncia contra o senador Benedito de Lira (PP-AL). Conforme as investigações, Collor teria recebido, entre 2010 e 2014, R$ 26 milhões como pagamento de propina por contratos firmados na BR Distribuidora. Já Delcídio do Amaral foi preso no ano passado por tentar atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato. Em gravação feita por Bernardo Cerveró, filho do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, Delcídio promete falar com ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) para libertar o ex-executivo, além de sugerir um plano de fuga para a Espanha passando pelo Paraguai.

 

 

 

Disque-Denúncia de Pernambuco lança campanha em Petrolina para ajudar no Caso Beatriz

 

O Caso Beatriz ganhou um reforço a mais para auxiliar os trabalhos de investigação da Polícia Civil em Petrolina. O Disque-Denúncia de Pernambuco lançou nesta sexta-feira (15) uma campanha na cidade, por meio do programa ‘De Olho no Crime’, para encontrar pistas que ajudem a desvendar o assassinato da menina Beatriz Angélica Mota, ocorrido no dia 10 de dezembro do ano passado.

 

Ontem (14) o secretário executivo de Defesa Social, Rodrigo Bastos, e o chefe de Polícia Civil do estado, Antonio Barros (foto), disseram à imprensa que a investigação está bem encaminhada, mas reconheceram que o caso é complexo e deve exigir ainda algum tempo – que pode ser de meses – até sua conclusão.

 

Circense se passa por funcionário do Circo do Palhaço Cheirosinho e aplica estelionato, em Serra Talhada

Nessa sexta-feira (15) a polícia militar foi acionada para verificar uma denúncia de estelionato na Avenida Luiz Cosme de Magalhães, no bairro São Cristóvão, em Serra Talhada.
 
De acordo com a polícia, ao chegar no local foi constatado que o senhor Edson, 39 anos, circense estava aplicando golpes e se passando por funcionário do Circo do Palhaço Cheirosinho com a venda de ingressos falsos. Pelo menos uma pessoa teria sido lesada com a compra do ingresso no valor de R$ 30 reais. Após Paulo Fernando, 59 anos, administrador ter sido lesada pelo imputado – o denunciou a polícia.  Diante dos fatos, os envolvidos foram conduzidos à DPC local para as providências cabíveis. (Âncora do Sertão)

Operação Lei Seca neste final de semana em Afogados da Ingazeira

Uma equipe da Lei Seca está atuando neste final de semana em Afogados da Ingazeira durante a realização do Afogarêta. De acordo com os integrantes da equipe, a operação não visa primeiramente punir, mas educar os motoristas para que não insistam em combinar direção com álcool. A Operação Lei Seca estará em locais estratégicos em Afogados onde fará abordagens aos motoristas e será pedido para que os mesmos façam o teste do bafômetro. Caso seja confirmada a embriaguez por parte de algum motorista, será multado e terá a carteira apreendida.

PRORROGADA INSCRIÇÕES PARA O CONCURSO PÚBLICO DA SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO

 

INSCRI

As inscrições para o concurso público da Secretaria Estadual de Educação foram prorrogadas até o dia 1º de fevereiro. Há vagas para três mil professores nas áreas de Ensino Básico, Educação Especial e Educação Profissional.

Os interessados devem realizar a inscrição no site da Fundação Getúlio Vargas (FGV). As inscrições custam R$ 68,00, para os cargos de nível superior, e R$ 50,00, para os de nível médio. A data de realização das provas também foi prorrogada para o dia 20 de março de 2016. A remuneração inicial é de R$ 1.917,78 e a carga horária é de 200h mensais.

Para Educação Básica, as vagas são nas áreas de Matemática; Física; Química; Biologia; Língua portuguesa; Educação Física. Para Educação Especial, a disponibilidade é para intérprete e instrutor de Língua Brasileira de Sinais e Brailista. Na área de Educação Profissional, serão contratados professores com formação nas áreas de Ambiente e Saúde; Segurança do Trabalho; Controle e Processos Industriais; Gestão e Negócios; Informação e Comunicação; Infraestrutura; Produção Cultural e Design; Hospitalidade e Lazer

MPF aplicou a caneta contra irregularidades do  Prefeito de Ibimirim 

 

padre

Processou – O Ministério Público Federal (MPF) processou o ex-prefeito de Ibimirim, no Sertão de Pernambuco, pelo contrato de R$ 154 mil em shows no município. De acordo com o órgão, Antônio Marcos Alexandre (PSDB) realizou a contratação por meio de dispensa irregular de licitação. O MPF informou que os artistas se apresentaram na Festa de Santo Antônio de Pádua, que aconteceu entre os dias 1º e 12 de junho de 2009, no município. A Justiça Federal informou que, até o momento, ainda não houve notificação dos réus. Segundo a assessoria de comunicação, após o recebimento das notificações os réus ainda têm prazo de 15 dias para apresentar defesa

 

 

Deixe uma resposta

Cidades Acessando Blog

Panificadora Samuel
Escola Monteiro Lobato
 

CLICK AQUI E CONFIRA AS FOTOS!

Educação Infantil,

Ensino Fundamental e Médio

(87) 3838.1481 (87) 3838.2246

Siteemonteirolobato.com.br

Dr. Jamildo Carvalho
Desfile Cívico Escola M.L

AABB

Bloco a Onda 2017

Galeria de Fotos!